~vallete

vallete
Mad Hatter
Nome: Valentina | Danny | Mrs. Maximoff | Carta de Baralho
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

The Fehér Clan


Postado




Are you deranged like me? Are you strange like me?
Lighting matches just to swallow up the flame like me?
Do you call yourself a fucking hurricane like me?
Pointing fingers cause you'll never take the blame like me?




✡ Nome:
Ravenna Elliot Brokeback


✡ Apelido:
Raven

✡ Idade:
22 Anos
Escorpiana, nascida no dia 31 de Outubro, mais conhecido como Halloween

✡ Nacionalidade:
Inglaterra, e tem sotaque, ou seja: Ela fala Doctah.


✡ Aparência:

Elizabeth Olsen
Ravenna tem cabelos castanhos escuros, que estão constantemente bagunçados pelo fato de que ela gosta de deixá-los assim. Tem olhos azuis escuros, que se assemelham a mais tempestuosa tempestade quando ela está com raiva, e estão sempre cobertos por uma maquiagem preta, nada muito forte, apenas lápis de olho e rímel, mas que já dá um destaque quase assustador para seus olhos, que de tão profundos, conseguem aterrorizar qualquer um. Algumas vezes eles também estão com olheiras pelas noites em que ela passa em claro. Quando está realizando algum feitiço, seus olhos brilham em um tom vermelho aterrorizante, é a marca de seus poderes e do mal que existe dentro dela. E outra coisa que também assusta qualquer um é o olhar ameaçador que ela tem quando está nervosa. Isso mais os olhos vermelhos, acredite, faria Voldemort sair correndo chamando a mamãe (que ele não tem). Um detalhe curioso sobre ela é que ela costuma usar muitos anéis, de diferentes formas e tamanhos, se você olhar nas mãos dela, poderá ver anéis de vários tipos, que ela não deixa de usar nunca.






✡ Personalidade:
Se você pedisse para alguém descrevê-la em uma palavra, qualquer uma, essa palavra seria Estranha. Digamos apenas que ela não tem um humor muito estável, ou seja, ele muda o tempo todo. Em um momento ela está brigando com você, e no outro está sentada em um canto, chorando e gritando “Eu sou uma idiota!”.
Não é uma boa ideia irritá-la, pois como ela não consegue controlar a própria raiva, muitas vezes chega a ser muito perigosa, até mortal, não que ela goste disso, mas é uma coisa com que ela tem que conviver. Sempre parece estar alerta o tempo todo, e é muito difícil ela deixar alguém se aproximar, mas se deixa, essa pessoa percebe que, por dentro, toda essa aparência ameaçadora some, e só resta uma criaturinha adorável que tem medo do que consegue fazer. Ela nunca mataria ninguém por querer, só se fosse legítima defesa, mas ela evita ao máximo isso.
Seu temperamento varia junto com o seu humor, e é extremamente inconstante. Você nunca consegue dizer, exatamente, o que ela está sentindo. Em um momento ela pode estar sendo legal com você, sorrindo e até mesmo sendo um pouco fofa, mas no outro ela está brigando com você e te xingando. Ela é muito instável, mas a coisa mais marcante em sua personalidade é o seu sarcasmo, que está em praticamente todas as frases que ela fala. Em alguns momentos, alguém quer contar algo horrível que aconteceu em sua vida para ela, e Ravenna simplesmente fala “Eu ganho alguma coisa se fingir que me importo?”. Sua sinceridade chega a doer, ela fala o que quer, doa a quem doer, algumas vezes até ela mesma se surpreende com a sua própria grosseria não intencional, e muitas pessoas a chamam de grossa ou insensível, mas ela é mais do que qualquer um consegue imaginar.
Se ela estiver de bom humor, pode até conversar com você numa boa e rir das suas piadas, mas é muito difícil ela deixar alguém se aproximar, porque como ela não teve quase ninguém. Raven se apega muito fácil, então para se aproximar dela de verdade essa pessoa teria que insistir bastante, e nunca desistir. Ela não tem muitos amigos porque grande parte das bruxas brancas tem medo dela, e boatos se espalham sobre a origem dela, mas ninguém sabe o verdadeiro. Ela não é de falar muito sobre ela mesma, então para arrancar qualquer coisinha sobre a história dela seria necessário muito tempo de convivência, essa garota é uma caixinha de surpresas e sustos.

✡ História:
A mãe de Ravenna, Freya, era uma garota imprudente e tinha um péssimo julgamento, por isso não é surpresa para ninguém quando ela foi para em um culto do Clã Fekete. Eles pretendiam criar um cavalo de Troia, uma bruxa que causaria a destruição do clã Fehér, e a criança na barriga de Freya seria a chave para tudo isso, e assim aconteceu.
Não se sabe como, mas as bruxas do clã conseguiram fazer um mal, uma fagulha da magia negra, se instalar na criança de Freya, que não era uma bruxa, e tendo que aguentar todo esse poder dentro de si, a gestação era cada vez mais cansativa, ela nem sequer conseguia cuidar direito do filho mais velho, Henry. Quando Ravenna nasceu, Freya morreu no parto, e como o pai dos dois havia os abandonado há algum tempo, Henry teve que se virar e cuidar dos dois sozinho. Eles viviam mudando de orfanato, em alguns lugares eram até conhecidos como “Os Irmãos Problema”, nunca de encaixaram em lugar nenhum. Quando Henry fez dezoito anos, os dois saíram do orfanato e foram morar em um apartamento qualquer, e ele cuidava dela como o irmão mais velho que era.
Porém, um dia os dois estavam em uma floresta, em um dia de inverno. Henry estava decidido a ajudar sua irmã a controlar os poderes. Porém, um caçador estava na floresta, e vendo que ela era uma bruxa, atirou. Henry se colocou na frente da irmã e as balas o acertaram. O caçador, que não queria ser acusado de matar um inocente, fugiu, e Raven ficou lá, sozinha, tentando, sem sucesso, ajudar o irmão.


Sabendo da história da garota, o clã Fehér a acolheu, e desde então é uma luta difícil tentar controlar seus poderes. Como ela mesma diz “É como se tivesse dois monstros, um bom e um mau, lutando pelo poder dentro de mim”. Ela tem pesadelos frequentemente e por causa disso passa noites em claro ou acorda no meio da noite, ansiando por ajuda.
Não demorou muito para a garota começar a ter problemas com os poderes, que ficavam a cada dia mais fortes. As superiores do clã começaram a ficar muito preocupadas, sabiam que ela seria o cavalo de Troia que levaria à destruição do clã, e por isso, elas acharam uma solução mais eficiente do que matá-la.
A bruxa mais forte do clã trancou boa parte dos poderes malignos de Ravenna dentro da cabeça dela, e eles só poderão ser liberados com uma frase secreta, que elas se recusam a falar para Raven qual é. Por causa disso, ela não consegue e nem quer chegar ao limite do seu poder, isso levaria a morte do clã e dela própria também.

✡ Família:


Taylor Lashae

Freya Brokeback / Mãe / Tinha Vinte e Cinco Anos / Morta
Ela e a mãe não chegaram a conhecer, mas pelo que houve falar dela, sabe que não se dariam bem. Freya era uma completa irresponsável, e não ligava para ninguém a não ser para ela.


Aaron Taylor-Johnson

Henry Brokeback / Irmão / Tinha Vinte e Quatro Anos / Morto
Ela e o irmão eram completamente grudados, eles nunca se separavam, mas depois da fatalidade que aconteceu com Henry, ela não queria deixar mais ninguém se aproximar, com medo de se magoar novamente.

✡ Gostos:
Doctor Who / Frio / Neve / Bebidas Quentes / HQ's de Super Heróis / Harry Potter / Chocolate / Livros / Bibliotecas / Filmes de Suspense / Livros de Fantasia / Ser Abraçada (Mesmo que ela não admita, ela ama isso, principalmente quando é inesperado) / Suas Coleções / Música / Rock

✡Desgostos:
Desânimo / Tédio / Pessoas Chatas / Fofoca / Traições / Mortes / Abandono / Mentiras

✡ Medos / Fobias:
Além do medo de seus poderes saírem do controle, ela tem um caso bem sério de claustrofobia.

✡ Qualidades:
Sincera / Gentil / Leal / Inteligente / Atenciosa / Paciente / Imaginativa / Boa Conselheira / Sempre sabe o que dizer / Divertida (quando quer)

✡ Defeitos:
Sarcástica / Grossa / Se estressa facilmente / Rancorosa / Orgulhosa / Um pouco arrogante

✡ Habilidades:
Boa com Primeiros Socorros (que ironia) / Ótima em Criar Estratégias / Canta Bem / Sabe Tocar Vários Instrumentos / É muito inteligente

✡ Poderes:

Telecinese

Habilidade de manipular objetos com a força da mente.

Manipulação Mental e de Medos

Manipulação Mental consiste em conseguir ler os pensamentos, sentimentos e medos de qualquer pessoa, e conseguir manipulá-los. Manipulação de medos consiste em provocar dor emocional em forma de alucinações. Ela te faz vivenciar o que você mais teme.

Manipular Energia Psíquica

Habilidade de criar escudos, esferas e rajadas de energia psíquica.

✡ Carrega algum objeto importante consigo?
Uma espécie de relicário especial

Ela o usa escondido, guardado sempre em uma bolsa ou em algum outro lugar assim, dificilmente fica no pescoço por causa dos colares que ela usa. Dentro dele há uma foto do seu irmão, e é uma das poucas coisas que ela surtaria se perdesse.

✡ Como é a sua relação com os demais do Clã?
Ela se sente como uma ovelha negra no Clã, como se nunca fosse se encaixar, e sabe que os outros tem medo dela, por isso ela só fala quando falam com ela. Só isso.

✡ Quão comprometido é com as causas do Clã?
Completamente comprometida. Apesar de sentir que há um mal quase incontrolável dentro dela, nunca se juntaria aos FeKete. É uma promessa que ela fez a ela mesma, e nunca quebraria, nem mesmo para salvar sua própria vida.

✡ O que pensa dos Caçadores?
Ela tem medo deles, e um pouco de raiva, pelo que eles fizeram ao seu irmão, mas sabe que eles não são de todos maus Ou assassinos impiedosos que matam bruxas que nunca fizeram nada para eles.

✡Seria capaz de trair?
Nunca.

✡ Seria capaz de matar um inocente?
Jamais. E se sem querer fizesse isso, ela ia passar dias se lamentando, sem comer nem dormir, se culpando.

✡ Quer par?
Óbvio.

✡ Se sim, quem?
Você sabe quem, Nessa (Não, não é o Voldemort)

James Lobinho Chapman




✡ Algo mais?
Seu Hobby principal é colecionar colares e anéis. Ela sempre está usando um diferente.



A Frase secreta é:
Et coccino pythonissam


And all the people say
"You can't wake up, this is not a dream
You're part of a machine, you are not a human being
With your face all made up, living on a screen
Low on self esteem, so you run on gasoline"


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...