~egocentrismo

egocentrismo
.he told me i was holy.
Nome: [✿] — 𝑒𝒾𝓁𝓊𝒿♡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 22 de Julho
Cadastro:

— bubblegum bitch +


Postado

𝚃𝚎𝚗𝚑𝚘 𝚞𝚖𝚊 𝚊𝚙𝚊𝚛𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚊𝚝𝚛𝚊𝚝𝚒𝚟𝚊, 𝚝𝚎𝚗𝚑𝚘 𝚞𝚖𝚊 𝚊𝚙𝚊𝚛𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚞𝚖𝚊 𝒷𝑜𝓃𝑒𝒸𝒶
»𝙽𝚊̃𝚘« 𝚖𝚎 𝚒𝚖𝚙𝚘𝚛𝚝𝚘 𝚜𝚎 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚊𝚌𝚑𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚞 𝚜𝚘𝚞 𝚋𝚞𝚛𝚛𝚊
𝙴𝚞 𝚗𝚊̃𝚘 𝚖𝚎 𝚒𝚖𝚙𝚘𝚛𝚝𝚘 𝚎𝚖 𝚐𝚎𝚛𝚊𝚕

𝙰𝚖𝚘𝚛, 𝚚𝚞𝚎𝚛𝚒𝚍𝚘, 𝚚𝚞𝚎𝚛𝚘 𝚜𝚎𝚛 𝚊𝚍𝚘𝚛𝚊𝚍𝚊
𝙴𝚞 𝚜𝚘𝚞 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚙𝚘𝚛 𝚚𝚞𝚎𝚖 »𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚖𝚘𝚛𝚛𝚎𝚛𝚒𝚊«


Cuidado para quem conta seus segredos - xx

✦ Nome ✦

‣ Lilith Dione Moore Lewis.

‣ Lilith: Significa “da noite”. Tem origem no acadiano lilitu, que quer dizer “da noite”. Na mitologia assíria, Lilith era um demônio citados em alguns mitos.

‣ Dione: Significa “consagrado a Dionísio”, “espírito das águas”, “o céu e as águas”, “dia e noite” ou "deusa das ninfas". Dione também é o nome dado à deusa grega das ninfas, que foi amante de Zeus e mãe de Afrodite, a deusa do amor e da sexualidade, segundo algumas versões da mitologia.

‣ Lewis: De origem alemã, significa "fama e guerra."


✦ Apelido ✦

‣ Não possui um, pois gosta demais do seu nome para deixar que o estraguem com algum apelido horroroso. É apenas Lilith, e se quiser soar mais formal, a chame pelo seu sobrenome, Lewis.

✦ Idade ✦

‣ Dezessete anos, nascida em 24 de Novembro de 2000, sendo assim do signo de Sagitário.

✦ Sexualidade ✦

‣ Lilith se considera bissexual, pois já teve experiências com garotos e garotas, e gosta de ambos. Não possui preferência.

✦ Nacionalidade ✦

‣ Americana, com alguns traços Espanhóis herdados de sua mãe.

✦ Aparência ✦


megan fox
‣ A jovem é dona de uma beleza extraordinária. Seu rosto é oval, tendo a pele clara, mas que sempre é bronzeada artificialmente. O rosto é marcado por características sedutoras e maduras, embora a pouca idade, capazes de atrair a qualquer um. Seus olhos são de um tom de azul claro bem bonito e chamativo, e seus lábios são carnudos, tendo o inferior um pouco mais preenchido do que o superior. Seu nariz é médio, nem muito grande e nem muito fino. A beleza de seu rosto, com certeza, é o que mais chama atenção na garota, que mesmo toda desarrumada nunca passaria despercebida. Sua beleza é, certamente, gritante.



‣ Lilith é extremamente atraente, seu corpo violão sempre sendo preservado com caminhadas e muita academia. Ela é incrivelmente sexy. O cabelo, preto, longo e liso cai por suas costas, sempre hidratado e exalando cheiros deliciosos. Nunca seria capaz de cortá-lo ou o tingir. Seu corpo parece ter sido esculpido pelos anjos: a barriga lisa, a pele macia como veludo; as coxas grossas e que deixam qualquer marmanjo beirando a loucura; os seios fartos e a bunda num tamanho agradavelmente bom.





✦ Personalidade ✦

"Aquela vadia da Lilith?" "Sabia que a vadia da Lilith transou com quase metade do time da escola?" "A vadia da Lil..."



Rumores, rumores...Fofocas...as más línguas não se cansavam de espalhar o veneno por aí. Lilith possuía uma das mais más línguas do colégio, e seu nome vivia na boca de todos. As meninas as achavam uma vadia sem escrúpulos só porque ela gostava de transar. Ora essa, agora é proibido, uma mulher solteira e livre, transar com quem quisesse? Desculpe-me, mas não estamos no século dezoito, e sim no vinte e um! Os garotos a idolatravam, praticamente babavam pela garota e uns até corriam atrás dela como cachorrinhos desesperados. Lilith sempre teve esse incrível domínio sobre os homens, que caiam facilmente nos seus encantos, na sua beleza e sensualidade. Ah, e como era cansativo ter um macho toda hora enchendo o saco. Ela vivia dando foras neles, e quando queria transar, simplesmente fazia com que eles entrassem em seu jogo sujo. Lilith Lewis é uma jogadora, e uma das boas. Brincar com os rapazes sempre fora fácil, afinal, eles pensam mais com a cabeça de baixo do que com a de cima, sempre pensando em foder, e nem percebem que eles estão se auto-fodendo quando se envolvem com Lilith: eles comem na palma da mão dela. Sua postura de mulher adulta sempre foi motivo para enlouquecer os jovens cheios de testosterona, e fazer as meninas bufarem de raiva - e inveja, até.



Lilith nunca se abalou com comentários maldosos, ela achava graça, para falar a verdade. Adora ser odiada, invejada e desejada. Era prazeroso ver as pessoas falando dela, tentando a diminuir, o que apenas aumentava a confiança da garota, o ibope e seu ego, que já estava prestes a explodir. O egoísmo e o egocentrismo da garota sempre foram notados com clareza. Pensando sempre em si própria, fazia de tudo para alcançar aquilo que desejada, mal se importando para os outros. Ela simplesmente não se importa para os outros. Para seus sentimentos, para suas vontades e problemas. Cada um com suas aflições. Ela queria, ela iria conseguir, mesmo que tivesse que derrubar todos pelo caminho. Quem aparecesse em sua frente, quem ousasse se opor à ela. Um por um. Lilith não é uma patricinha fútil, que vive de dramas e roupas cor-de-rosa. Não. Lilith é má. Ela é como uma estrela: fria, distante e intocável. Embora a sua presença em qualquer lugar seja marcante, sua mente sempre está distante, e por dentro ela revira os olhos de nojo. Odiava o povo de sua escola, e suas amizades eram feitas de pura falsidade. Achava as meninas que se intitulavam as poderosas totalmente chatas, e o ciclo era composto de falsas. Ela falava mal de fulana para ciclana, ciclana ia até fulana falar que ela falou mal de fulana, então ciclana e fulana falavam mal dela. O mesmo ciclo vicioso, com sorrisos perfeitamente brancos e falsos. Superficiais. Aparência era tudo para elas, afinal.

"— Ninguém vai te amar se você não for atraente, querida. Pessoas gostam de pessoas bonitas e atraentes. Com atitude e postura. Não banque a donzela em perigo, seja o próprio perigo. Inove e seja a jogadora hardcore."



Lilith é extremamente vaidosa, e sua aparência vale ouro para ela. A primeira impressão é a que fica, e a sua primeira impressão grita "sexy". A pele livre de imperfeições, sempre tão bem cuidada, que quando nasce uma espinha, Lilith se tranca em seu quarto, passando os remédios até que aquela deformidade desapareça. Ela pratica luta, faz academia e corre de noite na praia, por vezes acompanhada de seu cachorro, um Pastor-Alemão. Zeus, como Lilith nomeou o animal, é muito leal e obediente. Ele apenas obedece Lilith, que o tem desde que era um filhotinho, o que a fez se apegar a ele e vise versa. Lilith não faz do tipo confiável, mas as pessoas acham que sim. Ela tem duas caras. Finge gostar de você, te ilude, e te surpreende com uma facada pelas costas. Falsa. Também se orgulha de ser uma excelente mentirosa, nunca gaguejando e conseguindo inventar desculpas e mentiras rápidas, se safando de qualquer tipo de situação. Mentir é algo natural dela, e 89% das coisas que saem da boca de Lilith são mentiras. A única pessoa que tem sua sinceridade é seu pai e, claro, Zeus.



Ela é sonsa e cínica, sempre fingindo-se de coitada para que as pessoas sintam pena dela. Idiotas, ela pensa. A facilidade com que ela consegue ser duas pessoas é estupidamente assustadora. Nas brigas, ela é aquela pessoa que vai te tirar do sério apenas com palavras e, mesmo ela sendo a errada da situação, você quem vai sair como errada, porque ela vai te atiçar tanto, mas tanto, que você irá explodir e partir para cima dela, que saíra, como sempre, como a vítima. Lilith também é um pouco cruel, afinal, todo adolescente é. As piadinhas com os nerds e os góticos não param, e ela tem uma menina gordinha em questão com quem adorava implicar. Ela é o terror para essas pessoas, que tentam ao máximo evitar cruzar o caminho dela nos corredores.

"Bateu com força na garota baixinha e rechonchuda, que usava um óculos de armação enorme e completamente ridículo. Os livros voaram para o chão, os papéis soltos se espalharam pelo corredor, e a menina ajoelhou prontamente, tentando recolher seus materiais. Lilith riu, chutando os papéis e pisando em alguns. Em seguida, falou:
— Olhe por onde anda, porca. Não cruze meu caminho, você não merece andar perto de mim.
Se retirou dali, contornando a menina, não sem antes dar um leve empurrãozinho nela, o que foi o suficiente para a fazer quase cair, espalmando as mãos no chão. A cabeça sempre abaixada, as lágrimas escorriam silenciosas. Alguns riam, outros ficam tentando a ajudá-la. Lilith apenas continuava seu caminho com a cabeça erguida. Adolescentes são cruéis."




Lilith é a típica adolescente que comete bullying: cruel, que tem quem a idolatre, quem a odeie e quem deseja ser como ela. E ela simplesmente é má e insensível. Motivos? Não existem.




"Não é muito mais assustador quando não tem motivo?"

✦ Classe Social ✦

‣ Alta.

✦ Família ✦

penélope cruz


‣ Cintia Rose Moore ‣ 40 anos ‣ Mãe ‣ Engenheira de Petróleo, sendo Gerente ganha o salário de 60 mil ‣ Mãe e filha não se veem muito. Cintia mora na Califórnia, enquanto que Lilith se mudou para Nova Iorque com seu pai. Lilith sente imensa falta da mãe, mas sempre vai passar os feriados importantes com ela. Elas se amam muito, e Cintia chora toda vez que fala no telefone com a filha. Cintia é espanhola, e ensinou a filha a falar Espanhol desde nova. ‣



brad pitt
‣ Christian 'Chris' Lewis ‣ 54 anos ‣ Pai ‣ Diretor Médico de Hospitais, ganhando 50 mil ‣ O pai e a filha nutrem uma relação ótima, embora Christian não pare muito em casa, pois sempre precisa estar dirigindo o Hospital, o que acaba não deixando-lhe tempo para lazer. Quando tem folga, passa o dia com a filha, e por vezes viajam. Christian sempre deu tudo para Lilith, que nunca teve motivos para reclamar. ‣



scarlett johansson
‣ Sarah Louise Lewis ‣ 25 anos ‣ Madrasta ‣ Universitária ‣ Lilith tem vontade de morrer toda vez que vê a cara de Sarah. Ela a detesta. A mulher tem idade para ser sua irmã, além de ser totalmente chata e insuportável com todo esse papo de que elas podem ser boas amigas. Não, elas não podem, pois Lilith simplesmente não quer. Odeia quando a mulher se mete nos assuntos de família, e já saiu no tapa com ela quando ela ofendeu sua mãe. ‣

✦ História ✦

"O sol sempre se mantém forte na Califórnia, às quatro horas da tarde e cinco minutos horas do dia vinte e quatro de Novembro do ano dois mil, uma bela menininha estava pela primeira vez entrando no mundo. A mãe, toda chorosa ao ver a filha pela primeira vez em sua frente, em a abraçar, não podia conter a felicidade que explodia em seu peito. O seu marido estava ao lado, sorrindo bobo olhando para o pequeno e indefeso ser que estava nos braços de sua amada. Sua filha. A filha deles. Cíntia sempre gostou do nome Lilith, e assim a menina passou a se chamar. O pai quem escolheu o segundo nome da filha, Dione, e então os sobrenomes deles foram acrescentados. Lilith Dione Moore Lewis, a princesa de Cíntia e Christian. O tempo passa tão rápido, que quando vemos, mudanças já estão ocorrendo. Quando Lilith completou onze anos, os pais se divorciaram. Segundo eles, não dava mais. As brigas estavam se tornando insuportáveis, Christian acusava Cíntia de traição e ela sentia nojo do que o homem era capaz de pensar dela. Ela nunca seria capaz disso, mas se o orgulho masculino frágil dele se afetava tanto com tão pouco, ela preferia manter distância. A guarda da menina ficou com o pai, e esse mudou-se para Nova Iorque com a filha. Lilith chorou muito, pois queria ficar com a mãe, mas a justiça é injusta. Aos feriados, Lilith sempre ia para Los Angeles ficar com a mãe. Quando, uma vez, voltou da Califórnia, a jovem tinha 14 anos e quando chegou em casa se deparou com uma perua loira a chamando de amiga e dizendo "bem vinda ao lar". Fora ali que sua aversão por Sarah, sua madrasta, começou. O pai não tinha muito tempo para a filha, Lilith não queria passar seu tempo com Sarah, então apenas evitava ficar em casa. Ia para todo tipo de lugar, conhecia pessoas diferente e gostos diferentes. Aos quinze anos de idade, ela tomou seu primeiro porre. De quebra, perdeu a virgindade. Nunca contou para o pai, afinal, tinha apenas 15 anos, e isso é mantido em segredo até hoje. Suas intimidades não precisam ser compartilhadas. Atualmente, aos dezessete anos, Lilith ainda vive com o pai, Zeus e a madrasta na cobertura de um enorme prédio em Nova Iorque."

✦ Em que ano está? ✦

‣ Terceiro ano.

✦ A qual grupo você pertence? ✦

‣ Embora Lilith ache totalmente ridículo o título de "Mean Girl", ela faz parte do grupo porque...bem, ela se encaixa nele. Mais do que deveria.

✦ Qualidades ✦

‣ Fogosa ‣ Curiosa ‣ Habilidosa ‣ Objetiva ‣ Auto Confiante ‣ Decidida ‣ Racional ‣ Vaidosa ‣ Vigorosa ‣ Inteligente ‣

✦ Defeitos ✦

‣ Pratica Bullying ‣ Cruel ‣ Má ‣ Egoísta ‣ Egocêntrica ‣ Falsa ‣ Mentirosa ‣ Orgulhosa ‣ Manipuladora ‣ Oportunista ‣

✦ Gostos ✦

‣ Praia.
‣ Los Angeles.
‣ Filmes de Terror.
‣ Pizza.
‣ Coca-cola.
‣ Nutella Pura.
‣ Poder.
‣ Consumir.
‣ Bebidas Alcoólicas.


✦ Desgostos ✦

‣ Chuva.
‣ Nerds.
‣ Pepsi.
‣ Batata Frita.
‣ Chocolate Branco.
‣ Receber Ordens.


✦ Hobbies & Talentos ✦

‣ Correr.
‣ Malhar.
‣ Fazer Compras.
‣ Viajar.


‣ Seus talentos são totalmente usados apenas para que ela se beneficie.
‣ Mentir.
‣ Manipular.
‣ Seduzir.


✦ Medos, Traumas, Fobias & Manias ✦

‣ Ablepsifobia — medo de ficar cego;
‣ Dismorfofobia — medo de deformidade;
‣ Equinofobia — medo de cavalos.


‣ Não possui traumas.

‣ Farmacomania - Mania de tomar medicamentos, ou de indicá-los a outros;
‣ Mitomania - Mania de mentir.


✦ Que profissão deseja ter no futuro? ✦

‣ Juíza.

✦ Relação com ✦

Professores

Lilith não é muito obediente, então sempre está discutindo com os professores, fazendo piadinhas e fazendo os colegas de classe rirem. Embora sempre atrapalhe as aulas com suas conversas paralelas, é uma excelente aluna. Se houve um professor gato, ela certamente o irá paquerar.

Diretora

Não gosta muito da mulher, apenas pelo fato de ela sempre querer a punir, ligar pro seu pai ou lhe dar uma advertência.

Amigos/ pessoas do seu grupo

Lilith até que gosta deles, ou finge gostar, mas os trata como amigos. Como são de seu grupo, eles geralmente fazem as mesmas coisas, o que facilita bastante nas interações. Lilith pode fazer piadinhas contra os nerds que seus amigos irão rir junto dela.

Inimigos/ pessoas dos outros grupos

Lilith adora humilhar os outros, caçoar e os fazer passar vergonha. Sempre jogando piadinhas, rindo dos góticos, dos nerds e dos outros que não estejam no seu patamar. Ela pode ser cruel nas brincadeiras.

As Means Girls


As trata como amigas, embora as ache um pouco fúteis, elas fazem seu tipo: cruéis e que riem dos outros, e ela adorava isso. Sempre chama elas para fazerem compras, ou para ir para a casa do lago que seu pai tem fora de Nova Iorque. Geralmente, dá festas lá ou na cobertura do seu prédio.

Fale sua relação também como será sua relação com a Dorothea, pois ela será importante nesta fanfic.

Lilith acha Thea bem legal, a personalidade dela bate um pouco com a sua, e ela vê a menina como uma forte aliada. Adora o jeito malvado dela, e geralmente sempre anda com ela. Elas conversam sobre várias coisas, fazem piadas dos excluídos e se dão bem no limite delas.

Atividades Extracurriculares

‣ Grupo de Literatura. Por incrível que pareça, Lilith gosta de ler. Prefere contos de terror, mas mesmo assim se aventura com livros.

‣ Líder de Torcida. Em sua infância, praticou ginástica, sendo assim ela tem habilidade para tal atividade, além de ter um corpo ótimo para o uniforme curto e apertadinho.


✦ Quer par? ✦

Lilith sabe dominar seu par, sempre querendo estar no comando de tudo, mas ela logo irá ver que as coisas não são bem assim. Deverá deixar seu ego de lado e se focar também no parceiro, para que a relação não apenas se baseia nela. Não gosta que a sufoquem: Lilith ama sair, ama beber, e não quer ninguém que a impeça de fazer o que gosta, afinal, a vida é dela. O sexo é algo indispensável para ela, ela adora sexo e gosta de manter a relação sexual ativa. Ela pode ser um pouco fria com os sentimentos, mas é apenas o jeito dela. O que ela não fala de 'eu te amo', ela demonstra com ações.

✦ Seu personagem tem vícios? ✦

Álcool e Remédios (pílulas).

✦ Segredo ✦

MP.

✦ Música tema do personagem ✦

Bubblegum Bitch by Marina and the Diamonds.

I'm a Ruin by Marina and the Diamonds.

How To Be A Heartbreaker by Marina and the Diamonds.

✦ Sabe que seu personagem pode ser o -xx?


Claro.


✦ Sabe que agora ele nos pertence e podemos fazer o que quisermos com ele?


Sim.


✦ Algo a mais?

Não.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...