~lily_Santiago

lily_Santiago
Nome: Rainha do drama e das viadagi
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 11 de Março
Idade: 20
Cadastro:

Ficha - Criminal case


Postado

~ Murder ~



Você prefere narração em primeira pessoa ou em terceira pessoa? Terceira pessoa

•Nome completo: Alabaster Evan Moore

•Apelido: Embora deteste apelidos, os mais próximos o chamam de Baster.

•Idade: 20 anos, sendo seu aniversário dia 17/02

Personalidade influenciada pelo signo:

Os aquarianos têm uma personalidade forte e atraente. Há dois tipos de aquarianos: um é tímido, sensível, e paciente. O outro é exuberante, vivo, e pode chegar a esconder as profundezas de sua personalidade embaixo de um ar frívolo. Ambos os tipos de Aquário têm uma força de convicção e da verdade muito forte e são tão honestos que sabem mudar de opinião se aparecem provas que mostram o contrário do que pensavam antes. Os aquarianos são capazes de ver os dois lados de um argumento, o que os fazem um dos signos mais tolerantes e sem preconceitos de todo o zodíaco. Estão abertos à verdade e dispostos a aprender de todos.






 
 

O aquariano é humano, sincero, refinado e idealista. Sabe ser perseverante e expressar-se com razão, moderação e, às vezes, com humor. Quase todos os aquarianos são inteligentes, claros e lógicos. Muitos são imaginativos e psíquicos. Às vezes sentem a necessidade de retirar-se do mundo para meditar ou pensar. Negam-se a seguir a multidão.

Apesar da personalidade aberta dos aquarianos e de seu desejo de ajudar à humanidade, eles não costumam fazer amigos com facilidade. Não se entregam de alma tão rápido. Porém, uma vez que decidem que vale a pena amar alguém, se convertem em um amigo ou amante disposto a sacrificar tudo por seu companheiro e ser fiel durante a vida inteira. Mas às vezes vivem uma desilusão emocional, porque seus ideais pessoais lhes levam a exigir mais de seu companheiro do que deveriam. Quando um aquariano se sente enganado, sua fúria é terrível.

Pelo lado negativo, o aquariano é imprevisível e tende a contrariar. É pouco emocional e não compreende a complexidade emocional de algumas pessoas e a traição entre amigos.

•Detetive Aprendiz ou Sênior: aprendiz

•Aparência: Photoplayer: Evan Peters







Alabaster tem o cabelo encaracolado e na coloração castanho claro, quase loiro, olhos escuros, olheiras bem visíveis e marcantes e um físico perfeito, não sendo nem musculoso em excesso ou franzino, digamos que um balanceamento perfeito entre os dois. Seus 71 quilos, são perfeitamente divididos em 1,80 de altura.


•Personalidade:

Vamos ir direto ao ponto: Alabaster é um tremendo de um filho da mãe, sendo aquele que não espera que a pessoa foda com a sua vida, ele simplesmente vai lá e fode a vida da pessoa primeiro. É um garoto egoísta, mimado e traiçoeiro.

Um narcisista assumido. Alabaster passa horas se arrumando e quando encontra um espelho – ou algo que reflita sua imagem. - passa um longo tempo se admirando e ajeitando seus cachos perfeitos. Não que precise se preocupar com aparência, afinal já é bonito por natureza, mas tem a concepção de que estando impecável irá conseguir com maior facilidade seu objetivo.
Não preciso citar que é um conquistador nato, porém não sai por ai agarrando qualquer um, é um garoto bem seletivo e só leva para cama as pessoas mais belas que encontra.

Alabaster é inteligente (tendo um Q.I elevado e sendo esse o motivo de ter optado por trabalhar como detetive), mas não faz a mínima questão de estudar, afinal “Um deus”, como ele se intitula, não precisa fazer coisas tão frívolas como essas. Acaba não se interessando por nenhum assunto especifico, a menos que isso esteja diretamente ou indiretamente ligado a ele ou lhe traga alguma recompensa. Por isso, muitas vezes ignora abertamente as pessoas a sua volta.

Certo que existem pessoas bipolares, mas Alabaster quebra qualquer Record que exista. O garoto pode passar de calmo a irado em questão de segundos e ninguém nunca sabe quando ou porque ele irá explodir.

É ignorante com aqueles que o irritam – traduzindo: todos- e infantil quando não lhe dão o que deseja.

O dinheiro, o poder e a fama não significarão nada se o seu ego for ferido. Lembre-se: ele odeia ser ignorado e caso um inimigo se levante, ele só terá sossego quando o vir destruído.

Alabaster odeia - repito odeia- que o toquem sem permissão ou lhe façam caricias. Para ele, é como se fosse uma afronta que prontamente será revidada. Só aceita ser tocado por poucas pessoas, no caso seus amigos.

Usa suas habilidades sem se importar com controle ou consequências, por isso pode ser perigoso para todos à sua volta, e até para si mesmo, já que pode se autodestruir tentando se salvar.

Uma qualidade em sua personalidade? Alabaster nunca finge ser quem não é. Todos sabem que ele não passa de um filhinho de papai mimado e egocêntrico, e sempre se surpreendem ao ver que uma ou mais qualidades escondidas do loiro.

Se ele não for com a cara de uma pessoa, não vai fazer teatrinhos apenas para agrada-la, simplesmente vai dizer tudo o que pensa e despejar suas ofensas sem se importar com as consequências, entretanto se ele realmente gostar de alguém, não medirá esforços para proteger e ajudar.
Sobre as pessoas que ama: são raros, mas existem. Embora tente acabar com seus sentimentos, Alabaster precisa de afeto. Algumas pessoas conseguem entender o garoto e conseguem aceitar o jeito mal educado que ele trata o mundo. Com essas pessoas, Alabaster se torna gentil, mas também se torna ciumento, obsessivo e demasiado infantil.

Não é um garoto malvado de propósito... A verdade é que ele tem medo de se machucar por amor as outras pessoas, por isso fecha-se em uma casca de indiferença e busca arduamente se convencer de que a única coisa importante no mundo é ele mesmo. Acredita que a qualquer momento poderá ser traído. E traição é a única coisa que Alabaster não suportaria.

Aquele que tem paciência de ir a fundo na personalidade do loiro, encontrará uma criança carente que apenas busca carinho e compreensão. Alabaster apenas busca alguém que entenda que seus atos, muitas vezes julgados por maldosos, são apenas reflexo da sua criação conturbada.

Evan simboliza o poder, a paixão e audácia. Ele inspira admiração e ao mesmo tempo temor. De personalidade vivaz e impulsiva, o garoto adora ser o centro das atenções. Às vezes ele toma decisões precipitadas, mas isso se deve basicamente a sua natureza desconfiada e impaciente.




•História:

Alabaster é tipo aquele clichê ambulante, tendo talvez a historia mais comum de todos os detetives.

Cresceu em uma família rica e desestabilizada, sendo deixado desde criança a mercê do mundo e de seus ensinamentos. Filho de Victor Moore, um neurocirurgião renomado, e Mary Moore, uma advogada de causas grandes, o loiro foi criado com todos os mimos e paparicos possíveis, tendo todos os seus desejos realizados e pedidos executados em minutos. Sempre teve alguém que passasse as mãos em sua cabeça, por isso nunca se preocupou com limites ou com sentimentos dos outros.

Alabaster sempre teve tudo sim, exceto a coisa mais importante do mundo: amor. Seus pais não o criavam como um filho, mas sim como um protótipo de humano perfeito, que conquistaria o mundo com seu charme e fama. Era comum durante a infância o loiro ouvir palavras como “você tem que ser melhor que os outros”, “ essas regras não se aplicam a você” “ Te criei para ser especial”
.

•Gostos/Desgostos:

Gostos:

-Bebidas alcoólicas.

-Dias nublados. Todas as vezes que o céu está um cinza depressivo, Alabaster repete a mesma frase: “ Está um lindo dia lá fora.”

- Do barulho da chuva e do cheiro de "terra úmida" que se sente.

-Músicas clássicas, geralmente aquelas tocadas em pianos, por serem belas e tristes.

- Sua Família.

- Mesmo não demonstrando, o loiro ama carinhos e cafunés.


Desgostos:


- Pessoas que o contrariem.

- Ser deixado em segundo plano.

- Que alguém duvide de suas capacidades. Sério. Nunca. Nunca duvide de Alabaster, porque ela sempre vai se superar nas maldades.

- Doces. “Por que se tornar viciado em açúcar, quando se pode viciar em drogas e álcool? – Alabaster Lispector”.

-Bebês. Afinal, são seres escândalos, que choram alto e com cara de joelho.

- Pessoas que conversam cutucando.

- Desconhecidos que acreditam ter intimidade consigo.

•Hobbies:

- Praticar esportes nas horas vagas, sendo basquete e natação os seus preferidos.

•Manias:

- Quando concentrado, ele tem a mania de ficar mexendo em seus cachos.

•Medos/fobias:

- Anatidaefobia: é o medo de ser observado ou perseguido por patos.

- Alabaster tem medo de seus próprios sentimentos, não sabendo o que fazer quando fica muito assustado ou quando seu coração palpita mais forte devido a aproximação de uma pessoa especial. O seu primeiro impulso quando a insegurança bate e o desestabiliza? Fugir, é claro!

•Escolaridade:

Alabaster está no segundo ano da faculdade de artes visuais, tendo escolhido esse curso apenas para irritar os pais e chamar a atenção deles, porem acabou de apaixonando pela matéria.


•Orientação sexual: Bissexual

•Quer par? Já tem uma ideia de como pode ser o par? Se sim, como? Bom... Se não for pedir muito... O par do Alabaster poderia ser o Edmund? ( Isso se os dois forem aceitos, é claro)


•Relação com Logan:

Bom... Alabaster não gosta de Logan, sendo o primeiro que assinaria a lista de “O logan é o pior supervisor do mundo” .

Não teve nenhum motivo para odiá-lo, simplesmente colocou na cabeça que ele não prestava e pronto: Inimigos até que a morte os separe! Sempre arruma um jeito de alfineta-lo e tem como hobby procurar algum podre do rapaz.

Claro que o respeita, afinal ele é seu superior, mas pode ter certeza que quando Logan estiver falando Alabaster estará com uma cara de deboche no rosto e, assim que ele sair, a primeira coisa que fará é imita-lo.


•Relação com o par:

Relação do par feita juntamente com @CrazyInsanity

Alabaster nunca fora o melhor exemplo de príncipe perfeito para relacionamentos, pelo contrario, a sua lista de apelidos insultuosos é enorme. Conhecido por se deitar tanto com garotas quanto com garotos, o loiro tem a filosofia de nunca levar a mesma pessoa para cama mais de duas vezes.

Edmund nunca teve muita sorte no amor, talvez tivesse desistido mesmo depois de tantos rompimentos, tanto por desmarcar encontros por causa dos estudos ou ignorar chamadas. Ele já tentou uma vez ou outra tentar dar mais certo, mas simplesmente não conseguiu manter o namoro.

Foi Alabaster quem enxergou o oriental primeiro e o que era no inicio apenas chacotas e implicâncias, acabou se tornando amor da parte do loiro, afinal quem resistia a carinha fina e delicada de Edmund ?

E que de primeira impressão, simplesmente ignorava o loiro e não dava atenção as chacotas deste, Edmund acabou no fim prestando atenção no lado bom de Alabaster e vendo que ele não era tão ruim e mimado quanto parecia.

Custou muito para Alabaster finalmente admitir que gostada de Edmund. Foram meses de brigas e encrencas, onde o loiro não dava o braço a torcer, mas morria de ciúmes do oriental arruinando todo e qualquer pretendente que aparecia. Assim como Edmund se aborrecia com os relacionamentos de única noite de Alabaster, ignorando mais ainda o loiro quando aborrecido e ficando irritado com mais facilidade do que seria considerado normal para alguém calmo como ele. E secretamente, tentando negar que gostava de Alabaster na própria cabeça.

A calmaria de Edmund foi o que mais os aproximou, afinal Alabaster era a tempestade e precisava do temperamento do garoto para voltar a consciência e simplesmente não pirar, sendo apenas o cheiro do oriental o suficiente para o loiro sossegar.

E foi mais por descobrir o lado carente de Alabaster, que Edmund passou a tentar ser mais amigável com este, se confortando em descobrir um lado menos arrogante do loiro e observar seus, finalmente, sorrisos sinceros e sem arrogância ou malicia. Enquanto Edmund o acalmava, Alabaster quem conseguia enlouquecer o oriental aos poucos com um mero sorriso.

Claro que não são um casal comum, de modo que podem parecer fofos e inocentes na frente de todos, mas é entre quatro paredes que eles realmente liberam todo o amor que sentem um pelo outro, de modo que após uma noite de sexo tanto Edmund quanto Alabaster estão totalmente marcados e cheios de hematomas. Fazer o que? Eles gostam!

E apesar do relacionamento discreto ao publico e toda a contradição considerando as brigas e implicações do passado, Edmund o ama com sua vida mais do que poderia imaginar e não poderia ficar mais feliz quando Alabaster demonstra o mesmo amor sentido por ele. Um ótimo exemplo que a linha tênue entre o ódio e o amor pode tornar eles dois mais próximo do que o esperado.


•Relação com o chefe Andy:

Alabaster não odeia Andy, pelo contrario, ele até admira a inteligência do chefe, entretanto se recusa a dizer isso em voz alta. Ele sempre arruma uma maneira de deixar Andy com a famosa “cara de trouxa”, seja desrespeitando suas ordens, ou tentando ser o melhor em casos difíceis.

Por ser um garoto bem bipolar, a sua relação com Andy também não é uma das mais normais. Um dia Alabaster pode estar o respeitando e colaborando com o time, porem em outros, quando este está irritado, simplesmente nem aparece e faz de tudo para atrapalhar.


•Como age sob pressão:

Depende de que tipo de pressão será exercida sobre Alabaster. O loiro é ótimo em tomar decisões rápidas e certeiras, formular planos e discursos em segundos e sair de enrascadas improváveis, porem, quando o assunto se trata de pressão sentimental , o loiro absolutamente não sabe o que fazer.

Alabaster simplesmente entraria em pânico se tivesse que dizer um “ eu te amo” ou um “ quer casar comigo?” e ficaria desesperado e em prantos se a pessoas que ama estivesse em perigo.


•Vai comentar? Claro que vou! Filha... Estarei aqui te perturbando todos os capítulos!

•Favoritou? Sim

•Idéias ou sugestões? Cause o maior numero de tretas possíveis #paz

•Algo mais/Extras:

- Alabaster sabe dançar tango maravilhosamente.

- Ele é um dual- portador, podendo assim usar duas armas ao mesmo tempo.

--Ele é um ótimo estrategista e tem ótimos reflexos.

-Ele e estupidamente bonito. Sei que isso não se encaixa aqui, mas é que Alabaster sempre se gaba da sua beleza.

- Eloquência - Quando Alabaster fala, todos prestam atenção e param para refletir sobre o que escutaram. Ele pode conseguir te convencer a ir para a direita, sendo que você deseja ir para a esquerda.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...