~Mukuro_Kyoya

Mukuro_Kyoya
"it was only a kiss"
Nome: Lae-chan
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Manaus, Amazonas, Brasil
Aniversário: 4 de Março
Idade: 18
Cadastro:

Não vai ao ar


Postado

Não vai ao ar

Okay não sei realmente porque estou postando isto, só achei que deveria mostrar.
As vezes eu escrevo essas coisas e elas somem.
Não é um desabafo, mas não deixa de ser (hahaha)

Hum... Leiam se quiserem, mas como coloquei no título são trechos que escrevo que não irão vir em histórias. Pensamentos que tenho enquanto escuto música e acabam influenciando algo que não pode ser usados




Primeiro trecho do Não vai ao ar:




Você tem esse seu jeito cativante.
Esse que consegue me prender a você.
O jeito que sorri; como fala; como anda; como age. Todas estas coisas ficam guardadas aqui.
Eu tentei apaga-las. Uma a uma as memórias que você me deu destes momentos, porque machucam saber o quão longe você se encontra de mim. Eu quero tanto abrir os meus olhos e ver você ao meu lado, sorrindo e me abraçando.
Quero sentir o seu cheiro e saber que não vai me abandonar. Eu sinto você a cada olhar, a capa inspirar que você dar. Sua presença é constante e jamais ignorada, porque você é a minha miragem de um final feliz. Então quando eu abri os olhos esteja aqui...
Por que eu gosto você.
Eu acho que você não entende o quanto isto é real para mim. Eu vou acordar e fingir que isto nunca aconteceu que eu não desejei os seus lábios e que meu coração de aperta quando você se aproxima. Eu vou fingir que não gosto das brincadeiras e dos flertes, porque eu sou assim.
Vou olhar você e fingir que todo o sentimento que me ofereceu jamais existiu. Vou fingir que eu não quebrei o seu coração, que eu não brinquei com o que você me dava por egoísmo. Não vou te contar das vezes que senti ciúme por ver-te tão próximo dos outros quanto um dia já foi meu.
Não vou contar que eu me esforço para conversar com você sobre as míseras coisas que temos em comum. Não contar o quanto peço desesperadamente que não esconda as coisas de mim, para que confie em mim, mas como eu poderia?
Como eu poderia falar que me sinto nervoso quando você está tão próximo, mas tão longe de minhas mãos. Que não debati internamente se eu poderia ter um futuro com você, não poderia dizer que já me imaginei com você em cenas cotidianas de um casal.
Porque você não merece saber isso.
Você precisa ser feliz.
Eu talvez não goste tanto de você, ou goste tanto que apenas quero que outras pessoas te façam feliz. Que escuto sobre elas e dou sorrisos fáceis para apoiar...
Talvez eu goste de você.
Ou talvez eu não goste.
Talvez não seja o bastante.
Porque você para mim vale muito mais do que um talvez.
E eu não sou um talvez ambulante.
Talvez essa palavra deixe de parecer uma palavra para mim.
Talvez.
Talvez...






Se gostarem disto quem sabe eu não poste mais

Escutando: Aleatório
Lendo: O que escrevo?
Assistindo: O que vejo?
Jogando: Com a vida?
Comendo: Meus pensamentos
Bebendo: Ideias

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...