~MissLamarr

MissLamarr
Nome: Joo 🎈
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil
Aniversário: 10 de Maio
Idade: 15
Cadastro:

Você é perfeito!


Postado

Eu tive a ideia de escrever esse jornal enquanto escutava a música Beautiful da Christina Aguilera, então, claro, eu estou aqui para falar sobre bullying e auto aceitação. Eu percebi que precisamos passar isso adiante, as pessoas devem se amar, devem se achar lindas.

Por experiência própria, sei que sofrer bullying não é nada bom. Não vou dizer que fizeram da minha vida um inferno, mas a cada dia em que eu voltava da escola chorando, era como se realmente fizessem da minha vida um inferno. Então, que fique claro, toda e qualquer forma de bullying é horrível.

Primeiro de tudo, as pessoas que fazem bullying não são só as que zoam, as que dão apelidinhos feios, as que riem também são, e são tão piores quanto, porque palhaço só faz palhaçada se tiver plateia, não tem essa de "mas eu não fiz nada, eu só tava rindo", porque você não sabe o que é alguém olhar para sua cara e rir de algo que você não pode mudar, rir do jeito que você foi feito para vir ao mundo. Segundo, bullying não é só bater e xingar, no momento em que você exclue alguém de algo, já é bullying, panelinha e grupinho realmente é a coisa mais ridícula que existe, digo, não é que você não possa ter seu círculo de amigos mais próximos, mas você não pode se fechar só nele. Cara, conheço muita gente que paga de boazinha, falando "coitado" para aquele menino isolado no pátio da escola no intervalo, mas que nunca nem deu um oi para ele. É, vocês devem conhecer esse tipo. As pessoas simplesmente tem que parar de se acharem melhores e mais privilegiadas que as outras. Julgar todo mundo julga, isso é uma característica normal das pessoas, mas você deve maneirar, você deve guardar para você e fazer sua parte, e sua parte é só respeitar o próximo, não agir com ele como se ele fosse um "gordo", "feio", "excluído", "estranho", "baixinho", mas sim, como um ser humano, porque defeito qualquer um tem.

Em relação a auto aceitação, cara, você é lindo. Ou linda. Ninguém é todo feio, nem todo bonito. Aposto que tem partes em você que você gosta, seu olho, ou seu nariz, ou seus dentes, ou suas pernas, e até mesmo coisinhas mínimas, como o formato da sua orelha, ou o jeito como suas sobrancelhas ficam quando você faz diversas expressões, ou alguma pinta. Você tem que se amar porque se você não fizer isso, quem fará por você?!

Agora eu vou falar um tremendo de um clichê: O que importa é o caráter, não a aparência. Ok, sei que todo mundo já cansou de ouvir isso, e nem sequer é a melhor frase sobre se aceitar, porque é um fato, todas nós queremos as curvas da Beyoncé, o cabelo da Gisele Bündchen e os olhos da Alexandra Daddario. Ou no caso dos meninos, o rosto do Matt Bomer e os músculos do Derek Theler. Mas não temos isso. Só que não é só isso que nos faz bonitas(os). Eu já conheci pessoas aparentemente lindíssimas, que em meia hora eu já comecei a enjoar daqueles rostinhos de tão chato, ou de tão burro que o bendito ser era. Haha. E, sim, já conheci pessoas consideradas feias ou "normalzinhas" que se tornaram atraentes para mim simplesmente pelo modo como elas agiam. Sei que isso não acontece só comigo. Além do mais, melhor ser considerada feia, ou feio, na época de escola, mas ser uma pessoa boa, inteligente e com mente aberta, para no futuro se tornar alguém, do que ser a gostosa ou o pegador e depois estar aí com 18 anos e já ter filho pra criar. Nada contra.

Cara, na moral, se amar é o princípio de tudo. Quando você se enxerga verdadeiramente e gosta do que vê, tudo na sua vida melhora. Não é uma das garotas populares com peitos grandes? Não é um dos garotos cheios de músculos que causa suspiros nas garotas? Ok. Disso ninguém morre. Não é necessário se mutilar, parar de comer ou tentar suicídio (e isso acontece muito), porque quando você faz coisas desse tipo, você mostra que se importa, você mostra que é só isso que você tem a oferecer ao mundo, e eu tenho certeza que você é bem mais do que a opinião desses idiotas. Eu sei que é difícil ser considerado diferente, mas e daí?! Somos fortes, não somos?! Eu mesma, odiava ir para a escola, odiava as pessoas a minha volta, mas eu me conformei, ok, eu sou muito magra e por isso não tenho bunda ou seios lindos, mas e daí? Eu tenho cabelo encaracolado enquanto todas as meninas da minha idade fazem progressiva, mas e daí? É essa a chave de tudo: E daí? Porque afinal, que se dane o mundo, o que importa é o que eu acho. Nós não ligamos para tanta coisas, como quando falam mal do nosso ídolo, por que iriamos ligar para isso?

Sobre ser estranho, só vou dizer que isso não existe. Todo mundo tem uma personalidade diferente. Se você não tem uma que é parecida com as dos outros, não reclame, orgulhe-se. A gente reclama tanto das pessoas que convivemos, mas no fundo, queremos ser iguais a eles, queremos ser normais. Então decida, você quer ser você e só você mesmo ou você quer ser uma cópia?

É isso, é assim que se vive a vida. Se ache poderoso e se alguém falar o contrário.. e daí?

//desabafei :v


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...