~Keelyh

Keelyh
And now?
Nome: Melissa
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Itanhaem, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha "Magie Noire"


Postado



♪ LIVE FAST DIE YOUNG, BAD GIRLS DO IT WELL ♪
GOSTOSO PRA DEDEU (Time Leo)



► NOME DO PERSONAGEM: ◄
Lydia Scott Washington — Lydia é um nome de origem grega que significa "habitante de Lídia". Lydia era o nome de uma antiga região da Ásia Menor, na costa ocidental, perto do Mar Egeu. No Novo Testamento, na Bíblia, Lydia era o nome de uma mulher que se converteu ao cristianismo pelo testemunho do apóstolo Paulo. Os lídios, habitantes da Lídia, se consideravam descendentes de Lud, que significa "o que sente dores de parto". O nome surgiu foi ficando mais popular depois da Reforma Protestante do século XV.

Scott — Significa “escocês” ou “o que fala escocês”. Deriva do nome em latim Scoti que quer dizer “o que fala escocês”. Apesar de sua origem ser incerta, acredita-se que vem de um sobrenome inglês e escocês que se refere às pessoas naturais da Escócia ou que falam escocês. É um nome que apareceu antes da conquista dos normandos e também foi aplicado aos que falam escocês, mas vinham na Irlanda.

Washington — Significa "da terra dos Wassa", "proveniente da cidade do povo Wassa", ou "o que vem do lugar dos caçadores". Tem origem no inglês Wassyngton, através do termo Wassa, o nome de um povo, que deriva do inglês antigo Wapsige, que quer dizer "caçada". Washington é um nome de origem geográfica, que deriva do nome de um lugar e antes de ser adotado como um nome próprio, era utilizado inicialmente como um sobrenome. O nome Washington é muitas vezes adotado para homenagear o primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington, vivido entre os anos de 1732 e 1799.

► PAIS MORTAIS ◄



Barbara (Blair) Scott Washington -- 36 anos -- Empresaria



Alan Scott Washington -- 44 anos -- Caçador

► RELAÇÃO COM PARENTE MORTAL ◄
Lydia e Blair são mais como irmãs do que mãe e filha. Contam tudo uma para a outra, e Lydia confia mais nela do que em si mesma. Embora a mãe seja muito ocupada com o trabalho de médica, nunca deixou de dar carinho e atenção à filha. Isso inclui broncas e castigos, quando necessário - o que é bem frequente.

Nada demais entre Alan e Lydia os dois se adoram e se amam como deveriam é claro,mais Lydia não chega a contar todo pra ele,a não ser necessário...No começo eles brigavam e se "odiavam" ,mais depois de uma conversa se entenderam e isso não acontece mais naquela casa.

► IDADE: ◄
Dezessete anos — Nascida no dia vinte e cinco de Junho, sendo assim do signo Câncer.
Nunca foi uma pessoa que liga muito quando dizem que a personalidade depende dos signos, acha isso tudo uma bobagem e muda de assunto rapidamente, nem se importando se foi grossa ou não com a pessoa.

► APARÊNCIA: ◄
Lydia é branquinha, sua pele chega a ser um tanto pálida, mas não tanto. Seus olhos são esverdeados, que quando a luz do sol os penetra parecem ficar mais claros ainda. Seu cabelo é médio, chegando exatamente até aos seus seios, ele é liso e Lydia ama cabelos lisos, portanto ela não reclama sobre seu cabelo -na maioria das vezes-. Mas ela admite também que eles ficam extremamente lindos quando faz cachos, parecendo uma jovem de 13 ou 14 anos novamente. Seu corpo não possui muitas curvas, ele é esbelto mas também não é daqueles super, ultra mega gostosos. Ela não é muito peituda, seus seios são médios e não chamam muita atenção. A única coisa que chama atenção em seu corpo, é a sua cintura fina e a curva bela que a mesma tem, deixando os seus quadris um pouco chamativos também. Suas pernas são finas, não tanto assim que fica parecendo um palito ou uma tábua, são finas no aspecto de um bom aspecto, e seus braços podemos dizer a mesma coisa. Mede exatamente um e sessenta e quatro centímetros, sendo assim baixinha, mas na maioria das vezes ela chega a dizer que mede um e sessenta e seis ou cinco centímetros. 44kg é o seu peso atual, por mais que a garota se farte de comer ela não engorda, pode ganhar mais dois quilos mas em dois dias ela os perde novamente, talvez seja por ela correr todas as manhãs. Mas não pense que por ela fazer uma corrida matinal ela ama exercícios, é uma coisa chata para ela, e diz que são só conversas de homens. Que tipo de roupa combina com ela? Bem, ela gosta de vestir uma roupa que a deixe muito, mas muito confortável. Não querendo saber se as peças de roupa combinaram com o sapato, ou o short combinou com a blusa. Isso mesmo, ela pode vestir uma blusa preta e roxa, acompanhado de um short amarelo ou verde fluorescente, e nos pés os tenis do Mickey. Não irá ser nenhum problema para Lydia, desde que no final das contas ela fique bem. Mas não pense porque só por isso ela veste roupinhas de avós, na verdade, ela coloca roupa justa também, mas não constantemente, por tanto. Ela é bem desajeitada, quanto ao assunto de escolher uma peça de roupa que combine com qualquer coisa que ela esteja usando, por isso ela sempre precisa de uma ajudinha para combinar e ficar com uma boa aparência. Lydia despensa a maquilhagem, não entende o porquê de algumas mulheres ficarem passando maquilhagem até deixar sua cara extremamente rebocada. Uma make perfeita para Lydia é só passar lápis e rímel em seus olhos, pintar seus lábios com um batom que não seja preto ou exageradamente carregado, parecendo que passou mil e quatro vezes o batom.





► FILHA DE QUAL DEUS?: ◄
Filha de Hades.

► PERSONALIDADE: ◄
Sabe o que quer da vida, e também como chegar lá. Tem grande habilidade para envolver as pessoas que podem ajudá-lo a tocar e realizar seus projetos. Possui uma sensualidade que não passa despercebida por ninguém, e aprendeu a se valer desta arma. Principalmente entre quatro paredes. Independente e dinâmica são características de Lydia, e é desta forma que é vista. As pessoas acreditam na sua eficiencia em tomar conta das situações. É o tipo de pessoa que não se deixa afetar quando existe oposição à suas idéias ou ações. Por agir com equilibrio sempre tem o apoio dos que a seguem e acreditam na sua liderança. É também muito inteligente e capta tudo com facilidade, por isso encontra diversas maneiras e idéias para fazer as coisas. Como aprecia a liberdade de se locomover e ir por onde quer, vive fugindo de responsábilidades ou de situações muito sólidas. Sente necessidade de mudança, e versatilidade de oportunidades, por isso acaba as vezes deixando seus projetos pela metade passando a imagem de pessoa insconstante. É alguem de intresses muito variados tende a estar sempre fazendo várias coisas ao mesmo tempo. Busca ocupações em que não precise ficar isolada, nem fechada em quatro paredes. As vezes é possível que percebamos essa manifestação, mas talvez Lydia não a expresse como deveria ou mesmo não vive de acordo com ela, assim esta sempre reprimindo os seus sentimentos e impulsos, o que gostaria de ser ou fazer, esta sempre adormecendo seus objetivos secretos, as ambições, os ideais mais intimos. Costuma ter consideração por todos os seres e gosta de servir. Necessita de harmonia para sentir-se bem por isso está sempre à procura da paz. Afetuosa, idealista, honesta, justa, verdadeira e que possui fortes princípios. Muitas vezes seu senso de obrigação e de servir o leva a fazer sacrifícios extremos - às vezes até desnecessários - por alguma pessoa ou aspiração. Não admite ver seus ideais ou métodos sendo desafiados e as vezes isso a leva à teimosia e injustiça. Para tudo o que está fazendo quando não consegue o que deseja e não faze mais nada. Diz tudo o que considera errado nas pessoas, as vezes de forma brusca, franqueza é uma forte caracteristica de Lydia mas não é muito capaz de administrar a situação inversa. Consegue superar seus defeitos com compreensão, e nunca através da crítica. Sempre disposta a ajudar as pessoas quando estão em dificuldades. Sente-se mais feliz quando está à serviço da humanidade. Possui também um grande senso artístico e gosta de música. O lado negativo levam Lydia a ser autoritária, dominadora, intrometida, irresponsável, teimosa, inclinados a discussões. Mas é à medida que faz mais pelos outros que ela alcança seu sucesso. Audácia e força são caracteristicas que busca para si. Lydia sabe aproveitar as oportunidades da vida; não perde a noção de realidade, ao mesmo tempo em que sabe ter como meta o infinito. Aponta para as possibilidades de sucesso, a versatilidade, o esforço incansável e a capacidade de influenciar pessoas. Força de vontade é o que não lhe falta para conquistar seus objetivos, sempre com caminhos novos pela frente.

► HISTÓRIA: ◄
Bom, a história de Lydia não é tão importante assim. A Senhora Winchester, que no neste caso é a sua mãe, descobriu que estava grávida. Ela estava na dúvida se cuidava da menina que estava por vir e decidiu que não iria conseguir, sabia que essa coisa era filha dela e de mais uma pessoa que ela pensou que nunca pudesse existir, um Deus; sendo assim Hades. Mas não a passou em mente que iria retirar o bebê, estava pensando-o se iria dá-la para a adoção ou não. Depois dos 9 meses passarem-se, nasceu Lydia. A Senhora Winchester não teve a coragem de mandar um pequeno anjo para um orfanato, e fez a primeira coisa que a veio a mente. Numa noite fria e sombria, sua mãe pegou a criança ao colo e colocou-a em um pequeno cesto, e cobriu-a com um cobertor para ela não passar mal por conta do frio, percorreu ruas e mais ruas procurando uma casa que pudesse deixar a criança a porta da mesma. E assim que encontrou uma, deixou-a ali e mesmo e voltou para a casa com os olhos cheios de lágrimas, ela não queria fazer isto, mas tinha que ser. E nesta mesma noite, um casal voltava de um jantar da empresa, resolvendo sobre os negócios e tudo o resto. Assim que pararam o carro em frente a casa, a linda mulher de cabelos louros e olhos azuis claros, o qual a chamavam de Blair, avistou um pequeno cesto a frente a sua porta, assim que o viu franziu o cenho e esperou o seu marido desligar o carro e saírem os dois. E assim que viu o que estava dentro do pequeno cesto, levou as duas mãos a boca e tratou-se de recolher logo a criança, e decidiu que a pequena ruivinha iria chamar-se Lydia, e seria a segunda menina do casal, a mais velha de 1 ano a qual seus pais decidiram chamar-lhe de Vivian. E assim que o tempo foi passando, Lydia e Viv foram crescendo, as duas deram-se bastante bem e nunca chegaram a ter uma única briga. Lydia era a filha do tipo de filha que só pensava na adrenalina e aventuras, e Viv o tipo de filha que só queria saber das ultimas tendências da moda. O tempo foi passando e Lydia foi crescendo, mas desde de pequena, Blair sempre contou a verdade para ela, como ela adotou-a e etc. E sendo assim a loira sempre quis conhecer os seus pais biológicos. Mas nunca conseguiu acha-los. No colégio, sempre fora a menina que quase nunca ninguém falava com ela, mas ela não ligava, focava-se mais nos estudos do que dar importância aos comentários do pessoal, mas ainda assim tinha os seus melhores amigos. Suas notas sempre eram boas e nunca teve nenhum problema na escola. E novamente o tempo passou e passou e a nossa pequena Lydia cresceu, e o que ela achou mais interessante foi que ela conheceu as baladas, e achou a sua diversão, de vez em quando ela saia com os seus amigos e depois só depois de algumas semanas voltava a sair. No meio do ano do colégio, deram a notícia que um novo aluno iria chegar, e assim que Lydia o viu, teve uma quedinha pelo mesmo. E eles nunca chegaram a se falar, até um certo dia que Diana, um colega de turma de Lydia, organizou uma baita festa e a loira decidiu que iria. As horas foram passando e quando de repente, Nash, que é o garoto novo com cabelo preto e seus lindos olhos azuis apareceu e puxou assunto com ela. Conversaram sobre várias coisas e foram conhecendo-se um ao outro, e com o passar das semanas, eles já eram grande amigos.Num sábado a tarde, Nash ligou para Lydia e chamou-a para sair. O moreno levou-a para um parque aonde tinha um pequeno lago e sentaram-se na grama em frente ao mesmo. Como você pode imaginar, Nash encheu-a de apelidos amorosos e Lydia foi se encantando cada vez mais e nesta mesma tarde, foi aí que eles beijaram-se. E Lydia, nunca teve um dia melhor que aquele, Nash era bastante atencioso com ela, sempre falavam até a madrugada e alguma das vezes fugiam a noite para verem-se um ao outro, e Lydia achava que ela era uma garota daqueles filmes clichés que encontrou o seu príncipe encantado por qual ela tanto esperou. Para ela, este tempo foi o seu conto de fadas que ela não ia cansar de pensar nesta história. Mas bem, sabe aquela história que o casal começa a brigar por nada? Crises de ciúmes da parte dos dois e etc? Foi meio isso que aconteceu, Nash e Lydia ficaram juntos 3 meses e separaram-se por causa de uma briga porque ele estava-a traindo.
No dia da separação, ela prometeu a si mesma que não iria chorar por ele, e assim foi, por mais que ela o amava, ela não chorou, continuou firme e com a cabeça erguida, e foi aí que ela chegou a conclusão que mesmo sendo essa garota frágil, também era forte ao mesmo tempo. Lydia seguiu a sua vida sua vida conseguiu melhorar um pouquinho, ela conheceu bastante gente e sempre ia para as festas que o povo lá da faculdade fazia e sempre acordava com uma ressaca dos infernos, para isso ela não dava nem a mínima, apenas queria divertir-se. Numa de suas festas, ela voltou a ver Nash, ele parecia alegre com a sua nova namorada e isso abalou-a bastante, sendo assim que ela resolveu esquecer os seus problemas com a bebida, ou então embebedar-se com tequila, e foi assim que uma garota de olhos cinzas mais puxados para o azul e cabelo castanho bastante claro aproximou-se e puxou assunto com ela, as duas dançaram juntas e divertiram-se bastante, era como se ela estivesse solta novamente. Um ano depois, Sally, que é a garota da festa e Lydia ainda continuavam amigas, ou até mesmo melhores amigas, as duas iam ao shopping juntas, tretavam bastante e eram inseparáveis, era como se fossem a cueca e a bunda, elas nunca se desgrudavam.
Sua família era feliz e gostavam de ajudar os outros, sempre tinham carinho um pelo outro e eram poucas as vezes que se brigava ali naquela casa. A cada fim de semana a família saia e ia para as vilas que algumas pessoas necessitavam de ajuda, ofereciam comida, roupas, Lydia até levava as roupas que já não serviam mais nela. A loira sentia-se feliz ajudando os outros sabe? Poder ver que ela estava ajudando as pessoas necessitas, já que no bairro aonde a loira morava não era um dos melhores. Lydia nunca teve essa de escolha de que era mais ligada ao pai ou a mãe e bla bla bla. Amava muito os dois e ficou mais feliz ainda quando sua mãe estava gravida, de um rapaz. Foi uma alegria para a família ao saber dessa gravidez, mas todos ali notaram uma certa preocupação vinda de sua mãe. Lydia não ligou e continuou vivendo sua vida. Mas... Uma família não é família sem ter uma treta né? Bom, mas antes de chegarmos na treta aconteceu algo que precisamos contar. Depois de duas semanas de Blair ter o seu filho, as duas foram a farmácia e resolveram ir á pé, para poderem caminhar um pouco e conversar sobre a vida das duas. Blair fez uma cesariana no parto então ainda estava com os seus pontos cozidos e tinha que fazer algum esforço para poder andar. A caminhada até foi boa para as duas, até a hora em que quando voltavam para casa, um carro travou-as e rapidamente as puxaram para dentro do mesmo. As duas ficaram bastante preocupadas mas porem tentaram ficar calmas, pois quando era pequena ouviu a conversa de sua tia de que o segredo era ficar calmo e não demonstrar o seu medo ao ladrão. Mas porém aquele lance não estava ajudando muito, infelizmente sua mãe acabou sendo morta, pois quando a polícia chegou um dos bandidos atirou em uma das duas e infelizmente a bala acabou tocando em sua mãe. Como Blair acabou por perder muito sangue, ela não aguentou e faleceu. Por sorte na parte de Lydia, os ladrões não fizeram nada com ela. Ela sentiu-se tão mal com a perda de sua mãe que nem comer conseguia, ficava apenas no quarto mexendo em seus aparelhos electrónicos. Mas²... Depois de um bom tempo, a família descobriu que a mãe tinha um amante, como Vivian era uma Hacker, acabou lendo alguns e-mails dela e principalmente as conversas no WhatsApp não eram nadas agradáveis, assim que o pai soube disso, passou de mal para pior. Decidiram então que não iriam mais ficar ali naquele bairro, a família mudou-se para uma outra cidade e os seus irmãos acabaram por ir viver com o pai na Escócia, já ela decidiu que iria ficar na casa das tias. Sua tia teve que a transferir para um novo colégio. Lydia foi inscrita num dos melhores colégios e conheceu um professor, a qual ela deu-se perfeitamente com ele, chegando-o até a considerá-lo melhor amigo. A menina não parava de falar do homem, enchendo-o de elogios para a família, e assim seu tio, Frederick convidou-o para jantar. O jantar correu lindamente, tanto que os pais da menina também foram com a cara de Adam, e o professor conseguiu então conquistar a amizade da família. As coisas foram ficando estranhas quando a uma das tias da garota morreu misteriosamente, e até a própria polícia não conseguia encontrar nenhuma pista sobre o assassino. Algumas coisas estranhas começaram a acontecer com ela, como uma cabeça de gato morto ser enviada a sua casa, alguém ter posto corpos de insetos em seu estojo ou até mesmo colocado laxante em seu lanche, coisas que a aterrorizavam. Assim ela foi pedir ajuda a ninguém menos que seu professor de química, ela achou que ele a ajudaria, porém para sua surpresa, quem havia feito tudo aquilo havia sido ele. De acordo com o mesmo “ela não passava de um experimento” e quando ela tentou escapar, deparou-se com a porta trancada. Aquilo era de fato uma armadilha. Assim ele começou a fazer “experimentos” forçados nela, que eram nada mais que tortura. Ela certamente o teria denunciado se ele não tivesse dito que mataria sua família se tentasse contar o que ele estava fazendo para alguém, afinal para o mesmo era tudo “em prol da ciência”. Assim os experimentos dele se seguiram, ficando cada vez mais cruéis, ao ponto de fazer a mesma entrar em depressão. Se ele não a matasse, as coisas que ela agora fazia concigo mesma matariam, ela tinha certeza que seu fim estava próximo, e assim teria sido, se por ela não ter aguentado mais e contado para Elizabeth o que estava acontecendo. Obvio que a fúria do professor quando descobriu foi grande, e além de ter a sequestrado, e matou sua tão querida amiga na frente dela, e em seguida posto a arma em sua própria cabeça, se matando na frente dela, mas antes disso, o homem tocou em um assunto bastante estranho; dizendo que ela era filha de Hades, Lydia simplesmente o ignorou achando que ele estivesse doido. Para sua sorte, não aconteceu nada com sua família e depois de algumas semanas a polícia encontrou a mesma em estado catatônico. Com o tempo, a garota foi se recuperando, seu tio acabou por a colocar em um psicólogo, o que foi uma grande ajuda para a garota. O dia mais estranho de sua vida, foi, quando no meio da noite sua casa acabou sendo invadida por uma criatura bizarra, que só tinha apenas um olho no meio da testa, a única coisa de que ela se lembrou foi de ter corrido para fora de casa, vendo a mesma explodir poucos minutos depois, aquilo deixou-a transtornada, sendo que suas tias e o seu tio estavam tentando fugir também, e na maioria das vezes ela acaba achando que é a culpada por isso tudo.

► SEGREDOS ◄
Não,que não tenha contado na história...

► ALGUMA BENÇÃO ◄
Lydia tem benção com a deusa Afrodite,pois a mesma a acha muito bonita e encantadora e acha que a mesma sera muito feliz com alguém um dia.
Lydia foi abençoada e ela sera totalmente amor, e lutara bravamente pra defender a real beleza, que é interior.

► CURIOSIDADE ◄
Desde que a mesma tem dentes,ela morde unha mas depois de alguns anos parou com isso pois a unha da mesma estava horrível.
E agora tem um habito de sempre que pode lixar as unhas ou pinta-las.

► RELAÇÃO COM OUTROS SEMI-DEUSES ◄
A relação de Lydia com os outros semideuses é bem amigável e normal, ela conversa com alguns e outros ela nunca nem ouviu falar, gosta dos filhos de Afrodite e de Apolo , ela só tem problemas mesmo com os filhos de Ares mais nada que ela não resolva com palavras...

► RELAÇÃO COM IRMÃS OU IRMÃOS ◄
Sua relação com seus irmãos é algo como amizade?? Os filhos de Hades são poucos ou seja ela não precisa tentar lembrar o nome de cada um a todo minuto,o que já é de ser louvado, e eles não gostam muito do contado físico da coisa chamada abraço, então cada um para o seu lado.

► O QUE ACHA DE HADES?? ◄
Lydia gosta de Hades e acha ele bem interessante,mas gostaria de não precisar passar por tudo isso só pra descobrir algo deste tipo.

► PAR? ◄
Sim qualquer garoto contanto que não seja filho de Ares...

► BEM OU MAL? ◄
Bem...Mas muitos a primeira vista,só por ser filha de Hades acha que é do mal...

► DEUSES MAIORES OU MENORES ◄
Todos são legais e não tem preferencia mesmo que os menores,são os mais interessantes,pois suas histórias normalmente não são contatadas para muitos.

► FRASE ◄
"_O mistério esta em nossas mãos,e nem sabemos disso.."

"_Palavras não me atingem,ao contrario de um soco..."

► ARMA ◄
Elmo da invisibilidade dada a ela por Hades,não o viu mais ganhou de alguém desconhecido no seu aniversario,e ela acha que possa ser ele.

► ARMA MISTICA ◄
Uma espada



► ANIMAL DE ESTIMAÇÃO ◄
Uma Fennec Fox,Chamada Claire...Ela é bem dorminhoca e adora se esfregar em nas pernas de Lydia ou dormir em seu colo.



► ALGO A MAIS? ◄
✖ Lydia não é uma pessoa religiosa, mas é fascinada pela história de Moisés e nunca se cansa de querer ouví-la novamente.
✖ Mesmo já sendo jovem adulta, a rapariga adora comer papa de bebés, principalmente a Cerelac e Nestum de Mel.
✖ Tem uma excelente voz e não tem vergonha nenhuma de demonstrá-la.
✖ Possui um amuleto que foi dado por sua avó, antes da mesma morrer. [X]
✖ Gosta bastante de música, mas não quer dizer que a rapariga está sempre com os fones para todo o lugar aonde esta passa.
✖ Simplesmente, Lydia é maluca por viagens.
✖ Para ela, os gays são os melhores amigos que ela sempre quis ter na versão feminina.
✖ A loira não é viciada em doces, mas ela é viciada em biscoitos e não consegue ficar um dia sem comer um.
✖ Quando era jovem, seu pai sempre quis que ela aprendesse a usar armas, já que o mesmo era caçador e queria que suas filhas quando crescessem soubessem soubessem se defender sozinhas. Mas ela sempre o olhava com uma cara de: "Porque raios esse velho quer que eu aprenda este tipo de parvoíces?", e sempre dava um jeito de fugir de seu pai quando ele começava a falar desse assunto. Mas nunca conseguia dar uma fugidinha, então sempre treinou.
✖ Ela adora jogos, sendo que nunca recusa um e o seu preferido é 7 Minutos no Céu.
✖ Ela é obcecada por desenhos animados e ama Hora de Aventura e Ben 10.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...