~MissLamarr

MissLamarr
Nome: Joo 🎈
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil
Aniversário: 10 de Maio
Idade: 15
Cadastro:

Ditadura literária e a caça às bruxas dos clichês!


Postado

Ditadura literária e a caça às bruxas dos clichês!

"Você não pode escrever um livro assim", "Você tem fazer essa parte desse jeito", "A gente já cansou desse gênero literário" Para, gente. Só para!
Acho que a coisa que eu mais ando vendo ultimamente na internet é a multidão de gente dizendo o que fazer e não fazer para escrever um livro, um poema, uma fanfic, uma música, ou o que for. Passou de "dicas" para "obrigações". Agora, o que me espanta mesmo são escritores iniciantes e os aspirantes abaixando a cabeça e dizendo "sim, senhor".
O pessoal pegou uma mania desgraçada de falar que você tem que se adaptar ao mercado literário e que você tem que escrever o que a demanda pede, não somente o que você quer. Me desculpe, eu nunca vou escrever um livro como os do John Green apenas porque a demanda pede, eu não gosto dos livros deles, não escrevo e nem pretendo escrever nada daquele gênero e não vou mudar. Aí vem a grande questão: Mas aí o livro não vai vender. Olha, meu amigo, se você escreve livro só para vender me desculpe mas você é um babaca. Vão haver épocas e épocas e seu livro vai se encaixar em uma, relaxa. E mesmo que não se encaixar, que se dane.
Ah, claro, e basta da turminha do Você Não Pode. "Não, você não pode colocar isso no livro", "Não, você não pode escrever um personagem desse jeito", "Não, você não pode [INSIRA SEU MIMIMI AQUI]". Colega, veja bem, o livro é meu, a fanfic é minha, a música é minha, o poema é meu, eu posso tudo, meu amor. Aliás, eu posso ler o que quiser também, sem precisar que você me diga o que é cool e o que não é, eu leio o que eu gosto.
Por último, queria demonstrar minha defesa em relação aos clichês e convidar vocês a abrigarem essa causa haha. Esses dias vi um vídeo do Danilo na Cabine Literária e lá estava ele falando que você deve evitar escrever clichês. Eu nunca ouvi tanta bobagem. Quem critica clichê para mim é um metido a intelectual do caramba, porque cá entre nós Percy Jackson é clichê, Harry Potter é clichê, Jogos Vorazes é clichê e mais 90% do que você lê é clichê! Choquem! haha Clichê só vira clichê por um motivo, né?! Sejamos francos.
Não, não estou dizendo que todo clichê é bom, assim como (Choquem de novo) aquele clássico de mil páginas pode não ser também. Livro ruim para mim é aquele livro mal escrito, sem pé nem cabeça. Clichê não é ruim. O mundo ama clichês. Viva o clichê.
Sobre escrever clichês: Se a história que você imaginou, que você quer escrever, for clichê, escreva. Não rasgue, não jogue fora, não sente-se e comece a chorar achando que você é o pior escritor do mundo. Como eu disse 90% do que você lê é clichê e eu aposto que tudo isso não é ruim, é o jeito que você escreve que vai te destacar, que vai te fazer bom. Se você quer escrever um livro sobre um herói que tem mega poderes e precisa salvar o universo em determinado tempo, mesmo depois do mundo já ter visto isso dezenas de vezes, escreva, mas escreva com vontade, escreva bem!

Enfim, para o inferno com a ditadura literária e a caça às bruxas dos clichês


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...