Ficha - Delicate


Postado

Nome:
Alexis Bastian.
Por seus amigos é chamado apenas de Alex.

Idade (15-17): 17

Personalidade:
Dotado de uma grande assertividade, Alex é alguém honesto, determinado, corajoso e impulsivo. Sua sinceridade é usada com ferocidade, e se algo o incomoda, Alexis irá falar com todas as letras. Por conta desta característica, pode parecer alguém rude, e pode soar rude na maioria das vezes. Mas esse é a sua maneira de agir e de falar, não é como se fizesse de propósito.
Sua coragem funciona com um pingo de arrogância, e certamente, se for desafiado tende a ser cabeça dura e cumprir o ultimato.
Sua energia o impulsiona a preferir o trabalho individual e a apreciar o debate, mesmo que seja difícil aceitar que o contrariem. Alexis se destaca na arte da contradição, e é o rei do discurso único e imaginativo. É alguém muito competitivo e não mede escrúpulos para que vença; mente, manipula e assume riscos para que obtenha sucessos.
É um trabalhador ardente, veloz e hábil nas coisas que faz e precisa estar em constante movimento. Pode ser individualista demais e até mesmo egoísta, aposta tudo em seus lances o que faz uma pessoa que mantém uma autoconfiança discreta. Não daquelas que necessita exibir suas habilidades aos outros, mas sim daquele que acredita que todos saibam do seu potencial e o temam.
Alexis é uma pessoa pragmática, vigorosa e persistente.
É muito seletivo com seus amigos, e não é gentil com todos, ele trata bem aqueles que lhe convém.
Alex é o rei do sarcasmo e irônia, os usa tanto que as algumas vezes é complicado entender se está falando sério ou não. Tem um senso de humor maduro e desenvolvido, essa vivacidade faz com que ele enxergue a vida como um desafio a veja despreocupadamente. É teimoso e gosta de fazer as coisas de seu jeito, tem uma boca suja, soltando palavrões a cada minuto.
Por ser seletivo com as amizades as valoriza muito, e os amigos que tem trata maravilhosomente bem mantendo uma relação de cumplicidade e brincadeiras. Mostra-se protetor com as pessoas que gosta e valoriza os laços que construiu ao longo de sua vida. Se alguma vez traído, tende a reagir de maneira rude, ignorante e arisca. Seu instinto impulsivo sempre se aflora com facilidade quando ofendido ou contrariado muito, isso fez com que Alex até mesmo se envolvesse em brigas.
Tem uma ótima memória e gosta fazer novas descobertas.
Pessoas com uma personalidade mais mansa e afável conseguem deixar Alex que é alguém de pavio relativamente curto sem reações. Ele não consegue pensar muito bem quando lhe pressionam, o que o leva a tomar decisões esquisitas e malucas, o que é um reflexo da impulsividade. Também acha que pode resolver tudo com as próprias mãos, ser independente e auto suficiente. Ele se cansa de repetições e não tolera ficar preso num ciclo, tal coisa o estressa. Gosta de aproveitar a vida plenamente, fugindo da comodidade, sendo original.

Aparência :









Gifs (Três ou quatro):










Photoplayer: Dane DeHaan

História (Obs: a história se passa em lakewood): Alexis não conheceu seus pais, desde que se entende por gente mora com sua Tia e sua Avó. Sempre foi dito a ele que eles haviam morrido em um acidente de carro, mas isso foi desmentido quando pegou a avó Mary, queimando uma carta na lareira da velha casa onde moravam. Mais tarde, soube que ambas as duas escondiam cartas de seus pais de si, para que ele não soubesse a verdade.
Alexis fora abandonado com a vó e tia materna muito jovem pela família que não queria um bebê. Seus pais, não queriam um peso para carregar pois eram jovens demais e aquilo tinha sido apenas uma noite, um erro, uma inconsequência. Deixaram-no com a avó, e partiram para nunca nunca mais voltar. Para conhecer o mundo e viver a vida, ignorando tudo e todos.
Desde do dia em que descobriu a verdade sobre sua família, passou a não confiar mais nas mulheres em que viviam consigo, e passava horas trancado no quarto sem falar com ninguém. Quando Abel, sua tia, percebeu o que acontecia, interrogou o garoto de apenas dez anos e obteve a resposta. Juntos, conversaram sobre o assunto e Alexis sentiu-se mal por duvidar das pessoas que amava. Tinha sido criado por duas mulheres incrivelmente bondosas, não podia dar-se o luxo de reclamar.
Algum tempo depois, Mary parou de interceptar as cartas da mãe biológica do menino e deixou que ele lesse todas que chegassem. Ele as lia, e a única coisa que podia sentir era uma raiva descomunal. Em inúmeras cartas ela pedia para ver o filho, saber como este estava e até mesmo se podiam tê-lo de volta. Ódio, era o que sentia, e sempre fazia questão de dizer a vó e a tia que não queria nada com aqueles que o largaram e desprezaram.
A cada ano recebia mais pedidos para que tentassem um encontro ou uma aproximação, coisa que era sempre rejeitada. Com um novo emprego arranjado, Abel e Alexis se mudaram da pequena cidade no interior de Oregon para Lakewood, onde a tia se casou e vive atualmente. Por jnsistência de Mary, ela ainda vive em Oregon. Nos dias atuais, recebe mensagens constantes dos pais que não conhece em seu celular. Sempre troca seu chip pois eles descobrem seu número, o que é um problema frequente, já que não quer ser encontrado.

Família (Idade, aparência e relação ):

Avó/ Mary Bastian/ 60 anos.


Relação: Sua relação com a vó era ótima. Eram muito companheiros e ligados. Sua avó lhe aconselhava bastante e ambos ainda são muito ligados. Se falam todo final de semana, e, o carinho imenso que Alex possui pela vó assusta a maioria dos colegas que não conhece esse seu lado.

Tia/ Abel Bastian Finnegan/ 30 anos.


Relação: A relação dos dois é a melhor possível. Contam um com o outro, são melhores amigos e tem um relacionamento franco. Abel é como sua irmã mais velha com um enorme senso maternal, cuida, aconselha e protege. As brigas e descontentamentos quase são nulas, porém Abel exige as coisas de Alex, como uma mãe. Alex quase sempre a obedece e procura não dar trabalho.

Tio/ Brooke Finnegan/ 31 anos.


Relação : O casamento da tia foi recente, então só convivem juntos a dois anos. Nunca brigaram, nunca discutiram e tem um certo nível de intimidade. Brooke sabe dos problemas por quais Alexis passa e o ajuda a fugir do radar dos pais biológicos, embora tenha o incentivado a mudar de ideia para que escutasse pelo menos o que eles tinham a dizer já que pareciam sempre muito persistentes. Brooke ama Abel, e quando soube que morriam junto com o sobrinho da moça, pensou como seria o garoto. Quando se encontraram não houve problemas. Possuem uma trégua de paz e quase nunca discutem, quando o fazem, são por coisas triviais como "Ei essa camisa é minha!" ou coisas do tipo.

Medos/Fobias:
+ Abissofobia - Medo de precipícios e abismos.

+ Medo de ser abandonado ou ignorado.

+ Batofobia - Medo de profundidade.

Manias:

+ Batucar os dedos, ou estrala-los.

+ Morder o canto interno da bochecha.

Gostos/Desgostos:

Gosta:

+ Ler.

+ Bandas de Rock Alternativo ou do estilo Indie.

+ Doces.

+ Lugares frescos ou ao ar livre, bastante arejados.

+ Praias, ele costuma gostar de visitar praias no inverno.

+ Frio.

+ Basquete.

Desgosta:

+ Pessoas fracas ou sem reação a nada. Aquelas que não lutam por seus ideias, ficam paradas diante das situações, frágeis demais ou extremamente meigas.

+ Receber ordens ou ser contrariado com opiniões sem fundamentos ou mesquinhas.

+ Ser interrompido enquanto está concentrado ou falando algo importante, gosta de atenção a tudo que fala.

+ Ser cutucado.

+ Manha ou birra. Não tem estômago pra muito drama, e não sabe aconselhar já que não é o maior exemplo de pessoa do mundo.

Hobbies:

+ Jogar basquete ou praticar qualquer outro esporte.

+ Escutar música e praticar guitarra. Começou a praticar assim que se mudou para Lakewood e não frequenta aulas, comprou um instrumento usado em seu aniversário e é com ele que treina.

Sabe que seu personagem está em minhas mãos?
Yes ♡

Algo mais?

+ Ele é bissexual assumido para a família, mas não aos colegas. Não acha que isso é algo importante a se comentar.

+ Detesta falar sobre os pais, qualquer palavra que seja relacionada a eles.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...