~lia0007

lia0007
Sou retardada
Nome: Lia felix do nascimento
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Manaus, Amazonas, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha. Until Dwan- Interativa


Postado

Ficha. Until Dwan- Interativa

Nome: Kate [centro]Singer

Apelido: “K”
Idade: 19 anos, nasceu em 26 de agosto.
Personalidade:
Kate é rancorosa, gentil e extrovertida. E capaz de fazer de tudo por aqueles que ama. Porém com todo esse amor e lealdade, vem um de seus piores defeitos o rancor. Se alguém faz algo que a machuque será difícil ela perdoar, por mais que ame essa pessoa. Mas não é o tipo de machucado de levar um empurrão ou um belo de um soco, e sim de ferir sua alma. Embora seja extrovertida, ela é uma pessoa que não se “mostra” muito para as pessoas, pois ela tem medo que se ela se abrir demais, ela pode ser apunhalada. Sua gentileza não tem fim (só quando não é subcarregada pelo rancor extremo) ela sempre cumprimenta as pessoas a sua volta e tenta se mostrar a melhor possível. E tem a capacidade incrível de criar qualquer imagem pessoal. Podendo representar a pessoa mais sombria de todas, ou a mais pervertida de todas. Ela faz isso para não se machuque, para que ninguém acabe com ela de novo.

História:
Ela nasceu em Vancouver no Canada. Morou com seus pais a vida inteira. Mas sua vida não é perfeita. Aos 5 anos de idade seus pais começaram a trabalhar o dia todo o que exigiu, que uma babá fosse contratada. Kate ficou animada, sempre via nos filmes as babás mais perfeitas que brincavam com bonecas, contavam histórias e faziam ótimos chocolates quentes! Seus pais ficaram felizes ao saberem que ela não tinha ficado irritada, ao contrário não parava de falar nisso. E depois de semanas a babá foi contratada. Uma senhora de uns 35 anos, cabelos bem arrumados, bochechas rosadas e lábios carnudos, era um pouco acima do peso o que a deixava fofa, segundo Kate. Mas a partir do momento em que seus pais saíram pela porta sua vida virou um inferno! A babá batia em Kate por pura diversão! A molestava e fazia as mais diversas atrocidades! Kate tinha mudado depois daquilo. Já quase não abria a boca para falar um só “aí”. Não brincava mais, não fazia baderna nem nada. Apenas ficava olhando para o relógio, mesmo não sabendo que horas o ponteiro marcava ela apenas observava, para saber quando sua hora de ir ao inferno chegaria. Seus pais estranharam, perguntavam diversas vezes o que diabos estava acontecendo. Até que um dia Kate resolveu falar.
-O diabo mamãe, é isso que está acontecendo. Os pais ficaram abismados, onde uma criança com 5 anos iria dizer isso? Ela sempre dizia essa frase, sempre um minuto antes da babá chegar. O que isso significaria? Pensavam os pais até que um dia quando a mãe de kate, viu o ombro da menor, que antes era rosado agora era roxo. Sem mais delongas a mãe de Kate pediu para que que ela tirasse as roupas. A mãe de kate ficou abismada. Tinha cortes espalhados, machucado, e nas costas de Kate abaixo das diversas cicatrizes estava assinado:
“O Diabo”
No dia seguinte a babá foi dispensada, mais mesmo assim ainda trocava olhares de rivalidade com Kate e sussurrava:
- Você é uma menina má Kate, muito má.
Aquilo traumatizou a menina, o que fez com que ela se tornasse tímida, não tinha amigos. Ela e sua família se mudaram para os Estados Unidos, com o objetivo de esquecer tudo aquilo. Até que um dia conheceu, uma menina loira de olhos azuis, que logo se apresentou:
- Olá, meu nome é Chloe...Chloe Stone.
Esta foi a primeira amiga de Kate, brincavam, conversavam. E Kate logo foi se abrindo para Chloe, conto-lhe tudo, sua história e o que tinha passado. Até quem em um dia foi chamada pele sua melhor “amiga” Chloe até o auditório do colégio. Onde Chloe começou com o discurso:
- Essa é Kate Singer, minha melhor amiga. Kate já estava se emocionando, afinal era uma homenagem a ela e que homenagem!
- Uma pobre infeliz, que foi espancada, molestada e estuprada pela própria babá! Que Dó! Passou 4 anos de terapia! E uma infeliz mesmo! Dizia Chloe com um sorriso sádico nos lábios.
Chloe a empurrou do palco, o que fez com que Kate caísse e se machucasse, e ainda mais chorasse! Foi humilhada na frente de todos! Ouvia-se vários xingamentos! Kate foi até o banheiro da escola e começou a chorar. E mais uma vez aquela frase suava em sua cabeça:
- Você foi uma menina má Kate. Mais a voz continuou a falar em sua mente- Não devia ter sido você mesma! As pessoas são fúteis! Falsas! Não seja você mesma, seja quem eles querem que você seja! Assim nunca irá sofrer de novo! Então naquele momento ela jurou para si mesma que jamais iria se abrir para outras pessoas, iria criar mascaras e nunca mais iria se machucar novamente. Depois de chorar bastante, ouviu a porta se abrir e disse:
- Sai daqui Chloe não acha que já não me humilhou bastante?
- Calmarr Não sou a Chloe. Então, Kate percebeu que não era Chloe, era um menino com um sotaque francês.
- O- O que você tá fazendo no banheiro feminino? Perguntou Kate ao menino.
- Eu não podia deixarr você sozinha o que a Chloe faz não cerrto. Ela é assim, porr favor perrdoe-a. disse ele com preocupação.
- Já fiz muito o papel de tonta nessa história. E eu não sou do tipo que perdoa fácil. Respondeu Kate enxugando as lagrimas. Por um momento eles se olharam até que o garoto a abraçou fortemente. E novamente Kate voltou a chorar.
- Merci. Disse Kate o abraçando, ela precisava mesmo daquilo.
-que vous avez appelé ?(Como você se chama ?) perguntou Kate.
- J’appelle Pierre( eu me chmao Pierre). Vous parlez français ?( voce fala frances ?) perguntou Pierre.
- Oui, Je suis du Cánada( sim, eu sou do canada). il parle en trois langues. Anglais, espagnol et français.( Lá falamos tres linguas. Ingles, Espanhol e frances.) Conversa vai conversa vem, eles foram se inturmando logo eram melhores amigos mais...Será que ela deveria ser a mesma depois que tudo que aconteceu ? Agora ela amava alguém, deveria ela finjir ser alguém que não é para Pierre, o amor de sua vida ?

Aparencia :
Tem cabelos castanhos escuros, 1,65 de altura pesa 52kg, tem os olhos azuis, labios rosados, um corpo com curvas, pernas bem torneadas e bochechas rosadas
.






























Algo mais?
Não


Lendo: " O meu coração é seu. Pode machucar o quanto quiser" A Seleção Kiera Cass

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...