~LariLua

LariLua
Rerou
Nome: Lari Moon
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Soul War


Postado

Fic Soul War

Palavra-chave: Hentia

Nome completo: Dasha Botar

Idade: 18

Aparência: Dasha tem os cabelos e os olhos castanhos. Ela gosta de usar suas madeixas nos ombros e lisas. Sua boca é fina e delineada que quando ela sorri da lugares a dentes brancos e retos. Seu corpo é magro, com poucas curvas. Não é muito alta, tem 1,67m e pesa 49kg.






Classe: Elementalista

Armas: Uma varinha-

História: Dasha nasceu em Hentia. Nunca conheceu seus pais e viveu toda sua vida na rua, com ajuda dos outros morados que sentiam compaixão por ela. No era inverno a noite estava com muito fria e um casal de idosos a deixou passar a noite na casa deles. Durante anos ela passava o dia na rua e as noites na casa do casal. Esses dois idosos tinham um filho mais velho chamado Karl, ele é um elementalista e viu nela um grande poder e passou treinar ela. Karl meio que a adotou e por isso Dasha sente um grande respeito pelo mais velho. Passou a morar com ele e treinava todos os dias. Virou uma grande dominadora dos elementos. Conseguia ter o domínio de todos, menos do fogo. Ela sente medo do fogo e não consegue controlá-lo. Não sabe o motivo, mas toda vezes que invoca o fogo ela acaba se queimando.
Obs; Ela não sabe, mas seus pais morreram em um incêndio quando ela tinha 3 anos e ela bloqueou isso de sua mente, por esse motivo ela não consegue dominar o fogo. Na sua cabeça, mesmo sem saber ela se culpa pela morte dos dois. Mas não foi ela que casou o incêndio. Só vai conseguir dominar o fogo quando lembrar do que aconteceu e perceber que a culpa não foi dela. Por seus pais não terem parentes próximos, acabou indo morar na rua. Viveu dos 3 aos 7 com a rotina de passar o dia na rua e a noite da casa dos senhores. Aos 8 Karl adotou ela e passou a viver junto com eles até os dias atuais.

Família:
Bianca Jonson e Robert Jonson; pais de sangue. Os dois morreram aos 32 anos e amavam muito a filha.

Mauro Botar e Mayris Botar; os idosos que ajudaram ela, avós adotivos.

Karl Botar; Pai adotivo tem 41 anos é um homem amável, jovem, bonito e vê em Dasha um grande futuro. Trata ela como se fosse sua filha de sangue, faz de tudo para protegê-la.

Personalidade: Dasha é selvagem, não do tipo grossa e barraqueira. É dominadora, ama mandar nos outros e odeia receber ordens. As únicas pessoas que permite que mande nela são seus avós e pai adotivo. É irônica, vive dando sorrisos tortos e caçoando de outras pessoas. Agitada, não consegue ficar parada por muito tempo. É uma sedutora de carteirinha. Adora usar roupas curtas, sente-se bem com essas vestimentas. Sabe influenciar, usa isso a seu favor. Aprendeu essa característica quando vivia nas ruas, usava seu charme para conseguir alimentos. É esperta, não do tipo que sabe tudo, mas tem seus truques. É bem flexível e ágil, ama lutar. Impaciente, seu bom humor pode mudar em segundos. Quando está irritada é infantil. Não aceita quando dizem que ela está errada. Sabe dançar muito bem e fica alegre quando dança. É um desastre na cozinha, mas curte suas criações. Tem muita criatividade. Por nunca ter tido dinheiro, ela valoriza muito pessoas ricas e deseja muito um dia conseguir dotes grandes. É bem curiosa e tem vontade de ir no mundo moderno.

Gostos e desgostos:
Gosta: Dançar, comer, dormir, lutar, sair, festas, roupas, frio, amoras e cachorros.
Desgosta: do fogo, do calor, de verduras, de ordens, de perder em apostas.

Como se sente em relação a Hentia?
Ela sente um pouco de gratidão com as pessoas de Hentia, pois quando ela passava dificuldades quase todo mundo ajudava ela. Acha uma terra incrível e especial.

Como se sente em relação ao mundo moderno, ou seja, ao restante do planeta Terra?
Ela fica animada com o desconhecido. Nunca ouviu falar muito a respeito do lugar, mas tem vontade de conhecer o resto do mundo.


Caso for um ser mágico, como se sente em relação aos humanos hentianos? E aos humanos normais?
Ela não tem uma opinião formada a respeito de nenhum dos dois. Ela gosta dos dois. Não confia em muitas pessoas e irá defender quem Karl quiser que ela defenda. Ou irá decidir seu lado pelo dinheiro. Mas claro que ela valoriza os Humanos hentianos, pois eles são metade dos dois mundos. Acha que se todo mundo fosse humano hentiano não existiria essa guerra sem noção.

Orientação sexual: Heterossexual

Quer par? Sim. Uma relação agitada, com altos e baixos. No mais você pode decidir essa parte.

Alguma mania ou vício?
Ela tem mania de revirar os olhos quase toda hora
Tem mania de sorrir torto
Mania de roer as unhas
Ela lambe os lábios quando quer seduzir alguém

Traumas e medos:
Trauma: Do dia que seus pais verdadeiros morreram
Medo: De dragões(se tiver na historia), do fogo.

Quer acrescentar algo? Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...