~Kathy-Sama

Kathy-Sama
~{Tsuyoidesu}~
Nome: 🍁 Ganghan {강한} 🐼
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Joao Pessoa, Paraíba, Brasil
Aniversário: 17 de Setembro
Idade: 16
Cadastro:

† Qu∈∉ns ◯f ∃v⁑∟†


Postado

† Qu∈∉ns ◯f ∃v⁑∟†





❝ – Não acredito que existam qualidades, valores, modos de vida especificamente femininos: seria admitir a existência de uma natureza feminina, quer dizer, aderir a um mito inventado pelos homens para prender as mulheres na sua condição de oprimidas. Não se trata para a mulher de se afirmar como mulher, mas de tornarem-se seres humanos na sua integridade – ❞

Simone de Beauvoir





✞ ◤NOME COMPLETO◥ ✞

Violeta Popov Maskovika.

Violeta.... Este nome possui vários significados. Tanto pode representar uma cor, tanto que pode representar uma linda flor. Bem, a cor violeta simboliza o equilíbrio entre a matéria e o espírito, a terra e o céu, os sentidos e a razão, composta pela igual proporção entre o vermelho e o azul. Agora, a flor simboliza a temperança, a lucidez, as ações refletidas. Mas, afinal, qual é o seu verdadeiro significado? Como nome, Violeta significa equilíbrio, relacionada a fusão perfeita das cores, ou na troca contínua entre a terra e o céu.
Agora, e Popov e Maskovika? Não possuem um significado concreto, ou melhor, nem significado possuem. Na verdade, seus nomes são somente importantes para existirem. Não se importa seu significado, mas sim, sua existência. Maskovika carrega um grande peso, sendo uma palavra bastante usada ultimamente, por ser o símbolo de uma das famílias mais ricas da Rússia.



✞ ◤IDADE◥ ✞

Possui dezoito {18} anos, sendo assim, nascida em dezessete de setembro de mil novecentos e noventa e oito {1998}.Um fino grito ecoou os corredores claros do hospital em uma madrugada comum.



✞ ◤ APARÊNCIA ◥ ✞




Viola é extremamente parecida com uma bonequinha de porcelana. Pelo menos, só parece.

A garota possui curtos, desleixados e bagunçados cabelos brancos. Sim, e não são brancos de velhice, e sim, naturais. Podemos dizer que Viola é albina, por possuir vários aspectos desse tão raro distúrbio. O mesmo possui uma franja, qual é repartida para todos os lados, para não pegar em seu olho, já que ela odeia cabelos tampando sua visão. Sedosos e cheirosos, estranhamente possuem cheiro de morango, e não é seu shampoo.

Seus olhos são azuis, mais puxado para aquele estilo piscina ou até cristalino. Puxados são, semelhante aos orientais, tornando-se bem fofa e delicada. Seus cílios inferiores são bem elevados e puxados, muitas pessoas pensam que a mesma usa máscara para cílios. Suas bochechas são apertáveis, mas nada de extremamente gorduchinhas ou sem nenhuma carne no local, avermelhadas são, pelo fato de que qualquer esforço que Viola faz, fica vermelha.

Sua pele é bem cuidada, inúmeros produtos já passaram por ela, desde os protetores solares até os cremes. Infelizmente, ou felizmente, sua pele é exageradamente branca, podendo ser comparada com uma folha de ofício, e sempre tem que a cuidas, esquecendo das outras partes de seu corpo — como cabelo —. Bom, pelo seu esforço diário, consegue trata-la da devida maneira, sem nenhuma mancha ou imperfeição. Entretanto, se passar muito tempo no sol, pode ficar avermelhada facilmente, além de coçar e formar graves feridas.

Viola possui uma altura consideravelmente normal, sendo alta para algumas ou baixa para outras. Mede um metro e sessenta e seis. Seu peso é o ideal, pelo fato de precisar ser, pesando cinquenta e um quilos
.






✞ ◤RETIROU A APARÊCIA DE UM ANIME? SE SIM, QUAL?◥

Sim. Anastásia do anime IdolMaster.



✞ ◤PERSONALIDADE◥ ✞



Viola é uma mulher de caráter invejoso.

É um amor de pessoa sim, não pode negar. Sua beleza pode não ser a de uma Gisele Bündchen, porém, sua personalidade faz isso por ela.

Sua simpatia e tolerância não possuem limites, não importe se a pessoa é o ser mais insuportável e mimado existente, a albina respira inúmeras vezes, conta até mil, fica vermelha, mas não irá gritar tão cedo com a outra. Pode assustar no começo, se a outra começar a gritar consigo ou até mesmo querer lhe bater, mas conseguira desviar e com um simples sorriso de canto, a fará ser a pessoa mais gentil do mundo. É como uma mãe, não precisa gritar ou bater para conseguir respeito — típico de um senpai —, um olhar será o suficiente para a outra estranhar e se manter calma. Nunca obteve uma “inimiga” no colégio, sempre fora amiga de todos, até as populares, líderes de torcida, atletas do time de futebol americano e nerds eram amigos da albina. Está vendo?

Sua face já transmite tranquilidade ao próximo e sua maneira de falar mais ainda. Calma, sua voz arrastada e seu olhar sereno rapidamente acalmaram o cão mais feroz da rua. Não faz de propósito ou quando alguém manda/pede para acalmar a besta, não conseguirá, começará a tremer, olhar para os lados e sorrir de maneira forçada. Na pressão, Viola não consegue se concentrar, por isto ~e mais outro motivos de ‘não presta atenção’~ ela não gosta muito de trabalhar em grupo, apesar de que ama ficar com as(os) amigas(os).

É a última pessoa a saber das coisas. Infelizmente, Viola é aquela pessoa que, pode estar no momento do acontecimento ~mas óbvio que não prestou atenção no ocorrido~, ser melhor amiga do protagonista, mas ainda assim, será última. Se quiser um companheiro para escutar música ou compartilhar ideias — seja lá o que for — não tenha medo em pedir para Vio ser sua companheira ela adorará ouvir tudo com muita atenção, além de compartilhar ideias e opiniões a respeito. Viola não tem lá aquela memoria fotográfica, qual a pessoa fica impressionada com seu talento, mas sabe relembrar de momentos que muitas pessoas nem sequer reconhecem.

Desleixada, tanto no modo de agir como no modo de vestir, não aguenta perder seu precioso tempo para arrumar seu curto cabelo ou de passar maquiagem. Algum dia a maquiagem sairá, ou até algumas horas, então porque pintar seu rosto fingindo que aquela face é verdadeira para impressionar os outros se você pode ser totalmente natural e impressionar aqueles que te acharam bonita por ser..... Você?

Viola não é aquela pessoa que se irrita facilmente — fato— mas quando acontece, o melhor meio de mantê-la distraí-la do momento é, ou leva-la para a cozinha, ou leva-la para uma piscina olímpica. A albina ama do fundo de seu coração, nadar e cozinhar. Se perguntam-se a ela como se descreveria a felicidade, não pensaria duas vezes de citar “Natação” e “Cozinhar”, pode até não comer, mas adora ver o rosto satisfeito de seus amigos.

Sua aparência física é relativamente normal, com os ombros um pouco mais largos que a maioria das “bonecas” que se dizem pessoas, não duvide de sua força. Tá, não pode ser a pessoa mais fodona que conheceu, mas suas técnicas são impecáveis, sabe como desmaiar, colocar no chão ou até parar um soco graças as aulas de artes marciais que teve em sua adolescência ~e nem pense que a albina aprendeu do dia para a noite, anos de treinamentos e sofrimento foi, barriga dolorida e suor no chão era mais do que normal, na época~.

Sabe bem como disfarçar um susto ou quando lhe dão um “fora” pesado, a mesma demora alguns segundos a se recompor, mas quando consegue, revida com fervor, ignorando o quão forte o soco psicológico foi. É fofa e tal, mas não se engane, ninguém é perfeito, muito menos Vio. Seu lado malvado está escondido nas flores que é seu coração. Quando Vio é desafiada, não tem quem a faça mudar de ideia, competitiva? Talvez. Sabe como fazer alguém chorar e, por ser amiga de todos, sempre tem aquele segredinho básico em sua cabeça e saber usá-lo contra a amiga é fácil. Porém, odeia profundamente quando acontece e quando ocorre, o segundo seguinte já pede desculpas e se ajoelha perante a pessoa, não chora, mas tenta. Odeia traição mais que tudo.

Não é aquele tipo de pessoa que “prefere” um livro do que ir a uma festa ou vice-versa, para ela, realmente depende do dia, com por exemplo, um dia friozinho qual parece que a Netflix está lhe chamando para continuar a assistir ‘PLL’ e um chocolate quente ao seu lado, me diga, gostaria de ir a uma festa neste estado? Mas se estivesse calor, a cama não lhe parecer uma amiga no momento e o chocolate quente falta lhe queimar por dentro, não vai dizer que não gostaria de ir a uma festa na praia? Viola é assim.




✞ ◤GOSTA?◥ ✞

Nadar, de preferência, em piscinas olímpicas — apesar de tudo, o mar não é uma boa opção, pois o sol, a areia e a urina dos peixes em seu corpo não é o melhor meio de passar o tempo livre —.
Cozinhar, algo que sabe fazer muito bem, já que seus anos de pratica foram bem feitos.
Climas confortáveis, não sendo frio ou calor, aquele meio termo onde pode se fazer o que quiser, desde tomar chocolates quentes até a jogar basquete na quadra.
Roupas largas e confortáveis, claro que, sendo Viola, a garota qual nem se importa com o corpo, irá se importar com roupas? Aquela camisa dez vezes o seu tamanho e aquelas calças moletons extremamente folgadas em suas pernas é perfeito, na descrição dela — claro que não sairá assim na rua, apesar de que algo frouxo, como cardigãs ou blusas iram estar em seus looks —.
Músicas, desde a eletrônicas até as clássicas, não tem frescura e muito menos ‘tipo’, adora todos os tipos, pois cada um serve para um lugar. Já imaginou um barzinho tocando metálica? Ou uma balada tocando clássica? Todos possuem seus momentos, até as músicas.
Animais, o que faz Viola corar até o máximo e sentir todos os pelos de seu corpo arrepiarem é observar um cachorrinho brincando de bolinha ou de um gatinho lambendo sua bochecha. Acha todos os bichos lindos, não importa qual. Até uma lacraia possui sua beleza, basta olhar bem de perto.
Culturas, algo que deixa Vio de boca aberta são as culturas. Árabes, africanas, brasileiras, inglesas e até japonesas deixa a albina de olhos arregalados. Acha lindo tudo e todos, e o que mais queria fazer no mundo é viajar para todos os lugares, experimentar comidas estrangeiras e modos de falar.



✞ ◤DESGOSTA?◥ ✞

Traição. Traía Violeta e ela nunca mais será a mesma. Não adianta dar o mundo a ela, a tristeza em seus olhos toda vez que lhe ver será impossível ignorar. Vio é tolerante, mas a traição, não importa a causa ou o porquê, não conseguirá sua confiança novamente. Nunca mais.
O que deixa Viola de boca aberta— em desgosto, claro— são os famosos racistas, homo fóbicos, machistas e ignorantes em geral. A albina não entende o porquê de existir ódio no mundo, no porque pessoas querem ser superiores as outras, se existe realmente o certo e o errado. Porque homens não podem se amar? Porque eles têm que ser superiores as mulheres? Negro? Asiático? O que tem eles? São todos lindos!
Tudo que é radical, afinal, nada demais é bom ~desde pessoas ignorantes a temperatura, como muito calorento ou muito friento~
Lugares muito sujos, a vontade de limpa-los é gigantesco.
Ser ignorada ou ignorar os outros, as vezes é necessário, ela sabe, mas não se sente bem, pois na maioria das vezes, Vio se coloca no lugar da pessoa.
Ser forçada a ser algo que não é, como por exemplo, sua religião, não possui uma e não acredita em nada, sendo assim, uma ateia. Odeia quando a forçam repensar ou quando dizem “É uma criança, não sabe de nada”, irá se arrepender, pois os fortes argumentos iram chegar com tudo.
Superioridade, acha tão ridículo o pensamento que algumas pessoas possuem em pensar que são superiores as outras. Tão infantil. Somos todos iguais, não importa a aparência física ou suas habilidades, o que importa é que ninguém é superior a ninguém ~realmente, o mundo ia ser bem melhor se existissem mais “Violas” no mundo~.



✞ ◤HISTÓRIA◥ ✞

Em uma madrugada comum, a adorável albina nasceu após ecoar um fino e delicado gritinho, diz sua mãe, Angelie, a mulher mais adorável e doce que conhecerá na vida.

Nunca questionou nada que sua mãe lhe disse, desde a história de seu parto até o dia em que completou quatro anos. Estranhamente não se lembra de nada do que aconteceu antes de completar tal idade, mas nunca correu atrás, pois, mesmo com suas desconfianças, preferiu deixar como estava, pois, sua vida era mais do que perfeita.
Filha de um dos casais russos mais ricos da capital, Violeta foi uma criança privilegiada por deuses. Sua infância foi completamente normal. Sempre possui esta personalidade calma e tolerante com tudo, conheceu o universo rapidamente, sua mente aberta facilitou o aceitamento das pessoas diferentes do comum, o que fez Violeta amar ainda mais.

Com oito anos, conheceu o amor pela água, não tardando para se tornar uma das maiores nadadoras de seu colégio. Aos dez, a culinária. Foi cômico quando conheceu, já que, em um dia de primavera, Vio estava brincando com Cookie, sua gatinha persa, quando sentiu o cheirinho de chocolate saindo da janela da cozinha, correu que nem uma desesperada no local, observando sua mãe fazer um bolo. Se queimou quando tocou na forma quente, mas não ligou, afinal, o resultado ficou perfeito.

Com seus quatorze anos, foi a uma festa de sua amiga de escola e conheceu Ambre, uma garota loira extremamente legal. Foi com esta pessoa que perdeu seu primeiro beijo. Sim, Violeta perdeu seu beijo com uma menina, algum problema? Vio, no começo, se sentiu estranha, mas com o decorrer dos anos, aprendeu tudo o que deveria no mundo, inclusive, sua sexualidade. Flou para seus pais. Alexandre, seu pai, ficou um pouco desconfortável no começo, assim como sua mãe, qual perguntou “E os netinhos? ”. Riu muito nesta noite, explicou-lhes que ainda assim preferência os garotos, mas as garotas não eram exceção.

Houve uma época difícil para Vio, mas nada de sobrenatural, afinal, a cada hora uma pessoa morre, não? Estava sozinha em sua casa, com seus quinze aninhos, quando escutou a porta principal ser aberta. Pensou ser uma das empregadas saindo, mas lembrou-se que todas haviam se despedido a algum tempo atrás. Saiu de seu quarto e correu até o corredor principal do andar de cima, e em baixo, avistou um humano vestido de preto. “Ligue para a gente se algo acontecer, está bem? ”, lembrou-se de sua mãe falando antes de irem à festa de galã. Não pensou duas vezes para correr ao seu quarto. Infelizmente, o ladrão avistou os pesinhos rápidos sumirem em seu campo de visão. Trancou o quarto, ligou e não tardou para escutar as fortes batidas na porta. Começou a chorar, como qualquer um ser normal, faria.

A ligação corroeu com sucesso e sua mãe, chorando, implorava para que a filha ficasse na linha, mas não ocorreu como planejado. O grito da garota ecoou o outro lado do telefone, fazendo Angelie chorar mais apavorada ainda, e Alexandre pisar forte no acelerador. A garota correu para fora do quarto, com um homem segurando fortemente uma faca, a corrida foi longa, mas, depois de minutos “brincando” de pega-pega, seus longos cabelos foram puxados para trás. Ela caiu, a faca mirou em seu estomago. Ela caiu, igual ao homem e em cima dele, seu pai, suado e ofegante.

Depois do ocorrido, nenhum trauma horrendo ficou na garota, somente o de deixar seu cabelo crescer novamente ~não é considerado um “trauma” pois toda vez que passa dos ombros, ela corta, simples assim~

Mas uma pergunta ficou na cabeça dos adultos – Como o ladrão entrou? ... –




✞ ◤MANIAS◥ ✞

Vio possui uma mania incrível de que, sempre que está trabalhando ou está concentrada em algo ~como a preparação de alguma comida ou lendo~ fica lambendo seu lábio superior várias e várias vezes, odeia, mas não consegue impedir tal ato, quando percebe, já vez dez vezes.
Não possui um momento, situação ou sensação, só sabe que, quando menos espera, está mordendo seu lábio inferior, retirando aquela pelezinha transparente ou somente o mordendo mesmo. Pode ser sexy, mas as vezes, ela está tão concretada em retirar a camada ‘invisível’ que se torna cômico a cena ~e não vale as unhas atrapalharem~
E mais algumas insignificantes, como morder o lápis se está resolvendo uma questão ou enrolar mechas de seu cabelo em seus dedos.



✞ ◤TEM ALGUM MEDO/FOBIA/TRAUMA?◥ ✞

Medo? Escuro. Fácil e rápido. Se estiver escutando música ou lendo em um quarto, e todas as luzes sumirem, será fácil escutar um grito. Igualmente na piscina, já aconteceu de que, quando Vio estava treinando, algum engraçadinho apagou as luzes do estágio, a albina estrou em pânico e quando ligaram a luz de novo, lá estava ela, no fundo da água, abraçando suas pernas e vermelha como um tomate.
Possui um trauma de deixar seu cabelo ser longo com antigamente, por culpa de seu passado, onde um acontecimento imprevisto.
Não possui nenhuma fobia.



✞ ◤PAR?◥ ✞


Sakamaki Shu.



✞ ◤RELAÇÃO COM O PAR◥ ✞

Machista. Opressor. Individualista e Superior. Como alguém, em plena consciência, acharia isto.... Digamos, bonito? Sua primeira impressão sobre ele foi um completo caos. Seu olhar sobre ele era até de nojo, mas tentava, de todos os jeitos, não o odiar, afinal, julgar um livro pela capa é errado, certo? Tentou dar-lhe uma segunda chance, afinal, todos merecem — menos traição — e foi isso que fez. Sendo ela mesma, percebeu o quão preguiçoso e sem nem um pingo de vontade de viver ele possuía, somente um “Dê-me seu sangue” o fazia, praticamente, falar. Claro que possuía algo por trás, sempre tem que possuir. Viola não desistiu, tentará o falar um pouco mais, viver um pouco mais, mesmo que indiretamente, o fará sentir um pouquinho o gostinho de viver.



✞ ◤RELAÇÃO COM AS OUTRAS PERSONAGENS◥ ✞

Vio será a ‘mãe’ do grupo. É onde tira as meninas da encrenca em que se colocam, onde toma a palavra e não tem medo de gaguejar ou fazer alguma burrice, sempre passando por cima como se nada estivesse acontecido. Adora ajudar no que precisar, sempre sendo a “amiga de todas as horas”, não importa se Vio está dormindo e alguma das meninas se machucarem, ela acordará, bocejará e cuidará a amiga com a maior calma do mundo. Elas serão suas vítimas na cozinha, sempre que cozinhar, pegará alguma garota e a forçará ~brincando~ a experimentar. Nenhuma garota terá antipatia com ela, pois, mesmo se tivesse, tenho certeza que logo iriam repensar sobre a albina. Não tem como não gostar dela ~a não ser a inveja~, ela é tão compreensiva que até entender do porquê de não gostarem dela, tentará.



✞ ◤RELAÇÃO COM OS PAIS ADOTIVOS◥ ✞

Mais do que perfeito. Ama eles com todas as suas forças. Eles foram verdadeiros pais, sempre a ajudando com as tarefas de casa e nunca forma ausentes em sua vida — apesar de serem importantes na vida famosa —. E na hora mais precisa de sua vida, eles estavam lá, para salvá-la.



✞ ◤O QUE FARIA SE...◥ ✞


ღ Descobrisse que está apaixonada? –
Não saberia no começo. O coração a palpitar toda vez que ele chegasse perto. Cada palavra dita por ele, iria observar seus lábios se mexendo. Perceberá os movimentos mais mínimos, como o jeito de andar ou o jeito de mexer em seus cabelos. Tentará encontrar uma solução, como “Porque logo por ele? Porque?” Mas não encontrará. “Não escolhemos quem amar”. Infelizmente, esta frase está certa. Vio iria ficar bem confusa, na verdade. Mas nada iria mudar, tudo iria acontecer normalmente, mas, infelizmente, mudanças de seu corpo iriam acontecer.

ღ Sua reação ao saber que os garotos são vampiros? –
Parada ia ficar. “Mas.... Como assim? Porque esconderam sua existência? Medo? Mas medo de que?” Perguntas iriam girar suas cabeças, e logo ia olhar para todos, tentando enxergar o vestígio da verdade das palavras. Pele extremamente pálida, se duvidar, mais pálida que a mesma. Não conseguirá enxergar as presas, até um deles sorrir. Se alguma dúvidar ou vibrar por eles existirem, dará um passo para frente “Eles existem sim, não duvidem... E tenho certeza que não são bonzinhos para vibrarem”, sorri meigamente, mas, infelizmente, seu olhar triste permanecerá. “Porque? Meus pais.... Porque? ”

ღ Descobrisse que é uma princesa? –
Surpresa? Seria apelido para o que Vio iria passar. Estática e seus olhos iriam, provavelmente, mirar em suas mãos. “Estranho, não me lembro de nascer em um berço de ouro...”, pensa, sorrindo de lado. Erguerá a cabeça, repensando em tudo e todos. Seu passado não foi uma farsa, disso tem certeza. Era para acontecer, ninguém tem culpa.... Ou tem? Vio não saberá, mas de uma coisa ela tem certeza, irá correr atrás, saber de tudo o que perdeu, do porque nunca soube, do porque eles terem a abandonado. Do porquê... O destino decidir isso.



✞ ◤VAI QUERER HENTAI?◥ ✞

Sim senhora ( ͡° ͜ʖ ͡°).



✞ ◤ALGO A MAIS PARA ACRESCENTAR?◥ ✞

Não acredita em Deus. Não possui uma religião, mas respeita todas ~e é melhor respeita-la também, pois sabe bem do assunto para revidar com os argumentos~.
É bissexual, apesar de possui preferência maior por homens.
Seus apelidos são Vio, Viola – mais usado – e russa.





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...