• >
  • >
  • ~ >
  • >
  • — ❃ it was//n't [ m y ] [email protected]!t

~LiaMiller

LiaMiller
Filha de Apolo
Nome: .:。✩*゚‘゚Alícia 灬 .:✩。*゚‘゚
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Arco-iris, São Paulo, Brasil
Aniversário: 15 de Novembro
Cadastro:

— ❃ it was//n't [ m y ] [email protected]!t


Postado



I'm in ̶l̶o̶v̶e̶ with the shape of you
We push and pull like a ̶m̶a̶g̶n̶e̶t̶ do
゚✽∴ [..]I'm in love with your b.o.d.y
Shape Of You by Ed Sheeran.

The kind of feeling you get when you know something ̶b̶a̶d̶ is about to happen .

゚✽∴ Nome Completo ゚∴✽
Dylan Noir Abraham.
Dylan é um nome de origem galesa que junta duas palavras do galês: dy, que significa "grande", e llanw, que quer dizer "fluxo", "correnteza" ou "maré". Significa "grande maré", "grande correnteza" ou "grande fluxo". Assim, estamos diante de um bonito nome que carrega consigo a simbologia da água, da qual se destacam a purificação e a força.

゚✽∴ Apelido ゚∴✽
Dyl || D || DNA || Dillie.
Dyl: O nome Dylan já é um nome curto, então poucas pessoas o intitulam pelo apelido. Se o usam, normalmente é Dyl, abreviação do seu nome.
D: Pronuncia-se ❝Dí❞. Batizado assim por alguns de seus amigos mais próximos.
DNA: A maneira mais fácil de irritar Dylan é chamá-lo por DNA. O apelido representa as iniciais do seu nome e sobrenome, mas pode ser facilmente confundido com as moléculas que contém as instruções genéticas. Foi apelidado assim como uma forma de zoação.
Dillie: Forma mais carinhosa de ser tratado. Frequentemente usado pelas suas peguetes quando querem sua atenção. O apelido normalmente vem acompanhado de uma voz manhosa.

゚✽∴ Idade que aparenta + Real idade + Data de Aniversário ゚∴✽
Dylan aparenta ter dezoito anos de idade, mas a sua real idade é de 125 anos. Quanto ao aniversário, a data correta é dia 12/11, pertencendo ao signo de Escorpião com ascendente em Leão. A sua transformação é datada dia 15/08.

゚✽∴ Orientação Sexual ゚∴✽

Dylan é pansexual, ou seja, gosta de todo mundo e não tem nenhum tipo de preconceito quando o assunto é se relacionar com outras pessoas. Ele gosta de heterossexuais, homossexuais, lésbicas e até mesmo todos os tipos de brinquedos e todas suas diferentes formas de brincar com eles. Mas possui uma pequena preferência por mulheres.

゚✽∴ Aparência ゚∴✽

[ ̶T̶h̶o̶m̶a̶s̶ ̶H̶a̶y̶e̶s̶]
Se você procurar ❝deus grego❞ no dicionário, certamente encontrará o nome Dylan Abraham como significado. Afrodite, a deusa da beleza, parece gostar muito do garoto, porque não haveria outro modo de tal criatura ser tão bela senão uma benção da deusa do amor. Os olhos possuem um tom amendoado intimidador, juntamente com as sobrancelhas bem feitas, finas e escuras, que dão ao garoto um ar ❝sexy❞. Dylan é dono de um olhar maduro, sério, capaz de fazer com que todos os olhares se voltem para ele. Dyl exala rebeldia e deixa qualquer um, menino ou menina, atraído. Possui um andar confiante e elegante, como se dissesse ❝sou bonito, e sei disso❞. O nariz é empinado, como se ele fosse um cavalo de raça pura. Além disso, as suas narinas são aquilinas, consideradas um pouco maior para o seu padrão. Possui um maxilar demarcado e queixo fino. A sua boca pode ser considerada fina, os lábios são macios e rosados. A sua pele é branca e rosada, sensível à presença dos raios solares. A derme é quase perfeita, não possui espinhas, mas tem algumas pintas e sardas quase imperceptíveis.


O apelido DNA faz jus à aparência de Dylan, pois a genética concedida ao garoto é maravilhosa. O seu porte físico não é considerado atlético, mas o corpo de Dyl é definido, principalmente no abdômen e nos braços. É alto, medindo 1,83 cm de altura e magro, pesando 76 kg, composto em sua maioria por massa magra e massa muscular. Possui poucos pelos espalhados pelo corpo, mais um ponto para os genes de seus pais. O destaque de seu rosto, com certeza, vai para o seu cabelo. As madeixas caem sobre o rosto do garoto, relativamente compridas, num tom castanho escuro. Acrescenta-se aqui o fato de que os seus fios são muito bem hidratados, brilhosos e macios. Uma de suas principais manias é ajeitá-los de um lado para o outro, nunca satisfeito com a posição de sua franja. Possui um cheiro característico que é uma mistura de perfume amadeirado e cigarro.



゚✽∴ Personalidade ゚∴✽
Dylan te passa aquele ar de ❝tô nem ai para o mundo❞, ele é desses que te fazem implorar a sua presença somente pela forma como faz tudo se tornar mais interessante. Se tem uma coisa que ele tem de sobra sem fazer nenhum esforço é a sensualidade, sabe como envolver qualquer um com todo um clima antes do finalmente. Tem um olhar enigmático, penetrante. O vampiro é uma mistura de encantação e mistério, é singular, cheio de surpresas. Ele é mais introvertido, um homem de poucas palavras, não é como se ele fosse a pessoa mais aberta do mundo. Porém, quando fala, sabe exatamente o que dizer.
O garoto segura o cigarro quase deixando escorrer entre os dedos e coloca sua boca em volta, soltando a fumaça e fazendo com que qualquer coisa simples vire arte, acompanhado de um charme tipo James Dean anos 50, de uma forma que você não consegue parar de observá-lo, esse simples ato te arrancam suspiros.
Ele é desses estilo rebelde sem causa que dificilmente você conseguirá evitar, te terá nas mãos quando der o seu famoso sorriso cafajeste toda vez que te olhar. Ele o faz tão rapidamente que, quando você se der conta, já estará entre os dentes dele. Aliás, ele é muito galanteador, possui bom papo e pegada. Com um sussurro aqui e um beijo no peito das mãos ali, Dyl fará você se apaixonar por ele. Só não sinta ciúmes dele, ou então você será só mais uma em sua extensa lista de ex-namoradas e peguetes. Como já deu para perceber, Dylan possui uma vida sexual mais do que ativa.
Dylan é um homem de atitudes quando se trata de paquera, decidido e determinado, mas prefere que tudo seja no seu tempo. Ele não segue regras, ele faz as regras. Tirar sua liberdade seria o pior de seus pesadelos. Ele gosta de viver solto, de aventurar-se, de viver no limite. Quer sensação melhor do que sentir a adrenalina em suas veias? O vampiro tem desejo por controle e poder.
Se você um dia chegar a ver Dylan batendo em alguém, saiba que a luta é séria. Ele não sai batendo em alguém a menos que tenha um bom motivo. Muito paciente, prefere ignorar a lutar. É também muito estrategista, calcula todos os seus passos e sabe o momento exato de dar o golpe, facilitando a captura de suas presas.


Ele é um tanto perfeccionista, fica ajustando o boné milimetricamente na cabeça, e depois pede para você analisar bem se não está torto. Dylan é vaidoso, pise no seu tênis sem querer e já se prepare para receber um olhar fuzilador.
Dylan é manipulador e raramente se apega a alguém. Ele acredita que amar é uma fraqueza. E, em hipótese alguma, o garoto será submisso. É um tanto orgulhoso e egocêntrico, então não arrisque mexer em suas coisas ou invadir a sua privacidade. Dyl pode ser bem venenoso quando quer. Quanto mais você provocá-lo ou irritá-lo, maior será a frequência de comentários sarcásticos e cínicos que o garoto soltará. Para ele, funciona assim: ❝ou soma ou some.❞ Pobre de seus inimigos, porque o garoto é um bom observador, gosta de observar tudo atentamente e fazer críticas, que podem se transformar em comentários maldosos.
O vampiro usa bastante do humor negro, que utiliza situações mórbidas, de politicamente incorretas, para extrair comicidade, ou que insere elementos mórbidos, macabros e/ou trágicos em situações cômicas. Por ter vivido mais de 100 anos, Dylan é praticamente uma Wikipédia ambulante. Porém, o garoto não faz uso de toda a sua inteligência na escola, principalmente em matemática.
Dylan é muito irrequieto, ansioso. Não consegue ficar parado em um lugar por muito tempo e se entedia com facilidade. Odeia ler, porque não consegue ficar sentando lendo um livro por muito tempo, logo lhe dá sono.
O moreno transmite um sentimento de proteção e confiança, coisa que um garoto do tipo santinho não transmite. As mulheres gostam disso, de um homem que as defenda e proteja. Porém não espere que ele ligue ou mande qualquer sinal de vida ou fumaça na manhã seguinte se ele não tiver olhado nos seus olhos e dito que gostou de verdade de você – ou que tenha denunciado isso pelo olhar e teve medo de contar. Amores friorentos não são para ele. Conviver com Dylan é conviver com uma intensa sensação de fogo e brasa. Boa sorte tentando derreter o iceberg que são os seus sentimentos.

゚✽∴ História ゚∴✽

Dylan é originalmente escocês, filho de uma administradora e um pintor. Os pais se conheceram em uma feira de artes onde o homem apresentava alguns de seus quadros e a atração foi instantânea. O homem convidou a mulher para diversos jantares e idas ao cinema e logo o sentimento de atração evoluiu para paixão.
Porém, vinda de uma família muito tradicional, a mulher foi proibida pelos pais de ver o homem, pois classificavam o seu emprego como emprego de gente vagabunda, que não quer nada com a vida. Mas como coração apaixonado não tem juízo, a mulher continuou, mesmo a contragosto dos pais, a ver o homem às escondidas.
No começo eram apenas beijos, mas depois avançaram e acabaram tendo relações sexuais. Foi em uma dessas saídas às escondidas que a mulher acabou ficando grávida de Dylan. Obviamente, os pais da garota começaram a desconfiar do tamanho da barriga da mulher conforme a gestação ia avançando.
Quando a mulher completou quatro meses de gestação ela não teve escapatória senão contar a verdade para a família. Horrorizados, a única solução que eles chegaram era a de que o homem e a mulher deveriam se casar, pois a regra era clara: engravidou tem que casar.
Os dois então juntaram os trapos e casaram-se em uma cerimônia bem simples, quando Dylan ainda tinha um mês de vida, recém-nascido. O evento foi organizado pelos pais da mulher, com menos de 50 convidados presentes, em uma pequena chácara fora da cidade.


O relacionamento dos pais de Dylan sempre foi muito conturbado, seja pela falta de dinheiro, pelas brigas de ciúmes ou pela falta de amor. Foi nesse ambiente que cresceu o pequeno Dillie. Ao contrário das outras crianças, que preferiam brincar com os amiguinhos no parquinho, Dyl sempre foi uma criança solitária. Vivia sempre na dele, alheio ao mundo ao seu redor e mergulhado no mundo da imaginação.
Durante o tempo que era pequeno, Dylan demorou dois anos para soltar as suas primeiras palavras, o que deixou os seus pais extremamente preocupados. A criança nunca deu problemas para o casal. Sempre fora muito educada e paciente e era raro vê-lo sendo agressivo, um exemplo de garoto. Aprendeu a ler e a escrever mais cedo do que as outras crianças e cresceu sendo um aluno excelente, dono das melhores notas da classe.
Quando o pequeno Dillie completou oito anos de idade, seus pais se separaram. As brigas dos seus pais já estavam avançando para o estágio da agressão, seria uma má influência terrível para o garoto conviver em um ambiente desse. A guarda permaneceu com a mãe e os dois se mudaram para Oslo, na Noruega. Foi a melhor escolha, afinal.
Com os hormônios à flor da pele, Dylan atingiu a adolescência. A criança quieta de repente se tornou um jovem rebelde, fã de Rock and Roll. Foi nessa época que D se envolveu com os alunos barra pesada, três anos mais velhos que ele. Experimentou o seu primeiro cigarro e bebeu a sua primeira bebida alcoólica, perdeu a virgindade e a partir daí não havia mais volta: Dylan havia se tornado o jovem sem futuro, causador de problemas.


A situação financeira da mãe de Dylan não era das melhores. Por isso, a mulher nunca teve a chance de voltar para a Escócia para visitar os pais. Dylan perdeu o contato com o pai e os avós, sendo a sua mãe o único familiar que o garoto possuía. O garoto rebelde deu muitas dores de cabeça para a mãe, mas mesmo assim a mulher não desistia de tentar consertá-lo. Se ao menos o garoto soubesse ter dado valor à mãe...
Aos dezesseis anos de idade, Dylan já frequentava festas da escola, no seu 1º colegial. Essa foi, sem dúvidas, a fase mais sombria de toda a sua vida. Envolveu-se com gente que não devia e não deu valor a quem deveria ter dado. O garoto se encontrava perdido no mundo do sexo, drogas e Rock and Roll.
Quando completou dezessete anos de idade, a sua mãe adquiriu câncer no pulmão. Já em estágio muito avançado, não havia nada a ser feito para parar a doença. Apenas remédios para aliviar as dores. Os dois tiveram que gastar todas as suas economias em remédios para a mulher. Quando Dylan percebeu que devia ter dado mais atenção, carinho e valor para a mãe, já era tarde demais. Ele havia perdido o seu único ente familiar e agora estava sozinho no mundo. Sem família, sem dinheiro e sem esperanças.
É ai que se inicia o seu período de depressão profunda. Dylan tentou procurar apoio nos amigos e nas festas, mas ainda continuava triste e sem muito ânimo para viver. É então que, em uma dessas festas, ele conhece Melanie, a garota que mudaria sua vida para sempre.


Melanie era uma jovem extremamente sedutora e Dylan foi apenas mais uma de suas marionetes. O garoto logo caiu de amores pela menina, encantado pela sua personalidade e aparência. Eles eram como o yin e o yang: um completava o outro - ou pelo menos era o que parecia. Foi nela que Dylan encontrou o apoio que precisava para se curar da depressão. Depois de seis meses e diversos pedidos de namoro negados, Melanie finalmente aceitou namorar com Dylan.
Nesse meio tempo, o garoto arrumou um emprego. Trabalhava como caixa em um supermercado. Não era muita coisa, mas era o suficiente para que ele continuasse pagando o aluguel da casa que a mãe havia deixado. Tudo para finalmente estar voltando nos eixos e o garoto finalmente parecia ter amadurecido, ganhado responsabilidades.
Deve ser dito aqui também a verdadeira identidade de Melanie. A garota era uma vampira. Mas não uma vampira qualquer: Melly era extremamente manipuladora e calculista. O sangue já não mais bombeava o seu coração e a garota adorava ver as suas vítimas agoniarem, implorarem pela sua preciosa vidinha. Quer sensação melhor que a de ver a cara de decepção e desespero quando o seu namorado descobrisse sua identidade?
E foi exatamente isso que aconteceu. Depois de mais de sete meses juntos, Melanie finalmente sugou o sangue de Dylan enquanto eles dormiam juntos. Dito e feito, Dylan havia virado um vampiro. Tudo o que o garoto se lembra foi que no dia seguinte, quando procurou por Melanie ao acordar, não encontrou mais nada da garota na casa, apenas uma bolsa de sangue no criado-mudo ao lado da cama.
Depois disso, o garoto mudou-se de país. E mudou de novo. Foi para a França, a Inglaterra e até mesmo a China. Vivia se mudando, sem nunca envelhecer. Ainda guarda muito rancor de Melanie por ter lhe condenado à eternidade e, se tivesse a oportunidade de reencontrá-la novamente, Dylan a mataria com as próprias mãos, sem dó nem piedade. Mas, já que estava condenado a viver para sempre, o melhor a se fazer era aproveitar a vida. E assim ele o fez.

゚✽∴ Estuda no colégio? ゚∴✽
Sim, Dylan está no 3º ano do Ensino Médio. O vampiro faz parte do grupinho dos populares, desejados e queridos (ou invejados) por todo o resto da escola. Não faz parte do grupo de atletismo porque não leva jeito para esportes, mas vários de seus amigos são jogadores. Onde há uma festa da escola, é lá que você vai encontrar Dyl, que já chegou até a organizar algumas festas ele mesmo. Talvez o motivo para tantas garotas estarem sempre aos seus pés seja pela sua popularidade.

゚✽∴ Par? ゚∴✽
Sim.

Dylan não é aquele tipo de garoto que você gostaria de apresentar para os seus pais, digamos que os seus relacionamentos costumam ser mais selvagens. Mas quem o conhece de verdade sabe que ele tem um bom coração e suas intenções não são as piores, ele é daquele tipo de garoto que fará de tudo para tirar um sorriso do par no seus piores dias. Tenta esconder o que sente por trás de uma frieza, mas se derrete se o par chegar com jeitinho e, quando quer, consegue fingir que não se importa e ao mesmo tempo se mostrar preocupado, tudo porque ele não quer e nem vai deixar óbvio para a garota o quanto está afim, afinal por mais que tenha paixão, ele quer ver até onde o par vai por ele. Ele não se entrega com facilidade e para conquistá-lo, você vai ter que rebolar.
Uma vez conquistado, Dylan vai ler a mente do par como uma carta, e quando ela sentir frio ele lhe dará a sua blusa sem pestanejar, porque é isso o que ele gosta de fazer. Dylan é um cavalheiro, puxa a cadeira pra a moça se sentar e irá dizer todos os dias e provar o quanto ela é especial para ele, o garoto será a causa da insônia do par todas as noites. Quando estiver junto dele, sua boca será um convite toda vez que sorrir e o par sempre aceitará.
Não esconde quando esta ciúmes, admite isso na cara do par, mas de uma forma tão sincera que você se apaixona. Ele é cara de pau, não mede palavras na hora de dar em cima da garota, chega trincando o maxilar e dando aquela lambida na boca, deixando a respiração tão perto da dela, que seu coração acelera e ela só desejará que ele beije sua boca e para deixá-la na vontade, ele lhe beija na bochecha, o prazer dele é de provocá-la.

゚✽∴ Medos/Fobias ゚∴✽
Filofobia: medo de apaixonar-se.
Atazagorafobia: medo de ser ignorado.
Coulrofobia: medo de palhaços.
Tanatofobia: medo da Morte.

゚✽∴ Estilo ゚∴✽
O estilo de Dylan tem uma pegada mais descontraída, despojada e esportiva. As peças de roupa não seguem um padrão, ele gosta de variar nas suas combinações. As cores que formam o seu visual são sóbrias, uma mistura de azul marinho, preto e branco, suas cores preferidas. As peças de roupa mais presentes no seu guarda-roupas são os moletons (sejam eles abertos ou fechados) e as blusas xadrezes e listradas para ocasiões que exigem uma roupa mais confortável, como ir à escola.


Peças mais elegantes como o terno serão dificilmente usadas por Dylan. Ao invés disso, prefere usar sua clássica jaqueta de couro preta. Outro item essencial no seu visual são os bonés e toucas, sendo os tons vermelho e cinza as cores predominantes. A calça jeans preta está sempre cobrindo as suas pernas, normalmente no modelo skinny. Você raramente o verá usando roupas de verão, como bermudas e camisetas cavadas, essas peças de roupa não fazem o seu estilo.



゚✽∴ Algo a mais? ゚∴✽
Dylan fuma. Não com muita frequência, mas fuma. Normalmente acontece quando ele está estressado.
Possui um Jeep Renegade preto. O carro é o seu maior xodó.

゚✽∴ Me dá o total direito de fazer o que quiser com ele? ゚∴✽
Sim, Dylan é todinho seu. Use e abuse.

゚✽∴ Está ciente de que seu personagem pode morrer a qualquer momento? ゚∴✽
Infelizmente sim.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...