~Kat_-

Kat_-
Kat | Kather
Nome: • Katherine | Kather | Kat •
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Brasilia, Distrito Federal, Brasil
Aniversário: 10 de Agosto
Idade: 15
Cadastro:

⇢ F i c h a s ❀ Youth ⇠


Postado



❝『➴ ʟɪʟʏ ᴄᴏʟʟɪɴs ᴀs ᴋᴀᴛʜᴇʀ ᴊᴏʜɴsᴏɴ ➶』❞


Nado yeollyeodeorp al geon da areo
Yeojaga segye choegoran geot mariyeo
Yes, I’m a bad boy so I like bad girl
Illu wabwa baby urin jal doel geolWar of Hormone; BTS








Nome Completo

Kather Johnson



Apelidos?

Kat:
É uma abreviação do seu nome e lê-se "Quet", assim como gato em inglês. O apelido não combina tanto consigo,m pois não é nada parecida com um gato, então leva apenas como uma abreviação do seu nome.

K:
É a letra inicial de seu nome, não há um motivo certo para chamarem-na assim, apenas a chamam assim.

Vampira:
A chamam assim pois ela tem gosto semelhantes a "vampiros", uma brincadeirinha para irritá-la.

Branca de Neve:
Por ter uma pele extremamente pálida, lábios vermelhos como sangue e cabelos escuros, é chamada de Branca de Neve, uma outra brincadeirinha para irritá-la.



Idade

17 anos. Nasceu dia 5 de novembro de 2001 sendo do signo de Escorpião (♏).



Aparência










Kather tem uma beleza um pouco clichê, mas ao mesmo tempo original. Seus cabelos são um pouco ecaracolados e tem vários tons de castanho em suas mechas, as vezes mais claros, as vezes mais escuros. Seus olhos também são castanhos, porém escuros e penetrantes, na opinião dela, uma característica que poucos tem. Sua pele pode ser um pouco pálida ao extremo, ou apenas se realça das outras partes do corpo, que são mais escuras. Seus lábios são carnudos e avermelhados um pouco desmasiado, mas que se torna belo, por isso e outros motivos, ela não passa muito batom. Tem um corpo curvilínio, mas não em excesso, o suficiente para torná-la bonita.



Personalidade:

Kather pode ser amável de cara, mas quando a conhce não é tanto. Se ela não te conhece a muito tempo, ela será um pouco gentil, mas não o suficiente para ser aquela garota que é "inocente". Também será sorridente, porque, por mais que não queira adimitir, ama sorrir e acha seu sorriso bonito. Um ponto que será antes e depois de conhecê-la: Kather será muito brincalhona. Talvez por estar na adolescência ela queira se divertir e muito, então acaba se tornando uma aluna bagunceira mas mesmo assim esforçada, na opinião dos professores. Não é daqueles que já sabe de tudo, prodígio e tudo mais, Kather é ao contrário, tem certa dificuldade em entender oque os professores falam, dizendo ela, "a lígua que eles falam não é a minha". É muito curiosa, pior que a persongem principal de "O Show da Luna", e uma de suas perguntas que ninguém responde é: "Por que o Sol é chamado de Sol?" e vem seguido de outras perguntas como "Por que o Sol é amarelo meio alaranjado?", "Por que o Sol é de fogo?" e de tantas perguntas ela acaba no fim falando só "Por quê?".

Um fato: Kather é viciada em astrologia, qualquer pessoa que falar em astrologia por perto ela vai "amar". Quando o ser já se torna amigo dela, será mais notável sua mudança. Sua gentileza diminuirá, ela acredita que não precisa ser "extremamente-rigorosamente-ultramente-mastermente" gentil com os amigos. Será também um pouco mais "bad girl", como uma perfeita popular, mas nunca será popular. Uma menina que tem o costume de fazer brincadeiras – de bom ou mal gosto – com as pessoas, normalmente inesperadas. Quando Kather não se dá bem com a pessoa de cara, não pode insistir, ela não vai ser amiga, e também vai agir grossa com o tal, sendo chata.

"Viva la vida loca" ela aderiu essa frase para si mesma. Viver a vida como se não houvesse o amanhã, aproveitando cada segundo, sendo maluca, brincalhona, festeira e namoradeira. Não é qe Kather se apaixona fácil ou é a famosa "vadia" do colégio, as vezes fica achando que tem algo mas acaba terminando porque não encontrou motivo para ficar com o tal, por isso que já teve vários namorados, e nenhum relacionamente sério. É dedicada e esforçada em tudo que faz, está sempre dando seu melhor nas coisas e não desisti até conseguir.



[b]História


Kather nasceu originalmente na Inglaterra, e ficou por lá até seus dez anos. Quando nasceu, seus pais não eram tão ricos, apenas artistas de rua que davam seu máximo para conseguir dinheiro para a comida e roupas. Mas não pe de uma história dramática que estamos falando, Kather tinha uma condição de vida boa, não era rica, milionária, pobre ou vivia na miséria, estava na classe média. Quando pequena, eera uma garota mal-criada. Nas escolas, sempre havia reclamações de alguma brincadeirinha de mal gosto quu ela fez com os coleguinhas e acabava na diretoria. Incrivelmente, nunca repetiu de ano e nunca passou de duas suspensões por ano, oque era "bom".

E com dez anos, os pais conseguiam um emprego, porém lá nos Estados Unidos. A empresa que fazia uma viagem à Londres viu o casal cantando e se apaixonou tanto pelos mesmos, que decidiram até pagar a viagem para eles. Kather cresceu na música, sempre ouvindo várias bandas de rock e pop. Estados Unidos, tudo mudou oara a pequena. Pessoas diferentes, jeitos diferentes, coisas diferentes. Acabou por se adaptar rápido, não demorou muito tempo, e também amava o país, certamente Los Angeles forá a melhor cidade que morará. Ainda era a criança brincalhona, sorridente e divertida. Talvez tenha mudado mais na época em que seus pais estavam mais no trabalho do que com ela, mas ficava feliz pois sua condição de vida tinha melhorado e muito, agora era rica.

Aniversário de catorze anos, estava muito feliz. Um aniversário muito bonito e arrumado, mal podia esperar pelo aniversário de quinze. Seu desejo? Que continuasse com sua família. E com catorze anos mudou de escola. Sua escola era uma ótima escola, mas oque ela mais reparou foi que os garotos eram mais bonitos, mas na verdade eram só os hormônios. Nunca pensou que iria gostar de um garoto, antes achava eles apenas eus amigos, mas agoramudou, ela se sentia uma garotinha mimada. Foi quando se apaixonou pelaprimeira vez. Era um garoto popular e todo-todo do colégio, definitivamente o pior cara. E então, como não era tão excluída ds populares, foi falar com ele.

Coisas em comum? Nenhuma! Mas, ela odiou fazer isso mas fez, ficou metindo dizendo que gostava das mesmas coisas que ele. Começou a andar com ele, ser a popular e não ser a mesma. Visitava a casa dele constantemente, e como os pais quase nunca estavam, era obrigada a comer coisas que ela não gostava, e ele amava. Se forçou a ser outra pessoa até os quinze anos, quando no aniversário de quinze, que ela tanot esperou, que ela achava ser o melhor, foi o pior. Ele ficou todo deslumbrado com tudo e com as meninas, e logo se esquecia de Kather. Ela não aguentou. Ele era ridículo. Ela estava sendo ridícula. Aquela festa estava ridícula. Então, meia-noite, a hora em que o aniversário começará (nota: ela tinha planejado o aniversário no dia anterior para a festa ser até nop dia correto, já que seria sábado.) e apagou as quinze velas, deu seu discurso, que disse para Harry ser para ele "com muito amor".

" — Oi a todos e obrigada por estarem aqui. Bom, eu queria fazer um discurso todo fru fru, anotar tudinho e decorar mas eu não sei, então se sair horrível é por isso. Eu também poderia agradecer e falar de várias pessoas, mas eu queria falar especialmente de uma. Harry Gibson, o meu namorado e o cara mais otário de todos os tempos. Sério, me ensina a não ser tão burra como você, Harry! Eu passei oito fucking meses com você, comendo comida enlatada e macarrão sem molho nenhum com gosto de orégano e oléo, e que se foda se você gosta, eu não. Eu mereço o oscar por ter te aguentado por tanto tempo, sério! Um cara que só se importa se vai estar bonito ou não, se as meninas vão querer ele ou não, se vai conseguir fazer um gol que não seja roubado porque eu sei que você arma os gols. Eu odeio você. Com todas as forças? Talvez, porque um cara que me faz de trouxa me dá ódio, e aliás, você foi o único namorado que eu odiei mais que patricinhas. Eu quero que você vá tomar bem no meio do cu, viva sua vida sendo idiota e se foda, porque EU, Kather Johnson, tenho mais oque fazer, viver minha vida, aproveitar as festas que EU gosto, comer as coisas que EU gosto, fazer as coisas que EU gosto, e terminar o namoro que EU não gosto. APROVEITEM A FESTA! UHUU!"

E no ano seguinte, estava na mesma escola. Ninguém parou de falar dela e do discurso "fodão" que conseguiu humilhar o garoto mais popula que atuamente é ainda zoado, todas as meninas deram um fora nele. Ela se tornou popular, mas nem ligava, já que voltou a ser a mesma brincalhona de quase sempre. Acabou tendo vários namorados, mas nenhum que realmente amasse pra valer. Alguns erampara fazer ciúmes em Harry e falar "olha oque você perdeu! Hoje vários me querem!" e foi assim seus quinze e dezessies anos. Um dia, os pais do garoto foram até a escola reclamar e ela acabou semdo expulsa. seus pais? Nem ligaram direito, acharam certo oque ela vez e ficaram até feliz que ela não teria o tal Harry por perto. Sejam meus pais, please -q



Família

Sue Johnson; Mãe; 38 anos; Empresária; Viva.


É uma mãezona para Kather. Por mais que em momentos não esteve tão presente, ela sempre ajudava Kather quando a mesma precisava, e ria de suas brincadeiras, mas fingia ficar brava e brigava com ela, mas as brigas entre ela e Kather as fazem rir no final.

Mike Johnson; Pai; 40 anos; Empresário; Vivo.


Um pai super divertido e atrapalhado! Outro que não esteve presente em certos momentos, mas a ajuda nas coisas necessárias, mas quando ela faz uma pergunta ele fica todo confuso e acaba por falar:"Eu não entendo mulheres!".



Gostos & Desgostos

Gostos:

Patinação;



Teatro;



Música;



Astrologia;



Skates;



Garotos fofos (tem um penhasco por eles);



Lugares altos;



Perigo;



Ser fora das regras;



Rebeldia;



Filmes de terror;



Rock, Pop;



Frio;



Roupas largas;



Cropped;



Comunicação;



Aparelhos móveis;



Fones de ouvido.




Desgostos:

Comidas enlatadas; macarrão sem molho ou com gosto de óleo; coisas pegajosas ou nojentas; lixo; passar vergonha; não ser a mesma; quem não gosta de legumes e frutas (<3); cair; perder; garotos que se acham perfeitos; ser a pior; mudar.



Manias & Hobbies

XxX



Medos / Traumas / Fobias

Medo de perder seus pais.



Sonho(s)

Se tornar uma patinadora.



É um(a)

( ) gótico(a)
( ) popular
( ) patrinha / mauricinho
( ) nerd
(X) outro: bad girl



Participa de algum clube?

Clube de vôlei.



Oque quer na Spetury High School?

Conhecer mais pessoas e desapegar da escola antiga.



Estilo























Algo a Mais?

Não.


•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••




•【❝Park Jimin as Luke Wonner❞】•


Andal nasseo na andal nasseo
Niga mwonde? Neoman jallasseo?
Wae nareul jakku nollyeo nollyeo
Neo ije geuman hol’ up hol’ upBoy in Luv; BTS


♥ Ficha

Nome Completo

Luke Wonner



Apelidos?

Lu: Uma abreviação do seu nome, muito usada por amigos e familiares.

Arco-íris: Por mudar constantemente a cor do cabelo o apelidaram assim.

C.u.t.e.: É uma sigla para "Coisa Ultramente Totalmente Extremamente" e se completa com a própria sigla, Cute, ou seja, é um apelido que significa "Coisa ultramente totalmente extremamente fofa". Apenas Kather o chama assim.



Idade

Tem 17 anos, faz aniversário dia 24 de Março, sendo do signo de Áries (♈), oque combina muito com sua personalidade.



Aparência













Luke tem uma aparência divina. Seus cabelos são em um tom escuro, que vez ou outro se assemelha a castanho escuro, outrora preto. São extremamente sedosos, Luke tem um imenso cuidado e amor pelo cabelo. Seus olhos são escuros, mas definitivamente pretos. Sua pele pálida é macia e parece uma nuvem, esse é um motivo para todos quererem abraçá-lo. Tem 1,78 de altura, sendo baixo.



Personalidade

Luke é um garoto extremamente fofo e delicado. Um garoto talvez afeminado na opinião das pessoa. Muito focado no que faz, e por esse motivo é bastante inteligente. Está sempre com atenção e nada o tira de seu foco. Mas seu fraco: não é pessimista. Se ele não consegue – ou talvez consiga, mas não sabe – ele não vai lutar, vai aceitar a derrota e vai perder.

Totalmente oposto de um nacisista, ele não se importa com a beleza, e sim com a personalidade. Por ser popular, ele acaba se importando em estar arrumado e todo bonito para as pessoas, mas mesmo assim ele ainda cora com elogios e diz que não está tudo isso. Beleza é algo importante para ele, mas ao mesmo tempo não.

Luke é bastante divertido e brincalhão também, por mais que seje fofo e tenha traços de uma pessoa tímida, ele não é tímido. Bastante brincalhão, sempre arranjando algo para fazer no tempo livre, já que não se desconcetra nos momentos que está ocupado. Alegre, sempre com um sorriso no rosto, talvez seje falso, mas quer mostrar para as pessoas que é feliz, de alguma foma.



História

Luke sempre fora rico. Seus pais tinham um bom emprego e davam tudo para si, exceto amor. Foram pais presentes sim, mas raramente falavam com o filho, davam carinho ao filho entre outras coisas do tipo. Mas Luke achava que isso era normal, mesmo lá dentro ele querendo um abraço. E então foi assim que crescerá, em Los Angeles, o típico riquinho que todos quertiam ser amigos, e como naquele tempo era ingênuo, era amigo de todos.

Amigos? Por um ano, até no fim do ano dizerem que apeas estavam se aproveitando dele. Luke foi para casa chorando, então era assim as pessoas? Não podia ter um amigo? Ninguém pode me dar um abraço? A resposta era a mesma: não. Com o tempo, Luke sempre achou que amigo fossem para se aproveitar dele, pegar o dinheiro, comer os lanches e ele ser o trouxa da história. Doze anos feito, sem ninguém na festa, sem festa. A única coisa que teve foi sua "segunda mãe", a empregada e babá dele, lhe dando um bolo e cantando parabéns.

— Lin, você está se aproveitando dos meus pais?
— Claro que não querido! Por que faria isso?
— Quando eu tinha dez anos os meus 'amigos' se aproveitaram de mim...
— E por quê não me contou isso?
— Porque achei que todas as pessoas eram assim, e nunca me dariam um abraço.


E então Luke recebeu seu primeiro abraço. Ele não sabia abraçar, já havia visto em filmes e desenhos mas nunca recebeu um "tutorial de como abraçar". Começou a perceber oque é carinho e amor, e então mudou. Agora tinha amigos, era sorridente e uma outra coisa: descobriu uma irmã. Por parte de pai, e entõ sua mãe acabou se separando. Ele decidiu ficar com seu pai, mas era a mesma coisa. O pai nem se importava com ele, e então Luke, com catorze anos, tomou a decisão de morar com sua irmã. Sua irmã tinha dezoito anos, quase dezenove, cursava a faculdade e era modelo, e nos tempos livres atendente de marketing.

Sua irmã era extremamente gentil e carinhosa, além de ter um coração imenso. Era bastante destemida e ensinou uma coisa a Luke: não desista. Nunca desistir. Mas Luke não seguia muitoisso, ele tinha medo. E então, ele chegou aos seus dezessete anos, e então sua irmã, Joy, o colocou em uma escola bastante famosa e boa da região, já que finalmente teve uma condição financeira ótima.



Família


(Park Joy - Red Velvet)

Esta é a irmã de Luke, Joy. Possui dezoito anos, e atualmente é uma semi-atriz e modelo. Uma garota com o coração maior que o mundo, seguido de uma bondade e determinação. Desde que Luke a conheceu, não quis mais soltá-la, se lembrara tanto de sua 'segunda mãe' que foi despedida depois da briga entre os pais assim que descobriram Joy. Com certeza Joy será uma pessoa que ficará para sempre no coração de Luke.


(Kim Yoon-jin)

Era sua mãe, Debby. Era uma coreana de quarenta anos, mas mora em Los Angeles desde quinze anos. Uma mulher fria, sorrisos raros, apenas focada na sua empresa. Luke antes achava normal o jeito de sua mãe, mas mudou após perceber que as pessoas dão carinho e amor ao seus filhos.


( So Ji Sub)

Era seu pai, Kako. Tinha quarenta e dois anos e nasceu na Coréia, mas veio para os Estados Unidos aos vinte anos. Totalmente frio e grosso, nunca forá o pai que Luke queria. Mas Luke não o deia, apenas quer carinho e que Kako se importe com ele.



Gostos & Desgostos

Gosta de cachorros, animais em geral; doces; sua irmã; família; abraços; carinho; música.

Não gosta de ficar esperando; pessoas rebeldes; preconceito; solidão; brigas.



Manias & Hobbies

Tem a mania de ficar tocando violão quando está triste.

Tem o hobbie de assistir doramas ou filmes com sua irmã.



Medos / Traumas / Fobias

Medo da solidão.



Sonho(s)

Sonho de ser conhecido pelo mundo como músico.



É um(a)

( ) gótico(a)
(✘) popular
( ) patrinha / mauricinho
( ) nerd
( ) outro:



Participa de algum clube?

Do clube de música.



Oque quer na Spetury High School?

Conhecer mais pessoas.



Estilo















Algo a Mais?

Ele possui dois cachorros junto de sua irmã, uma é fêmea e se chama Luna, tem o pelo escuro com partes claras, e o outro era macho, se chama Google, com a pelagem clara. Joy que colocará o nome nele.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...