~KimikoAkemi

KimikoAkemi
Dreams come true
Nome: Mariana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Aracaju, Sergipe, Brasil
Aniversário: 2 de Junho
Idade: 18
Cadastro:

Howard Denvers - Fic Rosas


Postado

Palavra Chave: Lágrimas

Nome e Sobrenome: Howard Denvers
Vindo da cultura anglo-saxã, Howard tem diversos significados sendo os mais frequentes “protetor da casa” e “coração valente”. No entanto o motivo que levou a recebê-lo nada tem a ver com seu significado, tendo sua mãe lhe dado esse nome em homenagem ao psicólogo Howard Gardner (escritor da teoria das inteligências múltiplas) a quem ela admirava.
Ele gosta de seu nome, pois ajuda a lembra-lo de sua mãe, além disso não como se tivesse opções melhores caso fosse trocá-lo mesmo.


Apelido:
Howie – seus amigos e o chamam assim, não é muito fã do apelido, mas não se importa que o usem desde que seja dito por alguém próximo a ele.
Hughes – por sua personalidade inconstante e por terem o primeiro nome em comum, sua irmã e alguns colegas de faculdade e trabalho o chamam de Hughes, nome de um bilionário genialmente louco que existiu durante o século XIX (a irmã dele, cursa história, e os colegas, só a ouviram chamando-o assim e pegou). Por incrível que pareça ele gosta do apelido e já chegou a elogiar a irmã pela criatividade do mesmo.
Mad Cientist- recebeu esse apelido graças ao seu trabalho na ciência forense, algo que se popularizou mais ainda por mesmo ser realmente um gênio e apesar disso ainda se comportar como um moleque de doze anos muitas vezes. Esse apelido simplesmente o irrita e sempre que possível é recrutado de alguma maneira, sendo que com o tempo passou a ser menos usado na frente dele, e mais usado pelos outros policiais para se referir a ele quando o mesmo não está presente.



Idade: 24 anos

Sexo: Masculino

Data de nascimento:
15/06/1992
Seu signo é gêmeos, esse signo marca uma inconstância e dualidade da mesma personalidade, sendo seus membros pessoas que podem mudar facilmente de opinião, apesar disso em todas as suas formas os geminianos são inteligentes e curiosos com o desejo de experimentar tudo o que existe no mundo.


Nacionalidade:
Italiana, nascido na cidade de Forli, localizada na região italiana da Emília-Romena, terra natal de seu pai. Lá ele viveu até os doze anos, quando após a morte do pai durante um assalto, sua família (ele, a mãe e a irmã) se mudou para a casa dos seus avós maternos em Yellowish onde a mãe finalmente conseguiu realizar seu sonho de abrir um consultório de psicologia.


Personalidade:
Expressivo e de raciocínio rápido, Howard tem uma personalidade forte e um tanto ambígua, sendo difícil perceber até que ponto se passa seu “verdadeiro eu” e até que ponto seu comportamento é apenas uma mascara. No entanto, uma das certezas existentes sobre o mesmo é sua curiosidade acima do normal e sua incapacidade de resistir a um desafio intelectual. Outra característica que se reflete em sua curiosidade é seu desejo de conhecer e verdadeiramente entender as coisas ao seu redor, tendo a impressão de que o tempo para fazê-lo é curto e dando-lhe a necessidade de aprender mais e mais sobre o mundo ao seu redor o mais depressa possível.
Howard se diverte com a verdade, testando o limite dos outros simplesmente para ver suas crenças serem questionadas, pouco se importando em parecer em insensível. Sempre pensando mil coisas ao mesmo tempo quando nervoso ele mistura os mais diversos assuntos, de forma que poucos podem acompanhar, algo que muitas vezes o faz ser visto como “maluco”, apesar disso ele pode mudar radicalmente seu comportamento “antissocial” e vestir sua “máscara” agindo como uma pessoas amigável e um galanteador nato para obter vantagens se necessário.
Tratando os outros como gostaria de ser tratado, o moreno não tem paciência para ser mimado, e não gosta que as pessoas fiquem enrolando, principalmente quando pede um favor. Com um senso de humor sarcástico e as vezes excêntrico, Howard muitas vezes atrai, de maneira indesejada, a atenção das pessoas ao seu redo.


Aparência:





Dono de pele branca, embora um pouquinho bronzeada, cabelos negros arrumados em um topete um tanto confuso, barba rala e olhos castanhos penetrantes e emblemáticos. Howard não é o tipo de pessoa que chamaria muita atenção no meio de uma multidão, ainda mais sendo que apesar dos músculos definidos é magro, e por mais que o incomode dizer baixinho, mas algo em sua área difusa pode atrair multidões em ambiente menos lotado.




Gosta:
Novas descobertas, principalmente em áreas de ciências, podendo ficar animado a ponto de dar pulinhos com elas;
Café, principalmente forte, sendo uma espécie de sub - vicio dos cigarros;
Ler, tendo um gosto especial por artigos científicos e contos de terror;
Ser levado ao seu limite, por mais que seja uma prática um tanto perigosa que pode fazê-lo “surtar”, ele é apaixonado por ela;
Desafios e apostas;
Dias chuvosos;
Pessoas determinadas e que lutam pelo que acreditam, mesmo que isso não seja o certo (não quer dizer que ele não irá pará-las, mas sim que ele possui uma tremenda admiração sobre elas);
Ouvir música, principalmente folk, indie e rock clássico;
Aeronáutica, ele possui conhecimentos básicos sobre aviões e desde pequeno se interessou por eles sendo que antes de seguir carreira na policia ele pensou em trabalhar como engenheiro de aviões;
Engenharia, talvez não exatamente a engenharia em si, mas matemática, física e todas as áreas que a envolvem sempre foram muito atrativas para o mesmo;
Whisky, não chega a ser um vício, mas ele toma pelo menos dois copos em qualquer comemoração que vá;
Crianças, pode ser estranho mas ele aprecia a companhia de crianças, muitas vezes mais que a de um adulto;
Jogar videogame.


Não gosta:
Pessoas covardes e sensíveis;
Qualquer forma de preconceito;
Argumentos infundados e opiniões que não tenho qualquer fato comprovado ou mesmo provável como base;
Que busquem mentir como saída mais fácil;
Histórias melosas;
Quando enxergam as coisas muito “preto no branco”;
Que policiais de outras áreas ajam como se entendessem seu trabalho quando eles claramente não o fazem;
Ordens absurdas, como exigir que a partir de um fiapo encontrado no carro de um suspeito ele descubra em menos de mais hora de onde veio, aonde esse material foi comprado e por quem (já chegou a acontecer isso uma vez, já que seu antigo “chefe” andava “vendo muito CSI”);
Abuso de autoridade;
Pessoas que aceitam “verdades absolutas” sem sequer questioná-las primeiro.


Qualidades:
Ser inteligente;
Ser criativo e capaz de buscar ideias nunca vistas;
Possuir um senso de justiça;
Ser observador e detalhista;
Ter uma grande determinação;
Não se deixar manipular pela opinião alheia.


Defeitos:
Ser ansioso;
Extremamente perfeccionista;
Sarcástico ao extremo;
Ignorar completamente a sensibilidade alheia.




Habilidades:

Armas de fogo - apesar de ser algo tão necessário, algumas vezes ele faz trabalho de campo de forma que acabou aprendendo a manusear diversos tipos de armas, principalmente pistolas de diversos calibres;
Tecnologia – como já dito na faculdade ele estava indo para ser um engenheiro aeronáutico, então não é difícil imaginar que ele tenha um grande conhecimento sobre diversos tipos de tecnologia;
Pilotar aviões – OK, talvez ele não seja um expert nisso, mas ele sabe o bastante para caso um dia seja necessário;
Antroporfagia- como um cientista forense, ele conhece bem o corpo humano e pode por exemplo definir o tipo de arma usada com uma boa análise do ferimento;
Analisar substâncias- mais uma vez sendo um cientista forense ele tem grandes conhecimentos sobre química;
Balística – conhece diversos tipos de armas, sua fabricação, calibre, tipo de bala e funcionamento.



História:

Filho de uma psicóloga inglesa que lecionava em uma pequena universidade com um advogado corrupto italiano, Howard nasceu na cidade de Polís na Itália onde passou toda a sua infância. Seu pai era um homem bruto e porque não dizer abusivo, que muitas vezes descontava as frustações envolvendo o trabalho na família através de agressões e insultos, na escola sua vida também não era muito melhor tendo desde cedo dado indícios de ser super-dotado o mesmo sofria bulling e só tinha dois amigos, sendo um deles sua irmã mais nova Allice.
Assim, por mais que odeie admitir, quando durante um assalto, ironicamente orquestrado por um dos clientes de seu pai, acabou tirando a vida do homem, a vida do garoto se tornou diversas vezes melhor. Depois da perda, sua mãe (que por algum motivo que Howie e Alli não entendem ainda amava o homem) acabou voltando para Yellowish sua cidade natal com seus dois filhos, lá finalmente realizando seu sonho de abrir um consultório. Em Yellowish, além de se ver livre do pai abusivo, Howard conseguiu pular dois anos da escola e ainda fazer amigos verdadeiros.
Aos quinze anos (lembre-se ele era dois anos adiantado), conseguiu uma bolsa para estudar em Londres em uma renomada universidade. A principio queria cursar engenharia aeronáutica, mas alguns acontecimentos na festa de calouros acabaram o fazendo mudar seu curso, ao finalizar a faculdade voltou para Yellowish onde trabalha de cientista forense a algum tempo.


Medos/Traumas/Fobias:

Claustrofobia – durante a faculdade, um de seus melhores amigos teve a “brilhante” ideia de fazer um pegadinha trancando-o por alguns instantes em um armário, era para ser só um susto, mas ele perdeu a chave e Howie acabou preso lá dentro por horas.
Medo de germes, apesar de não ser algo absurdo ele sempre está limpando as coisas ao seu redor.
Medo de não ser bom o suficiente de falhar, embora esse medo no lugar de fazê-lo desistir o faça continuar indo em frente, ás esse continuar indo em frente pode fazê-lo tomar medidas muito arriscadas.


Manias:

Quando nervoso, ele começa a murmurar coisas sem sentido, misturando inglês com italiano e um pouco de matemática no meio;
Desinfetar as coisas ao seu redor sempre que possível;
Quando pensando pode esquecer-se das coisas e pessoas ao seu redor


Vícios:

Nicotina, ele não consegue passar um dia sem fumar pelo menos cinco cigarro, caso contrário começa a sentir dor de cabeça, embora adesivos de nicotina possam melhorar essa situação se necessário. Caso esteja muito nervoso ou estressado esse vício mais que triplica fazendo o mesmo facilmente acabar com dois maços de cigarro sozinho.


Hobbies:


Aeronáutica – apesar de não se arrepender de não ter seguido essa carreira ele continua fascinado por aviões e muitas vezes estuda sobre eles em seu tempo livre;
Leitura –sempre com um livro com ele para distraí-lo caso necessário;
Mecânica- sim esse é um hobbie estranho, mas tendo um amigo dono de uma oficina (de carros e eletrônicos) gosta de ajuda-lo com o serviço em seu tempo livro.



Demônios Interiores:
Ter virado as costas. Antes de acontecer o fato que o fez querer trabalhar na policia outro evento traumático o ocorreu durante a festa de calouros, enquanto buscava o banheiro um tanto chapado ele ouviu gritos e pode presenciar um estrupo acontecendo dentro da “comunidade” de alunos, ele sabia que devia fazer alguma coisa principalmente quando a garota o olhou de forma suplicante, mas tudo que ele fez foi virar as costa e sair dali. Dias depois o corpo da garota foi encontrado e ele nunca se perdoou de não ter feito algo quando pode.


Opção Sexual:

Bissexual, com preferência a homens.
Sempre se sentiu atraído por ambos os sexos, mas só pode ter certeza disso quando aos doze anos, alguns meses antes de se mudar para a Inglaterra, ele se viu apaixonado por seu melhor/único amigo da escola, chamando Steven Grants, os dois tiveram um breve relacionamento que acabou sendo separado pela distância.
Sinceramente Howard não faz ideia da relação de seu pai sobre isso, mas sua irmã aceitou numa boa enquanto sua mãe apesar de a principio ter ficado um pouco chocada acabou aceitando também.


Segredos:

O evento que o fez ser policial. Que evento foi esse? Te mando por MP.


Objeto especial
:

Um rádio a pilha, esse dado pertencia ao avô e foi dado ao mesmo pela mãe, quando ele se formou. Apesar de não carrega-lo por aí gosta de ouvir música nele, dizendo que o ajuda a relaxar.




Um pingente que ganhou da irmã, na época que ele foi para faculdade, um dos principais motivos desse ter se tornado seu objeto especial é que foi o primeiro presente que sua irmã lhe deu, sendo que a mesma teve que conseguir um trabalho de meio período para tal.



Lema de vida:
“Siga o caminho arriscado do pensador independente. Exponha suas ideias aos perigos da controvérsia. Diga o que você pensa e tenha menos receio do rótulo de louco do que do estigma da conformidade. E, nos assuntos que são importantes para você, levante-se e faça-se ouvir, a qualquer custo.”



Palavra que o define:
Gênio

Música que o define:
[One Vision- Queen





Par?
(x) Sim você escolhe
( ) Sim eu escolho (pode ser sua outra ficha ou a ficha de outra pessoa, mas ele precisa concordar)
( ) Não
( ) Só ficar


Família:

Mãe

Nome: Mary Margareth Barichelle
Idade: 53 anos
Status: Viva
Profissão: Psicóloga
Relação: Apesar de não manterem tanto contato atualmente, os dois tem uma boa relação, sendo que Mary se esforça ao máximo para ser uma mãe presente e protetora (mesmo que nem sempre consiga), com seus filhos. Talvez o pior da relação de ambos seja a necessidade da mãe de tentar compensá-lo pelo que ouve com o pai, já que Howard odeia ser mimado
.


Pai

Nome: Franchesco Barichelle
Idade: Morreu aos 32 anos
Status: Morto
Profissão: Advogado de defesa
Relação: Ele era um pai abusivo e violento, que nunca demonstrou qualquer sentimento positivo para com os filhos, chegando a ter um pouco de desprezo de ambos por serem “crianças estranhas”
.



Irmã

Nome: Allice Denvers
Idade: 22 anos
Status: Viva
Profissão: Estudante de história
Relação: Desde sempre os dois tiveram uma ligação muito próxima, sempre mantendo contato e trocando brincadeirinhas e mini - discussões. Eles sempre ajudam e protegem um ao outro sendo que ela é a pessoa que mais o entende e virce-versa.


Alguma meta?
Sua única meta é nunca deixar um caso sem encerrá-lo, dessa forma ele pretende resolver a esse caso e finalmente dar um fim as organizações.

Curiosidades:
Suas bandas/cantores favoritos são: David Bowie, Nirvana, Bon Jovi e Queen;
Tanto ele quanto a irmã trocaram o sobrenome paterno (Barichelle), pelo nome de solteira da mãe (Denvers);
Tem uma Harley-Davidson Iron 883 preta




Apesar de não ser algo que o mesmo divulga, ajuda em um abrigo para crianças nas horas vagas.

Algo mais?
Nop .

------------------------------------------------------//////----------------------------------------------------------------


Por que entrou na policia?

Quando na faculdade, acabou entrando em uma “formação especial para ciência forense” por falta de opção (algo que será melhor explicado no segredo), no entanto se apaixonou pelo curso e ainda mais pela ideia de fazer justiça a partir dela, concluindo o curso e entrando na área.

Por que pegou esse caso?

Na verdade, Howard foi designado ao caso, por ser um dos melhores de seu departamento. Embora logo tenha achado o caso um desafio interessante, comprometendo-se com ele.

Há quanto tempo é policia?

3 anos.


O que tem contra as organizações?

Apesar de não ter nenhuma experiência pessoal com elas, acredita que diversas mortes foram realizadas por culpa das mesmas. Tendo um ódio maior pelos Diamantes, enquanto pelas Rosas apesar de não apoiá-las tem certo respeito e considera os crimes delas desprezíveis, mas justificáveis.

Qual sua área?

Cientista Forense .


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...