Phoenix — Mikael Artchfield


Postado

MIKAEL MAAS ARTCHIFLED



Nome Completo
Mikael Maas Artchifled

Apelido
Mika
General

Idade
Quinze anos.

Personalidade
Mikael é um garoto jovem e sonhador, bastante avoado e infantil, mesmo com seu QI enorme. Tem um jeito sorridente e alegre com qualquer tipo de pessoa, o propondo amizades com facilidade. Tem uma energia positiva que gira ao seu redor que influencia o temperamento das pessoas, as relaxando.
Sua mente é um livro aberto a maior parte de seu tempo, o que não deveria acontecer por um ser estrategista genial, porém é o que acontece. Seu jeito aberto e infantil confunde outros estrategistas, analistas e inimigos, normalmente o ignorando e o tratando como uma pessoa pateta; um erro gigantesco, pois está o subestimando.
Um viciado em livros, cultura e religiões. Mika lê tudo sobre as culturas e religiões diversas, sabendo detalhes minuciosos sobre elas. Carrega consigo um alcorão, uma bíblia, um pergaminho com as ideologias do budismo e uma enciclopédia sobre religiões pagãs.
Quando está normal, é um garoto molenga e lerdo nos pensamentos, demorando para resolver situações simples o dobro de tempo de uma pessoa normal. Seu reflexo é de cinco segundos, o que é muito lento se comparado que o ser humano comum é de um a dois segundos; e com esses reflexos, interfere a maior parte de suas situações cotidianas e à primeira vista, é considerado como um retardado.
Ele é muito inocente em questões amorosas e sexuais, não entendendo piadas ou referências sobre isso e fica com cara de tacho e dizendo "como assim? Não entendi. Alguém me explica? Quê?" e também cora com facilidade.
Olhando-o até agora, assemelhasse como uma pessoa normal e fanática com algumas coisas, não é? Mika tem uma mudança radical em seu comportamento quando precisa tomar decisões, criar estratégias, entrar em um confronto estratégico ou qualquer coisa que precise usar o seu cérebro. Você pode perceber isso quando ele endurece a expressão facial, os olhos ficam nebulosos e sua concentração fica tão enorme que parece tornar-se sólido, incomodando algumas pessoas.
Seu cérebro e personalidade se moldam totalmente quando está no "modo estrategista", como o garoto gosta de chamar. Seu reflexo muda de cinco segundos para um décimo de segundo, o que é o limite do cérebro humano. Com os reflexos aumentados, consegue tomar três a quatro decisões por segundo com a maior porcentagem possível de acerto e flexibilidade, pode planejar duzentos passos com variações dentro de uma estratégia e mantém um cérebro frio, mas com coração quente. Acredita que pode virar qualquer situação a seu favor, contanto que as porcentagens não sejam zero e mesmo que com um por cento, ele pode mudar o rumo de tudo.
Adora jogos de tabuleiro e de raciocínio, sendo os seus favoritos xadrez, shogi e Wars. São nesses jogos que seu QI é realmente mostrado, pois é invicto em todos os jogos de estratégia que participou. No xadrez, já ganhou o campeonato mundial e quebrou o recorde de partidas simultâneas, jogando seiscentas partidas durante vinte horas e ganhou todas elas. No shogi, nunca entrou em um campeonato, porém venceu o atual campeão mundial em um desafio feito pelo garoto.
Não acredita na sorte, pois diz que são somente probabilidades que aconteceram.
Tem uma capacidade de adaptação monstruosamente alta.

História
Mika nasceu em Munique, Alemanha. Viveu três anos no país europeu até se mudar para os Estados Unidos com seus pais por culpa do emprego de sua mãe, que era repórter e seria enviada para ser fixa por lá. Seu pai era um militar, um sargento, e sempre trazia documentos variados e estranhos sobre planos e outras informações importantes.
Mikael nunca foi um bom aluno na escola, suas notas sempre variavam entre o mediano e o ruim, trazendo frequentemente notas baixas para casa... Coisas que o pai odiava e o dizia ser um idiota. O garoto viveu com isso até um dia seu professor trazer um tabuleiro shogi e explicar sua origem e convidou algum aluno para jogar como demonstração, como nenhuma das crianças se ofereceu, Mika foi o escolhido, na época tinha cinco seis anos e quando entendeu as regras, o garoto alemão ganhou a partida. Inconformado, o professor tentou de novo e aconteceu a mesma coisa, porém mais rápido. Desde de então, o garoto começou a jogar coisas semelhantes e mostrou uma aptidão incrível a isso.
Entrou em um campeonato estadual aos dez anos e venceu, porém ninguém deu créditos ao garoto por achar que ele trapaceou ou foi comprado, e no campeonato mundial aos doze pensaram a mesma coisa. Afinal, era IMPOSSÍVEL um garotinho ser mais esperto que aqueles "Gênios". Nenhum desses campeonatos chegou ao público, pois foi "cancelado".
Foi descoberto pelo governo quando viu um integrante da Inteligência no parque jogando xadrez com algumas pessoas, Mikael foi lá para ver e decidiu jogar, ganhando do mesmo cinco vezes consecutivas.

Família
Mãe — Chanell Maas Artchfield

— Trinta e sete anos.
Os dois se dão bem, apesar de não se falarem muito devido ao trabalho da mãe que mal para em casa. Nunca deu glórias a filho, porém também nunca disse mal a ele... O trata como deveria tratar, um filho comum.

Pai — Leronhait Artchfield

— Trinta e quatro anos.
Vive xingando-o e desprezando o garoto, porém quando não está próximo ao garoto fala coisas boas e o elogia. Acredita que se o tratar bem demais, ele não irá se acostumar com as críticas que pode receber.

Irmã mais nova — July Maas Artchfield
— Oito meses.
Mika mima demais sua irmã mais nova e sempre que a vê a faz rir. Ama a menina mais que tudo.

Habilidade
Estrategista a nivel militar.

Aparência










Mika é um garoto de um metro e sessenta e pesa quarenta e cinco quilos. Tem uma pele clara com algumas marcas de sol, porém nada que mude demais seu tom de pele. Tem olhos verdes cinzentos que escondem grande sabedoria atrás de seu jeito animado. Os seus cabelos, um pouco longo para um garoto, são lisos e morenos.
Photoplayer Chandler Riggs

Estilo de roupa
Mika usa bastante roupas leves e de botões, um pouco country e cowboy. Sempre usa um chapéu de xerife que ganhou quando pequeno de um policial.


Gosta
Jogos de tabuleiro
Socializar-se
Chapéu
Estratégias
Brincar
Doces
Livros
Cultura e religiões
De cores quentes

Não gosta
Ficar isolado
Frio
Coisas com gosto amargo
Estudar e provas
Professores
Mentes fechadas
Ser subestimado

Tipo de pessoa que gosta
Ele gosta, praticamente, de qualquer tipo de pessoa. É raro para Mika não gostar de alguém, porém existem. Os principais tipos de pessoas que gosta são os cultos, engraçados e maliciosos pois acha interessante.

Tipo de pessoas que não gosta
Difícil encontrar, porém os mais comuns são os xenofóbicos, pessoas mal informadas que falam idiotices e mentirosos.

Medos
Nictofobia — Medo da escuridão, da noite, do escuro.
Perder em um jogo de estratégia.

Manias
1. Abaixar a aba do chapéu quando corado/envergonhado
2. Morder as pessoas
3. Sorrir de um jeito infantil

Quer par?
Claro.

Sexualidade
Heterossexual.

Relacionamento com a Johanna
Não sabe lidar muito bem com ela, pois ficou sabendo sobre a moça saber ler muito bem as pessoas, então ele tenta esconder seu jeito infantil, mas que falhará miseravelmente, porém mesmo assim será extrovertido e social com Johanna. Admira a garota.

Relacionamento com os amigos
Extremamento aberto e sociável, serve como um pilar que puxa todo mundo para perto, pois tenta ser amigo de todos. Às vezes, podem acabar se aproveitando dele por ser ligeiramente inocente.

Relacionamento com o pessoal da Phoenix
Extremamente educado e formal, usando um vocabulário mais rebuscado e sempre que passar por um deles irá bater uma continência, um pedido que recebeu do pai. Porém, caso um deles se meta no seu trabalho ou palpite em suas ideias e planos, pedirá para não se meter.

Relacionamento com o par
Cora com frequência e é menos social e extrovertido com a mesma, devido a vergonha. Ao lado dela, no começo, ficará sempre sério e com o jeito estrategista do que o infantil, pois não quer falar alguma bobagem. Raramente terá alguma iniciativa.

Curiosidade
1. Ele é BV ainda.
2. Por ser inocente, podem se aproveitar dele para fazer algo para eles.
3. Por ser um dos mais novos, irá constantemente chamar os outros de "Veteranos". Exemplo: Veterana Johanna.

Algo mais?
Gostaria de pedir um favor. Em algum momento da fanfic, poderia fazer com que Mika perdesse o olho direito em alguma batalha? De preferência, sem que ninguém do grupo veja a luta... Ai quando aparecerem para vê-lo:

É só um pedido, mas não precisa fazê-lo se achar besteira. Obrigado!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...