~not_a_princess

not_a_princess
Panterona
Nome: ✖Caju✖⭐Cajuina⭐
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 12 de Novembro
Idade: 17
Cadastro:

This is real?


Postado

This is real?

Nome Completo:
Cordelia Linn Houtch


Idade:
20 anos
Nasceu no dia 14/11, sendo do signo de escorpião ♏
Pode-se dizer que é a personificação de seu signo.

Coroa ou Príncipe?:
Coroa, mas sabe que há a possibilidade de acabar se apaixonando pelo príncipe (embora pouca).


Está na Seleção do Príncipe:


Scott Phillips (X)


Personalidade:
No momento em que se vê Cordelia, uma das coisas que pode-se dizer sobre ela é que a garota parece não pertencer a esse século. Isso deve-se ao seu ar clássico, como se estivesse o tempo todo dentro de um filme hollywoodiano da Era Dourada do cinema. O seu estilo vintage hipster contribui ainda mais para isso.
Possui um jeito maroto, enquanto outras garotas são "mulherões", Cordelia esbanja uma jovialidade doce e moleca, que cativa a todos com sua personalidade de menina sapeca. Mesmo com isso, Cordelia nunca parece desleixada, ela sempre mostra um ar gracioso, mesmo em momentos informais e ao relaxar. Garota de atitude, defende e luta por aquilo que acredita, argumentando de forma gentil e teimosa sem jamais descer do salto.
Acredita na velha filosofia que "Menos é mais", sempre fazendo as escolhas simples, deixando-se guiar pelo seu coração, pelo que julga ser mais importante. Aposta todas as suas fichas no que considera mais importante, sabe que pode perder, mas não fica com o pé atrás pois acredita que a vida é curta de mais para passar muito tempo decidindo se deve-se ou não arriscar. Além disso, ama sentir a adrenalina que vem da palavra "quase". De "quase" ter falhado, mas por alguma razão superior conseguiu o que queria.
Cordelia é atemporal, acredita na qualidade acima da novidade. Mais uma razão pela qual a menina parece uma personagem vintage ambulante. Não é do tipo que segue modas, é fiel ao seu estilo não importa a ocasião. Aliás, é fiel a tudo o que faz e é: sua arte, família, amigos, consciência e - principalmente - coração.
É de uma simplicidade impressionável, não é preciso de muito para impressioná-la, apenas de algo feito com carinho. Trataria um mendigo com a mesma gentileza e cordialidade que trataria um rei.
É dramática. Para Cordelia, a vida é um filme preto e branco, por isso, quando está muito monótono e sem graça, ela não exita ao criar cenas de comédia, ação, aventura, terror, romance e drama. Sonha em viver um romance digno das telas de cinema, como nos filmes de Audrey Hepburn. Deseja de todo coração encontrar seu príncipe, e sabe que ele não precisa ter um castelo e coroa.
Mas como em toda rosa há espinhos, Cordelia também tem seu lado negro. É rancorosa, não esquece nada que fizeram para ela, seja isso bom ou ruim. Meio obsessiva com seus objetivos, ciumenta com quem é próximo de si, idealiza de mais a pessoa certa, vive com a cabeça e, pior ainda, o coração nas nuvens. Extremamente intensa, isso pode ser considerado um ponto positivo ou negativo.


Aparência:
Cordelia é dona de longos cabelos castanhos e ondulados que caem até abaixo de seus seios. Quando não são deixados normalmente soltos, estão amarrados num coque simples ou em um penteado um pouco mais elaborado, que consiste em duas tranças laterias depois presas em um coque.

Possui olhos amendoados, circundados por uma camada de silhos bem curvados. Sobrancelhas grossas, bem desenhadas, casam bem com o rosto magro de formato oval.

Maças do rosto um tanto proeminentes, ligeiramente coradas. Pele branca, sem machas e com aspecto macio. Sempre que usa algum tipo de maquiagem, fica evidente o contraste com a pele clara, mas geralmente usa apenas delineador "gatinho" e batom não muito escuro. Garota baixa, magra, mas ainda sim com algumas curvas singelas:


Nariz pequeno bem desenhado, lembrando o de felinos, boca pequena, mas ainda sim carnuda, geralmente curvada em um leve sorriso convidativo. Quando era adolescente, usou aparelho odontológico, por isso seus dentes são perfeitamente enfileirados. O seu sorriso, esse sim é encantador: branco, iluminado, sincero e sapeca. Cordelia possui aquela risada gostosa que te faz querer rir junto.



Família:
Anne Louise Houtch / Mãe / 39 anos quando faleceu:

Ela não se lembra muito de sua mãe, mas recorda-se com nitidez que Anne era uma mulher cheia de classe e gentileza. Seus irmãos sempre mencionam o quanto as duas são parecidas.

Marshall Dave Houtch / Pai/ 41 anos quando faleceu

Também não se lembra muito de seu pai, sabia que ele era dramaturgo de sucesso, recorda-se vagamente dele trabalhando na sala, escrevendo as peças teatrais furiosamente. Os irmãos sempre dizem que Marshall era engraçado e protetor com a família.

Hector John Houtch / Irmão / 34 anos / advogado.

Hector ainda era um adolescente quando os pais morreram, era o mais velho e por isso sentiu sobre seus ombros toda a responsabilidade que era cuidar dos irmãos, ele teve de amadurecer rápido de mais, por isso é rígido. Mesmo com isso, mostra um lado mais "manteiga derretida" para Cordelia, a irmã mais nova. Muito apegado a seus irmãos, a ultima família que lhe restou, portanto é protetor com todos.

Benjamin Eliot Houtch / Irmão / 29 anos / médico.

Benjamin é um rapaz inteligente e conquistador, não há uma garota que não se apaixone por ele. Talvez por ser assim e saber o que rapazes querem com garotas, Ben é extremamente protetor com Cordelia. Como todos os irmãos sabem, ela é a princesa da família, a mais jovem, a única entre três homens, por isso é o tesouro que eles guardam as sete chaves. O bom humor e praticidade de Ben fazem com que ele e Cordélia sejam extremamente próximos.

Nathaniel Alec Houtch/ Irmão / 25 anos /

A conexão que há entre Nathaniel e Cordelia é quase palpável, eles não são apenas irmãos, são melhores amigos. Sempre rindo das mesmas coisas, um consolando o outro, juntos em todos os momentos. É como se eles fossem gêmeos siameses, não se desgrudam. Daí vem o ditado que Ben e Hector sempre falam sobre a dupla: "Onde há Nathaniel, há Cordelia", fazendo uma alusão ao ditado "Onde há fumaça, há fogo".

História:
Cordelia é a única filha mulher e a mais jovem de três filhos homens do casal Anne Houtch, atriz de teatro, e do dramaturgo e diretor Marshall Houtch. Quando crianças, a família Houtch vivia em uma casa média próxima ao centro da cidade. Viviam das peças teatrais que o pai escrevia e a mãe, estrela principal, apresentavam. Eles tinham um nome no teatro nacional, não ganhavam muito dinheiro, mas mesmo assim tinham uma vida confortável. Mas, foi quando Cordelia tinha apenas 5 anos, que algo horrível aconteceu: os pais de Cordelia, juntamente com os outro atores e os expectadores, morreram em um incêndio que ocorrera no teatro no qual se apresentavam. Poucos sobreviveram, e para a infelicidade dos irmãos Houtch, seus pais não estavam entre eles. Agora, todo o peso de cuidar da família caíra sobre os ombros de Hector, o filho mais velho que mal havia chegado na fase adulta. Ele trabalhava meio período em uma cafeteria e dividia o resto de seu tempo em fazer faculdade e cuidar dos irmãos, que por sua vez iam trabalhando como engraxate, entregando jornal e etc para conseguirem, com muito custo, se sustentar. O tempo foi passando, a medida que iam se graduando e conseguindo trabalhos melhores, os irmãos passavam a viver de forma menos torturante. Cordelia, por sua vez, era a princesa da família, mimada na medida do possível, super protegida por todos, foi crescendo e percebendo que herdara o talento e vocação de seus pais: ela era nascida para viver no teatro. Logo, apaixonou-se pelas artes cênicas e tudo que esse mundo envolvia, achou na atuação o seu lugar seguro. Desde muito jovem, fazia algumas peças, comerciais e propagandas, não ganhava muito dinheiro, mas já começava a criar um nome no meio artístico. Não namorava, não apenas porque seus irmãos não permitiam, mas também por causa que Cordelia idealizava um romance de cinema, que sabia que não podia acontecer. O primeiro e único namorado que Cordelia teve chamava-se Henry, ela tinha 16 anos. Quando a garota levou Henry para sua casa, no intuito de apresentá-lo a sua família, os irmãos ameaçaram tanto o menino que Henry nunca mais tinha ao menos olhado para Cordelia por mais de 3 segundos. "Se ao menos cogitar olhar para ela, nós vamos fazer com que você não tenha filhos" . Foi o que disseram.
Quando Cordelia ficou sabendo que haveria uma seleção, não pode tirar da cabeça a ideia de participar. Sabia que poderia muito bem perder, mas via isso como uma oportunidade única de mostrar seu trabalho como atriz e, com sorte, realizar seu sonho de estar no estrelato. Ela pensou que tudo isso não passaria de mais um plano louco de sua cabeça de vento, por isso quase desmaiou quando descobriu que estava entre as selecionadas. Os irmãos não ficaram nada feliz, eles diziam: "Mas porque diabos você quer se casar com esse principezinho?! Você é nossa princesa, isso não é suficiente?"
Mas depois de muita adulação e paciência, Cordelia finalmente conseguiu convencer os irmãos a deixá-la ir para a seleção. Agora, só havia algumas garotas e um príncipe entre ela e seu sonho.

Gostos:
De tudo que é clássico, vintage
De sua família
Comida exótica
Doces, de todo tipo. Principalmente chocolate e marshmallow
Chá
Pessoas gentis, engraçadas, honestas
Coisas desafiadoras
Aventuras, sentir a adrenalina nas pequenas coisas
Sucos naturais
Filmes, peças teatrais e livros. Principalmente filmes antigos e literatura clássica
Das cores branco, preto, vermelho e rosa
De flores
Animais, principalmente gatos
Música, gosta do gênero Indie, algo meio Lana del Rey


Desgostos:
Pessoas desagradáveis, esnobes
Ser ignorada
Que digam que ela não é capaz de fazer algo
Que tentem mudar o que ela é
Calor muito forte
Nadar e andar de bicicleta (na verdade, ela não sabe)
Que digam que velho é sinônimo de ultrapassado

Talentos:
É atriz;
Quando criança, dançava balet clássico. Ainda sabe dançar;
Costurar. Ela sabe costurar e tem um bom estilo clássico, como o de Audrey Hepburn e Lana del Rey

Hobbies:
Costurar, dançar, ler, assistir filmes clássicos

Medos:
Tem medo de nadar, pois quando era criança quase morreu afogada em uma piscina.

Manias:
Morder os lábios
Sorrir torto quando está nervosa
Fazer um biquinho quando está pensativa

Objeto Especial:
Quando tinha 16 anos, seus irmãos lhe deram de presente um relicário de ouro em formato de coração, na frente dele há uma coroa entalhada em prata com alguns brilhantes, simbolizando a "princesinha" que ela é para eles. Desde então, Cordelia o usa o tempo inteiro. Não há foto nenhuma dentro dele, Cordelia só colocará uma foto nele quando encontrar aquele que a fará viver um amor de cinema.


O que acha da Seleção?:
Um meio de garotas que não nasceram em berço de ouro terem uma vida incrível e, possivelmente, viver um amor de cinema.


Relação de ambos:
Bom, isso fica ao seu critério. Estou curiosa para saber como vai fazer a ligação entre esses dois. Mas gostaria que fosse algo meio Audrey Hepburn e James Dean, glamouroso, mas ao mesmo tempo simples e sofisticado. Como as músicas da Lana del Rey ou Taylor Swift

- fiz um banner do casal, espero que goste -

Encontro perfeito:
Algo simples, mas clássico e feito de coração. Para Cordelia, o valor sentimental é mais importante que o monetário.

Sabe que pode ser eliminada?
Uhum

Lidará bem com isso?:
Sim, tudo bem.





Seu anjo está no céu!




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...