~LiaGeorgiaAdams

LiaGeorgiaAdams
Go for it!
Nome: Lia Georgia Addams
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha p/ fic Mrs. Grunwald's Orphanage for Gifted Youngsters


Postado

Ficha p/ fic Mrs. Grunwald's Orphanage for Gifted Youngsters

"That's my gift"


△ Nome:
Emma Lauren Abbott

Emma = Significa “todo”, “universal”. A partir do germânico Emma, Imma, surgiu como um apelido dos nomes começados por Ermin, Irmin, Yrmin, como Ermintrude ou Irmingard, e significa “todo, universal”.
O nome surgiu na Inglaterra por volta do ano de 1002 através da rainha Emma da Normandia e tornou-se muito popular entre os normandos. Foi revivido no século XVIII devido ao poema “Henry e Emma” do poeta inglês Matthew Pior.

Lauren: Significa "a que vem de Laurento", "a que vem da terra dos loureiros". Laurento era o nome de uma cidade na Itália antiga. Por ser a terra dos loureiros, ou louros, o nome está associado a "vitória".




△ Apelido:
Senhorita Emma = pessoas que não são íntimas dela.
Emma = Amigos ou conhecidos no geral.
Em/ La = Amigos muito íntimos e família.


△ Idade:
17 Anos
23/12/1999 - Capricórnio


△ Nacionalidade:
Londres – Inglaterra


△ Aparência:



A genética com certeza está do lado de Emma, a moça possui muitas características de beleza herdados dos pais. Seus cabelos são castanhos médio como os de seu pai, que recebem um tom acobreado quando estão expostos ao sol, longos, ondulados e cortados mais ou menos na altura do busto, usados despretensiosamente bagunçados pela moça.



Assim como sua mãe, sua pele é extremamente pálida e seu rosto possui uma aparência frágil, seus olhos são de um tom de castanho esverdeado dando um ar enigmático ao olhar da garota que possui sobrancelhas marcantes e perfeitamente delineadas em seu rosto, sua boca é pequena e rosada destacadas em contraste com sua pele. Isso somada à sua personalidade misteriosa dão a ela um tom de sensualidade e mistério, como se fosse difícil tirar os olhos dela e a curiosidade em saber seus movimentos fosse muito grande.




Ela é pequena para sua idade, medindo apenas 1.65, seu corpo é magro, seus seios são considerados pequenos e seu bumbum médio, sendo considerados proporcionais ao seu corpo, sua barriga é chapada e seu peso varia entre 50 e 55 quilos.


△ Personalidade:

Se houvesse uma palavra para começar a descrever Emma, essa palavra seria misteriosa. Dificilmente sabe-se o que se passa por trás de seus tempestuosos e aparentemente cansados olhos castanhos. Nunca divide de si mais do que o necessário e conhecer seus sentimentos pode não ser uma tarefa fácil. A garota tem uma introspecção inerente, adquirida pelas experiências difíceis de sua vida. É introspectiva, porém não tímida, ela não tem dificuldade alguma de se expressar quando quer, e geralmente não participa de conversas mais superficiais por livre e espontânea vontade. Digamos que ela não é do tipo que gosta de “conversinhas” sem sentido, não que seja completamente alheia às pessoas à sua volta, por isso, às vezes ela não vê problema nenhum em discutir banalidades apenas para passar o tempo, mas quando a conversa é apenas julgamento sobre a vida de outras pessoas ela prefere ficar de fora e se for pra estar com pessoas rasas ela prefere ficar sozinha.



É muito independente e decidida, chega a ser um pouco teimosa às vezes, não desiste facilmente do que quer e sempre luta pra conseguir o que deseja, é também muito estudiosa e inteligente, pode ser bem persuasiva e esquiva quando quer e tem uma ótima lábia para convencer as pessoas, ela gosta muito de ler e aprender sobre culturas diferentes e se manter sempre informada. Ama literatura, poesia, enfim, ler é um de seus hobbies preferidos e é nos livros também que ela muitas vezes encontra inspiração para sua escrita. É auto-didata, está sempre tentando aprender uma língua diferente ou adquirir um conhecimento novo

Nunca foi uma criança que se envolve muito em brigas físicas e até hoje quase nunca deixa que alguém a irrite, sempre se defendeu com sarcasmo e inteligência quando precisava e ainda continua a fazê-lo, é muito sarcástica em algumas situações, por exemplo, se ela não gosta da pessoa e vencer uma discussão com ela não é uma tarefa fácil, também usa sarcasmo quando está com amigos como forma de brincadeira para provocá-los. Nunca deixa que a destratem ou “falem por ela”, mesmo sendo considerada uma pessoa “quieta” ela sempre se defende quando precisa, só briga fisicamente se estiver muito irritada e trata as pessoas como é tratada, não vê problemas em falar palavrão e até mostrar o dedo quando está em alguma discussão ou quando não gosta de uma pessoa, mas também consegue ser muito bem educada e polida quando quer. Não gosta de ser subestimada por sua aparência frágil, pois, não é do tipo “princesa esperando para ser salva”, ela gosta de se defender sozinha e quando está brava é uma adversária considerável.



Também é muito perfeccionista, e exige muito de si e fica bem pra baixo quando falha em realizar algo. Aliás, odeia bancar a emotiva ou fraca na frente das pessoas e sempre que pode deixa isso pra os momentos em que está sozinha. Por outro lado sempre tenta consolar alguém que goste quando a pessoa precisa.

À primeira vista quem não a conhece intimamente pode achá-la desinteressada, mas é apenas o jeito dela lidar com as coisas. Demonstra sempre uma aparência calma e até mesmo fria, mas um pouco disso provavelmente seja apenas sua “resting bitch face”, além disso, por dentro é uma boa pessoa, que se preocupa em ajudar quem precisa. Ela não é do tipo que ajuda as pessoas só pela atenção, está mais para o tipo de pessoa que faz isso sem o outro saber. Odeia ver injustiças, preconceitos e pessoas sendo maltratadas, digamos que esse é um dos poucos jeitos de fazê-la perder a calma. Também não gosta de tiranos e pra ela líderes injustos não merecem serem líderes.

É muito leal e protetora com pessoas que gosta, odeia traidores e muito provavelmente não voltaria a confiar em alguém que a traiu. Ao mesmo tempo é bastante orgulhosa e não gosta de ter que contar com alguém para fazer alguma coisa, aliás, faria tudo sozinha se pudesse e pedir favor pode ser bem difícil, principalmente se ela não conhece a pessoa direito, aliás, quando o faz fica com a sensação de que deve algo para a pessoa e precisa retribuir.

Caso alguém venha a conhecê-la intimamente perceberá que ela tem um lado mais solto e divertido, sempre tenta colocar quem gosta pra cima e é amiga para o que der e vier, gosta de ter conversas profundas sobre o sentido da vida, a dimensão do espaço em que vivemos e nossa comparação a ele e etc. Pode ser um pouco desconfiada, por isso, demora para começar a confiar em alguém e mostrar esse lado, mas assim que fica amiga de alguém esse lado vem à tona. Ela é uma garota de espírito livre, sempre tem ideias de coisas novas para fazer a aventuras para viver, quem está perto dela não corre o risco de se entediar nunca, por ter uma personalidade livre ela não gosta que tentem a "domar" ou tentem moldá-la em um certo padrão, ela odeia viver de um jeito que o seja o seu só para se encaixar em determinado lugar.



Por não ter tido uma vida em que tudo vem fácil, ela não tem uma visão colorida sobre a vida, ela é uma pessoa realista, pé no chão e um tanto quanto cética a certas coisas, não gosta de usar eufemismo para definir as situações em que encontra e diz que ser realista é o melhor modo de pensar para sair de uma situação difícil. Mesmo assim, ela respeita qualquer tipo de visão que alguém tenha sobre a vida, até o ponto que isso não fira ninguém.

Ela é extremamente observadora e estrategista, repara minuciosamente nas ações e personalidades das outras pessoas e às vezes só por diversão, principalmente por morar com pessoas com dons, ela quer ter certeza de como o dom das outras pessoas a afetaria antes de interagir com as mesmas e assim estar preparada para uma eventual situação. Tem uma mente muito ágil e sempre pensa racionalmente antes de tomar qualquer decisão, calculando sempre as consequências de suas ações. É o tipo de pessoa a quem você vai quando precisa de alguma informação ou precisa de ajuda para resolver algo difícil.


△ História:


Emma nasceu em uma noite fria de Londres no dia 23 de dezembro de 1999, seu nascimento foi calmo e sua chegada foi como um presente da natal para seus pais. A garota cresceu em um lar calmo e recebu toda atenção e carinho dos seus pais. Seu pai, Christopher era um escritor e amava contar estórias para a filha todos os dias antes de colocá-la para dormir, e sua mãe Lucile, uma musicista em ascensão passava horas com a filha ao piano ensinando-a a tocar.

A garota já nasceu com seu dom, mas o mesmo se manifestou primeiramente quando ela tinha 8 anos, estava brincando com uma peteca no quintal com os pais e de repente a peteca começou a flutuar, todos ficaram muito chocados, mas em momento algum seus pais pensaram em abandonar a filha, decidiram esconder de todos o que havia acontecido e conviver com o seu dom. Quando ela tinha dez anos seu dom começou a aumentar e aparecer em momentos inoportunos sem que ela pudesse controlar, um dia em uma discussão com uma criança na escola ela sem querer a empurrou sem tocá-la e acabou chamando a atenção de muita gente. Seus pais então decidiram mudá-la de escola e procurar por alguém que pudesse ajudá-los a entender e controlar o dom da filha, então em uma noite chuvosa eles saíram ao encontro dessa pessoa, mas enquanto estavam na estrada um caminhão veio em direção à eles e atingiu o carro matando os pais de Emma, tudo que ela consegue se lembrar é de ver uma luz vindo em direção à ela e depois estar flutuando sobre os destroços do carro, o choque ao ver a cena fez com que ela se descontrolasse e caísse perdendo a consciência.

Como não tinha parentes próximos ela foi mandada para um orfanato, mas não chegou a ficar muito tempo, pois foi adotado por Juliet, uma simpática senhora que costumava dar aulas de piano à sua mãe. Ela mostrou a Juliet seu dom e foi aceita sem problemas, as duas concordaram que Emma a partir de então seria educada em casa para evitar problemas futuros. As duas se davam muito bem e Juliet foi quem ajudou Emma a superar a morte dos pais. As duas passavam horas tocando piano e discutindo literatura. Dois anos se passaram sem problemas até que Juliet adoeceu e para piorar seus filhos descobriram o dom de Emma e não aceitaram que a garota continuasse com a mãe deles. Quando Juliet finalmente veio a morrer seus filhos praticamente enxotaram Emma para a rua e nem se preocuparam a levar a garota de volta ao orfanato, pois na opinião deles uma abominação como ela não merecia nem mesmo viver sobre a tutela do governo.

Depois disso tempos obscuros vieram para Emma, completamente furiosa por não poder nem ter ido ao funeral de Juliet, com medo por ter que viver nas ruas ela começou a usar seus poderes sem controle. Teve muita sorte e contou muito com sua inteligência e seus dons para conseguir viver um ano nas ruas, roubando para sobreviver, entrando em brigas com outros sem teto e torcendo toda noite para não ser assassinada ou morrer de frio, pensou várias vezes em voltar ao orfanato, mas sabia que seu dom agora era de conhecimento deles, que sofreria nas mãos das outras crianças e no auge de seu medo de criança desamparada tinha medo até de ser usada em algum tipo de experimento macabro. Até que finalmente em um entardecer frio a garota agora com treze anos foi parada na rua por uma mulher distinta que dizia conhecê-la, demorou um pouco para que ela desse atenção à mulher, pois tinha se tornado uma pessoa arredia e desconfiada, mas acabou mudando de ideia quando a mesma se apresentou como Mrs. Grunwald's e disse ser a pessoa com quem seus pais se encontrariam três anos atrás na noite do acidente. Ela disse estar procurando Emma desde então e a ofereceu um lugar no orfanato junto com outras crianças especiais como ela, Emma aceitou e está lá desde então.


△ Sexualidade:
Heterossexual

△ Dom: (detalhes na história)


Gravitocinese:

Capacidade de controlar campos gravitacionais: Com isso é possível tornar objetos/pessoas mais pesados ou mais leves, controlar a gravidade em volta dos mesmos e o controlá-los, como telecinesia. Pode controlar a gravidade ao redor de seu corpo, podendo alçar voo.
Criar um campo gravitacional em volta de um objeto servindo de escudo: Pode criar uma espécie de campo de força ao redor de si mesmo, objeto ou alguém, bloqueando a entrada de qualquer coisa, exige grande esforço.
Ao concentrar a força gravitacional em um único ponto é possível criar buracos negros. Os buracos negros tem tamanho e força variável, normalmente não afetando o usuário, a menos que ele queira.
É possível também tornar um objeto invisível ao dobrar os raios de luz em volta dele(claro, não tão perfeitamente como na luminocinese).

Não tem dificuldade em usufruir do seu dom e ativá-lo quando quer, aliás ela vive flutuando pelo quarto e usando poderes para trazer pequenos objetos para si, mas quando tem que realizar algo mais avançado como controlar objetos muito pesados (como carros, etc) ou fazer escudos por muitas horas sem parar ela fica exausta, pois suas energias são consumidas, podendo sangrar pelo nariz ou até desmaiar. Além disso, tem um pouco de medo de fazer algo grande e perder o controle, principalmente criação de buracos negros,pois a criação dos mesmos pode ser perigosa e é algo que ela prefere não fazer com muita frequência já que se não for fechado pode causar uma catástrofe.


△ Como ocorreu a morte da família:
Pai: Christopher James Abbott – Escritor – Morreu aos 35 anos

Mãe: Lucile Margot Abbott – Musicista – Morreu aos 32 anos

Morreram em um acidente de carro (detalhes na história).


△ Gostos:

Dias frios, nublados ou chuvosos: Gosta muito de frio, acha os dias nublados incrivelmente inspiradores e calmantes, assim como a chuva.
Aprender coisas novas, ler: Ela lê de tudo, mangás, romance policial, ficção científica, terror e etc. Está sempre grudada em algum livro e aprender coisas novas é uma das coisas que mais gosta de fazer, está sempre tentando aprender alguma língua nova.
Viajar, conhecer lugares novos: Viajar é uma das coisas que ela mais gosta, ama conhecer culturas e costumes diferentes da dela e gostaria muito de rodar o mundo viajando.
Assistir séries: Netflix é uma de suas paixões, ela ama ver séries e filmes, desde os mais conhecidos até os mais underground.
Animais: Gosta muito de animais, de todos os tipos, tanto que é vegetariana.


△ Desgostos:

Pessoas preconceituosas, machistas: Não gosta de pessoas que julgam pela aparência ou que se acham superiores às outras pessoas por elas serem diferentes. Odeia quando dizem que mulheres são obrigadas a “ficar na cozinha” ou quando a subestimam.
Pessoas mandonas, regras injustas: Aquele tipo de pessoa que acha que pode tomar conta de tudo e mandar em todo mundo para ela são bastante irritantes, odeia quando uma regra imposta é injusta e tenta mudá-la.
Crueldade: Fica maluca quando vê esse tipo de coisas, um bom jeito de irritá-la é fazer maldade com pessoas ou animais indefesos na frente dela.
Não gosta de ser obrigada a fazer alguma coisa, odeia ser chantageada: Uma das coisas que mais odeiam é quando se aproveitam de alguma situação para obrigá-la a fazer algo, e chantageá-la.
Não gosta muito de pessoas frescas demais e draminhas desnecessários: Acha patricinhas e meninas que estão sempre indefesas um pouco irritantes, não gosta de conversinhas bobas por coisas insignificantes.


△ O que é no Orfanato da Sra. Grunwald?

(X) Veterano, chegou aos treze anos. (detalhes na história).


△ Medos/Fobias:

Medo de machucar alguém com seus poderes. Medo de falhar em seus objetivos.
Claustrofobia.


△ Hobbies:
Fazer caminhadas, observar as estrelas: Gosta muito de fazer trilhas, acampar e observar as estrelas.

Fotografar: Ela ama fotografar, desde pessoas até edifícios, diz que a fotografia serve para imortalizar um momento que não queremos que passe. Anda sempre com uma câmera e ama pegar as pessoas desprevenidas quando tira uma foto.

Jogar jogos de tabuleiro:Ama jogos de tabuleiro, desde Monopoly até xadrez, sendo esse seu preferido.

Escrever: Gosta muito de escrever, e pensa em talvez futuramente se tornar escritora.

Música: Tudo relacionado a música, de ouvir música já que ela é bem eclética e ouve quase de tudo, seus gêneros preferidos são rock e indie, tanto que seu estilo de roupa é bem influenciado por esses estilos. Também gosta de tocar, já que ela toca piano desde muito nova e aprendeu a tocar violão depois que foi para o orfanato, e até gosta um pouco de ver pessoas tocando.
Às vezes se aventura em escrever algumas músicas e cantar, mas nunca mostrou a ninguém.


△ Estilo:


Casual:




Baile:



Guerra:




△ Par:
Sim. Basicamente age da mesma forma que age com os amigos (*vide abaixo), também é muito protetora e leal. Não é do tipo que fica se declarando toda hora ou fica de melação com o par, se ela gosta da pessoa ela geralmente demonstra mais com ações do que com palavras, não gosta de mal entendidos, acha que tudo tem que ser resolvido com diálogo e draminhas desnecessários para ela são irritantes, se ela vê que o par está agindo de um jeito estranho ela pergunta logo o que é, assim como, se ela tem algo para falar ela fala de uma vez ao invés de apenas “fazer bico” e dizer que não é nada. Prefere deixar os momentos mais “íntimos” para quando estão a sós, então dificilmente alguém veria os dois se pegando descaradamente em público. No geral, seria como dois ótimos amigos que também são namorados. Para ela o par precisa ser alguém confiável com quem é possível conversar sobre qualquer coisa sem ter receio ou vergonha.

△ Amigos e inimigos:
Amigos: É preciso ter ideais parecidos com o dela, nem precisa ser alguém com personalidade tão igual, por exemplo, pode ser alguém mais extrovertido e etc, mas que siga a mesma linha de ideais que ela.
Caso alguém consiga ultrapassar sua camada de desconfiança e introspecção e se torne um amigo, ela é muito protetora com os amigos, é do tipo de pessoa com quem os amigos podem sempre contar, se qual for a situação ela está lá para amparar os amigos e ouvir seus problemas, mesmo que não tenha nada a dizer, ela é do tipo que se precisar vai ficar apenas em silêncio ao lado da pessoa até a pessoa se sentir melhor. Aliás, não é mesmo muito boa com conselhos e prefere mais ouvir, geralmente diz “que as pessoas já tem a respostas pela qual estão buscando”. Não é condescendente, se acha que um amigo tomou alguma decisão errada ela vai falar, é muito leal e sempre busca o bem dos amigos. Geralmente usa sarcasmo para fazer brincadeiras e piadas com os amigos, mas sempre respeitando o limite de cada um, pois não gosta de brincadeiras que vão longe demais. Para ela amigos são pessoas com quem você pode dividir todos os aspectos da sua vida e ter certeza de que essa pessoa guardará seus segredos, por isso ela é muito leal e nunca contaria o segredo de alguém, mesmo que deixasse de ser amiga dessa pessoa.

Inimigos: É preciso alguém que tenha a personalidade muito diferente, que seja mesquinho, cruel e tirano. Não se importe nenhum pouco com outras pessoas, só visem benefício próprio, traidores e etc.
Por ter uma personalidade introspectiva ela não costuma fazer inimigos facilmente, pois não é bem o tipo de pessoa que chama atenção, ela fica mais na dela. Quando não gosta de alguém ela tenta apenas ficar o máximo possível longe dessa pessoa, em caso de discussões ela usa mais sarcasmo e inteligência e evita ao máximo brigar fisicamente, mas caso necessário ela não se deixa vencer facilmente.


△ O que o(a) deixa muito irritado(a)? /

Qualquer tipo de crueldade e injustiça, ela odiou esse tipo de coisa, também fica muito irritada com bullies, pois odeia ver pessoas tirando proveito dos mais fracos. Além disso, odeia ser chantageada ou algo do tipo ou quando se intrometem em sua via sem permissão, pois é uma pessoa reclusa e gosta de dividir informações no tempo dela.


△ Concorda com todos os termos e regras estabelecidos para a fanfic?

Sim



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...