~nademenor

nademenor
Bitch, I'm a Time Lady
Nome: .ninguém importante. // ex-aguycalledwasd // SOMEBODY KILL ME
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 1 de Agosto
Idade: 6
Cadastro:

.::me in some songs::.


Postado



Quase todos os dias da minha vida eu sou Therapy. Às vezes, porém, eu sou bastante Weightless. Costumo ser Break Your Little Heart, também, quando estou de mal humor.
Em dias mais felizes, eu sou toda Love Is Easy. É difícil me encontrar em um dia Do Ya, mas, bom, vez por outra acontece.
Às vezes, a tristeza toma conta de mim e eu viro Human em pessoa. Também fico bastante I'll Be Good. Eu sou I'll Be Good com uma frequência impressionante, na verdade. Mais do que Human.
Quando eu estou com as minhas amigas e amigos, eu sou facilmente classificada como Dear Maria, Count Me In. Ou como Starships. Mad Hatter também. Ou até Hey Everybody, por que não? Já quando o crush está por perto, eu sou Wild sem tirar nem pôr. E For Him. E Don't Stop. Um pouco Girls Talk Boys, quem sabe. Provavelmente bastante Just Saying, dependendo da situação. Minha mãe costuma dizer que eu sinto todas as minhas emoções de modo muito intenso, então pode-se dizer que eu sou bastante All Of Me nesses casos também.
Sempre que eu me desiludo por causa de alguma coisa, não é difícil dizer que eu sou totalmente Talk Me Down. E Amnesia. Um pouco America, eu diria.
Acho que, se um dia eu arrumar um namorado (#nadaehimpossivel), eu vou ser toda Sky Full Of Stars. E A Thousand Years! Talvez meio Latch. Voodoo Doll?
Quando eu estou com raiva, pode ter ceteza que eu vou ser completamente Numb, então nem tente falar comigo. Há grande chance de eu estar bastante Gasoline, também. E American Idiot, porque quando eu estou com raiva eu geralmente estou com raiva do mundo inteiro. Talvez um pouco Boulevard of Broken Dreams, ou Social Casualty.
Porém, no fundo, eu vou estar extremamente carente, toda Young and Beautiful, toda Waiting for Superman, toda Stella. Então, sabe, me dar um abraço e me perguntar o que aconteceu pode ajudar bastante. Talvez isso me deixe um pouco Cry Baby, mas é só você ser um pouquinho Star Girl que eu vou me tornar completamente Roses, o que é teoricamente bom.
Às vezes, eu vou estar meio Cake, meio Alphabet Boy. Nessas horas, você vai precisar ser bastante Burning Bridges. Apesar de parecer que não, eu fico Firefly com muita facilidade, é só você ser Sad Song o suficiente.
Quando eu estiver ressentida, eu vou ser tão Don´t, tão Rise, que você provavelmente vai se irritar. Mas eu prometo que não é de propósito. Eu devo estar, por algum motivo, completamente Remembering Sunday por dentro, e aí o jeito é me deixar quieta até que eu fique Backseat Serenade. Só aí que é necessário vir e tratar da minha carência toda, sendo o mais Missing You possível.
Conquistar-me deve ser a coisa mais fácil do mundo. Eu sou toda Fools: se a pessoa for The Only Reason o suficiente, ela já me deixa completamente Treasure.
Vão existir dias em que eu vou ser completamente Unstoppable, completamente How To Be A Heartbreaker, completamente Hurricane. Isso é um sinal de que eu estou me sentindo bem, afinal. Significa que eu estou me sentindo capaz e segura, o que, acredite ou não, é bastante raro.
Às vezes eu vou estar bastante Home, bastante King and Lionheart. Em outras vezes eu vou estar Faded sem tirar nem pôr, além de incrivelmente Afire Love, aí a solução é ser bastante Thinking Out Loud. Ser You Are Enough é uma boa ideia também. Eu geralmente preciso de alguém sendo You Are Enough comigo o tempo todo, porque às vezes eu esqueço disso.
E, claro, eu tenho os meus dias Don't Let Me Down. Aí, a melhor coisa a se fazer é você ser Photograph por inteiro. Ou Sweater Weather, também serve.
E os meus dias Stressed Out? Céus! Eu fico insuportável, apesar dessa ser uma música que me caracteriza bastante. Ser Love Is On The Radio é uma das melhores soluções.
Quando eu estiver Jet Black Heart, o que eu mais vou querer vai ser um abraço. Ou seja: me dê um e seja Without You. De vez em sempre eu preciso de alguém dizendo que eu faria falta se sumisse.
Na realidade, eu acho que eu sou uma grande I'm a Mess.
E aí, quer aprender a lidar com todo esse Shatter Me?



OLÁ GALERINHA!

Então, o negócio é o seguinte: eu inventei essa tag, na qual basicamente você tem de fazer um texto sobre si mesmo usando nomes de músicas no lugar de adjetivos (e o que conta é a letra de música), por conta de uma pergunta.
"Como você se descreveria?"
Na hora eu não soube muito bem o que responder, aí soltei um "Therapy, aquela música do All Time Low", e, depois disso, eu comecei a pensar: "É muito mais fácil me descrever com músicas. Hum.
Que ideia ótima."
E aqui estamos!
Quero vocês tudo fazendo essa tag, viu? Mas já que tem que ser assim, eu vou começar desafiando pessoas que eu quero muito ver como vão se descrever: @Brave_Princess, @JustOneFairy, @Nordlicht, @Anonimistic, @SoapBubble, @WhezzyWeasley e @castor.
Mas claro que qualquer um pode fazer né não

KISS KISS

p.s.: eu não conferi os links das músicas por motivos de eu ser The Lazy Song pra caralho, mas qualquer erro neles só vocês me avisarem HAHAHAH


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...