~Kimmi-

Kimmi-
·/i:m not daredevil\·
Nome: ˹♡:強い k ι m∙.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 14 de Dezembro
Cadastro:

›› f i c h a s ❞


Postado

›› f i c h a ࿏ r e a l i t y ❞
‣ Maële Leswern — Lolita — Dezoito Anos ❥

Nome
Apesar de Maële Leswern ser seu nome, ela simplesmente não costuma atender por este nome. E muitas vezes fica confusa quando a chamam por ele, ela costuma atender por Lilith, Phye e Emi. — Entenderá o por que na personalidade e história. —


Nome no tratamento
Lolita

Idade
Possui dezoito anos, faz dezenove dia 15 de fevereiro. — Aquariana.

Aparência




Maële tem a aparência de uma garota frágil e delicada, transborda inocência e graciosidade. Muitas das vezes parecendo que qualquer movimento brusco pode quebra-la, até despertando o instinto de proteção de muitos. Sua estatura pequena ajuda nessa condição, ela mede exatos 1,55 de altura. Seus cabelos são de uma cor cobre — meio acastanhado em algumas horas — , o tradicional ruivo natural caem como cascatas em suas costas, ondulados e cheios de movimento. Seu corpo não é muito chamativo, ela é magra com curvas suaves e pouco acentuadas, se encaixam perfeitamente em sua estatura baixa, nada fora do comum. Sua pele é bem clara, quase ao ponto de ser pálida, causando assim a singela impressão de que um único toque a fará rachar, assim como a mais bela das porcelanas, a extensão de sua pele e especialmente nas mãos tem um toque muito suave.


Tem traços joviais, visíveis principalmente em seu rosto. Tem nariz pequeno e arrebitado, seus olhos são grandes e chamativos. Suas íris são de um lindo castanho dourado, que dependendo da claridade parece ter um brilho carmesim, seu olhar não é diferente de sua aparência. Você normalmente sempre verá um mistério nos olhos de Maële, eles que de longe demonstram inocência. Ao encarar as belas orbes pode ver um labirinto, sim. Para os outros é um labirinto, onde você se perde nas belas orbes avermelhadas, e se vê prezo ali. Hipnotizado pela garota! Seus lábios são extremamente pequenos, bem desenhados e rosados por natureza. Eles também contribuem ao aspecto delicado, seus lábios já foram comparados com o de muitas bonecas. Os seus sorrisos nunca alcançam os olhos, o seu verdadeiro sorriso é raro e brilhante, um sorriso puro que quem o viu gostaria de ver muito mais vezes, um sorriso viciante. Seus dentes são brancos e perfeitamente alinhados. Seu rosto é banhado em sardas que dão uma beleza unica a ela... Maële realmente é uma garota bela e única, seu ar genuíno e inocente é algo que encanta qualquer um.



Personalidade
Quem é Maële? Qual sua personalidade? São perguntas que dificilmente serão respondidas, Maële é um verdadeiro labirito no qual se você entrar nunca encontrará uma saída. A palavra Confusão poderia defini-la perfeitamente, já que é uma verdadeira confusão dentro de si, onde várias personalidades batalham entre si para vê quem vai aparecer. Porém dentre todas, apenas três saem vencedoras. Lilith, Phye e Emi, essas personalidades tão diferentes e opostas, que se você não tiver paciência ou inteligência, nunca saberá lidar com Maële, já que as três fazem parte dela.
Emi — Emi é a personalidade mais adorável de Maële. Pode ser considerada um tanto aluada, parece uma verdadeira criança. Seu comportamento e voz é muitas vezes distante e sonhador, e ela iria se afastar de uma conversa que ela não achar interessante. Sempre está com um sorriso no rosto, é carinhosa e meiga, alguém totalmente gentil. Ela é incapaz de tratar alguém mal, se destaca pelo seu sorriso que está sempre presente em seu rosto, mesmo quando destratada ou qualquer coisa do gênero. Seu sorriso dificilmente some de seu rosto, está sempre ali presente. Como se nada a afetasse, nada a magoasse.. Como se fosse uma sempre feliz. É o tipo de pessoa a quem não se dá muito crédito á primeira vista, ela tem uma aparência frágil e tem um sorriso constante o que leva as pessoas a acreditarem que ela é inocente. Emi odeia ver alguém triste e sente a necessidade de ajudar, mesmo que seja um desconhecido, ama conhecer coisas novas e ver o mundo pelos olhos de outros. Mas também é o lado melancolico de Maële, ela que faz os desenhos macabros, é ela que fala frases incoerentes. Principalmente é ela que "conversa com outros anjos", ela é meio aluada se mostra em outro mundo, sempre falando frases profundas. Suas frases muitas vezes são obscuras, tem tendências a deixar as pessoas perturbadas e mexidas com as suas frases, já que muitas vezes saem como uma espécie de profecia ou avisos macabros.
Phye — Phye é a personalidade que mais se aproxima da verdadeira Maële, é também há mais "normal". É calma e educada. Sempre bem comportada, com maneiras perfeitas, tom de voz suave e maturidade. Nunca levanta a voz ou joga uma birra, parece ser impossível arrancar dela qualquer reação genuína, só uma boneca que sorri e faz aquilo que se espera, por ser muito boa em analisar todos sempre sabe exatamente o que tem que falar para agradar. Ela mostra um alto grau de auto-controle, e ainda é capaz de manter a calma ao ser ameaçada ou qualquer coisa do tipo. Apesar de ser educada e simpatica, é reclusa não gosta que se aproximem demais de si ou quando perguntam demais sobre ela. Poucos conhecem a verdadeira Phye, muitos a julgam manipulavel, mas não sabem como a garota pode ser traiçoeira, acredite nunca confie na pequena garota de aparência delicada.. Para aqueles que conseguem ultrapassar as suas barreiras, se mostra uma garota misteriosa e ousada. É teimosa e bem orgulhosa, ela nunca passaria por cima de seus princípios, é leal ao que acredita e as suas promessas, manifesta-se contra o que considera errado com toda sua educação de costume, mas recusa-se a deixar de lado, é um tanto irônica de modo sutil, gosta de provocar as pessoas, é bem competitiva, detesta perder ou ser subestimada, mas nunca seria desleal numa competição, coisas fáceis não prendem sua atenção
Lilith — Lilith é a parte mais doentia de Maële, só atende por esse nome, ela se considera umum anjo enviada para ajudar as pessoas se livrarem dos seus pecados,e acredita ela ira tirar do pior jeito. Insana. Louca. Complexa. Sádica. Imprevisível. Essas com certeza são as palavras que melhor definem Lilith! É uma mulher insana, é completamente impossível compreender o que se passa na mente dela, nem ela compreende a perturbação que é sua mente porque outros conseguiriam? Tentar se aproximar dela é o mesmo que tentar passar em um campo minado, deve ser cauteloso com ela. É extremamente narcisista e arrogante imperiosamente! Em batalha tem uma sede por sangue e destruição, que chega a ser assustador, em uma discussão seu temperamento é feroz e perigoso, não é piedosa e é meio psicopata. Tem uma personalidade totalmente instável e previsível, podendo mudar de humor rapidamente. É uma perfeita atriz, mentirosa e traiçoeira. Super mau humorada e muito sedutora, conseguir a atenção dela pode dar um certo trabalho. Lidar com ela vai ser preciso de uma boa dose de paciência e de muita inteligência. Sadista e sem sentimentos, se mostra apatica, diferente a tudo e há todos. Tem a mente doentia, gosta de brincar com o psicologico das pessoas, se mostra uma pessoa insana. Ela não tem amigos, muito menos inimigos, todos estão abaixo dela. Ela é superior as pessoas, quando não ve "pecado em algo", ela faz com que a pessoa a peca, pode ser de varias maneiras, atraves da luxuria ou outra maneira. E quando questionada, fala que a pessoa fora fraca, deveria ser forte contra os prazeres da carne.



História
Maële vem de uma família arcaíca de magnatas, os Leswern. Os Leswern são mundialmente conhecidos, os membros da família são considerados verdadeiros prodigios. Sempre que ingressam em alguma profissão, qualquer coisa que seja eles ganham destaque no que for. Inclusive o pai de Maële e seu irmão, são conhecidos nos ramos da advocacia. Ela já nasceu carregando um grande fardo, uma das herdeiras da família. Tinha que dar orgulho aos pais, se tornar a melhor, mas não foi exatamente isso que aconteceu. Aos oito começou a demonstrar pequenos surtos, falando coisas sem incoerência e sem sentido. Falando que tinham anjos em seu quarto, todos falavam que ela era especial.. Que ela era um anjo. Os pais de início acharam que era apenas coisas que de criança, principalmente Maële que tinha a imaginação fértil.. Só que foi aos doze anos que tudo piorou, Maële não atendia mais pelo seu nome. Começava a se apresentar como Emi e Phye, e sempre se perguntava quem era Maële. Quando foi levada ao medico e a diagnosticaram com transtorno dissociativo de identidade, eles acharam que podiam tratar e logo acabar com isso. Manteve em oculto, embora a Emi ainda vivia falando que estava conversando com anjos, seu pai não aguentava mais isso e acabou discutindo e chamando a filha de vergonha da família, foi nesse momento que conheçaram a personalidade mais perigoso de Maële.. Lilith, que se dizia que era um anjo enviado por deus e que se livraria dos pecados da humanidade, e se livraria de qualquer modo. E esse foi o estopim para o pai enviar Maële para o sanatório Lennox. Além de descobrir que a filha também tinha Transtorno de Personalidade Esquizotípica. Foi quando Loren sua esposa, entrouem depressão. Não suportava a ideia de ver a família desunida e sua princesinha em um lugar de loucos, acabou entrando em depressão e se matando. O que endureceu o coração ainda mais de Aaron e o fez tomar raiva e ódio da filha.


Sexualidade
Bissexual — Sem preferência definida.

Família

Pai — Aaron Leswern — 48 anos — Advogado.
Aaron é um homem sério, rigoroso e totalmente arrogante, para ele sua filha é a vergonha da família. Já que ela é uma completa louca, para ele não passa de um fardo, quando pergunta da família, ele fala que seu único herdeiro é Theodore. Inclusive foi ele que colocou Maële no sanatorio. Principalmente a culpa pela morte da esposa.


Mãe — Loren Leswern — 42 anos — Falecida
Fora da sua mãe que Maële puxou os genes ruivos. Loren é uma determinada e inteligente, mas que está sempre ao lado do marido apoiando as decisões do mesmo. Ela acabou adoecendo, ficou com depressão e se matou por ver sua princesinha em um sanatório e não pode fazer nada para impedir.


Irmão mais velho — Theodore Leswern — 22 anos
Ao contrário da irmã, Theo puxou os genes do pai. Não só na aparência, mas como a personalidade e a profissão. Theo é a copia perfeita do pai, já que seguiu os caminhos que o mesmo sugeriu. Além de ser o primogênito da família, e o orgulho do pai. Theo tem a aparência de um homem sedutor e arrogante, embora com a irmã ele seja mais amável. Ele chama Maële de ruivinha, é muito apegado a irmã . Ele sonha em finalmente fixar o emprego e poder tirar sua irmã daquele lugar.


Par?
Disponível.

Relação com o par?
A relação de Maële com o par será um tanto complicado, já que o par dela terá que agradar suas três personalidades. Ele terá que ser totalmente inteligente e paciente para poder lidar com a garota no início. Ela vai tratar o par no início como trataria qualquer outra pessoa, até por que não sabe se realmente poderia confiar nele.. Mas depois que ganhar a confiança dela, pode ter certeza será um cara sortudo. Por mais incrível que pareça ela é muito otimista e sonhadora, uma romântica clássica, mesmo que não demonstre isso, se magoa mais facilmente do que deixa transparecer. Então a pessoa terá que saber lidar com Maële, seus sorrisos mais puros serão dedicados somente há ele.


Medos/Fobias
Ela tem um medo irracional da escuridão. Ela não sabe lidar com seu medo, só de ficar perto de lugares escuros sozinha já mexe com seu psicológico.


Gosta
É uma garota apaixonada pela música, principalmente músicas calmas e relaxante. Que a ajude a se acalmar e pensar. Gosta de arte no quadro geral, especialmente violino, chocolate, dias chuvosos, ouvir as pessoas (Maële ama conversar sobre os interesses das pessoas e ver as coisas de outros pontos de vista), adora ler e escrever ; argumentações, aprender, conhecer novas pessoas, flores, crianças, observar o céu á noite. Tem um paladar totalmente infantil, principalmente pro lado do doce. É apaixonada por doces. Desgostos: Pessoas barulhentas demais ou rudes, crueldade, regras muito rígidas (Apesar de as cumprir), Odeia ser subestimada, principalmente quando falam que ela é incapaz ou qualquer coisa do gênero, se irrita quando falam para ela que o mundo dela está nos palcos, que uma garota como ela, não devia ser uma maga. Isso a irrita, profundamente. Calor excessivo, esportes, café, lugares pequenos, ser subestimada, atrasos, ser comparada a uma boneca, insetos, perder.


Hobbies
Ela é uma violinista e compositora excepcional, boa em história, matemática, política e argumentação, Maële tem um talento natural com as palavras o que também se aplica a escrita, sabe tocar flauta e um pouco de harpa, muito hábil em xadrez. Ela tem a voz doce e calma, principalmente para cantar. Sempre gostou de andar descalça, principalmente em jardins;


Diagnóstico?
— Transtorno dissociativo de Identidade.
— Transtorno de Personalidade Esquizotípica.

Habilidade Especial
Manipular Espelhos— É a capacidade de controlar espelhos, reflexos e futuramente a prata. Impõem a vontade contra cacos e estilhaços de espelho, os manipulando livremente pelo ar, desde moldar facas e adagas, até grandes plataformas. Pode revestir a própria pele dessa matéria, confundindo a visão de quem a olha. Phyere consegue passar despercebida em pequenas multidões, ocultar-se em folhagens e derivados. Quando está em lugares escuros, ou claros de mais, consegue a confundir sua imagem a de outros objetos. Adquire as características iniciais de um espelho, podendo antecipar ataques. Consegue desviar um pouco de luz para a visão do oponente, atordoando sua visão por instantes. Ela manipula pequenos cacos de vidro, moldando lâminas e agulhas, e exigindo um pouco mais de concentração, consegue criar espelhos a base de cristal. Quando exposta, tem a capacidade de refletir a luz e energia do sol e da lua contra o oponente, o atordoando. Pode atravessar um espelho e sair em outro, funcionando como um "teletransporte". Altera alguns membros de seu corpo para uma forma límpida e prateada, tendo grande parte da pele protegida. Tem a capacidade de amenizar golpes físicos, assim como “refletir” feitiços e ataques mentais contra seu criador. Na presença de um espelho, pode aprisionar pequenos animais em seu interior, os transportando para uma dimensão contrária. Pode estilhaçar o próprio corpo em mil pedaços de espelho, flutuando e rastejando a vontade. Quando em proximidade da água, consegue atraí-la e erguer vários espelhos, dependendo da sua quantidade. Ela é imune a ataques mentais, como telepatia, controle mental, sedução.. etc. Justamente por seu corpo ser revestido em espelho


Música Tema
Angel of Darkness — Nightcore

Ciente que seu personagem agora pertence á mim?
Sim.

Sim ou não?
Sim.

Algo a mais?
—Maële nunca atende por este nome, inclusive se apresenta com o nome da personalidade que está aparente. Na maioria das vezes é Emi e Phye, muitas vezes elas dão uma crise, falando que Lilith quer dominar. Muitas vezes soltando frases desconexas como "Você não vai querer conhecer a Lilith, fuja, fique longe.." etc..
— Ela muitas vezes costuma falar em terceira pessoa.
— Maële "acha" que pode falar com anjos, anjos da morte, anjos da guarda, inclusive com pessoas que já morreu e que viraram anjos, ela pode falar com eles. Inclusive ela tem um anjo imaginario Raphael, vive falando com ele.
— Quando questionada sobre suas asas e auréola ela fala que somente anjos podem ver.
— Só anda descalça - Antes de dormir tem mania de fazer orações sem sentidos, macabras.
— Ela ama cantar música de ninar.



‣ Darius Hawthorne — Nightmare — Dezenove anos ☽



Nome
Darius Hawthorne. — Os amigos mais íntimus costumam chama-lo de Daec. —

Idade
Possui dezenove anos, apesar de aparentar ser mais novo. Faz vinte dia dezesseis de dezembro. — Sargitariano. —


Aparência


Darius tem a aparência de um garoto descontraído e desleixado o que condiz ainda mais a sua personalidade. O que só da um charme a mais ao rapaz, sua beleza é algo inegável. Sua pele tem um tom levemente bronzeado, algo natural. Seus cabelos são lisos, fios finos e macios que vão até a nuca do rapaz, seus cabelos normalmente estão penteados para trás, mas estamos falando de Darius então constantemente poderá vê-lo com os cabelos bagunçados, como se tivesse acabado de acordar. Seu cabelo é naturalmente loiro platinado, de longe sua coloração para ser branca. O que muitos já chegaram a pensar que Darius era albino.



Tem traços felinos, mas que são puramente aristocráticos.  Lábios finos e levemente rosados, tem o nariz fino e afilado. Dentes brancos e perfeitamente alinhados, embora tem os caninos maiores que os outros dentes. – Que acentua ainda mais a sua aparência felina –  Seus olhos são o que mais chamam atenção. Principalmente a coloração, parecem mudar de cor. Uma hora está em um azul elétrico, em outra está em um azul acinzentado.



Personalidade
Darius é totalmente calmo e tranquilo, normalmente está sempre em uma pose desleixada ou preguiçosa. Dificilmente conseguem lhe tirar a paciência, mas ele consegue tirar qualquer um do sério com sua teimosia. É paciente, sabe lidar com qualquer tipo de pessoa, desde as mais amorosas até arrogantes. Um rapaz inteligente, adapta-se com a maior facilidade a qualquer situação, detesta a rotina. Tem uma força de vontade incrível e uma grande capacidade para lidar com situações difíceis sem se abalar ou demonstrar fraqueza. Costuma a ser observador e analítico, da mesma forma que rapidamente se interessa por alguém, logo perde o interesse, e não é só pro lado romântico. É totalmente preguiçoso, apesar de inteligente, e deixa as coisas para fazer de última hora. É muito imprevisível, nunca se sabe o que esperar do garoto. Pode vir tanto a orgulhar como decepcionar alguém; Inclusive se ele chegar do nada conversando com um animal ou pessoa que nunca viu na vida, não estranhe, é apenas Darius sendo Darius. Tem uma memória terrível para nomes e rostos; na verdade, a única coisa que realmente lembra é de fórmulas matemáticas, livros etc. Quando não quer ficar sozinho procura a companhia de qualquer um (seja humano ou não). Seletivo e desconfiado ele escolhe a dedo as pessoas que farão parte da sua vida. Com poucos ele se abrirá, mas nunca totalmente. Sempre pronto a proteger seus amigos, não permite que outros os ataquem.
Tem uma cara de pau incrível, ele não tem o senso comum que a maior parte das pessoas já vêem de fábrica, a vergonha, como o assunto sexo, ele não se incomoda em falar sobre, desde que o pergunte e acaba por vezes constrangendo alguém, principalmente com garotas ele não se importa de falar que ela está gorda ou coisa do gênero, tem uma cara de pau terrível. Tem a língua afiada, então sempre tem uma resposta na ponta da língua. Muitos julgam que Darius pode ser manipulável, embora não sabem como podem ser o contrário, já que de ingênuo e inocente, não tem nada. Darius presta atenção no motivo das pessoas de tomarem certas atitudes. Ele gosta de entender como a mente funciona porque assim é mais fácil de ganhar confiança dos outros. Ele também é vidrado em saber das coisas, pois isso lhe passa uma sensação segurança. Quando Darius sabe o que a pessoa sente, como ela funciona, o que a move, torna-se fácil como roubar doce de criança manipulá-la. Se atenta aos detalhes. Sensível para perceber os sentimentos e vontades dos outros. Com os amigos mais próximos é sociável e bem humorado. Também é bastante perceptivo, daqueles que consegue notar as coisas que por vezes passam despercebidas por outros.


História
Podemos dizer que Darius tem a família perfeita, os Hawthorne é uma família bastante unida. Desde pequeno nunca faltou nada para Darius, tinha tudo que queria, ou melhor quase tudo.. Amor não faltava. Sua familía tinha uma vida financeira boa, mas Darius nunca teve muito contado com outras crianças. Já que sua família vivia no campo, afastado da cidade. Foi aos cinco anos que Darius "descobriu" sua irmã gêmea, Diana. Ela era a copia perfeita de Darius, para onde ele ia, ela estava junto. Se fosse dormir, eles dormiam na mesma cama, tomar banho? Sempre tomavam juntos. Além de irmãos, eles eram melhores amigos.


Só que tinha um problema, somente Darius enxergava essa irmã. E ficava furioso quando falavam que Diana não existia, principalmente por que ela chorava quando falavam que ela não existia. E o que Darius mais odiava era ver sua irmã chorar, o que levava a tratar todos a sua volta mal por causa dela. Sua mãe quando o levou ao médico descobriu que o filho tinha Síndrome de Capgras, eles até poderiam aguentar e fingir que Diana existia, mas tudo foi piorando. Darius deixava de comer por causa de Diana, se afastava dos amigos e de todos, por que Diana sentia ciúmes. Aos poucos a família via Darius se isolar, então decidiram internar o filho no Sanatório, mas eles o visitava com frequencia. ´



Sexualidade
Bissexual — Sem preferência definida.

Familia:

Joshua Hawthorne – Avô Paterno – 59 anos
Se hoje ele está em Lennox, a culpa é totalmente do seu avô. Que já não aguentava mais as loucuras do neto, principalmente ver ele falar de uma irmã gêmea que não existe, ele ama o neto com toda certeza. E fala que o colocou ali para o seu próprio bem.



Pai – Daeron Hawthone – 42 anos
Daeron não gosta muita da ideia do filho estar em lugar para loucos, mas ele sabe que é para o bem dele. Então não se opos a decisão do seu pai, mas por concordar com isso. Acaba sempre entrando em discussão com sua esposa. Que fala que seu filho é normal, que ter uma irmã imaginaria não faz mal a ninguém, seu filho era feliz assim. Daeron va visitar Darius com frequência.



Mãe – Lucy – 39 anos
Sua mãe é uma pessoa tranquila e brincalhona. Muitas faz Darius passar vergonha, como o chamando de meu pequeno galã e pergunta quando irá dar netinhos há ela. Eles tem uma boa relação, sem dúvidas sua mãe é sua melhor amiga. Apesar da sua mãe sempre parecer magoada e triste por ver o filho onde está.


Par
Disponível

Relação com o par
Darius quando quer sabe ser um verdadeiro Don Juan, ele sabe como tratar uma dama. Então pode ter certeza que sua namorada vai ser mimada e verdadeira amada por ele, claro.. Não é o tipo que demonstra em públicos. Embora ela podera passar raiva com ele, principalmente por causa do seu jeito preguiçoso e desleixado. E antes de tudo, ele pode dar muito "ouvido a sua irmã." O que pode trazer problemas futuramente.


Medos/Fobias
Ele tem uma estranha fobia, que é a Gamofobia — Medo mórbito de casamento. Ele por causa de certas coisas que viveu, não quer casar tão cedo.
— Tem medo de altura.


Gosta:
Darius gosta de dias nublados e chuvosos, para ele são dias perfeitos para dormir e tomar alguma bebida quente. Gosta de observar o céu estrelado, o traz uma calma fora do comum. Então ás vezes poderá ver ele perambulando os corredores apenas para poder observar a noite, seu horário preferido são nas madrugadas. Gosta de bons desafios e mistérios, um grande fã de enigmas. Ele aprecia uma boa festa, não é o tipo que nega festas ou alguma nova aventura. DesgostaOdeia ter seu espaço pessoal invadido; que o enchem de perguntas sobre sua vida ou qualquer coisas parecidas. Isso o irrita profundamente. Pessoas alegres demais ou agitada demais, que não consegue ficam um minuto calada. Principalmente quando são do tipo xereta; Odeia doces, tem um paladar um tanto que rigoroso. Não gosta de comidas doces demais ou azedas demais.


Hobbies
É totalmente fã de jogos de lógica, então não pensará duas vezes quando o convidarem para jogar Xadrez ou qualquer outro jogo que desafia/ exercita a sua mente. Ele gosta bastante de jogar Shōgi – uma espécie de xadrex japonês – e Go – outro jogo de lógica japonês. – Ele e sua mãe passavam horas jogando.


Diagnóstico
— Síndrome de Capgras

Habilidade Especial
Magia Negra/Necrocinese — seus poderes estão ligados de alguma forma as trevas, como lançar pragas, azar por onde passa, necromancia e alguns do tipo. Darius mesmo consegue manipular a sorte de alguém para torná-la boa ou ruim. É capaz de criar venenos em geral pelos lábios ou pelo tato, que podem afetar a pessoa pega pelas mesmas facilmente, do qual pode até mesmo matá-la. Só que a maior dominância é a Necromancia — Tem a habilidade de absoluto controle sobre cadáveres e outras habilidades correlacionadas. Consegue ter acesso a materiais provindos do limbo, sendo capaz de transportar corpos e almas de lá, trazendo-os para onde quer que ele esteja. Estes cadáveres podem ser usados livremente pelo Necromante que usa essa habilidade; ele consegue praticamente materializar tanto cadáveres quanto ossos, o que pode ser combinado à Necrocinese. Pode trazer as pessoas que uma vez morreram de volta a vida, porém estas retornam sem sua alma, que pode ser recuperada uma vez que estes a procurem no limbo, o que nunca é fácil. El apresenta uma habilidade de interferir na compatibilidade sanguínea de si mesmo ou qualquer outra pessoa. Dessa forma, ele consegue substituir ossos, órgãos ou quantidades de sangue perdido com facilidade, podendo recorrer aos ossos de um cadáver para colocá-lo no lugar de um osso quebrado, por exemplo. Essa cura consegue tratar de basicamente qualquer problema.


Música Tema
Crazy Train — Ozzy Osbourne

Ciente que seu personagem agora pertence á mim?
Yeap.

Sim ou Não?
Sim. [?

Algo a mais?
— Darius é super protetor com Diana, não suporta a ideia de ouvir alguém falando que ela não existe.
— Ele não entende porque os pais terem colocados ele e Diana em um sanatório, já que eles eram normais. Na sua opinião, eles os colocaram lá para se livrar deles. Para a Darius sua família não os amava.



say something



›› f i c h a ࿏ N i g h t Wolf ❞

Mostrar Spoiler: Kiyori no Shinkirō


Ignore a parte das invocações influenciarem a personalidade dela. ;;

Nope Nope
Nome Completo:
Kiyori no Shinkirō. Kyiori é um nome com vários significados, todos belos! Mas que chegam a ser irônico para alguém com a história dela. Kyiori significa: ”Mulher graciosa; Graça; Favor;” Já o seu sobrenome Shinkirō significa: ” A Miragem”. De certa forma seu nome significa ”A miragem de uma mulher graciosa.


Alcunha:
Apesar do seu nome, Kiyori por muito tempo tinha esquecido do seu verdadeiro nome. Tudo por culpa de sua “alcunha”, muitos a chamavam de Noroi, que significa maldição. E para muitos ela era uma pessoa amaldiçoada, por isso nunca a chamaram pelo nome. Meiwaku além de ser considerada a Meiwaku – estorvo – da família/vila.


Idade:
Tem dezoito anos, faz aniversário dia quinze de agosto.

Sexo:
Feminino


Sexualidade:
Bissexual - Sem preferência definida.

Aparência:

Kiyori tem a aparência um tanto curiosa, ela em si desperta a atenção de muitos. Não é uma das mais belas mulheres, mas ela em si tem seu encanto único. Ela é uma garota de "duas faces", normalmente a sua aparência mais conhecida é a mais comum, sem nada demais. Possui os cabelos curtos e levemente ondulados, fios finos e brilhosos. Possui uma franja que é repartida em dois que lhe cobre toda a testa. Tem o nariz pequeno e fino, lábios pequenos e carnudos, normalmente pálidos. Possui a pele leitosa, suas bochechas são naturalmente coradas. Seus olhos são como verdadeiras ônix, apesar de ter sempre expressões gentis. Os seus olhos mostram o contrário, são verdadeiras órbitas vazias. Sem qualquer demonstração de sentimento. Apesar desta sua aparência, não é a verdadeira... Por ser quem é, ela passa por verdadeiras mudanças. Principalmente quando usa sua magia.



Para quem tinha uma aparência um tanto comum, sem nada chamativo. Se torna totalmente curiosa e diferente, até mesmo bizarra para alguns. Seus cabelos antes totalmente negros, ganham mais uma coloração. O lado esquerdo de seu cabelo ficam totalmente brancos, apesar de ficar grisalhos, os fios continuam macios e brilhosos. Sua sobrancelha e seus cílios ganham a mesma coloração de seu cabelo. Seus olhos acabam se tornando heterocromáticos, seu olho esquerdo ao longe parece ganhar uma tonalidade púrpura, embora seja difícil dizer. Já que dependendo do ângulo ou local por variar do rosa claro ao lilás.


Ela pode ser considerada uma garota totalmente bela e exótica, para aqueles que apreciam. Kiyori tem a estatura mediana, beira dos 1,65. Dona de curvas suaves e delicadas, muito bem acentuadas. Cintura fina, seios medianos e pernas levemente roliças. Está sempre com um sorriso meigo e compreensivo em seu rosto. Embora em batalha se torna totalmente inexpressiva.



Personalidade:
Kiyori é uma garota um tanto misteriosa. Muitos tentam descobrir mais sobre ela, mas a mesma não lhes dá liberdade para tal. Ela é sempre muito quieta e gosta de prestar atenção nas coisas a sua volta, responde a todos de forma muito educada e culta, buscando nunca ser hostil com as palavras. Gosta de falar de forma correta e sempre busca dar atenção para aqueles que lhe dirigem a palavra, porém se alguém lhe falta com respeito, ou tenta impor algo a ela, Kiyori os coloca em seu lugar, dando com ultima coisa sua palavra. É muito fechada com relação ao seu passado e ninguém sabe nada sobre ela, seu nome é a única coisa que eles sabem e não adianta perguntar, você nunca saberá mais do que ela deseja lhe contar. Aprendeu com o passar dos anos que ninguém é inocente para sempre e acabou amadurecendo com o passar do tempo, da forma mais difícil que se tem, através da dor. Muito da impressão que ela passa é verdadeira, mas, não se engane, é uma caixa de pandora, imprevisível até para si mesma. Individualista, prefere manter as coisas pra si mesma, não aceita muito bem a opinião alheia sobre suas decisões. Difícil alguém conseguir tirá-la do sério, mas também, quando consegue....sai de baixo. Rancorosa não suporta desfeitas e traições, e é difícil convencê-la de que você não teve essa intenção. Quando perde a paciência se torna agressiva e hostil, não poupa quem estiver a sua frente. Leal como ela só, é ótimo a ter como companheira. E é melhor que seja assim, tê-la como inimigo pode ser muito perigoso. É ... é melhor ser amigo dela, que, por sinal, tenta dar o máximo de si numa amizade.
Por causa da magia selada em si, ela sabe diferenciar quando a pessoa fala a verdade ou não, mas praticamente ninguém sabe disso. Muitos pensam que é uma pessoa ingênua, mas Kiyori apenas fingi se deixar levar, achando que ela está indo de acordo com os planos deles, mas não sabe que Kiyori é uma pessoa que joga o próprio jogo. É como uma serpente, que espera a hora certa para dar o bote. Muito independente e sempre tomas as próprias decisões, as vezes indo até contra a vontade do líder ou coisa do gênero. Sabe ser educada e respeitar, mas nunca mudaria uma decisão sua por causa de outra pessoa. Pode chegar a ser cabeça dura! Mas sempre falando em um tom suave e baixo, sempre mostrando tranquilidade. O que irrita há muitos. É carente de afeto e atenção e, por achar isso uma fraqueza, prefere nunca envolver o pessoal ao social. É uma pessoa auto-suficiente, como se não precisasse de ninguém.




História:
Antes mesmo de nascer Kiyori já estava fardada até uma vida amaldiçoada. Ela nasceu de um relacionamento proibido. Ela nasceu em um lugar isolado a ilha Kolui, a ilha era conhecida por seus magos serem somente magos invocadores, mas eles não eram somente qualquer magos invocadores, as invocações eram relacionados ao yin e yang, o lado sul da ilha tinha vários clãs em que suas invocações eram só relacionados ao "elemento yin", ou seja, só invocações relacionados ao bem. Já o lado Norte ao elemento yang, onde as invocações eram seres das trevas, a aparência também era relacionada; Os invocadores yin possuíam os cabelos brancos e olhos roxos; Já os invocadoras yang, cabelos e olhos negros. Os lados das ilhas eram totalmente proibidos de se relacionar, mas foi inevitável. Azame, uma invocadora Yin e Lavi um invocador Yang se relacionaram, mesmo contra as leis da ilha. Pois de acordo com as leis e lendas da ilha, se os opostos se relacionassem dariam fruto há uma criança amaldiçoada, que seria portadora das invocações amaldiçoadas e que sua vida inteira seria um verdadeiro fardo. E não deu outra, Kiyori nasceu! Mas surpreendeu há muitos, ela tinha aparência de uma invocadora yang.

Azame e Lavi acabaram desaparecendo assim que Kiyori nasceu, por causa de sua aparência ela ficou com o clã no Shinkirō. Todos acharam que era uma criança comum, mas tudo mudou aos 8 anos quando despertou sua magia e acabou invocando Onna. Todos se assustaram com sua aparência principalmente sua invocação, até tentaram matar ela.. Mas Onna interviu tirando Kiyori dali, ela acabou indo parar no lado sul da ilha em desespero. Era uma criança, não sabia para onde ir. Até que ela conheceu Lazar, um invocador yin ambicioso que pensou em ter benefícios com Kiyori. Ele a criou para ser um excelente ninja e não depender ninja, por anos Kiyori o serviu!


Como ela ainda não conseguia controlar aparência era obrigada a usar uma peruca que cobria se olho e seus cabelos. Ela viveu com ele até os 15 anos, onde ela começou a ser torturada por se negar a usar suas invocações, pois ela queria ser uma garota normal... Mas foi motivo de chacota, Lazar zombava de si. Falando que ela nunca teria uma vida boa. Estava fardada ao fracasso, era uma amaldiçoada. Ela simplesmente se cansou e novamente voltou a invocar Onna, ela acabou fugindo. E se tornou andarilha por anos, treinando sozinha e aperfeiçoando suas técnicas, não queria depender de magia. Embora sabia que teria que usar um dia.



Magia:
Noroi in to yōSignifica Maldição do Yin e Yang — A sua magia é como uma magia de invocação, embora funciona de maneira diferente de qualquer outra. As suas invocações são amaldiçoadas foram pessoas ou espíritos que foram amaldiçoados e exilados do mundo mágico ou qualquer outro. É praticamente uma "magia proibida", as invocações em si a maioria tem duas formas, uma representando o yin e outra o yang. Um lado mal e outro lado bom, mas as invocações a maioria parece ter somente o mal vivendo em si. Além do fato que as invocações estão ligado a Kiyori, como se eles vivessem dentro dela; Quando eles ficam na segunda forma eles ficam malignos na maioria das vezes, e na sua segunda forma eles também afetam a personalidade de Kiyori. Kiyori acaba adquirindo um pouco da personalidade da invocação, quanto mais tempo passar com a invocação, mas ela poderia adquirir qualquer personalidade boa ou ruim, mas por causa de um sela que colocaram nela Kiyori acaba somente tendo a personalidade maligna.


Selo: Norowareta shīru
O Selo foi colocado em si com o intuito de selar a parte maligna da magia, na hora de usa-la, mas acabou dando errado. Ele faz o oposto, quando Kiyori usa sua magia todo sentimento ruim que guardou durantes os anos são postos para fora, além dela ficar até mesmo mais maligna que suas invocações. Os sentimentos que mais se sobressaem são: O Ódio, Irá, Rancor; Depende muito de cada invocação.
A Forma: O selo fica na parte de trás de sua mão, o símbolo se parece muito com um sol. A sua cor normalmente é preta com bordas brancas, quando ele começa a ativar, ele se alastra primeiro por todo o braço de Kiyori, logo ombro e rosto. Em seguida pro seu torso! Toma todo o seu corpo.


Ele normalmente tem as cores que representam o yin e yang, ou seja, preto e branco. As marcas parecem brilhar, são como chamas, claro chamas negras e brancas. Ela usa ataduras em sua mão até o cotovelo, para cobrir o selo que tem em si. Para que ninguém possa desconfiar.




Ataques:

On'nanoko, sendo conhecida apenas como Onna.

Muitos dizem que Onna é uma youkai antiga, de uma garota amaldiçoada que fez pacto com um bruxo. Tudo que ela queria era poder conversar com os animais, mas dizem que o bruxo a enganou a transformando em uma mulher amaldiçoada com o dever de proteger a floresta e animais, de acordo com a lenda os gemidos de Onna é ouvido toda vez que ferem algum animal que está em sua proteção. Embora Kiyori não sabe se isso realmente é verdade, Onna é a invocação mais tranquila dela. Ela normalmente aparece de um jeito totalmente melancólico. Ela é muito submissa, e tem medo de acabar fazendo algo que não agrade há Kiyori. Sempre dando seu melhor e logo se desculpando, achando que desapontou Kiyori de alguma forma. A sua aparência inicial é de um ser yin!


A sua segunda aparência com certeza fica evidente que ela faz parte das invocações amaldiçoadas, mas diferente dos outros espíritos ela não fica totalmente maligna ou coisa do gênero. Pelo contrário fica normal, esta sua forma simplesmente a deixa mais poderosa. E ganha mais um pouco de confiança, até mesmo conseguindo falar sem gaguejar com Kiyori.
Magia: A Magia de Onna esta ligada aos animais, assim como ela. Por isso tem uma aparência um tanto curiosa. Na sua primeira forma; Ela pode conversar e controlar diversos e até mesmo todos os tipos de animais existentes, além de conseguir persuadi-los. Somente se tiver animais por perto! Mas quando não tem animais por perto pode transformar-se em diversos tipos de animais com total liberdade, inclusive em animais extintos. Na sua segunda forma: Ela é um perigo se tiver em alguma floresta ou coisa do gênero, já que ela poderá balancear os animais. Os manipulando de uma maneira totalmente sombria. De alguma forma, Onna pode formar seus próprios animais pode aderir parte de um animal a outro. Ex: podendo ter asas como um ganso, nadadeiras como uma rã, dentes como de uma serpente ou escamas como um peixe.



Subete mite iru, sendo chamada apenas como Sumi.

Sumi só tem uma forma, ela tem uma aparência um tanto infantil. Ao olharem para ela da pra perceber que é uma das invocações amaldiçoadas, ela tem uma aparência curiosa. Possui chifres e um estranho par de asas negras situadas em sua cintura, muitas vezes suas mãos são ocultas por causa das vestes, dando a impressão que as suas asas podem ser suas próprias mãos. Pouco se sabe sobre ela, já que ela é pouca conversa. Ela raramente fala, só se pronuncia quando precisa ou quando Kyiori a invoca. Ela é a única invocação, que pode aparecer sem ser invocada. É dificil dizer se ela é um ser yin ou yang, já que quase não fala e não demonstra qualquer emoção.
Magia: Subete mite iru significa, aquela que tudo vê. Não é atoa que Sumi tem os olhos vendados. Ela não enxerga como as pessoas normais, ela sabe das coisas antes do que deveria, diz palavras que muitas vezes não tem sentido inicialmente, mas logo fariam grande efeito. Por exemplo tem frases que ela acaba soltando, que não faz nenhum sentido, mas ao acontecer todos perceberam o que ela quis dizer. Tem a capacidade de saber coisas sobre objetos, quando toca-os, sabendo assim de onde vieram, como foram feitos e seus donos anteriores. Futuros incertos de onde estes objetos podem parar. Ela tem capacidade de saber tudo sobre uma pessoa através do toque, pode dizer tudo sobre a mesma, pelo que passou, até mesmo referente aos seus sentimentos e principalmente seu passado. Futuros incertos surgem quanto a mesma durante a visão dela. É capaz de ver qualquer coisa que queira, tanto no passado quanto no futuro desta pessoa, nada pode interferir, pois se alguém interfere em algo que estava predestinado podem ocorrer coisas piores, nem tudo que suas visões podem lhe informar querem realmente dizer que acontecerão.

Em batalha: Sumi não é muito útil em batalha, ela serve mais para Kiyori saber das coisas. Ela pode muito bem funcionar como um oráculo. E muitas vezes é como um suporte para outra invocação, prevendo os ataques ou qualquer coisa do gênero. É total consciente de que sua realidade foi alterada, podendo fazer com que algumas pessoas também se tornem conscientes disto. Sem falar que Sumi pode ser bastante útil em algumas coisas, quando Kiyori quer jogar psicologicamente com alguém.
Quando Sumi sente que algo está errado, ela mesmo aparece para Kiyori a alertando de algo que esta por vir. Ela utiliza venda pois ela não tem controle sobre suas visões quando vê alguém, então quando tira pode acabar vendo coisas que não deveria, até mesmo quando a pessoa vai morrer.


Būdo~ū kyō no musume, sendo chamada apenas de Musume.

Musume também é conhecida por ser uma youkai, mas ninguém sabe se isso realmente é verdade. Ela é totalmente infantil e imatura, atuando em seus próprios caprichos. Ela não gosta de pessoas dizendo-lhe o que fazer e não gosta de alguém desobedecer a vontade dela. O que torna a relação dela com Kiyori difícil, além do fato dela ter uma estranha obsessão por voodoo. Ela é conhecido por ser a herdeira do voodoo, o que pode explicar um tanto a sua obsessão por tal coisa. Assim como todas as outras invocações ela tem duas formas, e a sua outra forma parece deixar ela um tanto lunática. Ela costuma rir sozinha e falar coisas do alucinantes, como o que poderia fazer com o corpo do adversário. Ainda se estiver todo furado ou coisas do gênero.


Magia: Musume é conhecida como a herdeira do voodoo e de certa forma sua magia tem haver. Ela possui agulhas espalhadas pelo seu corpo, as quais não comprometem o funcionamento do organismo e, sobretudo, podem ser expelidas contra um determinado adversário através de seus membros. Consegue expelir agulhas que contém uma pequena quantidade de ácido em seu interior, capaz de provocar irritação e queimação na região atingida. Além de expelir agulhas que contém uma espécie de veneno em seu interior, além do ácido, as quais penetram completamente na pele do adversário caso o acerte. O veneno, ao entrar em contato com o adversário, é capaz de provocar tonturas. Na sua segunda forma a sua magia aumenta com suas capacidades, pode expelir agulhas através dos dedos e, mesmo após dispará-las, conseguirá modificar a direção de ambas. Além disso, o veneno torna-se mais eficaz, provocando tonturas. Caso o adversário não tenha as agulhas extraídas de seu corpo em cinco minutos, acarretará desmaios. Se o inimigo não tirar as agulhas após as perfurações, ele sofrerá uma provável parada cardíaca devido à rapidez com que o veneno se espalha pelos seus órgãos internos, atingindo, consequentemente, o coração. As agulhas podem ter qualquer tamanho, quanto comprimento. O que pode ser perigoso para o inimigo.



Gōsuto shōnen, sendo chamado apenas por Gōsuto

Gōsuto é uma convocação completamente yang, isso já fica visível só em olha-lo. Além da personalidade zombeteira que o mesmo tem, ele consegue ser bem irritante quando quer. Esta sempre com um sorriso de sarcasmo em seu rosto, mesmo em batalha ou quando responde alguém ali esta o seu sorriso. Como se o mesmo fosse inabalável e nada o afetasse. Ela costuma tratar Kiyori do mesmo jeito, ele sempre se refere a ela como Noroi, o que sempre a irrita. Embora ela aprendeu a ignorar. Gōsuto shōnen significa garoto fantasma e isso não é somente por causa de sua magia, mas também a sua segunda forma. A sua segunda forma é de uma besta fantasmagorica; Seu corpo é um tanto curioso, ele parece ter os cosmos em seu corpo. Já que normalmente você pode ver o espaço em algumas partes, principalmente em sua segunda forma.
Magia: Assim como o nome diz, Gōsuto é uma espécie de fantasma seus poderes estão relacionados a isso. Na primeira forma: Pode fazer com que seu corpo levite, apenas um pouco, não permitindo-o voar livremente, ótimo em diminuição de quedas ou quando quer saltar de um lugar para o outro, pode fazer com que as pessoas ao seu lado também levitem. Pode controlar o ectoplasma, moldando do jeito que que ele quiser, desde animais a armas, quando desferido em algum adversário lhe faz surtir danos mentais ao invés de físico, provocando-os dores de cabeça ou tonturas. Muito semelhante a magia de moldar. Segunda forma: Sua magia se torna mais poderosa, os efeitos se tornam cada vez piores, além de que pode atravessar as paredes sem muito problema, até mesmo mergulhar no solo como se este fosse água. Embora para atacar ele precisa deixar seu corpo sólido.


Sōzokujin no baransu o torimasu: Kuro to Howaito

— Howaito é o primeito, Kuro o segundo. —
Kuro e Howaito são considerados a personificação do yn e yang. Tanto na sua magia quanto na aparência, mas fica difícil dizer na personalidade. Já que eles são totalmente sem emoções, eles se mostram completamente indiferentes as pessoas a sua volta. Embora na sua segunda forma eles se mostram mais cruéis. Howaito que é considerado a personificação do Yn, pode ser considerado um insano religioso. Para ele todos são pecadores impuros, e através da luz ele castigara o pecador. Já Kuro não é muito diferente, ele fala que através da escuridão mandará o pecador para o inferno. Algo meio sem sentido, mas ele não parece fazer sentido. Eles falam de uma maneira um tanto robótica, e um tem a mania de completar a frase do outro, ou falam junto em perfeita sincronia. Eles vivem dando bronca há Kiyori, pois ela é praticamente uma divindade - segundo eles -, ela tem um grande dom e deveria castigar todos os pecadores. A primeira forma deles é um tanto curiosa, eles parecem alguma espécie de coelhos, nesta forma eles não falam ou qualquer coisa do gênero. A segunda forma já é mais humana — exceto pelas orelhas e caldas — .
Magia: Kuro possui perfeito controle da escuridão/trevas, tem a capacidade de manipular as sombras ambientes com grande habilidade, podendo solidificá-las, transportar-se por meio delas e até desaparecer nelas. Hawaito já tem o perfeito controle da luz, ele é capaz de fazer coisas inimagináveis. É possível criar com o uso da luz, hologramas, projeções artificiais e ilusões que não estão lá, mas parecem concretas, as mesmas explodem iluminando todo o local quando são tocadas. A magia elementar dos dois são completamente diferentes, podemos dizer que são infernais, amaldiçoadas. Então é impossível alguém que não seja os dois, controlar a magia, ou seja, é impossível comer ou manipular as sombras e luz controlada pelos dois. Eles trabalham em perfeita sincronia, nunca atacam separados, sempre unidos. E são completamente fortes juntos, a maioria dos ataques dos dois são combinações de sua magia.



As três invocações a seguir são as três invocações proibidas, são conhecidos como Jigoku Torio — Trindade Infernal —. Apesar das suas invocações serem consideradas amaldiçoadas, os três a seguir são completamente proibidos. Pois, Kiyori não tem somente a sua personalidade influenciada. Pelo contrário, ela incorpora a personalidade e sentimentos das suas invocações, assim como um terço da magia. Quando ela invoca um desses três, ela se torna praticamente outra pessoa. As três invocações só podem ser invocadas sozinhas, pois consome muito da magia de Kiyori.


Kasai Sōzokujin, sendo chamado apenas de Kasai

Com certeza é uma das invocações mais poderosas de Kiyori, até porque ele não é somente poderoso no quesito de magia, mas também excelente espadachim e combatente corpo-a-corpo. Normalmente ele se mostra uma pessoa calma, ele não é muito de conversas. Alias ele odeia conversar, prefere resolver em uma luta, ele é totalmente egocêntrico e individualista, ele tem um pensamento um tanto pessimista. Para ele todos terão o mesmo destino, irão morrer... É impossível se ter amigos e qualquer laço, para ele amor não existe. Muito menos amor próprio, ele fala que ele é apenas uma arma na mão de Kiyori, ele esta ali para servi-la e mais nada. Já na sua segunda forma, tudo isso piora. Ele se torna um tanto cruel, ao invés de matar todos de forma rápida. Irá querer mostrar há eles o verdadeiro significado da vida, que ninguém se importa com ninguém e que ter amigos é uma fraqueza, se for preciso ele vai torturar amigos ou pessoas amadas na frente do outro só pra mostrar como laços os tornam fracos.
Relacionamento - Personalidade: Para os companheiros de guilda ou uma pessoa com quem Kiyori se importa, é um problema quando Kiyori invoca ele. Com as outras invocações, ela ainda fica ciente que tem amigos com que se importa com ela ou coisa do gênero.. Mas com Kasai é o oposto, como ele não acredita em nenhum tipo de laço. Kiyori vai ser tornar alguém individualista e incrédula, ela irá lutar apenas por si mesma. Não vai acreditar em nenhum tipo de laço e será capaz de jogar algumas verdades que poderá machucar muitos. Kasai se mostra completamente orgulhoso da atual Kiyori, fala até em se casar com ela. Que ela poderia se tornar imortal e tudo. Já quando ele aparece no espelho, ele se mostra desapontado com ela. E muitas vezes manda ela ter orgulho do que ela é.
Magia: Ele em sua primeira forma na utiliza magia, apenas luta com suas duas katanas ou faz uso das suas habilidades de luta. É um formidável adversário, veloz e ágil. Já na sua segunda forma ele utiliza a sua magia, que são as chamas infernais, pode conjurar e manipular chamas infernais. O fogo infernal tem uma temperatura infinitamente superior à chama comum, é dificilmente extinguido de maneiras convencionais e consegue incinerar objetos grandes em questão de instantes, sem deixar vestígio algum, nem mesmo cinzas. Consegue subjugar o fogo natural, engolindo-o e torna-se capaz de queimar até mesmo água, o que deixa-o ainda mais difícil de ser contido. Isso não é o pior, as suas chamas parecem ter vida própria, são verdadeiras bestas.


Kōgō Norowa, sendo chamada apenas como Kōgō.

Kōgō é sem dúvida a invocação mais insana que Kiyori tem. De início se mostra uma mulher sério e calculista, isso mais precisamente em sua primeira aparência. Ela pode até mesmo parecer alguém que não se da muito crédito, ela conversa de maneira fria e sombria, mas isto tudo some quando ela assume sua segunda forma. Ela aterroriza qualquer um, ela é completamente louca e sádica, muitas vezes dando gargalhada quando feri alguém ou ver o desespero da pessoa. Ela gosta de ver as suas "presas", sim para ela, seus adversários são suas presas, prontos para serem caçadas por ela. É totalmente ambiciosa e egocêntrica, para ela nenhum é digno de lutar consigo. Kōgō Norowa, significa imperatriz amaldiçoada. Pois Kōgō no passado já foi uma imperatriz, que massacrou todo o seu povo para uma ceita, ofereceu a alma do seu povo em busca de poder. E no final acabou ficando louca por causa do poder, ninguém sabe como se tornou um espírito.
Relacionamento - Personalidade: Diferente das outras invocações, Kiyori acaba adquirindo a personalidade de Kōgō, claro que não é algo cem por cento... Mas Kiyori também acaba ficando um tanto insana, chegando a dar risadas de dores alheias. Principalmente se for de algum inimigo. Kōgō joga na cara de Kiyori que ela era muito sem graça, que agora sim ela é digna de ser portadora das invocações amaldiçoadas, já que Kōgō fala que poucos são dignos. Que as invocações está em um nível totalmente superior a qualquer outra magia. E quando ela aparece no espelho, ela costuma chamar Kiyori de tola, ela precisa libertar as invocações, abusar de sua magia e sair distribuindo o caos.
Magia: Uma das primeiras coisas que se observa em Kōgō são as lanternas com alguns kanjis, que a rodeiam. Normalmente são somente três lanternas que a rodeiam, embora ela pode invocar mais lanternas. Sua magia gira em torna destas lanternas, cada kanji escrito na lanterna significa o que a lanterna é capaz de fazer. Por ex: Em uma lanterna está os Kanjis das palavra "Furacão", Kōgō ao lançar a lanterna. Automaticamente a lanterna se transformara em um furacão. Em sua primeira forma, ela só pode transformar as suas lanternas em ataques elementais. Já na segunda forma, ela pode fazer com que tome qualquer forma. Até mesmo de uma gaiola, ou coisa parecida.


Ten no Sōzokujin, sendo chamado apenas de Tenno.

Tenno é sem dúvidas a invocação mais perigosa e poderosa que ela tem, apesar de sua aparência não dizer muito de si. Pelo contrário ele tem uma aparência um tanto curiosa, e assim como algumas invocações sua. Ele não é somente poderoso, mas também é super inteligente. Seu intelecto é incomparável, um excelente estrategista e manipulador. Ele sabe como usar as palavras ao seu favor, normalmente ele fala como se fosse enigmas ou algum tipo de charadas, o que pode vir a deixar muitos confusos. Ele é um tanto parecido com Kasai, ele não acredita em laços, muito menos em pureza de algum ser humano ou existente, para ele até mesmo as crianças e a natureza foram corrompidos pelo sujeira e pecado dos seres impuros existentes. Ele fala que é incapacitado de ter qualquer sentimento, e isso é verdade. Ele se mostra alguém vazio e sem sentimentos, quando ele luta. Ele luta até alguém tenha morrido ou coisa do gênero, ele não ficara contente em matar só um, ele irá atrás de qualquer forma de vida que estiver por perto. Ele tem uma sede incomum por sangue.
Relacionamento - Personalidade: Quando Tenno é invocado, não existe mais Kiyori, nada de si. O contrário era como se Tenno tivesse sugado a sua alma para si, Kiyori parece mais uma boneca do que qualquer outra coisa, seus olhos se tornam opacos e sem vida, até sua fala se torna algo sem vida, o tom soa vazio e frio, sem qualquer emoção. Kiyori se torna indiferente, apenas fica a observar Tenno a lutar e se for necessário, ajudara a matar qualquer um sem pensar duas vezes.


Magia: Quando Tenno é invocado a primeira coisa que se percebe é um estranho ser ao seu lado, é uma besta feita de nuvem. Que o próprio Tenno controla através de pequenas linhas, ele pode invocar mais de uma pode invocar várias e cada uma pode ter algum efeito diferente.


Mas o erro de muitos é achar que termina nisso, a magia de Tenno está relacionada "as nuvens", pode produzir várias frentes diferentes de ar que permite a formação e criação de nuvens. Tenno pode moldar a forma e densidade da nuvem a seu gosto. Isto lhe permite executar tarefas como a criação de uma besta, a elaboração de objetos variados, fora das nuvens, ou mesmo expandir uma nuvem dentro de pulmões de um alvo para sufocá-los. Ao elaborar uma forma específica de nuvem, Tenno é capaz de controlar o tempo, a criação de chuva ou relâmpago com aparentemente nenhuma dificuldade em tudo. Deve notar-se, que as nuvens trabalhada por Tenno não são tão facilmente dissipada como aqueles encontrados no céu natural, uma vez que estes falsos nuvens são reforçados com a sua energia mágica, dando-lhes uma consistência semelhante à de uma montanha.


— Fraquezas:
As suas invocações são parte de si, estão dentro de si. E todo o sentimento que as suas invocações ela também senti, assim como as invocações sentem a dela. Por isso em batalha ela tem que se mostrar um pessoa totalmente concentrada ou qualquer coisa do gênero. Se eles não trabalharem em harmonia não da muito certo, embora é o mesmo que nada. Já que as personalidades uma influência a outra, então dificilmente terá conflito, principalmente quando se trata do Jigoku Torio.


Habilidades:
Grande intelecto: —Kiyori aprecia a literatura e a escrita de forma geral. Ela se encanta com os livros antigos e sempre busca conhecimento sobre coisas do passado, quanto menos informação tiver, mais ela vai buscar sobre. Sempre que pode ela está com um livro em mãos, não precisamente de história, pode ser desde a romance á histórias de terror, a prendendo em suas páginas, ela estará lendo. Ela também gosta muito de jogos e problemas que forcem sua mente, preferindo sempre os de lógica e situações do cotidiano, ela tem um raciocínio muito rápido e aprecia isso, afinal ela consegue tomar decisões de forma rápida e precisa.

Estrategista: — Por sempre ter gostado de forçar sua mente a pensar mais rápido e criar soluções praticas, Kiyori se tornou uma ótima estrategista e sempre monta mais de uma estratégia para um único problema, sendo assim quase impossível pegá-la de surpresa durante um ataque e até mesmo em uma emboscada. Ela também consegue montar estratégias na hora, estudando a situação e encontrando uma solução em poucos segundos, o que a faz com que ela sempre mude o ataque e a defesa, as tornando muito eficazes por seu pensamento veloz.

Maestria com armas e pontaria: — Kiyori tem uma grande paixão por armas, principalmente as armas ninjas, mas não significa que ela não saiba usar armas brancas e até mesmo as de fogo. Kiyori demonstra ótimo conhecimento em todo tipo de arma, mas tem uma paixão enorme por armas ninjas, principalmente Kunais e Shurikens. Ela possui uma mira perfeita e uma vez que ela o tem em sua mira, fica impossível fugir de sua visão. Sua presa parece correr em câmera lenta, habilidade essa que adquiriu ao longo de seu treinamento com as armas.


Combate corpo a corpo: —É uma ótima lutadora, ela sempre busca usar suas armas, mas também não foge de uma luta mano a mano, ela tem paixão pelos mais variados estilos de lutas, o que faz com que Kiyori se adeque a luta do adversário, ela sempre procura lutar de igual para igual, nunca sendo desonesta. Também possui uma força um pouco superior para uma garota, mas ela não liga, afinal seu corpo não perde a elegância e a feminilidade que uma garota deve ter. Ela também é muito veloz por causa de seu treinamento ninja, também é bem resistente a dor, porém faz de tudo para não senti-la.




Força: — Em contraste com sua figura feminina, Kiyori possui uma quantidade muito grande de força física, tendo sido repetidamente mostrado capaz de levantar e arrastar em torno de objetos maiores que seu próprio tamanho e peso. Além disso, seus golpes de espada possui para muita força por trás deles que eles são capazes de cortar através de metal usando somente a pressão de ar dos balanços.

Imensa Durabilidade: — Kyiori tem imensa tolerância à dor, sendo capaz de resistir a facadas de grandes lâminas em suas costas, pernas, tronco e braços e ainda manter a consciência. Ela tem mostrado ser capaz de sobreviver considerável trauma contundente, e ela pode suportar grandes impactos, como cair de uma altura de vários andares ou ser atingida por um adversário com super-força, que seria severamente capaz de ferir ou matar um ser humano normal, mas muitas vezes nela deixa apenas alguns desconfortos.


Habilidades Mágicas:

Invocação de armas: — Como não queria ser dependente de sua magia, Kyiori buscou vários meios para poder se tornar independente de sua magia. Fora onde ela aderiu a invocação de armas através de pergaminhos antigos de seu clã. Através de dois pergaminhas ela consegue invocar várias armas ninjas.



Percepção — Kiyori tem uma alta percepção para as pessoas ao seu redor, por ser uma ninja e ter se esforçado muito para ser o mais silenciosa possível, ela tem uma enorme percepção física e sentimental. Ela consegue ler as informações que o corpo passa, percebendo quando estão mentindo ou tentando enganá-la, a mesma coisa acontece com a alma. Ela percebe quando a pessoa está a enganando e ela gosta de enganar a pessoa, fingindo que está caindo em seu papo, a pegando de surpresa quando reage. Isso se deve a maior parte de sua magia, por ter o "yin e o yang" selado dentro de si, ela sabe quando a pessoa está com boas ou más intensões para cima de si.


Armas:
Pergaminhos de Invocação
Ela possui dois pergaminhos de invocações onde lhe permite invocar qualquer tipo de arma ninja ou qualquer outra que Kiyori desejar. Muitas vezes ela invoca várias kunais ao mesmo tempo, como se fosse um ataque ou algo do gênero. Não pode invocar armas de fogo.



Pistolas
Ela carrega consigo duas pistolas além dos pergaminhos, caso perca os pergaminhos ou tem mais acesso as armas no momento. Além do fato de que não pode invocar armas de fogo.



Marca da Guilda:
Até sua marca da guilda é diferente, assim como Kiyori. Ela não tem uma tonalidade certa, às vezes está em um branco brilhoso, outro em um negro fosco. Tudo por causa de sua magia, até a cor parece mudar junto. A marca fica no lado esquerdo de sua cintura.


Gosta:
Podemos dizer que os gostos de Kiyori foge dos padrões femininos. Kiyori é uma garota apaixonada pela arte da luta. Então qualquer tipo de luta e até mesmo treinamento chama a sua atenção, gosta de novos tipos de lutas e treinos. Então sempre se mostrará interessada. Ela gosta bastante de yoga e relaxar, o que sempre a leva as lugares quietos e silênciosos. Adora barulhos simples da natureza, como o som da chuva ou de uma queda d'água. - Inclusive são seus lugares favoritos para treinar. - Tem grande obsessão por armas, principalmente armas ninjas. Se quiser ver ela tagarelar, lhe mostre uma arma ninja. Gosta de observar o nascer e o pôr do Sol, para ela é um dos mais belos espetáculos da natureza. Gosta de bons desafios, principalmente em luta.


Desgosta:
Kiyori é uma pessoa que presa a verdade, então odeia quando mentem para si ou a tentem enganar. Já que é uma coisa inútil, a pessoa só acaba ganhando o desgosto de Kiyori. Ela odeia que a atrapalhem quando está treinando ou fazendo yoga, pois é um momento de paz para si. Não gosta de comidas amargas ou muito azedas. Abuso de poder, ela não suporta ver alguém sendo humilhado ou menos presado em sua frente. De certa forma, ela relembra o seu passado. E não suporta a ideia de ver alguém passando pelo que passou. De ser chamada de fraca ou inútil, falando que ela não é capaz de algo. Isso a irrita profundamente.


Medo:
Um dos seus maiores medos é perder o controle da sua magia — suas invocações —. E acabar fazendo alguma besteira ou ferindo aqueles que estão ao seu lado. Ela tem um estranho medo de patos. Não é bem medo, mas não se senti a vontade com um pato por perto.



Sonho:
Kiyori não tem um sonho certo, tudo que ela quer é viver em paz. Sem se preocupar com a sua vida sendo tomada pela sua magia ou coisa do gênero.


Par:
Disponível
Kiyori é um tanto que receosa consigo mesma, entrar em um relacionamento vai ser complicado. Já que ela poderá não ter muita confiança, viverá com desconfiança achando que poderá ser trocada a qualquer momento. Apesar disso ela fará o seu melhor, para poder fazer o parceiro feliz. Se mostrará uma pessoa mais aberta e com sorrisos verdadeiros que só será direcionado há ele.



‣ Relação com a equipe da guilda:
Kiyori não costuma tratar ninguém mal, é muito educada. Então costuma sempre tratar todos com educação e respeito, mas isso não quer dizer que da liberdade para se abrir. Ela é costuma ser reclusa sobre si, principalmente quando perguntam sobre ela, tentam descobrir mais sobre a própria. Ela simplesmente corta, falando que o passado não interessa.


‣ Guilda:
Black Star
Algo há mais:
— Algumas de suas invocações ficam aparecendo para si, muitas vezes em reflexos. Mas principalmente em espelhos e sonhos. Aparecem falando para ela não ter vergonha de quem ela é, e usar a sua magia.
— Kiyori só adquiri a sua verdadeira aparência se usar magia.
— Ninguém sabe nada sobre Kiyori além de seu nome, já que ela nunca fala nada de si.
— Por não querer usar a sua magia, muitos se perguntam o que ela faz em uma guilda. Já que ela não usa nada mágico, embora alguns acham que ela é algum tipo de sensitiva, já que ela é capaz de dizer se é do bem ou não, quando menti ou não.
— Ela é capaz de invocar duas invocações ao mesmo tempo, caso uma delas seja a Sumi.






Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...