~vallete

vallete
Mad Hatter
Nome: Valentina | Danny | Mrs. Maximoff | Carta de Baralho
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

I'ts Your Choice


Postado

I'ts Your Choice

I'm headed straight for the castle
They wanna make me their queen
And there's an old man sitting on the throne
That's saying that I probably shouldn't be so mean


I’m The Future Princess

Nome Completo:
Daenerys Madeleine Brokeback

Apelido:
Dan ou Danny

Idade:
17

Província:
Dakota

Coroa ou Príncipe?
Mesmo que ela não admita nem sob tortura, príncipe

Está na Seleção do Príncipe:

Richard ()

Nichola (x)

Personalidade:
Daenerys é uma garota normal... Na medida do possível. A verdade é que ela não é o tipo de garota que você veria na seleção. Além de ser completamente louca e ter vários parafusos a menos, ela é uma ruiva muito temperamental. Ela é teimosa, facilmente irritável, nervosinha, não sabe falar uma frase sem usar sarcasmo e é muito sincera, algumas vezes chegando até a ser chamada de grossa, mas ela não liga. Se ela não gosta de uma coisa, não hesita em falar, doa a quem doer. Rockeira, determinada e extremamente forte, ela é muito diferente da maioria das garotas da sua idade, e gosta muito disso. Não desiste de nada, nem aceita derrota facilmente, e seu passatempo preferido é ler, ela sempre leva um livro consigo, e várias vezes, quando as pessoas notam que ela não está em um certo lugar, ou ela está em um canto afastado da sala, lendo, ou aproveitou da distração do resto do grupo para fugir para a biblioteca, que é praticamente o paraíso para ela. Se Daenerys pudesse, ela ficaria o tempo todo na biblioteca, é o lugar preferido dela, empatado, talvez, com a sala de música. Interagir com as pessoas é uma coisa que ela realmente não gosta de fazer, e ela sabe que não é boa em fazer amigos, por isso quando há um grupo de garotas conversando sobre garotos, maquiagem ou coisa do tipo, ela se afasta, evitando falar com quer que seja. Por ser considerada uma garota incomum, procura fazer amizade mais com meninos do que com meninas, sendo que não se encaixa nos padrões que as garotas procuram em suas amigas: Ela não liga muito para sua aparência, seu cabelo vive bagunçado, não gosta de socializar, não surta quando vê um garoto bonito passando, e prefere a companhia de livros a de pessoas.
Não é uma pessoa ruim, muito longe disso, apenas é o seu jeito de ser, com um pouquinho de grosseria não intencional. É sarcástica ao extremo, consegue ser meio chata quando quer e não leva desaforo para casa, o que faz com que discuta muito facilmente. É boa com palavras e diplomacia, faz amigos muito facilmente e com a mesma facilidade ganha inimigos, por causa de seu temperamento meio difícil e sua inclinação a sempre fazer o certo, abominando qualquer trapaça, violência gratuita, injustiça ou discriminação. Nunca seria capaz de ferrar ou de passar por cima de alguma pessoa para se dar bem. Apesar de parecer estranha e ter um comportamento único, ela é uma pessoa justa e uma ótima amiga. É muito educada, mas não é falsa, e faz questão de deixar claro que é uma garota diferente. Tem raciocínio rápido e é boa para criar planos e estratégias, que em 99% das vezes dão certo. E mesmo de sendo calma e calculista, quando alguém a deixa com ódio de verdade, ela fica com vontade de quebrar tudo e de gritar o mais alto que puder, mas quando isso acontece ela grita dentro de um travesseiro para abafar o som. Nunca entra em desespero nem surta, nem mesmo se a situação estiver caótica, e se alguém surta perto dela, ela simplesmente dá uns tapinhas na cara da pessoa para fazê-la voltar para a realidade. Daenerys é muito impulsiva, algumas vezes fica com raiva e, por puro impulso, faz coisas que depois de arrepende. Mas quando não está com raiva, ela consegue ser razoavelmente racional, e, por exemplo, se estiverem sob um ataque de rebeldes, ela vai ser a pessoa que vai ficar calma e tentar formular um plano.
Danny é muito fechada e reclusa em relação aos seus sentimentos, e quando se apaixona por alguém, ela nega e tenta enganar a si mesma, sem sucesso, e ela não se abre com qualquer pessoa, apenas com quem tem muita afinidade com ela. A garota não é do tipo que gosta de aparecer e se mostrar, ela gosta de ficar mais na dela, e não gosta de falar sobre ela mesma, prefere saber mais sobre os outros a os outros ficarem sabendo sobre ela, e com esse seu jeitinho misterioso, pouquíssimas pessoas conseguem arrancar dela alguma informação, por menor que seja, sobre sua família ou sua vida antes da Seleção. Ela prefere escutar do que falar, e é uma ótima conselheira, frequentemente ela dá uma de psicóloga e escuta os dilemas de uma pessoa, para depois dar a sua opinião e um conselho, e principalmente com as pessoas importantes do castelo ou em público, ela não fala nada se não for perguntada, e por mais alienada que ela pareça estar na conversa, ela sabe do que você está falando, e se você perguntar, ela vai responder. Por ser tão observadora, ela possui a habilidade de decifrar o que uma pessoa está sentindo, e outras coisas mais, só pelo olhar dela, por isso que ela sempre quer olhar direto nos olhos quando está conversando com alguém, assim ela consegue saber de suas verdadeiras intenções. Não é muito de dar grandes sorrisos, mas ela nunca tira seu sorrisinho torto do rosto, é a sua marca. De vez em quando, quando ela quer ficar sozinha, ou chorar, ela se esconde debaixo da cama de seu quarto. Simplesmente se sente segura lá embaixo.

Aparência:

Darya Lebedeva
Daenerys é bem alta, e muito, muito magra. Isso porque a quantidade de comida que ela come é, muitas vezes, criticada pela maioria das pessoas como sendo “Comida para passarinho” e ela costuma pular refeições para ficar na biblioteca lendo. Mas não é um distúrbio alimentar, como a maioria pensa, ela simplesmente não está acostumada a comer muito, e prefere ficar na biblioteca, com seus livros, do que comer com um bando de garotas afobadas. Seus cabelos são ruivos avermelhados, compridos, batem abaixo dos ombros, e ondulados, e ela gosta de deixá-los sempre bagunçados. Seus olhos são verdes azulados, quando ela está feliz, eles brilham como uma campina em um dia de sol, quando ela está triste, são como uma floresta em uma noite de chuva, mas quando ela está nervosa, eles se assemelham à uma floresta durante uma forte ventania.












Família:

Pai:
Samuel Brokeback
37 Anos
Músico

Samuel, ou Sam, como prefere ser chamado, é um homem muito divertido e carismático, e principalmente, engraçado. Ele e sua filha são muito apegados, e é muito superprotetor em relação a ela. Ainda considera Danny a sua garotinha, e é por causa dele (e de nunca ter tido tempo para isso) que a garota nunca namorou.

Mãe:
Alyssa Brokeback
36 Anos
Pintora

Alyssa é uma mulher muito bem humorada e inteligente, e nunca se deixa abater, por mais que a situação esteja ruim. Ela vive dando conselhos à sua filha, e sempre a incentiva a seguir seus sonhos.

História:
Ela não teve uma vida triste, ou desastrosa, como a maioria das garotas que entra na seleção. Ela era uma garota comum da casta Cinco, província de Dakota, ela é filha única porque sua mãe teve uma gravidez de risco com a garota, e se engravidasse de novo, poderia morrer, mas mesmo seus pais sempre a deram muito amor, e ela teve uma infância feliz, mesmo tendo pouco dinheiro. Nunca teve tempo nem quis namorar, ela tinha prioridades na vida, e ser babá de um adolescente idiota não estava entre elas. Começou a trabalhar quando fez 14 anos, cantando e tocando em festas, salões, jantares e coisas assim, porque gostava do que fazia, e queria uma chance de ajudar seus pais em casa. Depois de um ou dois anos, ela até adquiriu certa fama na região, fazendo com que a maioria das pessoas a chamasse para se apresentar em festas, apresentações ou alguma coisa assim. Mesmo não ganhando uma quantia tão alta, é o suficiente para ela ajudar seus pais a terem uma vida mais confortável. Ela nunca pretendeu se tornar uma princesa, muito menos se apaixonar pelo príncipe, só queria ficar lá tempo suficiente para sua família conseguir um bom dinheiro, mas as pessoas podem mudar de ideia.

Gostos:
•Música
•Rock
•Livros
• Cantar
• Tocar
• Bibliotecas
• Escrever e Contar Histórias
• Explorar Lugares
• Deitar na grama e observar as estrelas
• Pássaros, porque quando as coisas ficam ruins eles podem voar para longe
• Frio
• Lua e estrelas
•Escrever Músicas

Desgostos:
• Injustiças
• Trapaças
• Discriminações
• Sistema de Castas
• Falta de Senso de Humor
• Ingratidão
• Pessoas metidas ou que tiram vantagem por terem dinheiro
• Calor
• Sol

Talentos:

Ela canta muito bem


Consegue tocar qualquer instrumento


• Ela tem um raciocínio muito rápido, muito mesmo


Hobbies:
Ler


Escrever


Cantar


Tocar


Se Apresentar


Caminhar de noite, deitar na grama, observar as estrelas... Isso é fundamental para ela, se não fizer isso, ela acaba se sentindo claustrofóbica, mesmo que esteja em uma sala grande.


Desvendar Mistérios


Medos:
Quando ela tinha cinco anos, acabou presa por acidente dentro de um armário de sua casa, e desde então desenvolveu um caso grave de claustrofobia.

Manias:
• Morder o nó dos dedos quando está nervosa
• Tamborilar os dedos quando está entediada
• Cantarolar uma música qualquer quando está feliz
• Gritar com uma almofada abafando o som quando está com raiva
• Morder o lábio inferior para segurar o riso

Objeto Especial:
Ela tem um medalhão que é uma relíquia de família. Dentro dele há uma foto de seus pais, e ela nunca o tira do pescoço, nem sabe o que faria se o perdesse.


O que acha da Seleção?
Ela não acha uma coisa boa nem ruim. De certa forma, tem seus prós e contras. Ela acha extremamente idiota que príncipes precisem de 35 garotas em seus castelos para conseguir achar uma esposa, mas pensa que também pode ser uma oportunidade de garotas como ela ajudarem suas famílias.

O que acha da Família Real em geral?
Danny prefere não julgar as pessoas antes de conhecê-las, mas ela achava que tudo era muito falso, e que todas as pessoas eram fúteis. Mas quando entrou na seleção, percebeu que não era assim. Existe amor de verdade.

Relação de ambos:
No primeiro momento em que ela pôs os olhos em Nichola, ela sentiu como se uma fagulha tivesse se acendido dentro de seu coração. Certo dia, quando o príncipe estava na biblioteca, tentando se esconder, ele a viu e os dois começaram a conversar. Desde então são melhores amigos. Ela o entende, e os dois estão sempre juntos, rindo, conversando e contando histórias engraçadas.

Encontro perfeito:
De noite ele vai até o quarto de Daenerys e a chama para um passeio noturno. Os dois caminham pelo jardim, deitam na grama e observam as estrelas, até ela ver um balanço ao longe. Os dois ficam por um bom tempo brincando e se divertindo, até o sono chegar e eles terem que se despedir.

Roupas:

Dia a dia:






Jornal Oficial de Illéa:







Festas e/ou Ocasiões Especiais:







Encontros:







Pijamas:







Halloween:

Rainha Vermelha


Natal:


Sabe que não pode ser selecionada?
Sim, mas fico feliz só em participar :)

Sabe que pode ser eliminada?
Sim

Sabe que pode não ser escolhida pelo príncipe?
Sim

Lidará bem com isso?
Com certeza


I'm headed straight for the castle
They've got this kingdom locked up
And there's an old man sitting on the throne
That's saying I should probably keep my pretty mouth shut


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...