~vallete

vallete
Mad Hatter
Nome: Valentina | Danny | Mrs. Maximoff | Carta de Baralho
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Destinos


Postado

Destinos

I'm nuts, baby, I'm mad
Craziest friend that you've ever had
You think I'm psycho, you think I'm gone
Tell the psychiatrist something is wrong


∴Nome Completo:
Effy Margareth Barnes

∴Apelido:
Nenhum, porque o nome dela já é um apelido.

∴Idade:
17

∴Data de aniversário:
31/10

∴Preferência de Príncipe:
Peter

∴Aparência:
Effy tem cabelos loiros bem claros que lhe batem um pouco abaixo dos ombros, e estão constantemente bagunçados. Olhos verdes azulados, que costumam dizer que parece o mar, porém, quando ela está nervosa, eles lembram muito uma tempestade marítima, ou um tsunami. Como ela nunca foi de comer muito é muito magra, e bem alta. Mas não porque ela tem alguma doença ou coisa parecida, é só porque ela não está acostumada mesmo. A quantidade de comida que come muitas vezes é criticada por seus amigos, porque de acordo com eles, é “Comida para passarinho”. Ela não liga muito para a aparência, então ela só dá uma leve arrumadinha no cabelo, por isso eles sempre estão bagunçados, e por causa disso costuma receber vários olhares de desprezo de outras selecionadas, mas ela não liga. Sabe que não pode agradar à todos e prefere continuar sendo ela mesma.








∴Nome de quem representa:
Rachel Hurd-Wood

∴Casta:
5

∴Profissão:
Cantora, e toca qualquer instrumento que você der para ela.


∴Província:
Allens

∴História:
Effy nunca foi, exatamente, uma pessoa comum. Apesar de brincar e se divertir como qualquer criança, quando era pequena ela era considerada estranha por ser diferente da maioria das crianças, mas o que realmente mudou sua vida foi um acontecimento, digamos, incomum. Quando ela tinha doze anos de idade, uma pequena visita da família real aconteceu em sua cidade. O Príncipe Peter, que estava distraído, conseguiu se afastar sem querer de sua família e foi brincar por perto de onde morava Effy, porém, acabou caindo de um lugar alto e fez um machucado muito feio no pé. Assim que o viu, a garota instantaneamente foi ajudá-lo, e como era boa com primeiros socorros, o curativo ficou muito bom, mas como ele estava cheio de arranhões e ela não ligava muito para a família real, não o reconheceu, e Peter também não falou nada sobre quem era. Os dois brincaram e conversaram por bastante tempo, mas quando descobriu que seus pais estavam o procurando, Peter aproveitou que a garota estava distraída e foi embora, porque não era bom com despedidas, e não queria vê-la sofrer. Por muito tempo a garota afirmou que havia encontrado um garoto loiro, e vivia falando dele, mas ninguém acreditava. Com o tempo acabou pensando que havia sido apenas um sonho, uma coisa sem importância. Não que ela não acreditasse em magia, mas ela tinha outras prioridades, como ajudar seus pais. Apesar de sua família não ser extremamente pobre, eles nunca tiveram muito dinheiro, e com quinze anos começou a trabalhar. Ela se apresentava em festas, jantares, praças e eventos, e com o tempo ganhou certa fama na região, quase todos a conheciam, mas a Seleção veio como uma forma de ajudar a sua família. Obviamente que eles não vão se reconhecer, depois de tanto tempo eles mudou bastante, mas assim que se encararem e olharem um nos olhos do outro, vão se reconhecer. Porque os olhos são a única coisa que não mudaram nos dois. Esses olhos cheios de juventude de duas pessoas que só cresceram por fora, porque por dentro, eles continuam os mesmos. Peter ainda tem a cicatriz no pé do acidente, é a única coisa que o faz lembrar de que aquele dia não foi um sonho. No entanto, ela tenta até hoje esquecer aquele dia, sem sucesso, porque seus pensamentos e seus sonhos continuam sendo visitados por aquele garoto loiro.








∴Personalidade:
Ela é uma garota que vive no mundo da lua. Está sempre sonhando e imaginando coisas que, mesmo sabendo que são impossíveis, gostaria muito que fossem reais, como sereias, fadas (sua maior paixão), bruxas e outras coisas mais. É uma garota com uma imaginação incrível, e um raciocínio muito rápido. Ela é muito inteligente, uma excelente estrategista e consegue formular qualquer resposta ou plano rapidamente. Apesar de seu rosto doce e de conseguir chamar a atenção de qualquer um à sua volta, o temperamento da loira não é dos mais fáceis, e qualquer um que a conheça bem sabe que ela é uma pessoa difícil. Ela se irrita muito facilmente, e com a mesma facilidade muda de humor. A loucura é a coisa que mais se destaca em sua personalidade, e ela se consideram sempre uma “garota diferente”, porque se recusa a seguir os padrões impostos pela sociedade, Effy prefere ser ela mesma. Uma coisa que se destaca muito nela é seu amor pela infância, mesmo com todo mundo dizendo que ela deveria ser mais madura e crescer, ela se recusa a abandonar a sua criança interior.
Ela é muito sarcástica, pelo simples fato de que considera seus sonhos e sua imaginação mais importantes do que as banalidades costumeiras que a maioria das garotas considera importantes, como garotos, roupas e maquiagem, então ela retruca com comentários sarcásticos e irônicos qualquer frase ou pergunta que ela considere idiota. A frase que mais usa quando quer dar uma alfinetada em alguém é “Eu ganho algum prêmio se fingir que me importo?”. Nunca desiste de nada nem vai pela opinião de outras pessoas, ela gosta de experimentar e tirar suas próprias conclusões, ela é muito teimosa, e quando coloca alguma coisa na cabeça, ninguém consegue tirá-la. Ela nunca parece estar prestando atenção em nada, parece estar sempre no mundo da lua, mas isso não é verdade. Ela consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo, e mesmo que ela não pareça estar prestando atenção, ela está. Porém, quando ela não gosta do assunto, eu acha a conversa entediante, ela simplesmente não presta atenção, e não esconde o seu desinteresse.
Com a maioria das pessoas, ela é uma garota muito doce, ela apenas dá respostas mal-educadas para as pessoas que não gosta. E quando ela fica nervosa, saia de perto, porque ela pode ser mais destrutiva que um dragão. Sua mais paixão, depois da música, são os livros. Ela é completamente apaixonada pela literatura e está sempre com um livro debaixo do braço, e não esconde que considera livros companhias melhores do que a maioria das pessoas. Ela tem mais amigos meninos do que meninas, isso porque ela tem uma tolerância muito baixa para drama, vaidade em excesso e pessoas fúteis. Ela até terá amigas na Seleção, e pode ser até alguma princesa, mas tem que ser alguém que não seja tão fútil quanto a maioria das pessoas. Apesar de tentar ser responsável, algumas vezes ela ainda dá uma escorregada ou outra, e ela é do tipo que adora crianças, e ama brincar com elas também. É incrível a habilidade que ela tem com as pessoas e como ela consegue as cativar. Ela sempre quis ajudar as pessoas, e se ela ganhar, quer fazer isso. Como ela mesma diz: “Eu quero ajudar as pessoas entenderem suas vidas.” Ela também gosta de ouvir os problemas dos outros e dar conselhos, funcionando como uma espécie de psicólogo não remunerado. Toda vez que alguém tem um problema sempre vai atrás dela para ela ajudar a resolver, e ela sempre olha nos olhos da pessoa quando está falando com ela, porque ela consegue perceber os sentimentos de uma pessoa só por seu olhar. Sabe se uma pessoa está mentindo ou não. Um de seus segredos é que, quando estava em sua província, todos os dias ela burlava o toque de recolher para ir até uma campina do lugar e observar a lua e as estrelas. Ela ama a noite e não vai deixar de fazer isso mesmo quando ela estiver no castelo. Ela sabe que pode se envolver em encrencas, mas sua claustrofobia pode atacar se ela não fizer isso, então ela só faz e não liga.
Ela é uma pessoa encantadora, e tem a habilidade de ver a beleza até mesmo quando a própria pessoa não enxerga isso. Ela não deixa ninguém de auto depreciar e está sempre ajudando todo mundo. Nunca entra em desespero, e se acontecer alguma situação muito preocupante, ela vai tentar acalmar todo mundo e pensar em um plano. Como ela praticamente vive na biblioteca, ela sabe quase tudo o que vão passar nas aulas antes mesmo que ensinem, a não ser as aulas de etiqueta, em que ela se acha um desastre, ela odeia falhar, e se sabe alguma coisa, gosta de demonstrar, por isso é sempre a primeira a responder as perguntas, mas algumas pessoas a chamam de arrogante por isso, mas ela não liga para o que elas pensam, apesar de tentar maneirar para não parecer uma “Sabe Tudo Irritante”, como algumas pessoas gostam de dizer que ela é. Como é uma garota muito forte, não chora na frente de ninguém. Para ela, é como demonstrar fraqueza, mas consola qualquer pessoa que encontrar chorando, até mesmo seus piores inimigos. Ela é diferente de qualquer pessoa que você já conheceu, e tem orgulho disso. Toda vez que alguém diz que ela é louca, ou alguma coisa parecida, ela diz: “E daí que eu sou louca? As melhores pessoas são, sabia?”.

∴Família:

Pai:
Richard Barnes
38 Anos
Casta 5
Fotógrafo

Bem humorado e divertido, ele tem a habilidade de sempre ver o lado positivo de qualquer pessoa ou situação, assim como sua filha. Os dois são muito grudados e vivem fazendo palhaçadas juntos.

Mãe:
Jessica Barnes
37 Anos
Casta 5
Pintora

Engraçada, otimista e sempre sorrindo, apesar de não ser tão imaginativa quanto sua filha, acredita sem dúvida nenhuma em magia, e foi dela que Effy puxou a sua loucura. Coisas como colocar o lápis atrás da orelha quando não está usando, usar óculos especiais para observar vagalumes, desenhar sereias e fadas, não gostar de ver animais presos e outras manias estranhas assim ela faz por causa de sua mãe.

Irmã Mais Velha:
Rachel Barnes
22 Anos
Casta 5
Atriz

Rachel é uma pessoinha desprezível. Ela sempre teve inveja de sua irmã porque Effy era especial, uma garota que conseguia ver o mundo de um modo diferente, e Rachel nunca conseguiu se encaixar em sua família, se tornando amarga e dura com todos. Seus pais tentam confortá-la, mas ela sabe que ela nunca vai conseguir ser como eles. Quando Effy disse que tinha conhecido um garoto loiro que estava machucado, ela foi a primeira a dizer que era imaginação da menina, e apesar de seus pais acreditarem em Effy, ela vive contando mentiras para eles pensarem que a menina é louca.

∴Manias:
• Morder o nó dos dedos quando está nervosa
• Começar a balbuciar coisas sem sentido quando está ansiosa
• Contar até dez para se acalmar (Mas normalmente ela se perde e começa a dizer números aleatórios, como “13, 27, 42, 60”)
• Quando ela sabe que não vai conseguir dizer nada sem ser grosseira, ela não diz nada. Abre um livro e fica quieta.

∴Fobias:
Claustrofobia


∴Medos:
• Perder sua família
• Ver alguém que ama morrer
• Ser dada como psicótica e ser mandada para um hospício, ou algum lugar parecido. Desde que sua irmã ameaçou mandá-la para um lugar assim, ela morre de medo, e tem vários pesadelos com isso.

∴Gostos:
• Bibliotecas
• Música
• Rock
• Cantar
• Tocar
• Ler
• Lua e Estrelas
• Noite
• Frio
• Magia
• Criaturas Fantásticas
• Loucura
• Livros
• Chocolate Quente
• Brigadeiro
• Histórias
• Pudim

∴ Desgostos:
• Rancor
• Inveja
• Amargura
• Mentiras
• Injustiça
• Trapaça
• Discriminação
• Pessoas que tiram vantagem por ter dinheiro
• Falta de senso de humor e imaginação
• Calor
• Sol

∴Defeitos:
• Teimosa
• É bem irritante quando quer
• Grossa (Algumas vezes ela até se surpreende com a sua própria grosseria não intencional)
• Fala tudo o que pensa
• Não liga muito para a aparência
• Não se dá muito bem com regras
• Meio Antissocial
• Não liga para a opinião dos outros

∴Príncipe, Coroa ou Nenhum?
Mesmo que ela não admita nem sob risco de vida, príncipe.

∴É capaz de trapacear para ganhar?
Seu senso de justiça é muito grande, ela não conseguiria nem se quisesse.

∴O que acha da seleção?
De certa forma, tem seus prós e contras. É boa porque pode ajudar várias garotas pobres a alimentarem suas famílias, mas ruim porque ela não gosta do modo como tratam garotas como objetos. Como a feminista assumida que é ela odeia esse tipo de coisa. Ela acha que os príncipes só querem uma esposa BB (Bonita e Burra) para ficar ao seu lado, acenando e fingindo que está tudo perfeito.

∴Se envolveria com alguém além do Príncipe?
Não. A certo ponto ela estaria tão apaixonada pelo príncipe que não conseguiria se envolver com mais alguém nem se essa pessoa deixasse bem claro que gosta dela.

∴Como reagiria a um ataque rebelde?
Ela ficaria calma, respiraria fundo e tentaria formular um plano para salvar todas as pessoas. Mesmo que guardas digam à ela que ela é só uma garota, e não um soldado, ela mandaria eles irem se ferrar e diria que quer ajudar, e que eles não podem impedi-la. Ela é uma pessoa muito racional, não é impulsiva e pensa muito antes de cada ação. É a pessoa perfeita para criar uma estratégia.

∴Criadas:

Respectivamente, Mackie e Lea

Mackie tem 20 anos. É a mais nova e divertida das duas. É uma morena desastrada que não para de falar, e é ela quem tem as ideias malucas para os visuais de Effy. Ela sabe tudo o que acontece no castelo, as novidades e quem beijou quem, se alguma coisa de ruim acontecer, ela sabe. É animada, alegre e otimista, e sempre tem uma ideia nova. Ela se acha uma santa casamenteira, e vai fazer uma listinha sobre as coisas que Effy precisa fazer para conquistar Peter, mesmo com a garota dizendo que é inútil.

Lea tem 21 anos. É a mais responsável das duas. Não fala tanto quanto sua amiga, mas se houver um assunto de que goste, ela fala e fala até cansar. É a mais calma e racional, e está sempre passeando pelo castelo. Ela conhece todas as pessoas do castelo, e sabe quem é bem e quem não é. E vai fazer questão de dar à Effy a lista completa sobre todas as pessoas da realeza, mesmo com Effy dizendo que não precisa, ela vai fazer questão.

∴Relação com:

– Rei –
Ela acha que o governo do rei é muito bom, e compreende suas decisões. Ela gosta bastante dele, apesar de ter um pouco de medo quando ele explode com algumas pessoas. Se ele faz alguma pergunta para as selecionadas, ela é sempre a primeira a responder.

– Rainha –
Ela gosta muito da rainha, e apesar de se envergonhar bastante se a rainha tentar falar com ela, é sempre a primeira a responder as perguntas. Ela tenta manter uma pequena amizade com todas as pessoas do castelo, e com a rainha não vai ser diferente, apesar de só falar com a rainha se a moça falar primeiro com ela.

– Austin –
Desde a primeira vez que viu Austin, percebeu que ele fazia o tipo “Príncipe Encantado”, e mesmo assim não se derreteu como a maioria das meninas faria. Ela não é do tipo que cede por causa de um sorriso bonito e palavras doces, e vai mostrar isso. Mas vai perceber que ele vai ser um ótimo rei, e vai tentar manter uma amizade com ele.

– Matthew –
Como Mattew é o típico “Rebelde Sem Causa”, ela vai tentar manter distância dele. Percebe que ele é egoísta e irônico, e por causa disso é bem capaz dos dois acabarem discutindo em alguma parte da competição, devido ao temperamento de Effy e como ela não consegue se segurar ao ver alguém tratando as pessoas como Mattew trata. Ela não é do tipo que cai de amores por Bad Boys, e isso com certeza é bem claro para todos.

–Peter –
No começo, ela vai estranhar tudo aquilo, mas como ela é diferente, não vai ficar corada ou dar pulinhos de felicidade quando o príncipe falar com ela. Porém, quando eles se reconhecerem, vão se abraçar com muita força, seguido por um tapa na cara de Peter. Ou vai me dizer que você também não ficaria com raiva se alguém ficasse com você a tarde inteira e depois te abandonasse? Depois de se desculparem, várias conversas se seguirão, os dois vão virar melhores amigos, e todo o dia eles se encontravam na biblioteca para conversar. Mesmo que não admita, Effy vai se apaixonar por Peter, e isso pode ser um problema, tendo em vista que ele pode escolher outra garota. Ela admira muito ele, e sempre deixa claro que ela sempre estará ao seu lado para ajudá-lo e apoiá-lo.

– Sol –
Apesar de não conversarem muito, Effy gosta muito de Sol, e acha que ela seria perfeita se ficasse no comando. Muitas vezes faz a comparação de Sol chamando-a de “Princesa da Disney”, mas não para caçoar da garota, ela apenas acha que é meio surreal alguém ser tão fofa quanto Sol.

– Luna –
Várias vezes ela tentou puxar conversa com Luna, mas a garota a ignorou. Só depois de muito esforço que as duas começaram a conversar, e posteriormente uma grande amizade. Ela é a única pessoa que compreende Luna, e é a melhor amiga da princesa. Ela entende a relutância que a garota tem em deixar pessoas se aproximarem, sabendo que podem acabar abandonando-a, e por isso se preocupa com o que a princesa vai sentir se ela for eliminada, porque ela também gosta muito da amizade da princesa e não quer deixá-la.

– Outras Selecionadas –
Ela vai tentar ser agradável com todas, mas se alguém for desagradável com ela, não vai hesitar em dar uma resposta mal educada.

– Guardas –
Ela sempre dá bom dia para todos, faz piadinhas para eles se divertirem e diz que gosta das roupas que eles usam.

– Criadas –
Para falar a verdade, ela acha desnecessário que precise de criadas tendo em vista que sabe muito bem se cuidar sozinha, mas gosta muito das duas e as trata como irmãs. Sempre pede conselhos para elas quando não sabe o que fazer, e se precisa de um ombro amigo, ela conversa com elas.

∴Trilha sonora da sua personagem com o Príncipe:

With Me – Sum 41
(Nem preciso explicar)

A Thousand Years – Christina Perri
(Há muito tempo ela está esperando por Peter, desde que eles se conheceram. E vai continuar esperando se for preciso.)

Accidentally in Love – Counting Crows
(Ela não queria se apaixonar, mas o coração nunca colabora, não é mesmo?)

Mr. Brightside – The Killers
(Mesmo que ela esteja se corroendo de ciúmes por dentro, ela finge que não está ligando e continua normal. Mas por dentro ela tem vontade de socar uma parede)

∴Está ciente que a partir do momento que nos enviar a ficha sua personagem é nossa?
Yep :)

∴Sabe que sua personagem será eliminada caso dê uma de gasparzinho?
Sim

∴Favoritou?
Sim

∴Algo mais?
Effy nunca foi muito boa em esportes, a não ser um: Guerra de Balões d’água. Em sua província, no verão eles sempre organizavam uma guerra mensal de bexigas d’água, e todas as pessoas da província participavam, desde crianças até os idosos. E ela não vai deixar de jogar seu jogo preferido só porque está no castelo, quando chegar no verão ela vai tentar juntar todos os príncipes, princesas e selecionadas para jogar no jardim, mas vai precisar da ajuda de Peter para isso, porque as selecionadas não escutariam uma selecionada qualquer, mas um príncipe sim.


Over the bend, entirely bonkers
You like me best when I'm off my rocker
Tell you a secret: I'm not alarmed
So what if I'm crazy? The best people are


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...