~Lainnie

Lainnie
Hel;l
Nome: ▹Let;ícia•~-.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 24 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

Ficha — Fanfic "Half-blood" - Interativa


Postado

Ficha — Fanfic "Half-blood" - Interativa

Ficha mestiço.


Nome Completo:

Karl Lee

Apelido:

Não tem


Idade:

17 anos || 25/03 || Aries

Nacionalidade:

Americano

Sexo:

Masculino


Orientação Sexual:
Heterossexual


Aparência:

































Descrição:

Um jovem que possui um corpo definido, não de modo exagerado, mas o suficiente para ver um pouco da forma de seu corpo, contém 1,66 de altura, tem cabelos louros escuros, as vezes parecendo castanhos, entretanto, são louros, contém olhos azuis-acinzentados, uma pele branca, lisa.


Progenitor Divino:

Atena

Seguidor de:

Thoth — Deus da Lua, da sabedoria e da cura.

Descendente:

Antef I


A quanto tempo está na casa ou no acampamento:

Está no acampamento a três anos.


Família:


Adele || Madrasta || Professora



Michael || Pai || Engenheiro



Personalidade:
Karl é um rapaz com um jeito meio tímido e quieto. É mais de ficar na dele, sem se meter na vida alheia.
É uma pessoa que, apesar de tudo, gosta de conversar com as pessoas, quando pega gosto em falar com alguém o assunto sai naturalmente de modo fácil, caso não se sinta à vontade com a pessoa, ele não é de puxar assunto, apenas fica quieto, esperando a outra começar a falar para iniciar a conversa.
Quando está entre amigos ele se solta mais e não fica tão tímido, apesar de não ser o mais falante do grupo, ele gosta de participar das interações com os amigos, se divertir e participar das palhaçadas, etc.
Karl é alguém orgulhoso por mais que não demonstre, não gosta que duvidem de si ou de suas capacidades, sempre dando o melhor de si, se esforçando para não se tornar um fardo, porque ele pessoalmente odeia ser um fardo, por isso ele tenta ajudar sempre onde puder.
É alguém na qual é bom em ouvir, mas não é muito bom com conselhos e esse tipo de coisa, mas as vezes ele sem perceber acaba por falar coisas na qual podem vir a pôr a pessoa a pensar um pouco.
Não é grosso, de modo algum, Karl é alguém tão pacifico que as vezes irrita, odeia levantar o tom de voz (já que não gostaria que fizessem o mesmo consigo) e ele geralmente é o que separa as brigas, não é do tipo que gosta muito de lutar mano-a-mano, mesmo que se precisasse ele lutaria, ele é mais do tipo de brigas verbais aonde pode expor os seus pensamentos e argumentos de forma inteligente.
Quando não gosta de alguém evita falar com ela para não arranjar confusão, mas se acabar sendo obrigado a falar com quem não gosta, a maioria de suas frases contem a ironia e o sarcasmo, duas coisas na qual ele usa como um meio de defesa ou quando acaba por se estressar com alguém.
Karl também não é alguém que liga muito para opiniões alheias. Sua timidez não tem nada a ver com o fato do que as pessoas pensariam dele ou coisa assim, ele só não gosta de chamar atenção demais, mas se necessário, ele o faria – por mais que por fora ele aparente confiança, por dentro ele estará morrendo, mas ele tenta superar a sua vergonha.
Ele também gosta de manter uma postura de confiança, mesmo que geralmente ela não dure muito pelo seu jeito de ser, é um rapaz gentil que não hesitaria em ajudar alguém que precise e é bem-educado.
Karl também não é o melhor mentiroso do mundo, sendo que as vezes você pode facilmente saber que ele está mentindo, mesmo que as vezes ele consiga tapear as pessoas.
As vezes ele pode acabar se tornando um pouco pessimista, uma vez que ele gosta de analisar ambos os lados da situação, e por ser assim, gosta de ver se a ação na qual ele vai realizar vai lhe trazer mais vantagem ou desvantagem, mesmo que no final ele não leve muito em conta isso, já que se ele acha certo fazer aquilo, ele fará mesmo com muitas desvantagens.
A indecisão é uma amiga bem comum dele e mesmo que ele decida rapidamente algo, ele vai se remoer com aquele famoso “E se?”


História:
Karl nasceu em Miami, filho único, nunca chegou a conhecer a sua mãe, entretanto tem uma boa madrasta que cuidou dele desde que ele era um bebê, tratando-o como um filho.
Seu pai, um engenheiro iniciante, consegue uma boa oportunidade para conseguir elevar seu status como um engenheiro, mas para isso ele teria que se mudar de cidade. De Miami eles teriam que ir para Washington D.C.
Mesmo Karl na época só tendo oito anos, para ele se tornou um completo desafio se adaptar à nova vida na cidade, pois ele era ainda mais tímido quando criança. Praticamente não fez amigos, o que preocupou muito os seus pais, já que o mesmo só vivia sozinho.
Na escola seus professores sempre diziam a seus pais que ele era totalmente introvertido, nunca falava com seus colegas e acabava as vezes sendo grosso com quem tentava falar com o mesmo. Seus pais conversaram com ele, mas nada adiantou.
O seu jeito foi melhorando junto com o crescimento do mesmo, que, apesar de não ter amigos era um dos (se não o mais) inteligente da sala, sempre com notas altas.
Já com os seus 14 anos, um dia ele acabou por ser atacado por algo na qual ele não conseguiu identificar o que era e por medo resolveu não falar nada para seus pais.
Naquele mesmo dia, quando estava na detenção por causa de seu professor de química assustador, ele foi atacado pelo mesmo que virou um tipo de criatura estranha e assustadora e só conseguiu fugir por seus reflexos e a capacidade de poder pensar rápido. Conseguiu de algum jeito matar a criatura e depois de tal incidente foi correndo para casa.
Seus pais perceberam o pânico no filho e quando o mesmo (mesmo receoso) contou o que havia ocorrido, tanto Adele (madrasta) quanto Michael (pai) se entreolharam e foram conversar sozinhos na cozinha.
Na mesma noite ele foi deixado no acampamento tendo como explicação de que ele iria entender tudo quando chegasse lá.
Porém, antes de ir embora, seu pai conversou com ele em particular dizendo que ele era algo a mais do que ele apenas iria ouvir no acampamento. E Michael explicou sobre ele, sua linhagem e que isso o tornava «especial», de que ele poderia fazer coisas «que pessoas normais não conseguiam», isso o deixou claramente confuso, mas como Michael não podia deixar seu filho ir embora sem contar aquilo, ele falou de uma vez «você tem, podemos dizer assim, poderes, meu filho, irá entende-los com o passar do tempo, eu mesmo queria poder lhe ensinar, mas você terá que aprender sozinho, sinto muito»
E então Karl foi deixado no acampamento sem entender absolutamente nada e logo depois, ao saber que era filho de Atena (ele sabia que Adele não era sua mãe real), tudo ficou ainda mais confuso. Foi realmente uma fase difícil da vida dele, e, se antes ele não se enturmava muito, isso piorou nesses três primeiros meses no acampamento, porém, depois de uma certa dificuldade ele aceitou o fato.


Par:

Sim, poderia escolher?


Relação com o Par:

Acima de tudo eles dois serão amigos, pois para Karl, a amizade é fundamental para que um relacionamento ocorra bem. Não será grudento, afinal, não gosta de grude e coisas melosas de mais, para ele isso não cola.
Ele terá uma confiança em sua namorada mesmo que as vezes ele possa acabar vir a ter ciúmes em relação a ela. Sem falar que ele evirará brigas no relacionamento, não cedendo sempre ao que ela quer, mas cedendo as vezes para que não aja muitos desentendimentos e conflitos.


Relação com os Amigos:

Karl, acima de tudo, ele é sincero com os seus amigos. Para ele a amizade é muito mais do que apenas segredos, andar lado a lado, comerem juntos, para ele é algo a mais, é ser sincero, poder saber que aquela pessoa vai estar sempre lá, e ele é assim.
Vai ser sincero, vai ser alguém que você sabe que pode contar, que vai tentar lhe ajudar de todas as maneiras possíveis, além de que ele vai “zoar” com você, fazer palhaçadas, pagar vergonhas.


Relação com os Irmãos:

Ele será alguém neutro com aqueles na qual ele não tem intimidade, não irá falar muito por ser tímido, mas com aqueles na qual ele é mais próximo, vai conversar normalmente e evitara brigar com seus irmãos, pois a última coisa que quer é ser inimigo/odiar alguém de sua família.


Gostos:

Livros || ler || jogos que envolvam a inteligência|| frutas || suco de morango || músicas || dormir || filmes || jogos || dias chuvosos || cantarolar || esgrima || vôlei || cachorros ||


Desgostos:

Aranhas || pessoas intrometidas || dias abafados || dias muito quentes || que futuquem suas coisas sem permissão || que insistam muito em algo || funk || sertanejo || pessoas muito curiosas || coisas melosas demais || grude || gatos


Qualidades/Defeitos:

— Qualidades —
Uma pessoa gentil || educado || paciente || inteligente || bom ouvinte || bom estrategista

— Defeitos —
Tímido || pacifico demais || orgulhoso || calmo demais (as vezes isso se torna um defeito) || ruim em mentir || pessimismo || indecisão


Habilidades Físicas/Mentais:

Físicas — é rápido || sabe lutar com espada || ágil
Mentais — pensamento rápido || bom com lógica || memoriza as coisas muito facilmente


Poderes:


Ele é capaz de cegar por alguns segundos um inimigo; ele consegue cegar alguém facilmente por até 20 segundos, depois disso ele começa a ter uma certa dificuldade e quanto mais tempo ele deixar a pessoa cega, mais cansado ele vai ficar e isso vai fazer a pessoa cega aos poucos voltar a ter sua visão (pois sua força para manter a magia vai se acabando).
Sem falar que ele pode criar pequenas ilusões, como por exemplo, fazer a pessoa acreditar que tenha dois ou mais Karl’s ou faze-lo ouvir vozes, atrapalhando-o/desnorteando-o.
(Caso não puder os dois, deixe apenas o poder que ele cega o inimigo, por favor.)


Medos:


Aranhas || altura || palhaços

Escutando: Lady gaga - Judas
Lendo: A ficha
Bebendo: Água

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...