~vallete

vallete
Mad Hatter
Nome: Valentina | Danny | Mrs. Maximoff | Carta de Baralho
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

✘ I don't know how to keep my mouth shut ✘


Postado



I am the {motherfucking} p.r.i.n.c.e.s.s
You still [L-O-V-E] me

I'll Be The Queen

Ɲσмє

Alecto Bryony Calanthe

Alecto significa Incessante, o que diz muito sobre sua personalidade.

Bryony significa "Planta que floresce", e é o nome de uma planta venenosa da família do pepino.

Calanthe significa "Linda flor", e originária porque a família Calanthe era, no início, uma família de Jardineiros. Porém, a bisavó de Alecto, Agafya, se casou com um homem da casta cinco, porém, quis manter o sobrenome. Com o tempo, o sobrenome do homem foi praticamente extinto das origens da família, deixando apenas o sobrenome Calanthe.

Aρєℓι∂σ

ABC | Alec | Bry | Brownie - Porque lembra seu nome do meio | Calanthe | Cally

ǀ∂α∂є

Dezenove anos | Três de Novembro

Aραяє̂ηcια





Taissa Farmiga

Alecto, apesar de bonita, não tem o tipo de aparência que chama a atenção. Ela é muito magra, não tem curvas muito aparentes, com seios e glúteos medianos. Sua pele é muito branca também, sendo que ela acaba queimada parecendo um camarão muito facilmente.
Seus cabelos loiros cor-de-mel batem um pouco abaixo de seus ombros, e são muito lisos naturalmente, com uma ligeira ondulação nas pontas, só ganhando algumas ondas verdadeiras quando ela faz escova ou algo do tipo, mas mesmo assim elas não duram muito. Também há algumas mechas que insistentemente caem em seus olhos, porém, ela as afasta de seus olhos com as mãos ou assoprando.
Seus olhos, dependendo da claridade do lugar, oscilam entre castanho escuro e castanho claro, mais puxado para o caramelo, e estão frequentemente cobertos por uma boa camada de lápis ou delineador preto. Suas sobrancelhas são bem finas e claras, mas sempre bem feitas.
Seus lábios são finos, e fora os seus sorrisos de canto característicos, ela não costuma sorrir verdadeiramente, como um sorriso de verdadeira felicidade. Porém, para quem os vê, são uma das coisas mais bonitas que já chegaram a presenciar.

Ɲαcισηαℓι∂α∂є

Grécia - Athenas



Ƈαѕтα

Casta cinco - Aspirante a cantora



Ƥєяѕσηαℓι∂α∂є



Se houvesse apenas uma palavra para definir Alecto, essa palavra seria Mistério. A garota é uma total incógnita. Louca e imprevisível, você nunca consegue saber qual é o próximo passo dela. Não vá pensando que a conhece, pois mesmo depois de muito tempo de convivência, você não vai saber nem a metade do que essa garota é.



Ela é completamente louca, muitas vezes sendo chamada de insana ou coisas do tipo. Uma grande prova da falta de sanidade da garota é a vez em que ela foi obrigada pela diretoria da sua escola a frequentar o psicólogo, e um mês depois o homem recebeu um atestado de que não poderia mais exercer a profissão por "Instabilidade Mental". Realmente, ela não um parafuso a menos, ela tem a caixa de ferramentas inteira. Mas, quando questionada sobre seu estado mental, ela não responde nada, deixa a pergunta no ar. Mas não fique fazendo suposições sobre o que ela pode (ou não) possuir, pois isso a irrita profundamente. E se ela soltar uma de suas tiradas sarcásticas, ou começar a dizer coisas sem sentido e palavras soltas, quanto mais você se mostrar confuso e/ou incomodado, ela vai fazer mais. Quando ela percebe que incomoda, aproveita isso.



Sarcasmo está presente em praticamente todas as frases dela. Uma das coisas que ela mais faz é retrucar com comentários sarcásticos e irônicos qualquer frase ou pergunta que ela considere idiota. A frase que mais usa quando quer dar uma alfinetada em alguém é “Eu ganho algum prêmio se fingir que me importo?”. Ela também gosta de alfinetar quem ela não gosta, e uma das coisas mais difíceis do mundo é vencer uma discussão com a loira, porque sua cabeça é uma fábrica de ótimos argumentos. E quando alguém diz que ela está indo longe demais e deve parar, ela responde "Não sou obrigada a nada". Ela ama questionar as pessoas, saber os detalhes, tudo sobre a vida delas, o porquê de elas estarem ali e fazerem o que fazem, porém, se questionada, normalmente ela responde com uma resposta bem vaga. Mas se tem uma coisa que ela não liga é a opinião dos outros. Quase nada é digno da preciosa atenção dela, sério. Se uma pessoa chegar e dizer "Preciso desabafar uma coisa com você" ela provavelmente vai responder "Não sou boa com conselhos, serve um comentário sarcástico?"



Ela fala o que quiser, dentro dos limites de respeito com a realeza e tal, afinal ela não é suicida, mas costuma zoar qualquer um, como a Duny do Girls in The House, pode se dizer que elas são quase gêmeas nesse quesito. Ela também é muito perceptiva, e por isso seus olhos sempre estão alerta, prestando atenção em cada movimento, quase como uma espécie de “sentido aranha”. Se alguém tropeça perto dela, Alecto percebe cedo o suficiente para conseguir segurar a pessoa, mas isso não quer dizer que ela queira ajudar. Na maioria das vezes, ela não move um músculo sequer, talvez até desvie para se certificar de que essa pessoa não caia em cima dela. Não é que ela seja uma pessoa ruim, ela só tem valores e pensamentos diferentes da maioria das pessoas da sua idade, aliás, das pessoas no geral. Quem a vê de primeira pensa que ela é apenas uma pessoa normal, mas se conviver um pouco com Alec vai saber que é não é bem assim.



Ela é do tipo que não tem papas na língua, fala o que tem vontade, doa a quem doer. Não se importa se a pessoa vai se magoar ou não. Sua sinceridade machuca. Ela é do tipo que se uma pessoa está horrível e pergunta a opinião dela, ela diz que está horrível sem pestanejar. Não para ser grossa, mas ela é sincera. Não é uma pessoa ruim, muito longe disso, apenas é o seu jeito de ser, com um pouquinho de grosseria não intencional. Às vezes, até mesmo ela se surpreende com a sua capacidade de ser grossa. Tem sempre uma resposta para tudo, seja lá o que você pergunte, e um ponto de vista formulado para qualquer questão. Ou é sim ou é não, ela não fica em cima do muro, toma sempre a decisão mais inteligente, e odeia pessoas indecisas. Ela perde a paciência muito facilmente, e os alvos mais comuns de seus acessos de raiva são os indecisos, que a irritam profundamente. Ela também é, como se diz, muito "sem vergonha", e nas palavras dela "só o que me falta é vergonha na cara". Ela tem a capacidade de dizer e perguntar coisas que outras pessoas não teriam coragem de perguntar, não se sente tímida, ela vai mesmo, não importa o que você diga. E não se acanha se tem a tenção voltada para ela. Uma placa enorme de luz neon escrito "Mc Donalds" em letras bem grandes chamam menos a atenção do que ela com seu jeito maluco e sem noção de ser. Não se espante se ela chegar em você e dizer "Nossa, você engordou?" ou até mesmo "Você nasceu burra assim mesmo ou fez algum curso?" porque é só o jeito dela. Só porque ela te zoa não quer dizer que não goste de você, pois ela zoa todo mundo, se bobear até os mortos.



Se as pessoas fossem chuva, ela seria um furacão. Tudo que ela sente e faz é com uma intensidade enorme, e leva uma vida em que tudo o que ela faz tem um porém, e por isso não tem arrependimentos. Seu humor varia muito, dependendo de como ela se sente, e por isso ela é muito inconstante, você nunca sabe realmente o que ela está sentindo. Ela não se deixa intimidar por nada nem por ninguém, e sempre procura encontrar uma forma de dar a volta por cima. Também é uma ótima estrategista e gosta de manter as coisas sob controle, e não reage muito bem quando as coisas saem do planejado. Ela é a mestra em fazer tiradas nos momentos mais inusitados, e mesmo que as pessoas se sintam incomodadas, ela não vai parar. O único tipo de piada que ela faz são as de humor negro. Outra coisa é uma feminista assumida, e quer lutar sempre pelos direitos das mulheres. Machismo é uma coisa que ela não admite, e é uma das poucas coisas que ela está disposta a falar muito. Não gosta de falar sobre ela mesma, e com esse seu jeitinho misterioso, pouquíssimas pessoas conseguem arrancar dela alguma informação, por menor que seja, sobre sua família ou sua vida



Apesar de parecer o tipo de pessoa que só liga para o próprio umbigo, ela é uma amiga extremamente leal, e se você é louco o suficiente para ser amigo dela, vai ganhar uma amizade para a vida toda. Se você ligar para ela às três da manhã dizendo "Hey, vamos assaltar uns bancos?" ela aceita. Também faz de tudo para proteger e garantir que aqueles de que gosta estejam bem, nem que isso custe sua própria vida. Não liga se vai ter que sacrificar alguma coisa para que seus amigos possam ficar bem novamente. E se um de seus amigos tem algum problema, ela vai até o inferno para conseguir resolver. Ela tem sentimentos, mais até do que muitas pessoas que conhece, a diferença é que elas aos enconde e os deixa guardados na parte mais profunda do seu ser. Ela não demonstra se está triste ou se sentindo sozinha porque não confia em ninguém o suficiente para isso, muito menos para demonstrar que está apaixonada ou algo do gênero.



Hιѕтσ́яια

Nascida em uma família pobre da casta cinco, Alecto foi a única tentativa bem-sucedida de um casal que tentava engravidar há muito tempo. Porém, como era uma gravidez de risco, Lakeisha, sua mãe, morreu no parto. Seu pai, Edan, não possuía condições de criar uma criança decentemente, mas mesmo assim quis criá-la. Porém, com o passar do tempo, seu desprezo por aquela menininha que havia sido a causa da morte de sua esposa apenas crescia, com ele chegando a bater nela sem motivo e a tratá-la praticamente como uma empregada da casa.



Com o tempo, a situação apenas piorava. Ao ponto que quanto mais ela crescia, mais ficava parecida com sua mãe, e por isso mais sofrimento causava em seu pai. Ele trabalhava praticamente o dia inteiro, e quando não estava trabalhando estava um um bar bebendo, então sabendo que não chegaria a lugar nenhum vivendo naquela casa, Alec fazia tudo por conta própria: Estudava, cozinhava, e também arrumou um trabalho de meio período backing vocal em um bar local, que foi quando ela descobriu sua verdadeira vocação: A música. Ela seria alguém, uma pessoa verdadeiramente importante, e iria mostrar ao mundo, inclusive a Edan, que todos estavam errados sobre ela. Alecto seria grandiosa.



O tempo passou e Aleto cresceu como a adolescente linda e inteligente que é. Agora, ela cantava em festas e outros lugares da cidade, estava juntando suas economias e quase conseguindo comprar uma casa só para ela. E foi quando ela viu o anúncio da seleção. Ela não soube explicar o motivo, mas no momento em que viu o príncipe Noah, sei coração disparou. Podia parecer uma ideia idiota, e as possibilidades de uma moça pobre como ela de conseguir vencer uma seleção eram quase mínimas, mas ela queria, e precisava. O sentimento que tinha por aquele rapaz, que parecia solitário e precisando de um abraço, era inexplicável. E ela não costuma desistir das coisas que se propõe a fazer.



Ƒαмίℓια


Bradley Cooper

Edan Calanthe | Pai | 46 Anos | Pintor
Se Alecto ganhar a seleção, a primeira coisa que vai fazer é não ver Edan nunca mais. Ela é extremamente ressentida pelo modo como ele sempre a tratou, e basicamente, o odeia. Atualmente os dois mal se falam, e pode crer, o ódio é mútuo.


Eva Green

Lakeisha Calanthe | Mãe | Falecida | Tinha 27 Anos | Era música
As duas não chegaram a se conhecer de verdade, porém, se elas se conhecessem, provavelmente iriam se amar muito, pois são muito parecidas.

Mαηιαѕ

Morder o nó dos dedos quando está nervosa | Resmungar quando está impaciente, estressada ou indignada | Se descontrolar e começar a falar muitos palavrões quando está extremamente irritada, quase ao ponto de chorar de raiva. Basicamente ela sai xingando Deus e o mundo de tudo que é nome | Fazer uma careta de tédio quando vê demonstrações de amor entre casais | Sair de lugares em que não se sente confortável (qualquer lugar com muito falatório ou muita gente) sem ser percebida. É um talento | Levar com ela sempre algum livro para os momentos de tédio ou de conversinhas femininas que não se interessa, como "Quantos gominhos tem o abdômen do príncipe", quando ficam falando quantos garotos já beijaram ou até discutindo qual vai ser a primeira a "pegar" o príncipe. Esse tipo de coisa a deixa com nojo, e faz ela se perguntar como essas garotas conseguem ser tão superficiais | Rabiscar desenhos de flores e coisas parecidas em páginas dos seus cadernos

Ƒσвιαѕ/ Mє∂σѕ/ Ƭяαυмαѕ

Ela tem claustrofobia por causa de um acidente na infância, em que ela acabou presa, literalmente, dentro de um caixão. Por esse motivo ela também gosta de manter distância de cemitérios | Ela também tem medo de falhar, não conseguir ser alguém na vida e ter que aturar seu pai abusivo sua vida inteira | Medo de ter todos os sentimentos expostos | Medo de nunca conseguir amar alguém de verdade

Qυαℓι∂α∂єѕ є Ɗєƒєιтσѕ

Qualidades - Enérgica | Desinibida | Sincera (Até demais) | Não liga para a opinião alheia | Perceptiva | Inteligente | Atenciosa | Boa Amiga | Engraçada | Intensa | Estrategista | Feminista | Leal | Topa qualquer coisa | Gentil | Corajosa | Está sempre disposta a se sacrificar pelo que acredita

Defeitos - Misteriosa | Imprevisível | Louca | Se irrita facilmente | Sarcástica | Gosta de Provocar | Rancorosa | Vingativa | Inconstante | Indomável | Inconsequente

Ɠσѕтσѕ є Ɗєѕgσѕтσѕ

Gostos - Mitologia Grega | Música | Rock | Chocolate | Cantar | Tocar | Ler | Bibliotecas (Seu principal esconderijo quando não quer ser obrigada a conviver com um monte de pessoas) | Noite | Frio | Magia | Lua e Estrelas |
Lírios Brancos (Suas Flores Preferidas) | Deitar na grama e observar as estrelas | Pássaros, porque eles podem voar para longe quando as coisas ficam ruins | Nadar | Guerras de bexigas d'água | Harry Potter | Estudar

Desgostos - Inveja | Injustiça | Discriminação | Pessoas que tiram vantagem por ter dinheiro | Falta de sendo de humor | Pessoa Preconceituosas | Machistas | Ser subestimada | Chá | Cor de Rosa | Filas

Hσввιєѕ

Ler | Escrever Músicas | Cantar | Tocar | Fazer artesanato (O que é inusitado, mas é verdade)

Ƭαℓєηтσ

Pode se dizer que ela é um prodígio quando o assunto é música. Apesar de não saber, ela é super dotada, e uma das coisas em que isso ajudou foi a ela saber se virar desde pequena. Ela aprendeu a tocar vários instrumentos e a cantar sem desafinar, e isso faz com que ela se destaque nesse meio. Tudo o que falta é alguém a descobrir pra valer, pois nem mesmo ela sabe de todo o talento que tem. Alguns dizem que, quando ela canta, o ambiente fica mais leve e calmo, e até os passarinhos param pra ouvir o canto dela. Toda a delicadeza que ela não tem se mostra em sua música.



Ƥяίηcιρє, cσяσα συ συтяσ?

Príncipe, definitivamente. Mesmo que não seja selecionada, Alecto pode ser o que Noah precisar: Uma amiga, uma confidente, uma irmã...

Ƥяίηcιρє єѕcσℓнι∂σ

Noah <3


Rєℓαçα̃σ cσм

∴ Rєιѕ
Claro que ela não ia chegar lá falando "E aí, cambada?". Tudo tem o seu limite. Mas, para falar a verdade, o rei Stephan faz ela sentir uma coisa que, fora o seu pai, ninguém fez ela sentir na vida: Insegurança. Claro que ter um pai controlador não é a mesma coisa que ter um pai que bate em você, mas o rei, apesar de tudo, a lembra muito seu pai e mais ainda faz com que ela deseje proteger Noah. Talvez Stephan até seja bem intencionado e esteja tentando proteger Noah quando o impede de várias coisas que gosta, mas não percebe que isso só machuca seu filho mais do que deveria. E mais do que tudo, ela quer fazê-lo perceber isso. e Com os outros reis, bom, não fede nem cheira. Ela pensa que esse tipo de gente é super mesquinha e arrogante, e prefere manter distância.

∴ Rαιηнαѕ
Sente mais simpatia pelas rainhas do que pelos reis, isso é um fato, mas acha que não sabe conviver com essas mulheres chiques sem acabar falando alguma besteira, por isso, na presença delas, prefere ficar calada a não ser que falem com ela.

∴ Ƥяίηcιρє єѕcσℓнι∂σ

Eles terão uma relação que vai muito além da atração física ou algo do tipo. Eles estão interligados, de alguma forma. Como almas gêmeas, eles nasceram para se encontrar. E esse laço existe entre os dois por algum motivo inexplicável, a única coisa que se sabe é que ele é muito forte. Alecto não vai deixar nada nem ninguém machucá-lo.



Alecto não chegaria a tentar falar com ele na frente de todo mundo, porém, se o encontrasse em um lugar mais tranquilo, como a biblioteca ou o jardim, iria tentar iniciar uma conversa amigável e tentar estabelecer uma relação com Noah. Ao mesmo tempo que os dois são muito diferentes, ela é desinibida e animada a um ponto que faz ele se sentir mais livre, sem toda a pressão de ser filho único e ter que conviver com um pai controlador. É como se ela o fizesse se sentir livre para ser quem ele realmente é. E ele faz ela se sentir segura. Longe de todas as suas frustrações e amarguras que quer deixar pra trás. Seguindo uma vida sem arrependimentos de cabeça erguida.



Por mais que os dois tenham personalidades completamente diferentes e sejam de mundos completamente diferentes, eles se completam. Afinal, quem diria? Uma garota da casta 5 do país mais pobre do G6 e o príncipe do país mais rico do G6. Porém, Noah é o porto seguro de Alecto, e a única pessoa com que ela se sente realmente bem. E ela faria qualquer coisa por ele. Desistiria de um possível futuro com ele, e até mesmo arriscaria sua própria vida. Porque ele é seu melhor amigo, e a única pessoa na terra em que ela confia. Então se ela tiver que perder sua vida pra proteger a única pessoa que já amou na face da terra, que seja. Se você ama uma pessoa nunca deve machucá-la.



∴ Oυтяσѕ ρяίηcιρєѕ

Markus - Pode se dizer que ela não crê muito no jeitinho de bom moço dele. Por ser uma pessoa muito observadora, só com os gestos e olhares de uma pessoa ela já consegue saber que ela está mentindo. Mas se vê-lo fazendo alguma coisa que não deve, vai acobertá-lo. Se identifica um pouco com ele e pode ajudá-lo se as coisas ficarem ruins.

Bernard - Ela gosta do jeitinho fofo dele, apesar de achar que o rapaz deveria ser um pouco mais sem vergonha, já que ele é muito tímido. E tem certeza que pode ajudar ele nessa questão, apesar de ele achar que, como a maioria dos planos malucos de Alec, isso pode dar merda.

Tomás e Christopher - Alecto gosta do jeito animado dos rapazes já que eles são bem parecido com ela nesse quesito, e por isso é bem provável que eles sejam os melhores amigos dela no lugar, já que muito provavelmente ela não vai conseguir fazer amizade com as garotinhas fúteis e apaixonadas que são as outras selecionadas. Os três seriam aqueles melhores amigos idiotas que ficariam o dia inteiro contando piadas idiotas e rindo de coisas sem sentido. Ela será do tipo que, se ver que os dois vão aprontar alguma, vai fazer questão de ir junto e ninguém vai poder impedí-la, nem que ela vá só pra assistir a confusão e comer pipoca. Também vai encobrí-los caso algo dê errado.

Richard - Pode se dizer que Alec não curte muito príncipes encantados, então talvez no começo ela não se dê muito bem com ele, porém, com o passar do tempo, vai admirá-lo muito por seu jeito gentil com seu povo e engraçado, principalmente. Uma das coisas que ela mais valoriza nas pessoas é o bom humor.

∴ Ɠυαя∂αѕ

Gosta de brincar com eles e fazer piadinhas, e ás vezes até dizer coisas como "Nossa, como você está elegante hoje? Cortou o cabelo ou foi a cabeça que cresceu?". Ela faria uma piadinha idiota até com a própria sombra, e com eles não seria diferente, mas tudo na base da amizade.

∴ Oυтяαѕ cαη∂ι∂αтαѕ

Aí a coisa complica. Como as selecionadas são compostas basicamente de meninas idiotas e/ou fúteis e burras, não sabe se conseguirá fazer amizade com alguma. Mas se encontrar alguém que valha a pena, vai fazer questão de constituir uma amizade. Porém, ela vive na base do "Se me atacar, eu vou atacar". Se alguém a provocar, ela vai revisar três vezes pior. Não queira criar uma inimizade com ela, você pode se arrepender.

∴ Jσяηαℓιѕтαѕ

Não gosta do como como os jornalistas tentam vasculhar cada mínimo detalhe de sua vida, e não revelará as coisas que passou em casa nem sob tortura. Mas como é uma boa estrategista, colocará uma máscara de doçura e boa moça em seu rosto para conquistar tanto eles quanto o povo. Não ao ponto de ser falsa, mas será menos grossa e maluca, porém sem perder o senso de humor.

Ƈяια∂αѕ


Cobie Smulders

Margot | 34 Anos | Cuida dos horários e distribui as tarefas
Margot é a mais velha, e por isso a mais responsável. Ela tem mania de organização e detesta atrasos. É a mãe que Alecto nunca teve a oportunidade de ter, e as duas se dão muito bem, apesar de Margot ser meio severa às vezes.


Julia Johansen

Elizabeth | 18 Anos | Cuida do Visual
Lizzie, como gosta de ser chamada, é divertida, animada e um pouco fofoqueira, digamos assim. Ela sabe praticamente todas as coisas que acontecem naquele castelo, e faz questão de passar para Alecto quem ela deve (ou não) confiar. Por terem praticamente a mesma idade, as duas se dão muito bem, e conversam o tempo todo. São como irmãs.

O qυє αcнα ∂α Sєℓєçα̃σ?

Uma oportunidade de uma mudança de vida para garotas como ela, porém, injusto com os príncipes. Forçar pessoas a se casarem é uma coisa completamente cruel.

Ƈσмσ яєαgιяια α υм αтαqυє яєвєℓ∂є?

Ela seria aquela pessoa que quer que todo mundo não entre em pânico e vai tentar pensar em um plano. Todos vão estar perdendo suas cabeças de medo enquanto ela vai estar tipo "Calem a boca! Não falem! Não se movam! Não respirem! Eu estou tentando pensar!". Ela iria tentar arrastar o maior número de pessoas possível pra um lugar seguro, e ia tentar tentar ajudar, mesmo que tentassem impedí-la, ela ia dar um jeito.

Ƥяєנυ∂ιcαяια αℓgυмα συтяα ѕєℓєcισηα∂α ραяα ѕєυ вєηєƒίcισ?

Nunca. Ela não desceria tão baixo pra conseguir o que quer, vai contra os seus princípios.

Sυα ρєяѕσηαgєм נά ηαмσяσυ αηтєѕ? Ɛ́ νιяgєм?

Nunca namorou, e com certeza ainda é virgem. E não quer perder tão cedo, prefere que seja com alguém que ela realmente goste.


Ɓєвє cσιѕαѕ αℓcσσ́ℓιcαѕ? Sє ѕιм, αρєηαѕ ѕσcιαℓмєηтє? Aσ ρσηтσ ∂є ƒιcαя вє̂вα∂α?

Não. O cheiro e o gosto do álcool dão nojo a ela. Por isso ela prefere ficar só no refri, mesmo.

Ɗυαѕ мύѕιcαѕ qυє ∂єƒιηєм α яєℓαçα̃σ cσм σ ραя

Wherever I Go - OneRepublic

Troublemaker - Olly Murs

Rock n Roll - Avril Lavigne

Oвנєтσ єѕρєcιαℓ?

Um filtro dos sonhos:


Ela estava revirando as coisas de sua mãe quando tinha dez anos e achou um filtro dos sonhos se desfazendo. Por causa disso ela resolveu ela mesma aprender a fazer essas coisas. Hoje em dia ela consegue fazer muitas coisas, inclusive suas próprias roupas, e felizmente conseguiu reproduzir o filtro dos sonhos de sua mãe, que é o seu objeto especial. Também o levou para a seleção, e o pendurou ao lado de sua cama. É um objeto especial demais para deixar em casa.

Rσυραѕ

Cores escuras, preto e vinho predominam em seus visuais, sempre tendo um toque anos 90 tremendo. Também gosta de misturar chapéis e acessórios grunge aos seus visuais, e ela não dispensa gargantilhas nunca. Suas mãos sempre têm vários anéis, de vários tipos e tamanhos diferentes.





Aℓgσ α мαιѕ?

Alecto é demissexual, o que explica o motivo de ela nunca ter namorado na vida. Quando as pessoas conversam sobre "sexo casual", "relacionamentos de uma noite" e "ficar", ela se sente desconfortável e até enojada. Ela também nunca beijou pelo simples fato de não ser obrigada, mesmo.

Alecto, como qualquer pessoa, também tem suas crenças. Ela é espírita desde que passou a frequentar um centro no lugar onde morava, e não sabe, mas ela é médium, e já conversou com vários espíritos pensando que eram pessoas comuns. Como a ligação que tem com Noah é muito forte, ela acredita que isso já vem de outras vidas. Alguma coisa aconteceu com um dos dois, provavelmente um dos dois morreu por causa do outro, que fez com que os dois tenham isso. Não sabe como o príncipe se sente sobre ela, mas de uma coisa ela sabe: Há alguma coisa muito estranha nessa história, e ela vai descobrir. Futuramente, quando descobrir sobre o seu dom, isso vai a ajudar muito.






Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...