~Patches

Patches
Nome: Ovomaltine é melhor.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

We Could Be Heroes: Ficha


Postado

We Could Be Heroes: Ficha

†Nome Completo:

Joseph Ruan Espades Quinzel (depois que entrou na base seu sobrenome Quinzel foi apagado dos sistemas)(apelidos: Joey, Joy, Pudinzinho e alguns outros apelidos dados por sua mãe)


†Idade:

25


†Codinome:

Le Diable Blanc (ele nunca adotou um codinome, mas era assim que os jornais o chamavam) (porque nos seus crimes ele sempre estava usando um terno branco)


†Aparência:-descrição + GIF/imagens-

Zac efron(eu não sou fangirl nem nada, mas eu fiquei tipo :v pq ele é muito parecido com o Jared Leto)(daí eu escolhi ele mesmo)



†Personalidade:-sem adjetivos-

é um jovem extremamente animado e confiante, está sempre sorrindo e alegre fazendo brincadeiras com todos, o que é meio controverso já que era um vilão. Porém essas características só surgiram depois da lavagem mental, já que antes ele era uma pessoa quieta e um pouco psicótica, como seu pai, porém devido ao tratamento que recebia da sua mãe, ele também era amoroso e gentil com algumas pessoas (na época Arlequina era a única pessoa que ele tratava assim). Porem após a lavagem mental, a maioria dessas características sumiram, e ele teve que construir uma personalidade totalmente nova. Agora ele é uma pessoa mais normal, otimista, animado e alegre (mas não confunda com retardado, ele também tem seus limites). Porem mesmo assim, suas características anteriores tendem a ocasionalmente aparecer. As vezes levanta a voz, tem recaídas e fica quieto, por mais que nada tenha acontecido com ele. Além disso, devido ao choque de características psicológicas, ele se tornou um pouco emocional e psicologicamente instável, tornando um pouco fácil magoa-lo. Mas ele guarda isso pra si, ou seja, se fica triste ele faz questão que ninguém perceba. Isso acontece porque seu pai fazia questão que ele entendesse e colocasse na sua mente que sentimentos são uma coisa de pessoas fracas e que demonstra-los só te enfraquece
ainda mais. Porem mesmo assim, devido a seu lado mais amoroso vindo de Arlequina, ele tem um pequeno fio de sentimentalismo, o que permite ele se apaixonar e criar uma afinidade com alguém (o que aconteceu com Anastácia). (desculpa se ficou meio confuso ^^)

†História:

Joey nasceu em uma época que a relação entre Coringa e a Arlequina estava ligeiramente normal. Fazia aproximadamente duas semanas que ele não a humilhava, o que para Arlequina era um recorde. Porém tudo foi abaixo quando depois de uma noite que passaram juntos ela descobriu que estava grávida. Ela resolveu contar ao Coringa, e este ficou furioso com ela. Ele a ordenou que abortasse a criança, era a ultima coisa que precisava naquele momento. Ela, apesar de estar muito triste, concordou. Então viajou até a casa da sua irmã para ir abortar a criança. Porém, quando estava prestes a fazer o aborto, percebeu que não precisava ser assim. Ela tinha realizado seu sonho! Ter um filho com o Coringa era a coisa que ela mais queria no mundo! Então, depois de muito pensar, ela resolveu ter a criança.
E nove meses depois, nasceu um lindo menino de olhos azuis. Arlequina deu a criança o nome Joseph em homenagem ao senhor C. cresceu ouvindo histórias vindas de sua mãe, de que seu pai era o melhor homem do mundo, e que a havia salvado daquele mundo sujo e imundo, e que apesar de sua alegria contagiante, não tinha muitos amigos. Porém, quando Joey completou seis anos, Harley decidiu voltar para o Coringa. Porem assim que Arlequina apareceu com uma criança, ele não ficou feliz, como ela tinha imaginado. Ele disse que iria matar a criança, e que não queria nenhuma objeção. Porém Arlequina suplicou que não machucasse seu pudinzinho. Ele bateu em Arlequina, o que deixou Joey furioso. Ele partiu pra cima de Coringa, por mais que tivesse seis anos. Por mais que Coringa tivesse odiado a reação do garoto, enxergou potencial nele e resolveu que iria treina-lo para ser seu sucessor. Depois daquele dia, Arlequina e Joey voltaram a morar com Coringa. Mas isso não tornou a relação dos três nem um pouco melhor. Nos primeiros meses, Arlequina e Joey moravam no sótão. Um lugar sujo, escuro e empoeirado. Porém depois de um tempo, Coringa acabou perdoando Arlequina, e ela foi morar com ele no andar de cima. Mas Joey continuava no sótão, sozinho. Ocasionalmente ele saía, dava uma passeada pelo andar de cima e voltava. Arlequina vinha toda hora ver como seu pudinzinho estava. Apesar do cenário melancólico que vivia, Joey tinha alguns amigos, ia bem na escola e não tinha nenhum problema psicológico grave. Mas tudo mudou quando completou 15 anos e seu pai começou a treina-lo. O pouco contato que tinha com seu pai era nos treinos, onde só estava autorizado a chama-lo de "senhor". Mesmo assim, fazia de tudo para impressionar seu pai. Era nota 10 da turma e orgulhava muito sua mãe, mas o seu pai não ligava muito para isso, apenas queria que o filho virasse sua cópia fiel por toda a sua vida. O jovem não possuía nem 10% da maldade do pai, mas sempre fazia o que o mesmo mandava, como explodir bancos, matar pessoas, causar acidentes e tudo o que o mais velho pedia, no fundo, Joseph se sentia mais forte cada vez que fazia isso, liberando de pouco a pouco seu lado sádico. Porém, uma noite seu pai entrou no porão dizendo que iam até Paris roubar uma coisa que ele precisava. Eles foram juntos. Quando chegaram no banco, seu pai roubou o que precisava e deixou Joey para trás. Coringa tinha armado pra ele. Então a policia chegou e prendeu ele. Ele ficou preso em um presídio de segurança máxima na França por dois anos, até que um dia Tony Stark e Bruce Wayne apareceram e o levaram para a Base, onde teve suas memórias apagadas.


†Pais:


Coringa:

Não se pode dizer que ele era o melhor pai do mundo, já que quase sempre vivia ausente, mas sempre nos tempos livres em vez de jogar bola, ir a praia ou coisas do tipo em que pais e filhos fazem juntos, ele o ensinou a lutar dignamente, se defender, a fazer planos de batalha, ser detalhado e habilidoso, sempre que Joseph fazia ou dizia algo que o desagradava, era punido sendo chicoteado, ou ficando sem comer por vários dias, até mesmo levando facadas caso fosse muito sério, em geral, a relação dos dois estava bem estável, mudando apenas quando Coringa batia ou humilhava Arlequina, ativando assim, a fúria do jovem Joey, mesmo em quase todas batalhas perdendo, nunca deixou de defende-la. Coringa nunca o chamou por "filho" ou "Joey". Ele nunca tratou a criança como um filho, sempre sendo frio e evitando qualquer sentimentalismo vindo do filho. Ele só não matou Joey porque além dele ser seu sucessor natural de palhaço do crime, era também um grande amor de Arlequina. Por mais que ele não se importasse tanto com os sentimentos de Harleen, ele tinha um pouco de receio que se matasse o garoto, Arlequina poderia acabar enlouquecendo e vez, ou até mesmo entrasse em uma depressão e se revoltasse contra ele.




Arlequina/Harleen Quinzel:

Joey é o queridinho da mamãe, desde pequeno fora mimado por Arlequina, ganhava exatamente tudo o que queria na hora, é mais apegado a ela do que seu pai, sempre a fazendo surpresas, comprando presentes e agradando sempre que possível, falar mal da mãe dele é o único botão vermelho em que ativa rapidamente sua raiva, apesar da maluquice de sua mãe, ela o ensinou a ser quem é ele hoje, e sempre o ajudava nos castigos que ele sofria de Coringa, cuidando de suas feridas e dando comida para ele escondido, Arlequina podia ser devota ao coringa, mas Joey era seu filho, seu bem mais precioso, seu pudizinho. Ela sempre o amou e ele também tinha um carinho imenso por ela. Depois do nascimento de Joey, Arlequina parou de chamar Coringa de pudinzinho e começou a chama-lo de Senhor C. em compensação, começou a chamar Joey de Pudinzinho.









Só para deixar claro, as relações eram assim antes de ele ter sua memória apagada. As relações entre eles tá melhor explicada no final da ficha. Só pra não bagunçar tudo.



†Poderes:

Joey é um humano normal, então ele não teria exatamente poderes, mas sim habilidades. Porém existe um poder que herdou de Arlequina, o qual a mesma ganhou no soro de Hera Venenosa, que aumenta sua força e agilidade significativamente. O soro também lhe deu a capacidade de imunidade a maioria das toxinas, incluindo o gás do riso do Coringa e o gás do medo do Espantalho.

-ele possuí alto conhecimento de artes, química, engenharia e genética.

-Tem muito conhecimento em combate corpo-a-corpo, devido ao treinamento de Coringa.

-sabe como convencer alguém e manipula-lo, além de mexer com o psicológico, através da personalidade da pessoa. Ele faz isso traçando o perfil da pessoa.

-Além disso, devido ao seu lado sádico de Coringa, é imune a qualquer habilidade de sedução e manipulação.

- é bem forte por causa dos treinamentos com Coringa

- se cura mais rápido que humanos normais devido aos efeitos do soro.


†Par?Se sim, quem?: -pode ser um herói ou vilão-

pode ser quem você achar que combine com ele(até mesmo a minha outra personagem) aqui tem algumas características de base pra voce se inspirar:
Ele não se importa muito com o jeito de ser da pessoa. Ele gosta das garotas fofinhas, tem tendência de ser protetor e romântico com elas. Gosta da ideia de ter uma namorada que enxergue um mundo mais colorido e o ensine a ver dessa forma. Mas também gosta das independentes e fortes, gosta de ser maduro e sensual, tendência a ser encorajador e incentiva-las a fazerem o que quiserem. Ele se apaixona com pouca frequência, mas quando se apaixona, se apaixona pra valer.


†Fraquezas:

Já que não tem poderes místicos, suas fraquezas são bem limitadas, sendo pessoas com força de vontade exepcional, as quais ele não pode manipular.

†Habilidades:

Escrita
Violino
Xadrez
sabe manipular e convencer pessoas.


†Desabilidades:

Cozinhar
Cantar


†Gostos:

Coca-cola e outras porcarias em geral
Tocar violino
Escutar música
Desenhar
Livros
química. Ele adora estudar ciências exatas, e química é sua favorita.
Computadores
Bebidas alcoólicas, especialmente Whiskey.
Anastácia
Cores escuras, como púrpura e preto.
Arlequina
Cheiro de natureza (tipo cheiro da grama recém cortada e tal)
Filmes de terror
Verão
Crianças
animais

†Desgostos:

Pessoas pessimistas e melancólicas
Pimenta
Flores. Ele acha legal, desde que não estejam perto dele. Ele tem alergia ao pólen e começa a espirar.
Primavera. É quando as flores soltam mais pólen.


†Roupa de Batalha:



†Armas:- se não tiver poderes-

duas pistolas que ganhou da Arlequina e um bastão com arame farpado em volta:



†Relação com Anastásia:

eles são ótimos amigos. Criaram uma relação forte porque os dois se conheceram quando estavam enfrentando problemas de socialização, já que tinham tido suas mentes apagadas. Eles acabaram se tornando confidentes um do outro. Se dão conselhos, são o ombro amigo e o porto seguro um do outro. Joey se importa com Anastacia como se fosse uma irmã. Ele jamais iria deixar acontecer qualquer coisa com ela (eles podem ser amigos ou namorados, você escolhe)


†Relação com os outros colegas:

ele é alegre e educado, não tendo problemas com ninguém. Mas quando quer ficar sozinho não gosta de ninguém por perto. Ele tem alguns amigos, mas mesmo assim não tem muitos porque não gosta e tem medo de se apegar a uma coisa. É otimista e deixa quem quiser de bom humor, mas se estiver em uma de suas recaídas deixa todos tristes ao seu redor, ou pelo menos intrigados querendo saber o que está errado.


†Relação com os heróis:

Não gosta dos heróis e os trata como seus pais os tratavam


†Relação com o par:

quando ele via como seu pai tratava sua mãe, repetia inúmeras vezes para si que jamais será daquele jeito. Ele seria amoroso, trataria ela da mesma forma que tratava sua mãe, com amor e carinho. Sempre comprando presentes e sendo mais que um namorado, um amigo. Ele gosta da ideia de ter uma pessoa para cuidar e se importar. Seria romântico, arrumando encontros e fazendo de tudo para deixa-la feliz.


†Como foi parar na base:

foi levado por Bruce Wayne, Tony Stark e Amanda Waller


†Sua relação com os pais:

ele tem um grande amor por Arlequina, sempre a amou e defendeu. Porem com Coringa a sua relação é mais complicada. Ele nunca teve problemas com o pai, por mais que Coringa o odiasse. Só entravam em conflitos quando seu pai batia ou humilhava Arlequina.


†Leu as regras?

Yep

†Vai comentar?

yep

†Algo mais?


Sim. Vamos explicar a situação das memórias apagadas. Assim, eles só mudaram os nomes. Como assim? Bem, a história dele ainda ta na cabeça dele, intacta. Porém os nomes foram alterados, tipo, ele acha que seu pai é um mafioso perigoso e sua mãe é a sua esposa devota. Ou seja, ele não sabe quem seus pais são, mas sabe as relações, o que aconteceu etc.
Outra coisa. Quando ele descobrir quem seus pais são, ele vai ficar muito mal. Daria pra fazer que ele se trancou no quarto e não saiu de lá. Ficou dias sem comer e mergulhado nos pensamentos. Daí depois de um tempo a Anastácia resolve ir falar com ele. Só que a relação deles muda, porque ele descobre que ela era a namorada do pai dele e tal. Ele fica frio com ela, mas no fundo ele não tá com raiva, mas sim magoado.
E mais uma coisinha. Tá, e porque os pais dele não foram até ele? Simples. O Coringa nunca gostou do Joey, na verdade ele armou pra ele. Ou seja, não fazia questão de ter ele de volta. E a Arlequina? Bem, quando o Coringa voltou para casa, ele mentiu para Harleen, dizendo que o filho dela tinha morrido no assalto. Aquilo abalou muito a Arlequina, o que fez ela voltar a ser como antes, totalmente devota e cega de amor pelo Coringa. Depois de um tempo ele foi preso no Asilo Arkham, então ela foi até a Hera Venenosa e assim vai. (você pode mudar esse final, eu só coloquei assim pra se encaixar na ficha da Selena Quinzel Isley e na relação do Coringa e da Anastácia.)
E outra coisa. Ele as vezes tem pesadelos com o seu pai. Coisas como cenas de tortura em primeira pessoa onde ele é torturado pelo Coringa, onde só consegue ouvir seus gritos e a risada psicótica do Coringa. (mas não dá pra ver o rosto do Coringa, já que ele teve sua memória apagada, blablabla)

/desculpa se eu deixei alguma coisa em branco, é que eu não revisei.\


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...