~liam_Dunbar

liam_Dunbar
Nome: Leticia
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Guerra Secreta - Interativa


Postado

Dylan O'Brien as Kyle Ravenwood Archibald




Ficha:

•Nome Completo: Kyle Ravenwood Archibald

•Idade: 17 anos

•Aparência:
Kyle possui cabelos pretos sedosos, olhos castanhos intensos e lábios grossos que sempre carregam um sorrisinho irônico. Em uma das sobrancelhas tem uma pequena falha, graças a uma das brigas de rua que se meteu que levaram um caminho um pouco mais violento. O garoto é mais ou menos musculoso por causa dos exercícios que pratica, tem 1.90 de altura e 59 quilos. Tem um sorriso branquinho e perfeito. Igual ao pai, Kyle é extremamente branco passando para as pessoas ao seu redor uma impressão de estar sempre doente.










•Parente divino: Deimos

•Relação com o parente divino: Deimos e Kyle se dão muitíssimo bem, foi Deimos quem ensinou a K ser desse jeito, psicopata e insano. Deimos criou o filho desde que ele tinha 9 meses, a relação deles não podia deixar de ser uma das melhores desse mundo.

•Personalidade:
Aguenta críticas vindas de outros, mas não aguenta as que vem de quem ele gosta. No momento se faz de forte e tenta não deixar transparecer que se abalou, odeia aparentar fraqueza. famoso ditado ''as aparências enganam'' parece ter sido criada com ele como molde, ele é um egoísta dissimulado e dono de uma pura arrogância. Porém, na maioria dos casos, ele consegue manter a imagem de um jovem angelical. É muito orgulhoso e facilmente irritável, tende a se ofender facilmente. Dono de um ego enorme, Kyle é cínico e debochado, não leva muitas coisas a sério (só mesmo as coisas mais importantes), além de muitas vezes usar o charme para conseguir o que quer. Não gosta de demonstrar sentimentos como tristeza na frente dos outros, muito menos de chorar - seu orgulho não permite, isso o faria parecer um fraco. Tem um lado bastante vingativo, então nunca mexam com ele se não quiserem despertar a sua ira. Detesta ser ignorado ou humilhado; porque na sua mente ele humilha e não ao contrário. Quando não gosta da pessoa, faz de tudo para prejudicá-la. Odeia ser rotulado. O sarcasmo e a ironia estão presentes em 99% de suas frases, não se importa com que os outros vão achar de sua quase habitual grosseria, não se importa com a opinião alheia.
Sua língua é cheia de veneno. Vingativo e, deveras um pouco, rancoroso. Ele gosta de estratégias, e pode-se dizer que é um ótimo jogador. No começo, ele pode ser apenas um espectador, ele gosta de assistir e captar tudo, estar ciente do jogo que está se metendo - mas isso não mudaria sua coragem e disposição para enfrentar qualquer coisa - e existe uma regra clara: se você não sabe a respeito, não sairá queimado. É simples: ele dificilmente expressa seus pensamentos, e percebe muita coisa, mas finge que apenas não vê, para usá-la ao seu favor depois. Isso o torna superior como “jogador” em seu próprio mundo. Se ele não sabe o que está acontecendo, não levará a culpa e permanecerá no jogo. K é compreensivo, um bom líder, além de ser muito inteligente e ter sempre uma estratégia pronta. Ele pega as coisas rápido.
É um garoto bem atlético, mesmo que não pareça, gosta de praticar diversos esportes (seu preferido é o futebol) e de correr toda manhã. Ele também mostra ter um temperamento forte e ser bastante rebelde e irascível.
No entanto ele também parece se importar muito profundamente com seus amigos,além de ter uma firme lealdade e grande compaixão. Um festeiro nato, onde tem festa você vai achar ele com um copo de whisky na mão ou dando em cima de alguma podre garota que caiu na lábia dele. Ky é o perfeito “arrumador de problemas”, não que se ofenda com pouca coisa, mas sempre que perde seu controle ele faz muito mais do que mandar um pequeno aviso para pessoa, ele provavelmente acabaria com a vida da pessoa.

•História:
Kyle nasceu em um dia bastante chuvoso. Inicialmente o garoto morava com sua mãe no Canadá, mas depois que o pai o levou passou a morar em algum lugar na Transilvânia, depois de um tempo se mudaram para uma mansão em Nova York. Desde de pequeno sempre se mostrou frio e cínico, uma versão menor do pai. Quando o menino completou 9 meses Deimos apareceu na porta da casa da mãe de K e o levou consigo para aprender desde pequeno como ser um grande guerreiro. Deimos nunca se importou de judiar do garoto com os treinos pesados que dava, por causa disso aos 7 anos Ky já sabia manusear uma arma tão bem quanto um adolescente de 17 anos que estava frequentando o acampamento. Com 11 anos Kyle voltou a rever sua mãe, que agora estava casada com um mero mortal. Ky demorou para se acostumar com aquele ambiente quieto e silencioso, também demorou muito para se acostumar com a presença da mãe. Passado três anos, Deimos viu que o filho não se encaixava naquele lugar e o mandou para o acampamento. Todo esse tempo o garoto estudou em casa com os melhores professores para ajuda-ló. De vez em quando visita a mãe e o padrasto, mas nunca fica por lá mais de umas duas horas. Como filho único de Deimos, Kyle é o líder do chalé, que fico meio escondido dentro da floresta protegido por uma grande barreira de fantasmas. Normalmente Kyle não gosta muito de sair do chalé durante o dia, mas várias das vezes é obrigado a sair para cumprir suas atividades diárias.

•Tempo no acampamento: 4 anos

•Família:
Alexandria Archibald Lewis, Mãe, 39 anos, Empresária e viva. (Semideusa filha de Circe)


Elliot Stark Lewis, Padrasto, 40 anos, Soldado e vivo.


•Gosto: Cigarros, neve, ler, apostas, bebidas alcoólicas, dormir, futebol, vôlei, escutar música, pintar, praticar seus poderes, irritar as pessoas, café, hambúrguer, pizza, doces (exceto chocolate e nutella), frutas, videogame, andar de skate, jaquetas de couro, all stars, esportes e pregar peças.

•Desgosto: Que tentem humilha-lo, coisas azedas, qualquer tipo de flores brancas, que mecham em algo que é dele, quando não levam o que ele fala a sério, chocolate, nutella, é pessoas que se achem acima dele.

•Hobbies: Jogar pôquer, treinar, irradiar pavor por ai, irritar as pessoas, dormir, jogar futebol e vôlei, escutar música, andar de skate, pregar peças, fumar, apostar e jogar videogame.

•Medos: Nenhum

•Armas:
Espada de ferro estígio dada pelo pai.


•Poderes:
Oração a Deimos
O filho de Deimos quando motivado a causar o terror pode proferir a uma oração desenvolvida pelos espartanos para instigarem o medo em seus oponentes.
"Deimos, Pai do caos, do terror e do espanto
Leve este oponente a entrar em seus amargos prantos."

Manto Obscuro
O filho de Deimos libera de sua boca uma densa névoa escura que reveste seu corpo como uma túnica negra.

Controle do Pânico
Os filhos de Deimos são capazes de instigar como controlar o pânico em pessoas ou multidões, podendo absorvê-las para si e dissipá-las depois.

Mudança Assustadora
O filho de Deimos é capaz de induzir sustos através da modificação do cenário, aplicando ilusões até de mortes e lugares horríveis.

Proficiência com Espada/Lança
O filho de Deimos detém uma facilidade no manuseio do armamento espada/lança. É totalmente hábil com esta arma, e consegue executar manobras incríveis e incomuns com essa.

Resistência Mental
Toma posse de aguentar melhor que outros campistas ataques que afetem o cérebro, tais como ilusionismos, seduções e outros tipos. Ao passar do número de contas que o semideus possua, a resistência torna-se ainda maior.

Terror Atrativo
O filho de Deimos será atraído para as concentrações de pessoas onde o terror predominar. Se não houver, o semideus se sentirá no dever de instigar o terror nos outros.

Toque Maldito
Ao mínimo toque do filho de Deimos, um semideus sentirá náuseas e mal-estar.

Clone
O semideus cria um clone de si, porém fraco e frágil. O inimigo ficará com sua atenção presa ao clone, por estimular o sentimento de pânico, mas fraco, deixando-o livre para fugir ou atacar em um curto espaço de tempo. O clone não usa armas, itens ou poderes; se receber um ataque, se desfaz.

Monstros do Terror
O filho de Deimos cria monstros a partir de uma entoação de versos, cujo conteúdo são carnificinas ou guerras.

Risada Maléfica
Através de uma risada, o semideus afetará todos que a ouvirem, liberando um pânico puro e irracional. Semideuses entrarão em desespero, desmaiam ou fogem.

Síndrome de Vitória
Quanto mais você tirar vida do inimigo com sua lança, mais forte ela ficará. O pânico e o sangue adversário farão que, aos poucos, sua lança fique indestrutível e letal.

Toque de Loucura
Com um simples toque o alvo ficará doido. Perderá a noção das coisas e começará a entrar em um pânico tão intenso que não saberá o que fazer.

Aparição
Quando usar esta habilidade, você se transformará em uma espécie de vulto negro, aparecendo e desaparecendo em um raio de dez metros.

•Relação com o par: Os dois não parariam de brigar por coisas bobas, mas no fundo se amam muito. Kyle provavelmente esqueceria de datas importantes como o aniversário de namoro dos dois ou o aniversário da namorada. Eles não seriam um casal normal nem aqui nem em Marte. Longe do olhar de todos Ky iria trata-lá como uma princesa e iria mima-lá até falar chega (mesmo que ele não pareça uma pessoa romântica).



Lucky Blue Smith as Tate Snow Hemmings




Ficha:

•Nome Completo: Tate Snow Hemmings

•Idade: 17 anos

•Aparência:
Altura beirando os 1.88, olhos de uma coloração azul escura levemente acinzentados lhe dando uma tonalidade opaca aos seus olhos, cabelos médios sempre bagunçados com uma coloração evidentemente branca, possui um corpo atlético mas ainda é bem magro, tem a pele alva como o leite, o que acaba destacando o tom de seus olhos, além de ter um piercing preto no septo.








•Parente divino: Quione

•Relação com o parente divino: Tate adora a mãe e a respeita muito. Os dois tem uma ótima relação, já quem foi Quione quem criou o garoto. Quione sempre mimou o filho de mais, o tratando com um rei dentro de casa, mais isso não afetou tanto assim no comportamento do garoto.

•Personalidade:
Sempre extrovertido e otimista. Tate deixa todos e quaisquer pensamentos negativo guardados para si, temendo que vá a preocupar alguém. Não importa a situação, ele sempre tenta arrumar um jeito de torná-la menos pior e acalmar aqueles que aparentam estar amedrontados. É o rapaz mais mulherengo e charmoso que você pode conhecer, você pode até negar, mas no fundo sabe que o quer, Tate não é o garoto para uma só, ao mesmo tempo em que esta te xavecando já está pensando qual será sua próxima vítima quando terminar de fuder com você, apesar de sua fama cafajeste que todas conhecem ele nunca teve problema algum em conquistar qual garota seja. Tate gosta muito de ficar fazendo palhaçadas dentro de sala de aula, bem piadista faz qualquer um rir, nem que ele tenha que passar o dia todo do lado da pessoa pra tentar ela fazer rir. É divertido, afinal. Ele gosta de ser a pessoa que manipula as cordas das marionetes de pano ao seu redor, e ele gosta de ser temido. Esta é sua vida: brincar um pouco, quebrar o brinquedo, correr. É claro que ele não brinca com brinquedos, ele prefere algo como… Pessoas. Na certa, as coisas ficam mais interessantes.Seria bem difícil dominar o coração de pedra do garoto, ou eu diria… Impossível (?). De qualquer maneira, tente a sorte, no máximo, você vai sair com o coração partido, o rosto arranhado e seus segredos expostos ao mundo. Yeah, Tate não hesita em atacar quando se sente ameaçado.Nunca se apaixonou, e acha isso uma grande perda de tempo. Não existem muitas palavras para defini-lo. Ele é quieto, mas gosta de conversar, sempre tenta quebrar as regras sem ser pego. Seu humor é bem instável, ele pode estar sorrindo e cantando agora, e berrando de raiva daqui alguns minutos. Tate é assim, ele adora mudanças. Seria horrível viver uma rotina rígida e sem qualquer emoção. Ele gosta de estratégias, e pode-se dizer que é um ótimo jogador. No começo, ele pode ser apenas um espectador, ele gosta de assistir e captar tudo, estar ciente do jogo que está se metendo - mas isso não mudaria sua coragem e disposição para enfrentar qualquer coisa - e existe uma regra clara: se você não sabe a respeito, não sairá queimado. É simples: ele dificilmente expressa seus pensamentos, e percebe muita coisa, mas finge que apenas não vê, para usá-la ao seu favor depois. Isso o torna superior como “jogador” em seu próprio mundo. Se ele não sabe o que está acontecendo, não levará a culpa e permanecerá no jogo. Usa da ironia praticamente o tempo todo, apesar de ter um bom senso de humor e saber brincar. Ele gosta de sexo. Ele faz isso muito bem, diga-se de passagem. Definitivamente uma pessoa difícil de se lidar. Desde sempre, Tate teve a mania de se achar dono do próprio nariz, isso o levou a criar a ideia de que ele podia fazer o que bem entendesse e não dar satisfações a ninguém. Não pensa duas vezes em tecer comentários maldosos, ele pode ter essa carinha de bom moço mas no fundo o garoto é frio e calculista, deveras sarcástico e irônico. É impossível não fazer que o garoto peça, ninguém nunca soube explicar se era por sua lábia infalível, seu charme ou a forma confiante e empolgada com que fala, mas quando Tate tem um plano, uma ideia ou um pedido não se consegue dizer não.

•História:
Tate nasceu e cresceu em Quebec até seus 15 anos de idade, só então quando completou 16 foi morar com o pai em Chicago. Quione conheceu o pai de Tate em um dos eventos de esqui que acontecia em Quebec. Quando o pai de Tate descobriu que Quione estava grávida fugiu para Chicago e nunca mais voltou a ver a mulher. Como sua mãe era muito ocupada com o trabalho que tinha com o pai quem tomou conta e ensinou as coisas para Tate foram seus tios, Zetes e Calais. Pode-se dizer de passagem que o garoto é tão bom quanto os tios em arco e flecha e lutas com espadas. Os tios também ensinaram coisas desnecessárias para ele como jogar hóquei. Quando o garoto completou 15 anos Quione resolveu contar toda a história para ele, movido pelo ódio e pela raiva Tate provocou uma enorme nevasca perto de onde ele morava com sua família. Sua mãe vendo que era perigoso para os moradores do lugar mandou o filho para Chicago onde encontraria a pessoa que ele menos gosta. Tate morou um mês com o pai e o tio antes dos mesmos mandarem ele pro acampamento, onde encontrou pessoas iguais a ele.

•Tempo no acampamento: 1 ano

•Família:
Eric Stilinski Hemmings, Pai, 40 anos, Esquiador Profissional e vivo. (Semideus filho de Zeus)


Liam Stilinski Hemmings, Tio, 40 anos, Esquiador Profissional e vivo. (Semideus filho de Zeus)


•Gosto: Cigarros, neve, ler, apostas, bebidas alcoólicas, hóquei, dormir, esportes, escutar música, dormir, hambúrguer, pizza, doces, fast food, compor, fazer guerras de bolas de neve, frutas, viajar para lugares pouco conhecidos, jogos de baralho, barulho, The 1975, tocar violão, desenhar, toucas, chapéis e bonés.

•Desgosto: Sol, calor, praia, fogos de artificio, frutos do mar (é alérgico), pessoas que se acham o último balde de água do mundo, hospitais, calmantes, coisas organizadas, pessoas que gostam de diminuir os outros para aparecer, funk, silêncio e comidas muito salgadas.

•Hobbies: Esquiar, dormir, viajar para lugares inexplorados, visitar a mãe, tocar violão, fumar, irritar seus tios, fazer nevar no acampamento, fazer guerras de bola de neve, jogar hóquei com seus clones, desenhar, compor

•Medos: De patos e de não orgulhar a mãe.

•Armas:
Um arco e flecha que sua mãe lhe deu:

As pontas das flechas são de ferro estígio e contém um encantamento que quando encosta no alvo o congela antes de o matar.

Espadas de bronze celestial, o punho da espada é feito de gelo e quando a ponta seu oponente deixa o membro tocado temporariamente dormente.


•Poderes:
Frieza emocional
O frio que rege os filhos de Quione não se trata apenas da manipulação do elemento gelo. Ao alcançar esse nível, os filhos de Quione tornam-se mais insensíveis do que o normal, podendo realizar tarefas difíceis mais facilmente sem sofrer qualquer interrupção por meio de obstáculos emocionais. Esse poder também lhes cede resistência a qualquer meio de manipulação, pois o filho de Quione é mais frio emocionalmente que o normal.

Flechas de gelo
É um encanto que faz que qualquer flecha que você atire acrescente a sua qualidade a habilidade de congelar temporariamente a parte acertada.

Perícia com o arco
Sua habilidade com o arco e a besta é indiscutivelmente a melhor, pode atirar duas flechas ao mesmo tempo e acertá-las.

Orbes gélidas
Ao encará-lo diretamente nos olhos, os seus oponentes irão cessar quaisquer que sejam suas ações pelo tempo que o semideus desejar e irão permanecer estáticos por este período, como se estivessem congelados.

Criação de gelo
Você não precisa de uma fonte para criar seu gelo, eles surgem de você para o ambiente, mais é muito mais fácil quando você utiliza as mãos para criar o gelo. Varia de acordo com a manipulação.

Projéteis de gelo
Com algum esforço, o filho de Quione consegue criar projéteis afiados de gelo - de início de pequeno porte -, e que atirados em direção ao inimigo assumem grande velocidade e causam cortes superficiais. Quando em grande quantidade, podem causar danos maiores.

Neve
Os filhos de Quione conseguem produzir neve, mesmo sem estar frio, isso pode distrair os inimigos.

Incorporação de gelo
Os filhos de Quione podem revestir o próprio corpo com o gelo fazendo uma espécie de pele de defesa.

Clone de gelo
Consegue criar seis clones perfeitos.

Lágrimas de gelo
Este poder consiste em criar pequenos cristais de gelo que demoram um dia todo para derreter, mesmo com calor presente. Qual sua utilidade? Se o cristal for quebrado, ele explode congelando e danificando tudo a sua volta (1 metro radiano) com temperatura negativa instantânea. O filho de Quione pode escolher quando um cristal explode somente se concentrando, pode ser usado como um tipo de ataque mágico uma vez por turno até que os cristais acabem.

Grande dragão de gelo
Invoca um enorme dragão de gelo resistente capaz de servir tanto de forma de ataque, quanto de transporte. O dragão tem proporções enormes e é capaz de lançar de sua boca cristais afiadíssimos e alto nível de periculosidade.

Flocos malditos
Uma vez criados junto a uma leve nevasca, os filhos de Quione podem atribuir um efeito colateral advindo do toque dos flocos de neve feitos a partir de gelo seco em seus alvos, resultando numa imensa queimação e sensação de dores cruciais. Os flocos possuirão uma tonalidade penumbrosa e se assemelham a ácidos, pelos extremos efeitos infligidos nos oponentes.

Disco hexagonal de cristal
O usuário cria várias shurikens de cristal de gelo e as lança no inimigo, porém usa-se de sua energia para moldá-las em forma de hexágono e por isso quando arremessadas se assemelham com vários discos de cristal em alta velocidade. Se colidirem com o corpo do oponente, pode perfurá-lo partindo-o ao meio.

Lua de gelo
Cria um círculo sob os pés do inimigo e congela todos que estiverem na mira deste círculo, não importando a altura em que se encontrem. [ O raio congelante vai desde o solo em direção aos céus, o que o torna completamente capaz de alcançar inimigos em pleno vôo e em grandes alturas]

Véu de Quione
Quione era conhecida por ser uma deusa de exímia beleza e graça, e por este motivo aprendeu a omitir todo esse venusto afim de evitar contato com os indesejáveis. Com esta habilidade em uso, o filho de Quione que a possuir poderá vestir um véu transparente que irá surgir às suas costas e tampar-se com este, tornando-se invisível como os ventos gélidos, e flexível como estes, podendo se esgueirar com facilidade para evitar ataques.

Alquimia de gelo
Permite ao semideus de Quione criar animais, ou quaisquer que sejam os objetos compostos por gelo, tendo estes todas as características dos normais, porém, o corpo revestido por gelo e a resistência de tal elemento mediante ao domínio que o filho de Quione já apresentar. Podem dar vida próprias a estes animais. Os animais criados podem fazer uso de pequenas estacas de gelo, lançando-as pela boca, ou mesmo usando da produção de neve pra dificultar a locomoção dos inimigos.

Metamorfose
Esta habilidade permite ao usuário transformar-se por completo e/ou assumir pequenos trejeitos dos animais que habitam os frios; tigres brancos, ursos polares, dragões de gelo, raposas árticas, ou qualquer outro animal que ocupa tal habitat. Mesmo transformado, mantém-se o raciocínio e poder da fala do indivíduo.

•Relação com o par: Como seus pais, Mitchell não gosta de demonstrações de afeto em público. Então ele chega a ser bem frio na frente de todos, mas quando ele e seu par estão longe todos ele costuma a ser bem carinhoso e fofo. Ele só não suporta aqueles apelidinhos ridículos e carinhosos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...