~Kuraminha

Kuraminha
Kura
Nome: Kuraminha
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 12 de Janeiro
Idade: 20
Cadastro:

Horizonte


Postado

Horizonte

Um som agudo, de fácil identificação, rangendo entre dois metais enferrujados, que se friccionavam conforme o impulso de minhas pernas no chão embarrado, indo de lá, para cá, e de cá, para lá. A água escorria virtuosamente entre os metais sucateados da praça, e tornava a terra opaca, de tão seca, em marrom, de tão molhada. Era só mais um dia comum, onde meus pés empurravam o chão, como quando caminhávamos em direção aos nossos deveres, simples, fátuos e viciosos.

A terra quente do sol amornava com a chuva, e meu corpo fazia o mesmo para se adequar ao novo ambiente em que estava. Não era uma chuva de verão ou inverno, era apenas chuva, aquela na qual você deixou de gostar.

Com o tempo, meus pés cansaram de bater tanta vezes no chão, e lá estava eu, parado, sorrindo para as lágrimas. Já faziam três dias desde sua partida, e o balanço ao meu lado nunca mais se preencheria.

Como éramos duas crianças felizes, perdidas em nossos devaneios concretos, onde apenas a chuva era importante. Era ela que fazia os rios e as cachoeiras, entre os declínios das pequenas dunas da praça, levando consigo, nossos sonhos perdidos de um dia encontrar a glória, que nem pensávamos que já tínhamos. Você não estava mais ali para me fazer rir ao cair, ou gritar ao me sentir feliz. Não haveriam mais poças de água, ou castelos de área. Você cresceu, assim como eu, e mesmo que estivéssemos juntos até agora, esqueceu.

Não haviam mais balanços na chuva, ou uma praça cheia de dunas, pois naquele instante, era apenas um terreno, enterrado em lembranças de nossa infância jazida. Éramos crianças, e se não fosse seu sorriso, talvez eu não conseguiste acordar para um novo dia, no qual você estaria.

Agora se bem me lembro, éramos amigos.


Anjos caídos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...