~sxturn

sxturn
Dangerous woman
Nome: ━ saturno;✿
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 23 de Outubro
Idade: 16
Cadastro:

A Seleção de Flores


Postado



'' Não me ame pela minha beleza, pois um dia ela acaba. Não me ame por admiração, pois um dia você se decepciona. Ame apenas, pois o tempo não pode acabar com um amor sem explicação ''

- Madre Teresa




_Dados pessoais_

- Nome:

Aileen Carter D'Angelo

- Apelidos:

Leen ou quando é uma situação formal, a chamam de Senhorita Carter.

- Data de nascimento:

Vinte e três de outubro

- Signo:

Escorpião

- Opção Sexual:

Heterossexual

- Província:

Carolina

- Casta:

3

- Aparência :















































-- Aileen tem uma aparência que completa perfeitamente a sua personalidade: sombria e misteriosa. Seus cabelos escuros, quase negros como o céu de noite, contrastam com seus olhos cinza azulados, que lembram as estrelas no céu. Com toda certeza, seu olhar é uma das coisas que mais chama atenção em seu rosto.
-- Tem traços delicados, quase angelicais. Nariz fino e arrebitado, maçãs do rosto delicadas e rosadas, e sobrancelhas que são harmoniosas com o resto do rosto. Grossas e escuras, porém em um formato menos grosseiro.
-- Os lábios são carnudos e de um tom vermelho devido a menina mordê-los constantemente. São macios e a sua voz é aveludada, mas exala um tom muito autoritário. Ouvir sua risada ou ver seus dentes formarem um belo sorriso é uma dádiva de poucos, porque ela não se sente confortável fazendo esses gestos. Seus dentes são perfeitamente alinhados e brancos, mas, quando ela ainda estava sob o comando da base, não podia sorrir que eles a castigavam. Ela ficou com um certo receio de fazer tal gesto agora.
-- Seu corpo é estruturado e curvilíneo, apesar da pouca idade. Tem a estatura média, com 1,70 de altura e 48 kg devido a escassez de comida. Suas coxas são grossas e estonteantes e seus seios e bunda são fartos, chamando a atenção de todos por onde ela passa. Isso a deixa envergonhada, mas ela dá uma bica no meio das pernas de quem a olhar por muito tempo.
-- Suas sardas são algo que completam a sua aparência. Elas existem na extensão de seu nariz e bochechas. É um charme dela, que a mesma não gosta de esconder.


- Personalidade :

Aileen definitivamente é um mistério, que haja paciência para desvendá-lo. Ela não faz questão de ser amada ou idolatrada porque sabe que é apenas mais uma pilha de ossos para enfeitar o mundo. A garota é muito peculiar: às vezes afunda em um mar profundo e desconhecido, para logo submergir sorrindo e brincando.
Uma frase que define a sua vida amorosa seria: '' O amor pode ser perigoso, se ingerido em doses altas. E, quando acaba o estoque, pode ser fatal ''. Ela tem medo de se apaixonar de uma forma que prejudique a outra pessoa. Tem medo de sentir fortes sentimentos por alguém e não ser correspondida.

“ Não posso ser uma dessas pessoas que ficam sentadas falando que pretendem fazer isso e aquilo. Eu vou fazer e pronto. Imaginar o futuro é uma espécie de nostalgia.”Aileen Carter

Pronto, Aileen Carter D'Ângelo foi caracterizada com essa frase. Ela realmente está sempre pronta para se aventurar, muito cheia de energia, possui uma personalidade ativa e decidida. Não vê graça numa vida sem desafios. E por ser uma líder por natureza, atrai as outras pessoas com seu entusiasmo.
Sabe aproveitar as oportunidades da vida, sem perder a noção de realidade, ao mesmo tempo em que sabe ter como meta o infinito. Aponta para as possibilidades de sucesso, a versatilidade, o esforço incansável e a capacidade de influenciar pessoas. Força de vontade é o que não lhe falta para conquistar seus objetivos, sempre com caminhos novos pela frente. Para saber que rumo seguir, utilize a intuição e auto confiança.
Ela carrega uma áurea triste consigo, não tendo a mesma animação do que as outras garotas. Na verdade, acredito que ela só precise de alguém, que a faça se sentir bem.
Por mais que esteja triste, ela nunca vai deixar isso transparecer. Vai animar o próximo com um sorriso estampado em seu rosto, capaz de iluminar a vida de todos à sua volta.
Aileen é uma garota extrovertida e brincalhona, uma garota sociável que não se importa em puxar assunto com uma pessoa que ela acabou de conhecer.
Timidez não é algo típico dela. Se você conseguir deixá-la sem graça, pode ter certeza de que existe um outro sentimento por trás disso. Não tem vergonha de expor suas opiniões e o que sente.
Ela é sincera, sempre tenta ser o mais franca possível com as pessoas, mas as vezes ela acha que a verdade vai ferir mais do que a mentira, só não vai falar nada a respeito.
É uma pessoa muito esforçada e determinada, odeia receber as coisas de mão beijada. Se ela quer algo, vai se esforçar ao máximo para conseguir.
Aileen é muito detalhista. Consegue ver detalhes que nem um especialista conseguiria nos mínimos detalhes.
Ela é uma pessoa forte e determinada. Inteligente, intuitiva, otimista ( dependendo do caso ). Odeia confusões e brigas. Acredita em direitos iguais e protege qualquer um que não consiga se defender sozinho. Pode ser um pouco vaidosa, de vez em quando, mas prefere se mostrar o mais natural possível. Ela é irônica e estuda cada passo antes de tomar uma decisão.
Independente, decidida e com um magnetismo invejável, é uma pessoa de muito poder intelectual. Mas não é por isso se sente necessidade de viver anunciando suas qualidades. Preocupa-se muito pouco com a opinião alheia. Tem uma grande sensualidade e sabe como explorá-la MUITO bem.
Persuasão é uma forte característica e tem sempre a coisa certa a dizer, sua diplomacia faz com que consiga um bom entendimento entre os diversos grupos em que se relaciona.
Mostra a pessoa como é interiormente. Revela como pensa, sente e age. Seu desejo íntimo da alma, o seu " eu interior", suas esperanças, sonhos, ideais, motivações, mas apenas com quem é íntima.
Luta contra os próprios limites e restrições com vontade, determinação e imaginação, ultrapassando obstáculos para atingir o sucesso.
Ela assume as dificuldades, reconhece os problemas e sai da sua zona de conforto com frequência, testando os seus limites.
Sério, nunca a desafie. Ela vai fazer de tudo para vencer porque odeia piadinhas sem graça e que a subestimem. Ela é muito mais eficiente e forte do que parece.
Ela sempre mantém a calma e consegue acalmar qualquer pessoa. Sempre tem a coisa certa para falar na ponta da língua e sempre está ali para te ajudar.
É hábil em lidar com pessoas e perseverante para trazer luz às situações confusas. Sua paciência ajuda na capacidade de descobrir um novo caminho para a sua vida. Jamais para no meio do caminho. Quando para, pode ter certeza de que conseguiu o que queria
Incorpora os dons do carisma e da confiança, e projetam autoridade de um jeito que atraí multidões em busca de um objetivo em comum. É caracterizada por um nível cruel de racionalidade, usando sua motivação, determinação e mente astuta para atingir o que ela deseja.
Concentra a sua energia no mundo real.
Intuitiva : têm um perfil mais imaginativo. Em vez de obter a informação através de fatos concretos, prefere observar e tirar as conclusões finais a partir dos seus próprios pensamentos e crenças. É mais criativa e complexa.
Compreensiva: aceita a opinião do outro, embora discorde por um motivo ou outro, entende o lado da outra pessoa, a visão dela. Se discorda, prefere mostrar para ela o por quê.
Extrovertida: é extremamente sociável e gosta de conversar e interagir com outras pessoas. Não tem medo de expor suas opiniões e é muito comunicativa.
Sensorial: mais materialista, obtém a informação através da observação de fatos e detalhes concretos. É o tipo de pessoa realista e prática.
Perceptiva: Fica mais satisfeita em tomar decisões bem pensadas e mais acertadas, demora para agir. Fica angustiada se precisar tomar uma decisão rapidamente. Em geral pensa bastante antes de agir, pois têm medo de se arrepender.
Consegue enxergar o que precisa ser feito antes das outras pessoas e faz tudo que for possível para que estas tarefas sejam cumpridas.
Gosta muito de examinar os fatos, sempre quer saber o motivo pelo qual as coisas acontecem, gosta de examinar as pessoas e as situações.

-História

Amelié e Sebastian se conheceram no Castelo. Ela é uma cineasta renomada e desejava fazer um filme sobre a vida no castelo e depoimentos da família real, para recolher informações. Ele era um médico obstetra que fora fazer o parto da rainha.
Foi basicamente amor à primeira vista. Assim que o médico olhou para a mulher e se apaixonou perdidamente. O parto foi complicado, então, ao acabar, Sebastian resolveu caminhar um pouco pelo Jardim para esvair a tensão causada. Era uma responsabilidade grande fazer o parto de alguém tão importante. Assim que ele foi, avistou a mulher bonita que lhe encantou o coração. Assim que eles começaram a conversar, o homem a convidou para sair.



Amelié contou sobre os problemas da vida dela. O ex-namorado que a perseguia e ainda queria casar-se com ela. Ele se tornou possessivo, de todas as formas. Eles sabiam que aquele romance seria muito perigoso, caso Henri ( ex-namorado ) soubesse. Mas, o amor entre eles foi muito mais forte e eles decidiram que iriam se arriscar mesmo assim.
O amor floresceu em uma das festas dada pela família real para comemorar o nascimento de seu filho mais velho. Assim, Amelié iria filmar toda a comemoração e, por ter feito o parto, Sebastian fora convidado. Com toda certeza, aquela foi a noite mais maravilhosa da suas vidas. Eles deram o seu primeiro beijo juntos e, além disso, foi a noite que eles ficaram pela primeira vez.



Mesmo sendo a primeira vez, Amelié engravidou de Sebastian e isso só complicou ainda mais o namoro escondido deles, afinal, a moça não iria conseguir disfarçar a barriga quando começasse a crescer. Seus pais eram muito religiosos e não iriam aceitar. A única opção deles era fugir juntos para outro lugar.
Porém, Henri descobriu sobre a gravidez. Enquanto andava pela rua, avistou Amelié com a barriga já grande. Ele a parou e a ameaçou, dizendo que mataria o bebê e ela também. Desesperada, Amelié pediu para que o plano fosse executado o mais rápido possível. Não queria perder o filho gerado de seu amor verdadeiro.
Eles viviam tão felizes. Faziam de tudo para dar o melhor para o seu bebê. Quando a mulher foi fazer o ultrassom, percebeu que eram dois e não apenas só um. Havia uma menininha muito pequenininha atrás de seu irmão.
Quando eles estavam indo para outra província, Amelié sentiu fortes contrações e, como um bom obstetra, Sebastian sabia que a esposa estava em trabalho de parto. Não pesou duas vezes antes de levá-la para um hospital. O parto teve algumas complicações, mas os gêmeos nasceram saudáveis. A felicidade era visível nos olhos dos dois, porém o medo tomava conta de seus sentimentos.



As crianças recém-nascidas foram deixadas no Castelo, com a permissão do rei e da rainha, para que os dois pudessem se casar. Mas na viagem de jatinho que eles fizeram, ocorreu um acidente provocado por Henri. Ele era um piloto que conhecia tudo sobre aviões, sabotando o jatinho. Sendo assim, ele caiu.
Amelié acabou ficando muito mais machucada. Sua perna ficou presa entre as engrenagens e um pedaço de metal havia atravessado sua barriga, enquanto Sebastian gritava pelo seu nome.

— Sebastian, enquanto eu vivi, você me amou? — Amelié perguntou, entre um gemido e outro, de dor.



— Isso é bom, é muito bom. Eu sempre te amei. Agora que sei que esse sentimento é recíproco, posso ir em paz.Por favor, cuide dos nossos filhos. Por mim. Mostre o vídeo para eles. — ela responde, vomitando um pouco de sangue em sua roupa. Amelié estava partindo, isso era claro.





Amelié deixou uma lágrima escapar pelo canto de seus olhos e, assim, fechou os olhos. Dessa vez, para nunca mais acordar.

Sebastian não sabia o que fazer. Nunca mais veria o sorriso de sua mulher assim que acordasse. Nunca mais sentiria seu cheiro adocicado em sua roupa de cama. Amelié era agora um corpo. Apenas um corpo, que existia na memória do marido. Suas mãos que viviam constantemente quentes, estavam pálidas e seus lábios tingidos de um tom rubro de vermelho, adquiriram um tom azulado. Sua respiração não existia mais e o sangue já havia ressecado. Aquela não era mais a mulher que ele amara, era apenas mais uma pilha de ossos para enfeitar o mundo.
O vídeo a que ela se referia, foi um gravado com cenas entre seus pais. Amelié sabia que iria morrer e, portanto, fez um vídeo de despedida para os filhos e pediu para que Sebastian terminasse. Porém, o homem não tinha coragem de ver ou assistí-lo e muito menos mostrar aos seus filhos. Por isso, ele confiou o CD para a rainha, que acabou se tornando uma de suas amigas. Disse que era para mostrar para Aileen apenas quando achasse o momento certo.
Após ser salvo, ele voltou ao Castelo para buscar seus filhos. Os levou para a sua casa, na Carolina.
Por mais que fosse rico, ia deixar as crianças sob o cuidado da irmã. Algumas vezes, os gêmeos iam para o Castelo para brincar com os príncipes. Aileen era a única menina que jogava futebol com eles.
Nessa fase, ouve um acidente de carro com a família. Seu pai e irmão ficaram bem. Porém, Aileen ficou em coma por quase um ano. A família real, que era amiga de Sebastian, ficou sabendo apenas do acidente, e não de que eles tinham sobrevivido. Portanto, achavam que estavam mortos.
Aileen e James cresceram muito bem. Sempre foram muito unidos e defendiam um ao outro. Nunca se existiu uma relação de irmãos melhor.
Aileen sempre foi independente e levada. Subia em árvores e jogava futebol com o seu irmão e outros meninos. Os dois sempre tiveram essa conexão de gêmeos.
A garota descobriu a sua profissão quando achou um cachorrinho perdido na rua, com a pata quebrada. Ela cuidou dele a todo momento e acabou se apegando emocionalmente com o animal, o adotando.



( esse é o cachorro dela )



( outro cachorro que ela cuidou na clínica )

Ela começou a crescer e começou a se envolver amorosamente com um garoto de sua escola. Ele era uma pessoa especial, mas faltava alguma coisa. Aileen não o amava com uma intensidade grande a ponto de aceitar o pedido de casamento que ele propôs a ela. Os dois acabaram terminando, afinal, ela queria viver a sua vida livremente e não, encarcerada com uma pessoa que ela teria que aturar todos os dias. Se fosse para amar alguém, tinha que ser algo incondicionalmente maravilhoso e verdadeiro, assim como aconteceu com seus pais.

'' O verdadeiro amor é aquele que suporta a ausência e sobrevive na saudade '' — Aileen sobre o amor entre seus pais.

Assim, a garota começou a se interessar cada vez mais pela medicina veterinária. Como a sua mãe, ela é apaixonada por fotografia e vive com uma câmera em sua bolsa. Por mais que morasse no em Carolina, constantemente ia para Angeles, para encontrar seu '' professor '', que era um veterinário renomado e ela era a sua ajudante na clínica dele.
Um belo dia, viu várias pessoas reunidas na Praça Pública, escutando um depoimento do rei, com seus filhos ao lado. Aileen bateu os olhos neles e sorriu, pronta para tirar uma foto perfeita, mas assim que a lente focou em Luke, ela ficou paralisada e sentiu algo que jamais experimentara antes. Não sabia o que era, mas ficou interessada em descobrir. Quando a família real saia, Aileen tentava tirar uma foto deles, para guardar em seu álbum. Não sabia quando os veria novamente e, muito menos, que o seu pai tinha uma conexão com pessoas tão importantes.
Ela estava em um ângulo perfeito, que dava uma perspectiva incrível para a foto. Porém, vários fotógrafos e repórteres apareceram em sua frente, a atropelando e fazendo a mesma cair no chão. Sua câmera escapara neste movimento e ela procurava incansavelmente pelo objeto no chão.

— Está tudo bem? — O príncipe pergunta, fazendo-a olhar para ele, hipnotizada. Por alguns instantes, ela fica paralisada por não acreditar no que estava acontecendo. Ele estende a mão para ela e a ajuda a se levantar. Aileen não é o tipo de fã da família real, longe disso. Mas não pode esconder a sua curiosidade em descobrir um pouco mais sobre eles, além do que é dito na TV.

— S-sim. Eu estou bem, Alteza. — Ela responde, fazendo uma reverência desajeitada, porém sem perder a elegância. Ele tenta esconder uma risada, mas não consegue.



- Eu acho que te conheço de algum lugar.. - o príncipe diz, a encarando como se revirasse a sua alma.

- Tenho certeza de que não me conhece, Alteza. - ela respondeu e ele logo afastou o pensamento, mesmo que achasse aquele rosto familiar.

Ela se desculpou. Tinha que ir embora, afinal, seu professor a esperava. Se despede do futuro rei e vai para a clínica. Estava muito mais pensativa do que o normal, deixando seu '' mestre '' curioso para saber o que havia deixado a mente da menina perturbada. Porém, o anúncio do Jornal Oficial lhe chamou atenção e ele resolveu focar na TV, chamando a menina para ver com ele.
O anúncio da Seleção estava sendo dito. As mulheres que esperavam seus cachorros começaram a suspirar, pensando nos príncipes. Outras saíram correndo da clínica para fazer a sua inscrição. Aileen não fazia parte de nenhum dos dois grupos. Ela ficou calada e voltou a examinar o cachorro que estava na maca, fazendo a sua ficha para a cirurgia.



— Vi que não se interessou pelo anúncio. Por que não fez como as outras garotas e saiu correndo para fazer a sua ficha também? — Dr. Stenford pergunta, ajudando-a a examinar o animal. Ela para de anotar os dados e olha fixamente em seus olhos.

— Não faço questão. É apenas um jogo de falsas aparências que a família real insiste em chamar de tradição cultural. Eu nem conheço eles. — ela respondeu de forma direta. Por mais que pareça que fora grossa, ela estava mais calma do que nunca.

— Talvez você deva dar uma chance para que o destino te mostre o contrário. — Foi a única coisa que ele respondeu, antes de deixar a sala. Aileen ficara pensativa, tentando compreender o que ele dissera. Ligou para o pai imediatamente, perguntando se podia participar. Talvez conseguisse bons '' click's '' da família real.

'' Não faça isso, Aileen. Eu te proíbo de entrar naquele Castelo '' — foi o que ele respondeu, antes de desligar o telefone. Ela não entendeu o que estava acontecendo, mas resolveu que iria participar mesmo assim, se inscrevendo escondido.

O que ela não sabia era que aquele Castelo escondia o segredo que poderia revelar muita coisa sobre o seu passado. Sobre o passado de seus pais. O CD. O vídeo de Amelié que fora dado a rainha para que ela entregasse à Aileen assim que achasse que era o momento certo. O seu passado seria desvendado. E ela não saberia com quem compartilhar.

Sebastian escondeu durante toda a vida dos gêmeos que a sua mãe havia morrido em um acidente de avião e, pior ainda, nunca lhes contou sobre o vídeo. Não quera que as memórias da mulher que amava viessem à tona e, muito menos, que seus filhos descobrissem de toda essa mentira.

Quando seu pai chegou em casa, explicou tudo para os filhos, sobre a sua mãe. Não falou sobre o vídeo, mas Aileen ficou irada. Gritou com todos por terem escondido isso, jogou as taças de vidro na parede. Ela teve um ataque de pânico e se trancou no escritório que tinha em casa. Assim que viu algo brilhar em cima do armário. Sem hesitar, ela pegou uma das escadas e subiu para pegar. Era uma caixa. Uma caixa com as coisas de sua mãe dentro. Ela abriu tudo e chorou com o que viu. Fotos de seus pais abraçados, sorrindo tão alegres, ela percebeu o quanto eles se amavam.

'' A madrugada estava fria. Parecia que tudo que eu acreditava estava se desmoronando, se quebrando, se desfazendo como um pedaço de vidro jogado ao chão, lá estava eu, lá estava o meu coração, lá estavam os sentimentos mais sinceros e verdadeiros que eu guardava dentro de mim. Talvez tenha sido erro meu de me deixar levar pelas maldades dos outros, ou não, talvez tenha sido você que acreditou nas pessoas e não a mim. Eu digo sinceramente que sofro, sofro por ter perdido quem eu amava por intrigas dos outros, sofro por não ter feito algo para mudar o ocorrido, sofro por não poder te abraçar novamente. O abraço que eu adorava receber foi embora, sim, foi embora para bem longe…Para longe do meu coração, para longe de mim. Não importa o que eu faça, não vou poder te tocar… Eu sei que você está me vendo, eu sei que você está do meu lado me protegendo todo o dia. Sabe, eu sofri muito quando nos separamos, porém sempre tinha a esperança de ter você de volta, entretanto, isso não é mas possível. Você se foi eternamente, e pra mim apenas sobrou as lembranças dos momentos felizes que você deixou na minha vida. Obrigado por ter feito parte dos momentos em que eu jamais irei esquecer. Eu te amei, eu te amo e sempre vou te amar, mãe. You turned my Angel. '' — Aileen pensava enquanto se afogava em lágrimas no chão do escritório. Não conhecera a mãe, mas sentia a presença dela todos os dias de sua vida e, mesmo assim, a ama incondicionalmente.

- Habilidades:

- Cantar
- Desenhar
- Tiro ao alvo
- Cavalgar
- Pintar
- Cozinhar
- Tirar fotos
- Escalar lugares altos
- Conhecimentos médicos

- Gostos:

Aileen tem um sério problema em gostar das coisas simples que a vida pode lhe oferecer. Um abraço e uma troca de olhares bem intencionadas. Quem sabe escalar uma árvore ou viver em um lugar cercado por uma biodiversidade enorme. Uma das coisas que mais gosta é cantar para alguém. Os olhos das pessoas ficam tão vidrados nela, que é como se isso fosse uma forma de eles tentarem entender o verdadeiro significado da canção.
A morena tem uma certa paixão por livros. De qualquer tipo. Desde que tragam algum ensinamento a ela. Livros do tipo '' Diário de Anne Frank '' e '' Ensaios sobre a cegueira '', que mostram que os seres humanos são muito mais do que uma pilha de ossos.
A garota definitivamente tem um amor imenso por animais. Cachorros, cavalos e gatos são os seus preferidos.
Se tem uma coisa que ela ama é ficar em varandas ou telhados. Ela tem um sério problema com lugares altos, ama ficar neles. Sentir a brisa balançando seus longos cabelos escuros como a noite. Sentir-se livre. Principalmente no castelo, que ela tem que viver encarcerada e cercada por câmeras.
Ela é um espírito-livre. Assim como toda adolescente de sua idade, quer se divertir. Gosta de parques de diversões, brinquedos radicais. Ela quer viver a vida perigosamente.
A garota gosta muito de lutas, principalmente esgrima. É hábil em lidar com a espada. Além disso, ama esportes, tendo como o seu preferido o futebol.
Pelo seu amor por animais, Aileen ama cavalgar. Geralmente ela aposta corridas e sempre ganha. Digamos que ela tenha uma certa experiência.





- Seu cavalo puro sangue inglês, Valente.

- Animais
- Cantar ( Aileen canta muito bem. Ela fazia algumas participações com a sua '' banda '', onde era a vocalista )
- Lugares altos
- Sorrisos
- Olhares
- O céu noturno estrelado
- Dançar
- Escalar árvores
- Jogar futebol
- Ler
- Frases
- Músicas
- Se divertir
- Parque de diversões
- a cor azul
- Flores
- Tirar fotos com a sua câmera polaroid e colocá-las em seu álbum


- Desgostos:

Qualquer tipo de pessoa desrespeitosa. Seja lá qual for o tipo de desrespeito. Assedio, preconceito, superioridade, etc. Ela odeia. Pessoas assim nem precisam respirar perto dela.
Odeia ser controlado ou permanecer em um lugar cheio de regras ( ela sabe que na Seleção tem muito isso, então está trabalhando nisso )
Como uma boa veterinária, odeia pessoas que machucam ao xingam animais. Se ela te ver fazendo isso, se prepare para correr.
Ficar por muito tempo sem música. Ela não consegue. Definitivamente iria pirar caso isso acontecesse.

- Falsidade
- Mentiras
- Pessoas que se acham superiores
- Inveja
- Quando fazem de tudo para desanimar uma pessoa
- Assédio
- Invasão de privacidade
- Que mexam nas coisas dela
- Que respirem perto de seu diário
- Maltrato aos animais
- Quando Luke pensa que ela é mais uma das suas fãs completamente apaixonada por ele
- Etiqueta
- Ser privada de fazer as coisas que gosta
- Ser utilizada como uma marionete
- Regras e ser controlada
- Pessoas que não se importam com o sentimento dos outros.

- Manias:

Ela tem mania de morder o lábio inferior constantemente, o que muitos podem achar sexy ou provocante, mas ela não faz isso com essa intensão. É só que acabou se tornando um vício da garota.
Mexer ou jogar para trás as suas madeixas escuras quando está nervosa.
Tamborilar os dedos em superfícies planas quando está em uma situação um pouco tensa.
Sempre que ela vai pedir alguma coisa ou alguém a deixa envergonhada, ela solta um sorriso de canto, super fofo. É involuntário, não a culpe.

- Educação Acadêmica:

Medicina Veterinária

- Medos e fobias/traumas:

Aileen tem um certo problema em ter pesadelos. Definitivamente ela acorda muito assustada, com a respiração ofegante.
- Pombas. Na verdade, isso seria uma fobia, e das sérias. A pomba pode estar a 2 quilômetros de distância, mas ela vai chorar e sair correndo. ( é o único animal que ela tem medo )
- Claustrofobia. Quando ela fica em um lugar fechado por muito tempo, acaba tendo ataques de pânico.
- Medo de perder todos os seus amigos.
- Medo de se apaixonar


_Relações_

Família






James D'Ângelo Carter | Dezoito ( 18 ) anos | Irmão gêmeo | Guarda Real

É a melhor relação de irmãos existentes. Aspen e Aileen tem uma conexão muito mais forte do que a maioria dos gêmeos. Eles conseguem perceber quando o outro está triste e fazem de tudo para animar a situação. Definitivamente se ama, por mais que quando briguem a troca de farpas rola solta, James faria de tudo para ver a irmã sorrindo.


Amelié Antoinette Carter | Quarenta anos | Mãe | Morta | Cineasta








Uma mulher doce e sempre muito simpática. Aileen não chegou a conhecê-la, pois a mesma morreu alguns dias depois após seu nascimento. Mesmo sem saber como ela era ou ter falado com ela, a garota a ama muito, só pelo fato de saber o quanto ela amou intensamente seu pai até dar o último suspiro.
Faria de tudo para conhecê-la, mas infelizmente não poderá voltar no tempo.

Em relação ao vídeo que a mãe fez: Assim que a rainha lhe entregasse o CD, não conseguiria assistir sozinha. Chamaria o príncipe para ver com ela. Quando as primeiras palavras começassem a ser ditas e ela visse o rosto de sua mãe pela primeira vez, se emocionaria ao ponto de se afogar em suas próprias lágrimas.

Sebastian Edgard D'Ângelo | Quarenta e dois ( 42 ) anos | Médico









Sebastian é um pai bom, porém muito exigente. Após a morte de sua mulher, ele ficou muito solitário. Ao fazer os partos no hospital, se lembra do dia em que estava sentado na cadeira, esperando notícias de Amelié e seus filhos.
Ele não consegue olhar nos olhos de Aileen pois a garota se parece muito com a mãe. É muito protetor e não quer que a filha se apaixone ou se envolva amorosamente com alguém por conta do que o ex-namorado de Amelié fez com ela. Odiou a ideia da Seleção e fico muito furioso quando descobriu o que Aileen fez.

'' Meu pai é o tipo de homem que não consegue dar um de seus sermões sem rir. Após a morte da minha mãe, é muito difícil vê-lo mostrar qualquer sinal de alegria em seu rosto. Por isso, quando consigo fazê-lo dar um sorriso, me sinto a pessoa mais feliz do mundo. Por mais que trabalhe muito longe e não more na mesma província que nós, eu me sinto bem ao lado dele e ainda espero que ele supere a dor por perder a mamãe e encontre outro amor, que seja capaz de amá-lo tão intensamente quanto a minha mãe fez enquanto vivia ''Aileen sobre o pai.

Melhores amigos:

Aspen Lancaster | 18 anos


Com toda certeza, esses dois são seus melhores amigos de carne e unha. Seus confidentes.
Aspen é um garoto agitado, que não se importa com as consequencias de seus atos. Ele é completamente impulsivo. Porém, faz Aileen e Anne rirem muito, até escaparem lágrimas de seus olhos.



Anne Clyford | 17 anos

Anne é uma garota tímida e fechada. Prefere ficar em casa lendo um bom livro. Geralmente Aileen que a arrasta para festas e parques de diversão para eles passearem um pouco. É muito próxima de Aspen e Aileen, além de ser a mais amorosa e romantica.



Criadas:

Caitlin Hayden | 24 anos |



Caitlin Stasey

Caitlin é muito prestativa. Ela consegue fazer a Aileen rir quando está triste, sempre a incentivando. Ela dá palpites sobre os vestidos, e sempre está dando a sua opinião sobre algum assunto. Com toda certeza, ela é a criada que Selene mais gosta. Elas se dão super bem, como se ela fosse a irmã que Selene sempre quis ter.


Melissa Stevens | 36 anos |



Melissa é como uma mãe para Aileen. Ela sempre está ali para dar sermões na garota e dar conselhos. Opina até demais sobre o que a garota deveria ou não fazer, mas faz isso para o bem dela. Está ali para ajudá-la quando ela precisar e geralmente ela e Marie estão discutindo porque Melissa gosta de dar privacidade para a garota.

Marie Moroles | 45 anos



Meryl Streep

Ela é a bruxa má. Muito controladora, gosta de ter o poder sobre tudo. Acha que por ser a mais velha tem que ser respeitada e ter as opiniões conservadas e seguidas. Digamos que ela não trate Aileen mal, ela apenas quer proteger a garota. Ela não diz muita coisa, porque apenas com o seu olhar, Aileen entende que está fazendo algo de errado. Ela é quase uma estilista. Se preocupa muito se os acessórios estão combinando com as roupas e uma frase que ela sempre diz quando Aileen quer escolher a própria roupa é: " Se você se veste de uma maneira que inibe o seu próprio progresso , você tem um problema e se eu não estivesse aqui, você teria um problema "

Relação com:

O Rei:


Ela tem a impressão que ele não gosta muito dela. Porém, o respeita mesmo assim, afinal, ele é uma autoridade superior.

A Rainha:

Elas se tratam muito bem. As vezes Aileen acha errado a forma como ela trata os filhos, mas não diz nada. Mesmo assim, a respeita muito.

O Príncipe Henri:

Ela não conhece muito bem o príncipe, por isso, não tem muito contato com ele. Porém, tenta ser gentil a todo momento.

O Príncipe Luke:

Luke foi o príncipe escolhido. " Bom, eu não posso dizer que conheço muito bem o príncipe. Minhas criadas não gostam muito do que aprontamos, mas eu me sinto tão bem quando estou próxima dele que acho que posso fazer qualquer coisa. Digamos que eu sei que ele provavelmente não gostou muito da ideia da seleção, então procuro não ficar muito próxima dele. Prefiro deixá-lo respirar, já que ele sempre está cercado de garotas. Minhas bochechas parecem que irão queimar quando ele olha para mim por muito tempo e pelo tom de minha pele, fica muito perceptível, fazendo-o dar risada. " - Aileen

Ela é sempre muito carinhosa. Gosta quando ele pede para ela cantar para ele ( mas ela não é um " chiclete " ). É muito observadora, então sabe quando ele está triste e faz de tudo animá-lo.
Sempre que ele disser ou fizer alguma coisa que Aileen não gosta, ela lhe dá uma leve e rápida beliscada em sua barriga. Óbvio que ele não gosta disso, mas meio que virou mania de Aileen com o tempo. Quando ela se irrita com ele, a troca de farpas rola solta. Ela terminará por ficar emburrada e cruzar os braços, para depois escapar um sorrisinho de canto, quando ela perceber que eles brigaram por uma coisa estupida.
Eles aprontam poucas e boas no castelo. Cavalgam juntos e jogam futebol. Aileen faz de tudo para que ele se sinta como um adolescente normal em um dia normal. Quando eles estão juntos, ela imagina eles sozinhos e não se importa com mais nada.

O Príncipe James:

Acha que James tem um comportamento impulsivo, por isso, sempre lhe dá conselhos, tentando ajudá-lo a superar situações estressantes.

O Príncipe Mitchell:

Tem um carinho especial por Mitchell. O acha o anjo daquela casa, que sempre tenta acalmar as coisas. É a primeira pessoa que ela confiaria para contar alguma coisa.

_Questionário_

1- Como será a relação com as outras selecionadas? Se preciso, você bateria ou agrediria alguma selecionada?


Ela tentará ter uma boa relação com todas elas. Porém ou é amiga ou é inimiga. Ela nunca usaria agressão, tentaria conversar com a mesma.

2- Como será o primeiro encontro com o Príncipe?

O encontro dos sonhos seria algo muito inusitado.
Eles iriam para um parque de diversões, passar a noite inteira lá. Obviamente iriam vestidos como adolescentes normais e Luke usaria um capuz para ninguém reconhece-lo.




— O que voce tanto faz com essa camera? — ele pergunta, olhando a montanha russa.

— Só estou tentando achar seu ângulo perfeito. — ela responde, e um sorriso se forma no canto de seus lábios.

— Você acredita em perfeição? — Luke pergunta, comprando alguns ingressos.

— Acredito que seja tudo uma questão de perspectiva. Eu acho que um certo tipo de perfeição só pode ser atingido através de uma acumulação limitada de imperfeição — Aileen responde, ainda olhando no visor para tirar a próxima foto. Depois do " click " ela se vira para ele, que lhe retribui com um sorriso.

— Posso tentar? — Ele pergunta e ela afirma com a cabeça, entregando a câmera para o rapaz.

Aileen faz poses e demonstra sorrisos espontâneos, por conta das piadas que ele fazia. Ela se movimentava e ele tirava fotos. Os dois se juntaram, lado a lado e fizeram uma foto juntas.

— Gostaria de ficar com a foto. — Ele diz e Aileen sorri, a entregando apos pegar a imagem que saiu instantaneamente da polaroid.

— Bom, não viemos aqui para tirar fotos. Em qual voce quer ir primeiro? — Ela pergunta, entusiasmada.

Eles se divertem a noite inteira no parque, sem serem descobertos. Era provável que alguém tinha fotografado os dois juntos e isso estaria no jornal do dia seguinte. E, pior ainda, ela levaria uma bronca das boas.

— Por que anda com essa câmera para todos os lados? O que isso significa para você? — Luke pergunta, curioso. Aileen se vira para olhar em seus olhos completamente impactantes e os observa por alguns segundos antes de respirar fundo.

— É um meio de eu conseguir ficar mais próxima da minha mãe. Para mim, os momentos da nossa vida devem ser sentidos e eternizados em uma única foto. Uma foto tão especial que, quando você olhá-la, será como voltar no tempo e poder sentir as mesmas coisas. A lente da minha câmera pode registrar coisas que não se pode ver a olho nu. Me refiro a um sorriso, um olhar, que para muitos pode passar despercebido, mas para a minha câmera não. — ela responde, sentindo lágrimas em seu rosto.

Ele não disse nada, apenas a abraou e ficaram ali por um tempo, foram em uma lanchonete para comer e voltaram para o Castelo.

'' Aquele foi, simplesmente, o dia mais incrível da minha vida '' - Aileen

3- Qual o motivo de sua inscrição da Seleção?

Ela queria tirar algumas fotos e descobrir o mistério que o seu pai escondia em relação ao seu passado com a família real.

4- Como pretende ganhar?

'' Eu pretendo ganhar a Seleção de forma justa. Os príncipes já estão sendo obrigados a passar por tudo isso, sem nem ter a chance de conhecer seu verdadeiro amor de uma forma normal. Não quero ser mais um fardo para eles.
Serei eu mesma, a qualquer hora e a qualquer momento, independente das circunstâncias. Se Luke tiver que gostar de mim, será pelo meu verdadeiro eu '' - Aileen

5- Já teve alguma outra relação amorosa? Se sim, como foi e vocês ainda estão juntos? Se sim, você pretende acabar com essa pessoa antes do início da Seleção?

Sim, mas eles terminaram faz muito tempo. Era um namoro inocente, de crianças de 14 anos, nada sério.

6- Ainda é virgem:

(X) Sim ( ) Não

7- É capaz de trair o Príncipe?

'' Traição é uma palavra que não consta no meu dicionário ''

8- É capaz de trapacear?

Não, mesmo que eu faça algo, a decisão será inteiramente do príncipe. Então prefiro seguir as regras

9- Como vai agir nas entrevistas?

De forma calma e extrovertida. Nunca vou deixar de ser eu mesma, independente de quem esteja na minha frente.

10- Está ciente que se passar três capítulos sem comentar você pode ser expulsa de forma vergonhosa?

Sim

11- Já favoritou a história?

Sim

12- Sabe que sua personagem é minha?

Sim

_Roupas_



-


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...