~LadyRuby

LadyRuby
Hey Puddin!!
Nome: Srta. Levine
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 7 de Abril
Idade: 16
Cadastro:

Quem sou eu?


Postado

Quem sou eu?

Então, quem sou eu? Quem eu quero ser??
Quem é LadyRuby??

Se vocês me conhecem, então conhecem as coisas básicas, que eu amo pandas, que sou carismática, meio/ muito maluca, um pouco complexada, fofa e loira. Isso praticamente me descreve, mas quem sou eu de verdade?
Particularmente, me considero uma garota carente e um tanto abandonada, alguém que precisa de atenção. Me considero muito extrovertida mas fechada em relação aos Meus sentimentos, me considero uma pessoa risonha por fora mas em lágrimas por dentro. Me considero confiável e leal, me considero uma boa amiga, mas isso já não cabe a mim dizer. Me considero sim problemática, já passei por muita coisa e é difícil esquecer, demoro pra perdoar, demoro pra seguir em frente, demoro pra juntar cada pedaço que foi desfeito do meu coração.
Sou uma pessoa relativamente alegre, não costumo transparecer tristeza, até porque, não sou uma pessoa triste, só meio perdida no labirinto da vida, mas quem nunca né?! Quem é mais sentimental que eu? Não sei, não sei mesmo, me considero uma pessoa extremamente sentimental, choro por bobagem, borro meu rímel por gente que não deveria e me quebro ao estalar dos dedos.
Mas sou uma pessoa tranquila, não sou de brigar, tudo que eu mais quero no mundo é paz e felicidade pras pessoas (wow que clichê). As pessoas costumam dizer que eu sou dramática demais, mas eu não sou tanto assim, as pessoas julgam sem saber, ferem com os julgamentos sem nem saber o que a pessoa passou ou passa.
Aprendi com a minha própria vida que eu não tenho direito nenhum de julgar os atos dos outros, e nem os outros possuem o direito de julgar os meus. Às vezes muita gente me julga por eu ter sido anoréxica, e a pior coisa que já escutei na vida foi que eu inventava tudo isso pra chamar atenção. Querido se eu quisesse chamar atenção eu colocaria uma alface na cabeça....
Enfim, o que eu quero dizer é que pensei muito tempo sobre tudo isso. Se eu era uma pessoa bem vista pela sociedade, se eu precisava mudar, se as pessoas gostavam de mim. E cheguei à conclusão de que eu não dou a mínima!! Quem sou eu? Eu sou eu!! E cara, só de ser eu, eu sou única!! Assim como vc. E hoje eu quero ser uma pessoa que não vai ligar quando me julgarem, quero ser alguém que vai rir de besteira e chorar por bobagem, quero ser aquela que vai abraçar todo mundo sem motivo nenhum e quero ser a mais maluca possível porque esse é meu jeitinho, essa é a Ly. Essa sou eu!
Beijao da Ly

Escutando: Maroon5
Comendo: Donuts
Bebendo: IceTea

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...