~Lerido

Lerido
Mudkip é sinônimo de fofura
Nome: Leonardo
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Londrina, Paraná, Brasil
Aniversário: 11 de Junho
Idade: 14
Cadastro:

Ficha: Five Islands


Postado



Nome: Akane Kinoshita

Roupa: Akane (ou Ana, que é como prefere ser chamada) usa sempre uma blusa branca com uma jaqueta preta por cima (que geralmente fica aberta), também usa uma calça jeans azul e um tênis preto com detalhes brancos, usa também uma pequena pulseira azul em seu braço direito (foi um presente de sua mãe), sempre usa, ou deixa no bolso da jaqueta, fones de ouvido da cor preta com detalhes brancos.

Idade (14 a 16): 15

Sexualidade: Heterossexual

Data de nascimento: 11 de Junho

Personalidade:

Akane é uma garota bem extrovertida, ela sempre esta feliz e tenta animar seus colegas, ele ri de literalmente tudo, gosta muito de fazer amizades mesmo sendo muito tímida, é muito teimosa, pode não parecer mas ela é uma garota muito tarada (ela tenta esconder isso das outras pessoas, mas não da muito certo -_-).

Ela é uma garota bem impaciente e tem um "pavio" bem curto, ela também é muito vaidosa, arrancar um de seus fios de cabelo é quase a mesma coisa que invocar um demônio, um jeito bem fácil de acalma-la é faze-la ouvir alguma de suas musicas, ela nunca desiste ou se rende facilmente, ela tem um senso de direção horrível, um de seus passatempos preferidos é irritar seus amigos.

Se ela gostar de algum garoto, é bom esse garoto sempre dar uma olhada no lado de fora do quarto dele a noite, pois ela provavelmente esta pendurada em uma arvore o observando.

Sempre foi uma garota muito inteligente e por esse motivo sempre se livra facilmente de problemas (e com isso, eu quero dizer que ela culpa outras pessoas XD), ela tem uma imaginação bem ampla e praticamente vive no mundo da lua, também se distrai muito facilmente e esquece das coisas muito rapidamente.

Quando esta em uma batalha seria ela praticamente vira outra pessoa, ela começa a prestar total atenção na luta, e usa ao máximo sua inteligência e imaginação para tentar surpreender seus oponentes.

História:

Akane quando era pequena (com 8 anos de idade) morava no laboratório de sue pai que ficava em Coumarine City.
Quando seus amigos não estavam, sua mãe sempre brincava com ela o dia inteiro. Porem a situação de seu pai era bem diferente, antigamente ele sempre estava presente para ficar com sua filha e sua esposa, mas ultimamente ele tem se trancado no seu quarto do laboratório para fazer algum tipo de pesquisa, ele não comia a dias e não dormia também, sua família estava muito preocupada e a sua resposta era sempre a mesma:

- Não se preocupem, quando eu terminar aqui terei todo o tempo do mundo para ficar com vocês.

Ele sempre dizia que aquela pesquisa mudaria o mundo ou até:

- Eu já estou quase acabando.

Mas era óbvio que não estava. Algum tempo se passou e a situação estava um pouco melhor, seu pai pelo menos dormia na cadeira do computador e comia algumas barras de cereal, de acordo com ele, avia feito um progresso imenso e que o mundo mudaria com aquilo, porem ele sempre se recusava a falar sobre o que se tratava sua pesquisa.
A situação avia melhorado muito pra Akane, pois ela sentia que seu pai estava voltando ao normal, até que um dia...

- Filha... filha! - Akane ouvia alguém a chamando, estava com muito sono e não conseguia ver direito quem era, de pois de esfregar os olhos ela pode ver quem a chamava e seus olhos se arregalaram - Papai? VOCÊ TERMI... - Antes que pudesse terminar de falar seu pai cobre sua boca com a mão direita, nesse momento Akane notou que ele levava uma pasta cheia de documentos em sua mão esquerda.

- Não temos tempo filha, nos temos que sair daqui. - Disse sua mãe, que até agora ela não avia notado que estava lá, ela pegou Akane no colo. A pequena olhou pela janela e notou que estava de noite, e também vil algumas coisas que pareciam carros se aproximando do laboratório.

- o que tá acontecendo mamãe? - Pergunta a pequena com uma cara bem inocente.

- Nos te explicamos de pois ok? Primeiro temos que sair daqui - Falou seu Pai antes que sua Mãe começasse a falar.

O seu pai abre a porta do quarto com rapidez, e sua mãe o segue com Akane no colo, a pequena estava morrendo de sono, ela tinha dormido muito pouco e acordou muito cedo (eram 5 horas da manha), ela não aguentou e acabou dormindo com o rosto no peito de sua mãe...

BOOOM!!! - Um enorme barulho de explosão ecoa

AHHHHH - Akane acorda aos gritos e percebe que não estava mais no colo de sua mãe e nem em sua cama ela esta em um lugar totalmente diferente - o que? onde eu tô? - Ela começa a olhar em volta para ver o que estava acontecendo e logo se assusta ao ver de longe o laboratório de seu pai pegando fogo e caindo aos pedaços, é claro ela se assustou muito com isso, mas ao desviar o olhar se depara com algo pior, sua mãe estava sentado em um tronco de arvore bem próximo de onde ela estava, em volta da mesma existia uma enorme poça de sangue, sua mão direita estava cobrindo um buraco em sua barriga, provavelmente feito por uma bala, e sua mão esquerda segurava seu celular. - Mãe?... MAMÃE! - Grita Akane correndo na direção de sua mãe com os olhos lacrimejando.

- Filha?... Ainda bem que você esta bem - Fala sua mãe com um olhar de alivio para a garota, que pareceu não gostar daquilo.

- Como assim? mãe... O que aconteceu? - Fala ela ainda chorando.

- Relaxe querida... eu vou ficar bem - Fala ela olhando para seu celular que parecia que tinha acabado de fazer uma ligação.

- Mãe... Mas e o papai? - Pergunta a garota muito preocupada.

- O seu pai?... ele... eles... - Antes que pudesse completar a frase, ela desmaia e Akane fica muito aflita.

- Mãe... - Pergunta a garota, mas sem resposta - Mamãe... MAMÃE! - Grita a garota chorando muito, nesse momento um barulho de ambulância soa nos nos ouvidos da garota...

[Muito tempo de pois]

- Mãe to saindo!!! - Grita Akane de seu quarto e corre pelos corredores da casa. Ela estava muito diferente, com o corpo bem mais desenvolvido, aparentemente com 15 anos de idade. Ela desce as escadas com rapidez e pega seu celular e seus fones de ouvido que estavam em cima da mesa.

- Nossa que pressa é essa, quem você vai paquerar agora? - Pergunta sua mãe da cozinha, que agora estava em uma cadeira de rodas, aquele acidente do passado a fez perder o movimento de seu corpo da cintura para baixo.

- Ah! que isso mãe?... - Fala ela indo em direção a porta - Se bem que eu adoraria dar em cima de alguém agora hehehe. - Fala ela com uma cara de safada estampada em seu rosto.

- Claro que você quer. - Fala sua mãe, rindo bastante - Mas aproveita que você vai sair, e passa no mercado pra comprar umas berryes pra mim fazer o jantar - Pede sua mãe.

- É claro - Fala ela saindo de casa fechando a porta e começando a correr, sua mãe sorri e começa a observa-la a se distanciar pela janela - QUE NÃO!!! - Ela escuta um grito de sua filha que parece vir do final da rua e fica com uma enorme gota na cabeça.

Akane corria pelas ruas da cidade até chegar no laboratório do Professor Sycamore. Depois de todo aquele ocorrido, o Professor Sycamore (que era um grande amigo do pai de Akane), os convidou para passar um tempo no laboratório dele, pouco tempo depois elas alugaram um apartamento na cidade, e Akane acabou ficando muito amiga se Sycamore, ainda mais depois que ele deu seu Froakie para ela.
Ao chegar lá, Akane olha para dentro do laboratório e olha o Professor, que estava conversando com um treinador, eles estavam com uma cara muito seria.

Hmmm - Fala Akane observando a cena, ela da um pequeno sorriso e corre para os fundos do laboratório.

- "Isso pode ser um problema" - Pensa o Professor se sentando no sofá, e fica encarando o teto - "mas conheço alguém que vai gostar de saber disso" - Pensa sorrindo agora.

- Oi Professor - Fala Akene aparecendo do nada atrás do homem, e ela começa a rir pois o Professor deu um pequeno grito e levantou aos pulos da cadeira.

- A-Ane, ah é só você - Fala ele tentando ignorar o que avia acontecido - Quando você entrou aqui? - Pergunta ele se recuperando do susto.

- Eu? Eu entrei pela janela - Fala ela com uma cara boba.

- Mas a única janela que estava aberta era o do terceiro andar! - diz o pensador.

- Sim, tem uma arvore bem perto dela - Fala ela com uma cara inocente.

- Um dia você vai acabar caindo de uma dessas arvores, e nunca mais vai subir em uma na vida! - Fala ele com um tom sério.

- Nunca! - Retruca ela com um tom também sério, os dois se encaram por um tempo, logo depois comeram a rir e se sentaram no sofá para conversas.

Depois de uma boa conversa, Sycamore voltou a sua clássica pose séria e se colocou a falar.

- Ane, você sabe que tudo aquilo no laboratório do seu pai ocorreu por causa do Team Flare, não é? - Pergunta o homem e a garota apenas assente - Você já ouviu falar nas ilhas Five Islands? - A garota coloca uma das suas mãos para apoias seu queixo, logo após pensar um pouco ela assente - Ótimo... Eu tenho ouvido alguns boatos de que uma grande quantidade de barcos do Team Flare foi visto saindo da costa de Kalos, e alguns dias depois, alguns pescadores viram esses mesmos barcos chegando nas Five Islands, é só uma hipótese, mas seu pai pode estar lá... isso por... - Ele para de falar ao ver que a garota não estava mais lá - Ane? - Ele a chama olhando para os lados - Esses jovens de hoje em dia não perdem tempo - Fala ele começando a rir.

Akane agora esta correndo pelas ruas de Lumiose, com apenas um destino em mente: Five Islands. Sua enorme determinação não a deixava parar...

- Espera... Aonde fica o aeroporto mesmo? - Pergunta a mesma parando quase que imediatamente.

Com sua enorme determinação e horrivel senso de direção (narra o narrador com uma enorme gota na cabeça), Akane agora segue rumo para as Five Islands.

Gostos:
-Ouvir musicas
-Subir em arvores
-Dar em cima de garotos
-Irritar seus amigos (de todos os jeitos possíveis)
-Batalhar
-Experimentar coisas novas (comidas, emoções e etc)
-Adora ler mangas e jogar videogames (eu tenho certeza que se você procurar direito, você pode achar umas revistas bem... "suspeitas" em seu quarto)
-Dormir bastante
-Seu cabelo
-Seus fones de ouvido

Desgostos:
-Pessoas intrometidas, mimadas, irritantes, que abusam de poder e etc
-Que encostem no seu cabelo
-Que a acordem de seu sono
-Que peguem seus fones de ouvido
-Que a chamem de "baixinha" (coisa que ela é)
-Que desliguem a internete
-Perder batalhas
-Esperar muito tempo por alguma coisa
-Esportes (pois é horrível em qualquer um que não envolva escalada)

Medos:
Por causa do que ouve no passado com sua mãe, Akane tem hemofobia (medo de sangue)


Pokémon: Greninja





Hability: Protean

Personalidade: É um pokemon muito sério e quieto, sempre obedece sua treinadora em todos os momentos... isso é claro se ela der comida pra ele, ele é muito guloso.

Ataques: Power-Up Punch, Scald, Extrasensory, Rock slide

Sexo do Pokémon: Masculino


Pokémon: Farfetch





Hability: Keen Eye

Personalidade:É um pokemon muito brincalhão, adora ficar pulando por ai e fazendo pegadinhas com todo mundo (Principalmente com Ane), isso sem falar que quando esta entediado (ou quando precisa ajudar sua treinadora urgentemente) sai da pokebola sem nem mesmo Ane encostar nela.

Ataques: Brave Bird, Steel Wing, Night Slash, Air Slash

Sexo do Pokémon: Masculino


Pokémon: Zoroark





Hability: Illusion

Personalidade: Zoroark é praticamente o parceiro de Farfetch, os dois fazem muitas brincadeiras juntos, e é claro ele usa o seu Illusion para enganar os outros (e adora fazer isso), diferente de Farfetch ele tem um respeito muito grande por Ane e chega até a brigar com Farfetch quando ele faz algo com ela.

Ataques: Night Daze, Embargo, Foul Play, Focus Blast

Sexo do Pokémon: Masculino


Pokémon: Galvantula





Hability: Compound Eyes

Personalidade: Galvantula é um pokemon muito amigável e gentil, quando Ane não sabe o que fazer ela pede conselho (que geralmente estão certos) para Galvantula, quando Ane tenta dar em cima de alguém e ele "sente" que algo errado vai acontecer (ou que aquilo não vai dar certo) ele sai da pokebola (sem ninguém perceber) atira um Thunder Wave nela, para paralisa-la, e quando ela esta no chão atira uma teia nele e vai a puxando pra longe (entendeu a referencia? kkkk).

Ataques: Electro Boll, Thunder Wave, X-scissor, Electroweb

Sexo do Pokémon: Masculino


Pokémon: Chandelure





Hability: Flash Fire

Personalidade: Chandelure é um pokemon muito competitivo, assim como Ane ele não aceita perder batalhas, ele sempre tenta competir com greninja para ver quem é o melhor entre os dois... ele geralmente perde (porque será?), não gosta de comer e adora assustar pessoas e pokemons que acaba de conhecer.

Ataques: Flamethrower, Shadow Boll, Hyper Beam, Protect

Sexo do Pokémon: Masculino


Pokémon: vileplume





Hability: Effect Spore

Personalidade: Vileplume é uma pokemon muito vaidosa e adora dançar, ela sempre ajude, conversa, e obedece Ane, elas são muito amigas. As vezes quando Ane não consegue dormir, ela pede pra Vileplume usar seu Sleep powder nela.

Ataques: Sleep Powder, Solar Beam, Dazzling Gleam, Mega Drain

Sexo do Pokémon: Feminino


Par: Não no momento... mas ela tá tentando XD

Treinador(a), performance ou coordenador(a): Treinadora

Algo a mais? Noup


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...