~sxturn

sxturn
Dangerous woman
Nome: ━ saturno;✿
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 23 de Outubro
Idade: 16
Cadastro:

.Selection.


Postado

Nome completo:

Mia Carter D'Ângelo

Idade (16 a 20):

17

Província:



Personalidade (com descrição):



Aparência (com descrição e links):



















































-- Mia tem uma aparência que completa perfeitamente a sua personalidade: sombria e misteriosa. Seus cabelos escuros, quase negros como o céu de noite, contrastam com seus olhos cinza azulados, que lembram as estrelas no céu. Com toda certeza, seu olhar é uma das coisas que mais chama atenção em seu rosto.
-- Tem traços delicados, quase angelicais. Nariz fino e arrebitado, maçãs do rosto delicadas e rosadas, e sobrancelhas que são harmoniosas com o resto do rosto. Grossas e escuras, porém em um formato menos grosseiro.
-- Os lábios são carnudos e de um tom vermelho devido a menina mordê-los constantemente. São macios e a sua voz é aveludada, mas exala um tom muito autoritário. Ouvir sua risada ou ver seus dentes formarem um belo sorriso é uma dádiva de poucos, porque ela não se sente confortável fazendo esses gestos. Seus dentes são perfeitamente alinhados e brancos, mas, quando ela ainda estava sob o comando da base, não podia sorrir que eles a castigavam. Ela ficou com um certo receio de fazer tal gesto agora.
-- Seu corpo é estruturado e curvilíneo, apesar da pouca idade. Tem a estatura média, com 1,70 de altura e 48 kg devido a escassez de comida. Suas coxas são grossas e estonteantes e seus seios e bunda são fartos, chamando a atenção de todos por onde ela passa. Isso a deixa envergonhada, mas ela dá uma bica no meio das pernas de quem a olhar por muito tempo.
-- Suas sardas são algo que completam a sua aparência. Elas existem na extensão de seu nariz e bochechas. É um charme dela, que a mesma não gosta de esconder.


Família (relação, idade, profissão, aparência e etc):





Adam D'Ângelo Carter | Dezoito ( 18 ) anos | Irmão gêmeo | Guarda Real

É a melhor relação de irmãos existentes. Adam e Mia tem uma conexão muito mais forte do que a maioria dos gêmeos. Eles conseguem perceber quando o outro está triste e fazem de tudo para animar a situação. Definitivamente se ama, por mais que quando briguem a troca de farpas rola solta, Adam faria de tudo para ver a irmã sorrindo.


Amelié Antoinette Carter | Quarenta anos | Mãe | Morta | Cineasta








Uma mulher doce e sempre muito simpática. Mia não chegou a conhecê-la, pois a mesma morreu alguns dias depois após seu nascimento. Mesmo sem saber como ela era ou ter falado com ela, a garota a ama muito, só pelo fato de saber o quanto ela amou intensamente seu pai até dar o último suspiro.
Faria de tudo para conhecê-la, mas infelizmente não poderá voltar no tempo.

Em relação ao vídeo que a mãe fez: Assim que a rainha lhe entregasse o CD, não conseguiria assistir sozinha. Chamaria o príncipe para ver com ela. Quando as primeiras palavras começassem a ser ditas e ela visse o rosto de sua mãe pela primeira vez, se emocionaria ao ponto de se afogar em suas próprias lágrimas.

Sebastian Edgard D'Ângelo | Quarenta e dois ( 42 ) anos | Médico









Sebastian é um pai bom, porém muito exigente. Após a morte de sua mulher, ele ficou muito solitário. Ao fazer os partos no hospital, se lembra do dia em que estava sentado na cadeira, esperando notícias de Amelié e seus filhos.
Ele não consegue olhar nos olhos de Mia pois a garota se parece muito com a mãe. É muito protetor e não quer que a filha se apaixone ou se envolva amorosamente com alguém por conta do que o ex-namorado de Amelié fez com ela. Odiou a ideia da Seleção e fico muito furioso quando descobriu o que Mia fez.

'' Meu pai é o tipo de homem que não consegue dar um de seus sermões sem rir. Após a morte da minha mãe, é muito difícil vê-lo mostrar qualquer sinal de alegria em seu rosto. Por isso, quando consigo fazê-lo dar um sorriso, me sinto a pessoa mais feliz do mundo. Por mais que trabalhe muito longe e não more na mesma província que nós, eu me sinto bem ao lado dele e ainda espero que ele supere a dor por perder a mamãe e encontre outro amor, que seja capaz de amá-lo tão intensamente quanto a minha mãe fez enquanto vivia ''Mia sobre o pai.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...