~LiaGeorgiaAdams

LiaGeorgiaAdams
Go for it!
Nome: Lia Georgia Addams
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha para Fic: Bem vindos ao Mundo Real


Postado

Ficha para Fic: Bem vindos ao Mundo Real

Bem vindo ao mundo real Reiji Sakamaki



Nome completo:
Ayame Hayashi
Ayame = “flor de íris”


Apelidos:
Aya-chan ou Ayame-chan: Apelido dado pelas sua família e amigos próximos, ela gosta e não se incomoda.
Hayashi-san: É como as pessoas que não são íntimas dela a chamam, ela também não se incomoda.
Ayame: Usado por Reiji para falar com ela, já que o mesmo não vê necessidade de tratá-la formalmente já que para ele ela é inferior. No começo ela achou muita ousadia da parte dele, mas depois só para provocá-lo começou a chamá-lo apenas de Reiji também.


Idade:
18 anos

Data de Nascimento:
10/11/1997

Signo:
Escorpião

Ano/série:
3º ano do Ensino Médio

Personalidade:
É muito determinada e inteligente, persistência é seu sobrenome, ela sempre luta pra conseguir o que deseja, é também bastante estudiosa, sempre foi uma das melhores da sala, embora não seja do tipo que fica se gabando e participar do grêmio estudantil está fora de cogitação, pois diz que isso ia tomar muito tempo e ela não ia poder dormir e ver suas séries direito.

Ela gosta muito de ler e aprender sobre culturas diferentes e se manter sempre informada. Ama literatura, poesia, enfim, ler é um de seus hobbies preferidos e é nos livros também que ela muitas vezes encontra inspiração para suas fotografias.É introspectiva, porém não tímida, digamos que ela não é do tipo que gosta de “conversinhas” sem sentido, se for pra estar com pessoas rasas ela prefere ficar sozinha. É meio que uma mistura de tsundere e kuudere, mas fica em silêncio porque gosta e não porque é tímida.

É muito sarcástica em algumas situações, por exemplo, se ela não gosta da pessoa e também usa sarcasmo quando está com amigos como forma de brincadeira para provocá-los. Nunca deixa que a destratem ou falem por ela, mesmo sendo considerada uma pessoa “quieta” ela sempre se defende quando precisa. Quase nunca deixa que alguém a irrite, geralmente rebate provocações com sarcasmo, só briga fisicamente se estiver muito irritada e trata as pessoas como é tratada.

Também é muito perfeccionista, e exige muito de si, principalmente em relação à sua arte, para ela suas fotos precisam ficar perfeitas, e fica bem pra baixo quando falha em realizar algo. Aliás, odeia bancar a emotiva na frente das pessoas e sempre que pode deixa isso pra os momentos em que está sozinha. Por outro lado sempre tenta consolar alguém que goste quando precisa e para ela amigos e família são muito importantes.

Por esses motivos para quem não a conhece intimamente ela pode parecer desinteressada, mas é apenas o jeito dela meio estranho de ser. Demonstra sempre uma aparência calma e até mesmo fria, mas um pouco disso provavelmente seja apenas sua “resting bitch face” (que ela muitas vezes culpa por ter dificuldades em fazer amigos), além disso, por dentro é uma ótima pessoa, que se preocupa em ajudar quem precisa. Odeia ver injustiças, preconceitos e pessoas sendo maltratadas.

É muito leal com pessoas que ama, odeia traidores e muito provavelmente não voltaria a confiar em alguém que a traiu. Ao mesmo tempo é bastante orgulhosa e não gosta de ter que contar com alguém para fazer alguma coisa, aliás, faria tudo sozinha se pudesse e não gosta de pedir favor, mas quando o faz sempre vê a necessidade de retribuir a pessoa.

Quem a conhece intimamente sabe que ela tem um lado totalmente excêntrico (do tipo que conta os passos, tenta não pisar nos riscos da calçada e passa horas observando animais) nerd/geek e divertido, vive usando referências de séries e livros e fazendo piadas com esses temas, sempre tenta colocar quem gosta pra cima e seus amigos acham a cara e a risada de psicopata que ela faz quando está animada muito divertida (faz muito isso quando está falando de livros ou de comida).

Ela é extremamente observadora, repara minuciosamente nas ações e personalidades das outras pessoas e às vezes só por diversão. Tem uma mente muito ágil e sempre pensa racionalmente antes de tomar qualquer decisão. Ela pretende fazer faculdade de fotografia e está sempre com uma câmera.


Aparência:
Ayame tem pele clara, bochechas um pouco rosadas e enigmáticos olhos azuis ardósia. Seu cabelo é preto e liso, bem curto não chegando nem à altura dos ombros com uma franja um pouco repicada.

Ela mede apenas 1,60 e pesa 50 quilos, seus seios são pequenos, mas aparentes dependendo da roupa e seu bumbum é médio e proporcional para seu tamanho.


Personagem que você utilizou a aparência:
Keiko Sanjou - Inari, Konkon, Koi Iroha

Roupas:
Tem um estilo bem eclético, mas ela usa mais roupas em tons frios e escuros como preto, azul escuro e cinza, vermelho é sua cor favorita, mas ela não usa tanto. Quanto ao tipo de roupa, ela varia entre rockeira e nerd/ geek, usa bastante camiseta de estampa e de bandas que ela ouve, além disso, ama camisas xadrez, jaquetas jeans e de couro sintético e calças destroyed. Também gosta de tênis e coturnos e raramente coloca salto alto. Não gosta muito de vestidos rosinhas ou cheio de babados e em casa usa muito moletom.
Exemplo--->
http://i.imgur.com/y8B8exY.jpg

Gosta:
Dias frios, nublados ou chuvosos: Gosta muito de frio já que na opinião dela roupas de inverno são mais estilosas, gosta de tomar banho de chuva de vez em quando e tem um guarda-chuva preferido na cor vermelha.
Música: Tudo relacionado a música, de ouvir música já que ela é bem eclética e ouve de tudo, também gosta de tocar, já que ela toca piano e violão e de ver pessoas tocando.
Fazer caminhadas, observar as estrelas: Gosta muito de fazer trilhas, acampar e observar as estrelas, mesmo que seja de casa mesmo usando seu telescópio.
Aprender coisas novas, ler: Ela lê de tudo, mangás, romance policial, ficção científica, terror e etc. Está sempre grudada em algum livro e aprender coisas novas é uma das coisas que mais gosta de fazer, por isso ela fala três línguas.
Dormir: Ama dormir, principalmente nos finais de semana, acordá-la antes de meio dia num sábado para ela é uma afronta.
Viajar, conhecer lugares novos: Seja dentro do país ou fora, viajar é uma das coisas que ela mais gosta, ama conhecer culturas e costumes diferentes da dela.
Fotografar: Como pretende ser fotógrafa ela ama fotografar, desde pessoas até edifícios, anda sempre com uma câmera e ama pegar as pessoas desprevenidas quando tira uma foto.
Jogar jogos de tabuleiro: Ela não é muito de fazer exercícios físicos, mas ama jogos de tabuleiro, desde Monopoly até xadrez, sendo esse seu preferido.
Comer: Ama comer, come de tudo desde que não tenha carne já que a mesma é vegetariana, ama doces em geral, mas principalmente chocolate. Não é muito boa na cozinha e só faz o básico, mas ama tentar fazer combinações estranhas e procurar restaurantes vegetarianos, quando encontra algum já quer logo visitar.
Assistir séries: Netflix é uma de suas paixões, ela ama ver séries e filmes e ficar comentando com os amigos depois.
Animais: É do tipo que se pudesse tinha um zoológico em casa, sempre que vê algum animal perdido ela tenta encontrar o dono ou procurar por ONGs que cuidem de animais. Já chegou a passar horas debaixo de chuva tentando achar os donos de um cachorrinho perdido.


Não gosta:
Pessoas preconceituosas, machistas: Não gosta de pessoas que julgam pela aparência ou que se acham superiores às outras pessoas por elas serem diferentes. Odeia quando dizem que mulheres são obrigadas a “ficar na cozinha” ou quando a subestimam.
Pessoas mandonas, regras injustas: Aquele tipo de pessoa que acha que pode tomar conta de tudo e mandar em todo mundo para ela são bastante irritantes, odeia quando uma regra imposta é injusta e tenta mudá-la.
Crueldade: Fica maluca quando vê esse tipo de coisas, um bom jeito de irritá-la é fazer maldade com pessoas ou animais indefesos na frente dela, sente vontade esfolar pessoas que maltratam crianças ou idosos.
Não gosta de ser obrigada a fazer alguma coisa, odeia ser chantageada: Uma das coisas que mais odeiam é quando se aproveitam de alguma situação para obrigá-la a fazer algo, principalmente se envolver sua família.
Não gosta muito de pessoas frescas demais e draminhas desnecessários: Acha patricinhas e meninas que estão sempre indefesas um pouco irritantes, não gosta de conversinhas bobas por coisas insignificantes.
Exercícios físicos: Os únicos exercícios que faz são aulas de defesa corporal, mas odeia as aulas de educação física da escola e está sempre querendo fugir, se for natação então nem se fala.


Medos, traumas e fobias:
Tem medo de aranha: Não é do tipo paralizante, mas do tipo que sai correndo pedindo para alguém dar um jeito na aranha.
Claustrofobia: Passa muito mal quando fica em lugares apertados, fica com alta de ar e quase desmaia.
Trauma de piscina ou lugares aquáticos profundos: Quando tinha sete anos quase se afogou na piscina de casa, desde então ela só usa piscinas para crianças o que chega a ser motivo de riso, além disso, ela não foi capaz de aprender a nadar, pois, não entra em piscina ou mar de jeito nenhum.


História na família até conhecer os Sakamakis:
Sempre teve uma relação boa com seus pais e nunca foi do tipo que causa preocupações, a única coisa que seus pais podem reclamar é que ela é do tipo que pode ficar infurnada no quarto o dia todo vendo séries ou lendo e tirá-la de casa pode ser um problema, mas eles e as irmãs estão sempre subornando ela com comida. Ela ama as viagens que faz com seus pais e irmãs, adora quando vão para sua casa de praia mesmo odiando calor.

Mesmo os pais sendo ricos, ela não gasta o dinheiro deles assim à toa, geralmente pede dinheiro para viagens ou livros e pretende até sair de casa quando for fazer faculdade, o que deixa seus pais ultrajados, pois na opinião deles eles não trabalham tanto para a filha deles “morar sozinha por aí”.

Ela respeita os pais e sempre manter um diálogo aberto com os mesmos, principalmente em relação às regras deles, ela sempre tenta barganhar algo com diálogo e não é do tipo que faz birra para conseguir as coisas, às vezes tenta fazer tratos do tipo “eu vou aquela festa formal chata com vocês se eu puder chegar mais tarde em casa por uma semana” e coisas do tipo.


Música que Define você:

The Strokes - You Only Live Once -->https://www.youtube.com/watch?v=pT68FS3YbQ4

A Fine Frenzy - Come On, Come Out -->https://www.youtube.com/watch?v=JY52MfkLWNQ

Par:
Reiji Sakamaki

Relação com o par:
Extremamente conturbada no início, ela o achava super arrogante e não conseguia entender como um ser humano podia se achar tão superior, ela vivia o provocando por causa disso e não entendia quando ele dizia coisas como “vocês mortais...”, achava que ele tinha ficado maluco ou algo do tipo. Ele por sua vez odiava o fato dela se comparar a ele e dizer que no fundo todo ser humano é igual e odiava o fato de estar preso em um corpo humano desprezível, pois, do contrário ele a ensinaria uma lição.

Depois de algumas discussões e alfinetadas por causa das contradições de suas personalidades, eles foram obrigados a conviver já que tiveram que fazer um trabalho escolar juntos, mesmo sob protestos eles tiveram que aceitar e foi assim que eles começaram a se falar mais pacificamente. Foi aí que ela passou a realmente conhecer a personalidade dele e até gostar dele, tudo começou quando ela descobriu seu interesse por chá e xadrez, já que ela gosta das duas coisas e os dois passaram a jogar juntos, mesmo ela sendo muito boa ela sempre perde e se pergunta como é possível sem saber que na verdade ele tem séculos de vida.

A personalidade responsável e metódica dele também foi grande atrativo para ela já que a mesma também é assim. Depois de um tempo convivendo mais pacificamente e descobrindo interesses em comum ela acabou começando a gostar dele, mesmo que tentasse negar isso ao máximo, pois nunca tinha se apaixonado antes.

Aos olhos de Reiji, Ayame no início era apenas um ser humano insolente, um receptáculo de sangue extremamente rebelde e imprevisível, as suas provocações o tiravam do sério e ele muitas vezes desejou poder sugar seu sangue, mas com o tempo essa mesma personalidade decidida dela foi o que começou a lhe chamar a atenção e até mesmo excitá-lo, “como podia um simples mortal ser assim tão interessante?”.

Ela tem um espírito livre, que gosta de aproveitar a vida ao máximo e não gosta de regras muito estritas, já ele é completamente apegado à regras e perfeição, e isso no começo foi complicado, mas ela foi instigando o lado solto e aventureiro dele e ele acabou mudando com o tempo e passando a ser mais divertido (da maneira dele, é claro), tolerante com as outras pessoas e menos apegado a regras.

A personalidade perfeccionista dela e seus gostos em comum foram despertando o interesse no vampiro e quando ele menos percebeu já se importava com a garota, tentando involuntariamente protegê-la de qualquer perigo ou ameaça e até mesmo tinha gestos gentis para com ela, ele não quis admitir logo de cara, pois, na sua opinião era inadmissível gostar de um ser mortal, mas com o tempo acabou admitindo que estava apaixonado e queria ficar com ela.


Relação com suas irmãs:
Tem uma ótima relação com suas irmãs, ela é do tipo ouvinte e que está sempre presente quando elas precisam, seja para dar conselhos ou apenas ser uma companhia silenciosa. Odeia quando falam mal de suas irmãs e família em geral, ela não s importa que falem o que for dela, mas é muito protetora com sua família. Não é bem do tipo que concorda com todas as ações das irmãs, quando acha que alguma delas fez algo errado ela dá sua opinião e aconselha sem interferir nas escolhas das outras.

Relação com os outros vampiros:

Shu:
Ela gosta do interesse dele por música e sempre que ele não está dormindo pelos cantos eles conversam sobre isso, ela também acha interessante como ele consegue ser tão calmo e até preguiçoso, e dormir é algo que eles tem em comum.

Ayato:
Não se dão muito bem, a personalidade arrogante de Ayato é bem irritante para ela. Ela sempre tem a impressão de que ele está sempre planejando fazer algo ruim com alguém, mas conversa com ele quando necessário e tenta conhecê-lo melhor pois não gosta de julgar pela aparência, então quem sabe ela não esteja enganada.

Kanato:
Ela o acha um tanto quanto perturbador, não nega que tem um pouco de medo de sua personalidade um tanto psicótica e para ela o seu ursinho é bem bizarro. Também conversa com ele quando tem necessidade e mesmo assim se sente estranha ao fazer isso. Além disso, os aspectos “birrentos” da personalidade dele a incomodam um pouco, mas também tenta conhecê-lo melhor.

Laito:
Apenas conversa com ele quando necessário, acha seu jeito pervertido um tanto quanto estranho e abusado e quando descobriu pela irmã a relação que ele tinha com a mãe achou bem perturbadora, embora é claro não tenha dito nada e ficou curiosa para saber o que aconteceu exatamente no passado para causar tais atitudes no presente.

Subaru:
Se reconhece um pouco na parte silenciosa e que não se importa com as coisas da personalidade dele, mas por outro lado não é muito fã de seus acessos de raiva e mania de destruição. Conversa com ele normalmente quando o mesmo está calmo, mas passa longe quando está irritado.


Animal de estimação/ Objeto especial?:
Seu gato folgado chamado Inu, que adora dormir em cima de suas coisas.


Sabe que posso fazer o que eu quiser com sua personagem?:
Sim

Quer hentai?:
Sim

Algo a mais:
Gosta de sentir cheiro de livros e de chuva;
Calça 35 e é destra;
Seu número preferido é o 5;
Canta no chuveiro;
Seu tipo sanguíneo é O+;
Tem mania de falar sozinha quando está irritada;


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...