~Tori_22

Tori_22
Nome: Victoria
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Florianopolis, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 12 de Julho
Idade: 66
Cadastro:

Ficha - X


Postado



"Vamos seguir em frente. Vamos lutar. Vamos ser feridos. E no fim ainda vamos estar de pé" - A Torre Negra


Nome: Rebecka Mary Blake

Codinome: Aphrodite

Idade: 16 anos.

Aparência:

– Famoso (a) que representará: Dove Cameron.
– Descrição: Ela possui cabelos loiros compridos e suavemente ondulados. Seus olhos são esverdeados com longos cílios escuros. Seu rosto possui traços delicados e um nariz pequeno e levemente arrebitado, seus lábios não são muito carnudos e suas bochechas estão constantemente rosadas.




Sexualidade:
( ) Bissexual
( X ) Heterossexual
( ) Homossexual

Personalidade: Rebecka é fria e ríspida a primeira vista, mas se demonstra, ao menos um pouco, protetora depois que você a conhece melhor. Meio convencida e arrogante demais, Rebecka é também impulsiva, fazendo dela uma pessoa imprevisível e péssima para seguir ordens. Sua teimosia e determinação misturadas com sua ambição a tornam alguém capaz de qualquer coisa para alcançar seu objetivo, seu espírito de liberdade e justiça são muito fortes e ela faz de tudo para defender seus ideais.
No começo, não consegue compreender a necessidade dos outros membros do grupo de ajudar a todos e proteger uns aos outros, mas quando alguém de sua equipe é atacado, Rebecka não hesita em entrar na briga. Ele fala o que vem a cabeça, sem se importar com o que os outros pensam, e muitas vezes, age com agressividade com as pessoas desconhecidas. E embora ela possa ser agressiva na maior parte do tempo, Rebecka também tem um lado mais suave, mas tem dificuldade em expressa-lo. Ela se esconde atrás de seu humor deturpado e de sua malícia, fingindo que é durona, mas não é. E com esse seu jeito, ela simplesmente deixa qualquer um insano.
Rebecka é incrivelmente inteligente e lógica, sempre planejando e calculando, e também sempre foi muito observadora, seus olhos estão sempre atentos para captar todos os mínimos detalhes, e estando em uma situação de perigo ou não, ela sempre vai estar pensando em uma estratégia para manter a sua segurança a das pessoas com quem se importa.


História: Abandonada em uma clínica psiquiátrica, ou hospício, se preferir, aos cinco anos, Rebecka não tem a mínima ideia de quem são seus pais ou do porque de terem a deixado. Ficou até os 14 anos na clínica, e durante os anos que passou lá, seu único objetivo era achar seus registros e descobrir mais coisas sobre sua família e ela mesma. E após o acidente que a fez descobrir seus poderes, ela fugiu do hospício e fez várias coisas de que não se orgulha para sobreviver, como o uso de seus poderes de persuasão para não precisar pagar roupas, comida e moradia.

Poder:
Ofuscação Mental: É a capacidade de camuflar sua presença mental por inteiro, ou seja, não ser rastreado por telepatas.
Persuasão: Habilidade de convencer ou obrigar as pessoas a fazer o que se pede usando a voz.
Resistência Mental: É a capacidade de aguentar melhor que os outros mutantes ataques que afetem o cérebro, tais como ilusionismos, sedução e relacionados. Com treinamento, ela ficaria praticamente invulnerável.
Sedução: Habilidade de seduzir qualquer pessoa através do olhar ou da voz.

Acontece alguma mudança física quando usa os poderes? Se sim, descreva: Não.

Como descobriu os poderes e qual foi a reação: Um segurança da clínica psiquiátrica havia a encontrado em um dos corredores onde ficavam os registros e informações mais secretas, que eram obviamente proibidos para todos os pacientes, e enquanto ele a levava até o Confinamento (uma parte do hospício, para onde os pacientes iam quando não se comportavam) ela começou a gritar coisas do tipo “Isso não é justo!”, “Me solte!”, “Eu tenho o direito de saber!” e por fim, quando ele e a enfermeira a prendiam na cama e a enfermeira estava pronta para dar a injeção para faze-la dormir, ela gritou: “Eu odeio vocês! Queria que morressem!”. E foi uma tremenda surpresa para Rebecka, quando o segurança partiu para cima da enfermeira, e a matou aos socos, somente para depois ele mesmo se matar. Com certeza deviam ter motivos mais coerentes para isso ter acontecido, mas Rebecka sabia que havia sido ela e se sentiu tremendamente culpada por isso. Mas apesar de não admitir, ela gosta de seus poderes e da sensação de controle que sente ao usa-los.

Roupa que usa/vai usar:

- Suas roupas do dia-a-dia são tudo no estilo ladylike.


- Roupas que costuma usar em missões:


Gostos:
– Desenhar.
– Ler.
– Observar o nascer e o pôr do sol.
– Ouvir o barulho do mar.
– Sua cor preferida é vermelho escarlate.
– Verão.

Desgostos:
– Regras.
– Quando a interrompem enquanto está falando, acha um tremendo insulto.
– Odeia perder em alguma competição ou em qualquer coisa.
– Detesta se sentir inútil.
– Ser ignorada.
– Pessoas melosas.

Habilidades:
– É capaz de realizar movimentos extremamente flexíveis.
– É esguia e ágil. Seus movimentos são graciosos, o que permite que ela se esquive de vários golpes.
– Corre rápido.
– Luta ninjitsu.

Par?
( ) Sim, a autora escolhe.
( X ) Sim, eu escolho. {Derek Liam Edgar, se os dois forem aceitos}
( ) Não.

Como se comporta em grupo/equipe: No começo, ela não consegue compreender a necessidade das outras pessoas de ajudar a todos e proteger um ao outro, mas com o passar do tempo, ela começa a se importar com os outros membros da equipe, e quando alguém está em perigo, Rebecka não hesita em entrar na briga.

Tem bom relacionamento/amizade com:
Nicholas Monroe (seu melhor amigo, eles se conheceram na rua, acabaram sendo acidentalmente cúmplices em um roubo, e desde então não se separaram).
Genevra White Collins
Louise Antonella Hector
Winike Kai Nagahara
Alexsandra Holly Mitchell

Não tem bom relacionamento/inimizade com: Eu ainda não tive tempo para ver as outras fichas, mas eu completo aqui assim que puder.

O que seu personagem faria em uma situação perigosa? Desde o começo, ela já estaria pensando em uma estratégia para manter a sua segurança. Mas provavelmente tentaria usar seu poder de persuasão e “desligaria” temporariamente sua ofuscação mental para que algum telepata consiga localiza-la e, com sorte, salva-la.

Algo mais?

– Rebecka ainda continua buscando por informações sobre seus pais e sobre o motivo de terem a deixado naquele hospício.
– Seu poder de ofuscação mental é algo que ela nem percebe que está fazendo, simplesmente acontece, por isso precisa treinar para conseguir desliga-lo quando for preciso.
– Seu poder de sedução costuma ser ativado automaticamente e ela nem percebe, por isso muitas vezes, do nada, aparece uma fileira de garotos atrás dela.
– Seu poder de persuasão foi o primeiro a se mostrar e o único que ela consegue controlar completamente.
– O poder que ela mais treina é o de resistência mental, pois assim que ela o dominar, sua mente vai ser invulnerável, a não ser em momentos de fraqueza emocional.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...