~concrete

concrete
Nome: Letícia
Status: Usu谩rio
Sexo: Feminino
Localiza莽茫o: Indisponivel
Anivers谩rio: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Fichas 👑👔💄


Postado



Rei Hamish da Escócia

Nome e sobrenome:
Hamish Slughorn.


Idade:
Quarenta e um.


Características físicas:


Sam Heughan

Descrição -
Sua aparência jovial lhe dá menos idade do que possui, Hamish é portador de um rosto realmente belo e talvez seja por isso que seja tão admirado pelas mulheres.
Seus cabelos ruivos encaracolados e olhos verdes claros, são as duas coisas que mais chamam a atenção, logo depois vem seu sorriso. Tudo nele é um conjunto harmônico.
Seu porte físico é de atleta, tem por volta dos 1,88 de altura e pesa 85kg.



País:
Escócia.


Posição na corte:
Rei.


Personalidade:
Nenhum dia é ruim o bastante para coloca-lo para baixo, está sempre sorrindo. É divertido e descontraído, gosta de ambientes leves.
Todos que o conhecem gostam dele, acham-no desencanado, os problemas não abalam sua auto estima. Sua bondade é a qualidade que mais cativa, não será rude com alguém sem um bom motivo.
Persistente e teimoso, quando quer algo não desiste até conseguir, se acredita em alguma coisa dificilmente mudará de opinião. Esperançoso como ninguém, sempre vê o lado positivo das coisas, mas sem deixar de repassar as possibilidades negativas na cabeça. 
Não é de se magoar fácil, mas quando acontece nem isso o abala por completo. Na verdade ele tira sarro da própria desgraça e faz com que os demais achem graça e fiquem com pena ao mesmo tempo. Odeia ser acusado de ser/fazer algo que não é/fez, odeia mais ainda ser chamado de mentiroso (isso o irrita profundamente). 
Se quiser evitar uma confusão não mecha com quem ele ama e jamais se insinue para sua esposa.
Abomina mulheres atiradas e homens que se acham demais, todos temos a nossa dignidade e isso é total perda dela.
Traição é algo que ele jamais perdoaria.
Sempre estará disposto a ajudar quem precisar, é muito prestativo e trabalhar não é um problema para Hamish.



Um pouco da sua história de vida:
Desde pequeno foi instruindo a seguir os passos de seu pai, ser um bom rei e nunca falhar em seus deveres. Mas isso nunca lhe foi cobrado diretamente de seus pais, eles só queriam que o filho fosse feliz.
Hamish recebeu inúmeras propostas de esposas, nenhuma lhe agradava como a doce Isobel, uma camponesa de dezoito anos que conheceu em uma de suas saídas. Ela perderá o marido e agora estava sozinha com o filho. Expressou seu encantamento pela moça, mas foi repreendido por seu tio que lhe disse que não seria apropriado tal união. Afinal, ela não tinha nada, era uma ninguém.
Porém nem as represálias do irmão fizeram o rei Eric mudar de ideia, o filho poderia se casar com quem quisesse desde que fosse feliz pelo resto de sua vida. Assim foi feito.
Casou-se com Isobel e acolheu o pequeno Derek como se fosse seu, mas isso não o tornava herdeiro.
Alguns dos residentes do castelo não aprovavam tal coisa, a moça era violada e inapropriada para um futuro rei, mas nada disso pareceu importar.
Os dois acabaram por se saírem melhor do que o esperado, o reino só próspera e isso se deve graça a parceria do casal. A situação não podia ficar melhor.



Bens:
Tudo na Escócia é seu por direito, mas ele não usa isso em seu favor.


País inimigo:
Austrália.


Bem ou mal:
Bem.


Medos:
鈥 Que algo de ruim aconteça a sua esposa ou filhos;
鈥 Não ser um bom rei.



Gostos:
鈥 Quando seus filhos voltam a infância e resolvem brincar no castelo com seus pés sujos de lama;
鈥 O sorriso de Isobel;
鈥 Festas no castelo;
鈥 Viajar para outros reinos;
鈥 Seu fiel companheiro canino, Archie;
鈥 Uvas.



Desgostos:
鈥 Ser chamado de mentiroso, isso o irrita profundamente;  
鈥 Locais abafados;
鈥 Ser acusado de ser/ter feito algo que ele não é/fez; 
鈥 Perder o controle de alguma situação;
鈥 Pessoas que se julguem superiores; 
鈥 Coelhos.



O que acha da monarquia?
Não vê problemas, acha que a divisão de classes deixa tudo mais organizado. Contudo não aceita a forma como os "plebeus" são comumente tratados, faz de tudo para pregar a igualdade. Não se acha melhor do que ninguém.


Rainha Isobel da Escócia

Nome e sobrenome:
Isobel Slughorn.


Idade:
Trinta e nove.


Características físicas:


Caitriona Balfe

Descrição -
Os cabelos castanhos escuros, tão escuros que dão a impressão de serem negros como a noite, contrastam os olhos verdes claros e límpidos como as águas do mais bonito riacho. A pele clara, sem nenhum bronzeado, cai bem com sua aparência delicada, a boca é rosada e pouco cheia, o nariz fino.
Seu corpo é repleto de curvas bem acentuadas. É alta, possui 1,72 de altura, e seu peso é adequado para seu corpo, tem por volta dos 60kg.



País:
Escócia.


Posição na corte:
Rainha.


Personalidade:
Extremamente doce e gentil, encanta com seu jeito meigo, toda delicada. É adorável com todos, seus bons modos são invejáveis. Está sempre com uma expressão leve, não importa seu humor, gosta de passar sentimentos bons para os demais.
É um pouco sensível, as palavras podem magoa-la se não colocadas de forma correta, pessoas gritando com ela também a deixam triste. Ser rotulada é algo que ela admite odiar, não aceitará ser chamada de fútil ou mesquinha sem que a pessoa ao menos a conheça, pode se tornar um tanto insistente na tarefa de tentar provar o contrário.
Não sabe esconder seus sentimentos muito bem, é um livro aberto. Sonha com finais felizes, é super romântica. Gosta de clichês como flores, andar de mãos dadas ou até mesmo beijos na chuva. Seus filhos são seu ponto fraco, qualquer pessoa pode facilmente ganhar sua simpatia apenas por demonstrar afeto por eles.
Gosta de elogios, porém apenas os sinceros, sabe muito bem identifica-los. Gosta muito mais dos elogios de seu marido, eles a deixam envergonhada, seu rosto fica corado.
É absurdamente inteligente, sua memória é ótima e, por isso, acaba por saber as respostas de muitas perguntas.
Adora ajudar, isso definitivamente não é um problema.
Não gosta de pessoas covardes e ignorantes demais, não há lugar no mundo para elas. Não precisa ser corajoso, mas não pode fugir de uma luta. E não precisa ser um gênio, porém tem que saber diferenciar o "a gente" de "agente" e o "mas" de "mais".



Um pouco da sua história de vida:
Não veio de uma família importante, não era alguém importante, não passava de uma jovem camponesa que perdera o marido para a peste e que teria que cuidar do filho, Derek, sozinha. Não era um bom partido aos olhos dos outros, a certeza de que se casaria novamente praticamente não existia.
O príncipe Hamish sempre fora muito bondoso e condescendente, adorava visitar as vilas que existiam fora dos portões do castelo, não se limitava a vida que lhe era proporcionada. Conheceu a doce Isobel em um de seus passeios, logo se afeiçoou pela bela moça e sua criança. Não demorou muito para ser pedida em casamento, tornou-se rainha, a primeira vinda de origens camponesas.
A jovem se mostrou mais experiente do que aparentava, tomava decisões que favoreciam a todos e que orgulhavam muito o marido, esse que não nutria nenhum arrependimento por sua escolha.



Bens:
鈥 O imenso jardim de Bel, foi cultivado especialmente para a rainha por ordens do rei;
鈥 Existe uma sala no castelo onde ninguém pode entrar sem a permissão de Isobel, lá se localiza seu ateliê. São encontradas diversas pinturas;
鈥 O colar que ganhara de sua mãe antes de se tornar rainha, passará a ser de Annabela.



País inimigo:
Austrália.


Bem ou mal:
Bem.


Medos:
Seus medos se resumem a sua família, não suporta a ideia de algo ruim acontecendo a qualquer um deles.


Gostos:
鈥 Ler;
鈥 Cultivar suas flores;
鈥 Pintar;
鈥 Observar crianças brincando;
鈥 Comemorações;
鈥 Receber elogios.



Desgostos:
鈥 Pessoas arrogantes;
鈥 Abono/rejeição;
鈥 Guerras;
鈥 Crueldade;
鈥 Humilhação;
鈥 Ratos e sapos.



O que acha da monarquia?
Acredita ser um método um tanto quanto injusto, favorecer uma família, e somente ela, não implica na ajuda de tantas outras. Mas, por apreciar o esforço do marido para mudar isso, acaba aceitando e fazendo parte.
Não é o tipo de governo que escolheria ter.


O filho bastardo:


Taron Egerton

Derek Campbell Slughorn
23 anos


Claramente alguém protetor com quem gosta, seus irmãos são os que mais "sofrem", é bastante possessivo e ninguém se aproximará deles sem antes receber um pouco da antipatia de Derek. Isso não significa que seja alguém difícil de se aproximar, gosta de conhecer pessoas, só não confiará nelas logo de cara.
É uma pessoa agradável de se conviver, fará o possível para manter o ambiente em que vive leve e costumeiramente faz brincadeiras para entreter os demais.



鉁粹湸鉁


Princesa Annabela

Nome e sobrenome:
Annabela "Anna" Slughorn.


Idade:
Vinte e um.


Características físicas:


Merritt Patterson

Descrição -
Sua semelhança com a mãe é notável: os mesmo cabelos castanhos escuros e pele clara, a boca levemente cheia e rosada, o rosto bem angulado e com bochechas fofinhas, a delicadeza na aparência. Porém os olhos verdes cintilantes como a aurora boreal foram, sem dúvidas, herdados de seu pai.
Não é alta, tem por volta dos 1,65, e é magra, em torno de 55kg. Seu corpo possui discretas curvas que ela não faz questão de mostrar.



País:
Escócia.


Posição na corte:
Princesa.


Personalidade:
É uma piadista nata, sempre tem algo engraçado a ser dito na ponta da língua, nenhuma situação é ruim o bastante ao ponto de ser levada a sério. Gosta de causar divertimento e risadas nos demais, nem que para isso ela precise ser o central motivo. É uma verdadeira palhaça. Porém seu lado divertido não atrapalha o seu lado sério e focado, existem raros momentos em que é possível ve-la centrada.  
Tristeza, desmotivação e desânimo não existem em seu dicionário, levar a vida levemente é seu fundamento. É difícil a pegar de cara feia ou de mal humor, isso acaba por ser irritante para alguns.   
É ótima em discussões. Porém costuma responder a ofensas com sorrisos, o bom humor é sempre a melhor arma.  
Destaca-se também a sua inteligência e esperteza, seu raciocínio é rápido. Costumeiramente prega peças em seu irmão e empregados, sempre sorrateira para não ser descoberta.  
Ama crianças com todo o seu coração, Andy costuma dizer que esse afeto vem do fato de que a mentalidade é praticamente a mesma, o que não a incomoda.  
Sabe os limites de suas brincadeiras, não irá fazer comentários estúpidos em momentos errados. 
Por um lado é extremamente alegre, mas por outro é bastante sensível, as palavras podem magoa-la profundamente ou a emocionar.  
Abomina pessoas ignorantes, atiradas, forçadas, grosseiras, que não se dão valor e com o raciocínio devagar demais, esse tipo de gente pode tira-la do sério.



Um pouco da sua história de vida:
Seu irmão Derek é o mais velho, mas não é filho legítimo do rei, portanto Anna é a próxima na linha de sucessão ao trono. E, mesmo com toda a pressão, nunca foi alguém muito responsável. A cobrança por um comportamento adequado nunca lhe foi exigido.
Foi criada com liberdade, por conta disso teme o momento em que terá que escolher um marido. Não quer se prender a alguém. Afasta todos que tentam se aproximar.
Sempre foi adorada por todos do castelo, seu modo de viver puro e alegre encanta a todos. Sem dúvidas será uma ótima rainha, estando sozinha ou não.



Bens:
鈥 A coroa, governar a Escócia;
鈥 Um arsenal com tipos diferentes de arco e flecha, foi feito especialmente para ela;
鈥 O colar de sua mãe.



País inimigo:
Austrália.


Bem ou mal:
Bem.


Medos:
Ter paredes caindo sobre ela, ficar soterrada. Por conta disso evita buracos, cavernas e locais subterrâneos.


Gostos:
鈥 Animais de todos os tipos;
鈥 Música;
鈥 Correr pelo jardim;
鈥 Pregar peças nos funcionários do castelo e em seu irmão;
鈥 Doces, muitos doces;
鈥 Sol.



Desgostos:
鈥 Morangos;
鈥 Pessoas desprovidas de inteligência;
鈥 Tempestades;
鈥 Falta de humor;
鈥 Desânimo e desesperança;
鈥 Ser limitada de viver.



Par:
Disponível.


O que acha da monarquia?
Gosta de ter privilégios, mas gostaria de poder dividi-los com quem necessita. Não acha justo ser tão mimada e ter tanto quando há pessoas precisando mais do que ela. Se pudesse traria todos da vila para o castelo.



Príncipe Andrew

Nome e sobrenome:
Andrew "Andy" Slughorn.


Idade:
Vinte.


Características físicas:


Daniel Sharman

Descrição -
Pode ser facilmente definido como um homem atraente, arranca olhares e suspiros de diversas mulheres - e homens - por onde passa. Seus cabelos castanhos curtos e um tanto desgrenhados contrastam bem com seus olhos claros, os tons de verde e azul se misturam tornando uma coloração única e característica em Andy. Os labios rosados são bastante convidativos, o leve inchaço os proporciona uma aparência macia que qualquer um gostaria de tocar. Sua pele clara deixa seu maxilar perceptível, isso é algo que o torna extremamente sexy. O nariz fino não muito grande, as sobrancelhas grossas e o sorriso perfeitamente branco e alinhado só somam a sua beleza.
Considera-se alto, tendo 1,85 de tamanho, e magro, por volta dos 78kg. Os músculos são notavelmente definidos, por conta de suas aulas constantes de esgrima , e são ressaltados pelas roupas um pouco justas, algo que agrada a muitos.



País:
Escócia.


Posição na corte:
Príncipe.


Personalidade:
Facilmente definido como encrenqueiro, não mede as consequências de seus atos, não é estranho o encontrar em meio a alguma confusão. Sua paciência é mínima, para se estressar não é nada difícil, não tem medo de participar de uma boa briga e se manter longe delas é quase impossível. Vulgarmente apelidado de agitador.
Deixará claro caso não goste de algo que escutou ou viu, esconder sentimentos não é seu forte. Prefere deixar tudo as claras, sem rodeios.
Fugir de desafios é humilhante para ele, então não espere tal ato vindo do mesmo, irá encarar tudo o que lhe for proposto sem pestanejar. Jamais deixará a entender que é um covarde.
Desorganizado e despreocupado, não é do tipo que se importa com os mínimos detalhes, quanto mais simples e fácil melhor. Considera-se a pessoa mais bagunceira e menos perfeccionistas do mundo, fato que causa grande irritação em sua mãe.
Porém os defeitos podem ser mascarados, não é preguiçoso e sempre está a disposição. É muito corajoso, determinado, inteligente, protetor e romântico. 
Odeia receber falsas acusações, ser ofendido ou que ofendam alguém importante para ele.
Aguenta críticas vindas de qualquer um, menos as que vem de quem ele gosta. No momento se faz de forte e tenta não deixar transparecer que se abalou, odeia aparentar fraqueza.
É um garoto bem atlético, gosta de praticar diversos esportes, seu preferido é a esgrima.
Não costuma seguir regras ou sequer se preocupa com elas, pode facilmente desobedecer alguém caso ache que é o certo. Também não é do tipo antipático, mas se não quiser um inimigo, melhor não fazer nenhuma bobagem.



Um pouco da sua história de vida:
Crescer sem grandes responsabilidades foi, realmente, gratificante para Andy. Ser o próximo na linha de sucessão ao trono é algo extremamente cansativo e desgastante, sente-se sortudo por não ter esse tipo de dever a cumprir.
Sempre foi rodeado de amor e carinho, não lhe faltava nada, tudo o que queria era dado e talvez seja por conta disso que o garoto se tornou um tanto quanto mimado.
Sua vida se baseia em recusar pretendentes, ter breves relacionamentos com criadas e visitantes, brigar com seus irmãos e perturbar os empregados. É tudo monotonamente igual todos os dias. Anseia pelo momento em que sua vida irá mudar, não gosta de ser visto apenas como o príncipe da Escócia.



Bens:
鈥 Os cavalos do estábulo, inclusive os que são usados por seus pais e irmã;
鈥 Um pequeno arsenal de espadas feitas por ele;
鈥 O comando da guarda real.



País inimigo:
Austrália.


Bem ou mal:
Bem.


Medos:
Estar em alto mar, seja em qualquer embarcação.


Gostos:
鈥 Cavalgar;
鈥 Praticar esgrima;
鈥 Assistir o pôr do sol;
鈥 Calmaria;
鈥 Caminhar pelo jardim do castelo;
鈥 Maçãs, está sempre com uma nas mãos.



Desgostos:
鈥 Pessoas escandalosas;
鈥 Receber falsas acusações;
鈥 Silêncio;
鈥 Ficar impotente;
鈥 Mar ou rios muito fundos;
鈥 Clima frio/gélido.



Par:
Disponível.


O que acha da monarquia?
Não se importa muito com a atual forma de governo. Por estar no topo e ter tudo o que quer acaba por nunca ter realmente refletido sobre tal assunto, está em sua área de conforto. Não conhece a vida fora dos portões do castelo o bastante para se incomodar.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu谩rios deixam de postar por falta de coment谩rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment谩rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...