~LionsQueen

LionsQueen
Pessoa aleatória >.<
Nome: Are you sure you wanna know it?
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 2 de Agosto
Idade: 14
Cadastro:

Ficha - Mrs. Bittencourt's Home for Peculiars


Postado

"Sou peculiar, sou única"


§Nome completo: Anúbis Agamenom
-Origem: egípcia/grega
-Significado: Anúbis é, na mitologia egípcia, um deus com cabeça de Chacal que auxilia as almas pelo submundo.
Agamenom significa constante, petinaz (perseverante, persistente...)

§Apelidos: (não, não vou colocar aquele lugar pq é muita maldade e eles são meio que crianças, então menos ainda :3)
Paredão (dado por Júlia, porque ele é mais alto que ela e atravessa paredes);
An (dado pelos pais para facilitar a comunicação entre eles);


§Alcunha: Desmaterializador, Freedom

§Nacionalidade: Nasceu no Egito mas vive na Grécia.

§Orientação sexual: Panssexual

§Idade: 14, nascido no dia 02/05 (signo: Touro), não acredita nem se interessa por Astrologia.

§Aparência:

-Descrição: alto (1,83), magro e mais forte do que aparenta, Anúbis tem olhos verde-água brilhantes e cabelos curtos negros, geralmente bagunçados, um sorriso de canto que sempre aparece e mostra dentes perfeitamente brancos e alinhados.
-Intérprete/Photoplayer: Logan Lerman

§Personalidade (Sem adjetivos soltos. Isto sim tem que ser parcialmente grande e que eu entenda bem, para interpretar seu personagem de forma boa na história):
>Anúbis é um garoto festeiro, pra começar. Ama festas, lugares cheios e ama ser o centro das atenções. Sempre é ele que tem as ideias mais mirabolantes e que geralmente acabam com ele e os amigos fugindo de apuros e broncas. Chame-o para uma festa e a sua festa passa a ser dele, porém ele não é daqueles adolescentes que bebem, fumam etc., ele tem consciência de que não deve fazer isso.

>Ele é muito irônico e sarcástico, e tanto em gestos e ações quando em suas falas é possível notar isso. Sempre que alguém começa a irritá-lo, ele dispensa a pessoa com a mão sem sequer olhar para ela, costuma revidar sempre que falam que algo que ele fez não é certo etc etc e tem argumentos extremamente convincentes na ponta da língua.

>Odeia falar formalmente, vive abreviando palavras (tanto na fala como na escrita) e quando precisa falar com alguém importante ele enfia as mãos nos bolsos e conversa como se eles fossem amigos de longa data.

>Ele é muito desastrado e inconsequente. Fala o que lhe vem a cabeça sem pensar ou se importar se vai machucar alguém ou se meter em encrenca por causa disso depois. Também vive derrubando e quebrando coisas, sendo o principal motivo a peculiaridade que o faz atravessar o que está segurando, então o objeto cai e se quebra.

>Por incrível que pareça, os amigos com quem ele realmente conta pra tudo são pouquíssimos, e ele nunca conta um segredo dele ou de outra pessoa nem mesmo para seus melhores e mais próximos amigos. Quando diz eu está do lado de alguém, é pra valer, e ele é fiel e leal até o fim.

>Fica magoado com muita facilidade, mas esconde isso e chora no travesseiro a noite (homens também choram .-.), quando ninguém está acordado pra ouvir. Costuma descontar a raiva com tiros de arco-e-flecha e dando socos num sofá velho abandonado nas redondezas do orfanato.

>Ele é extremamente esperto e inteligente. Pensa rápido e é ótimo saindo de confusões, enrascadas, broncas e tudo mais, além de ler muito e ter conhecimento sobre muitas áreas. Só é horrível dando conselhos ou tentando ensinar algo a alguém, pois quando a pessoa não entende ele se estressa facilmente.

>Ele tenta ser paciente, mas nem sempre dá certo. Digamos que funciona em 86% dos casos, e no resto ele explode e começa a gritar com a pessoa, descontando tudo nela.

>Não tem medo de quase nada, vive fazendo piadas e trocadilhos idiotas, faz-se de palhaço para ver outras pessoas sorrindo/rindo, faz de tudo por quem se importa. Zoa bastante as pessoas e tira saro de muita coisa séria, ri nos piores momentos e coisas do tipo.


§História: apesar de ter nascido no Egito, numa viagem dos pais ao país, ele vive na Grécia com os dois pais e sua irmã um ano mais nova, uma família extremamente rica. Sempre passou muito tempo na biblioteca da casa e da cidade em que mora, e conhece muitos pensadores e críticos importantes, historiadores etc. Curte todos os estilos musicais, sem exceção. Toque algo e ele vai cantar, dançar e fazer os sons e movimento dos instrumentos presentes na música. Começou a amar festas aos sete anos, quando foi na festa de um primo e todo mundo estava se divertindo e elogiando-o, chamando-o pra passear, comer, brincar e tal, e ele passou a amar isso, então chama atenção sempre que pode e não se esforça muito pra isso. Viajou por muitos lugares do mundo, então você pode apostar que terá assuntos para conversar com ele.

§Gosta: arco-e-flecha (acha interessantíssimo e gosta de aperfeiçoar sua mira e coordenação), astronomia (gosta de conhecer mais do universo), doces (precisa de motivo? :3), música (ele se sente livre e esquece qualquer problema ouvindo música), cores frias (... Sem motivos), lugares escuros, ao ar livre e com muitas pessoas (ele sente mais liberdade em lugares assim e tem claustrofobia, além de gostar de ar fresco), liberdade (é uma sensação boa).

§Desgosta: chocolate ao leite (enjoou), receber ordens (liberdade de expressão e ações), comidas amargas (sem motivos pt.2), rosa choque (trauma), lugares fechados (claustrofobia), muita claridade (machuca os olhos), ser ignorado (ele se magoa quando acontece isso).

§Qualidades: leal e fiel, inteligente, esperto, esforçado, determinado, sabe reconhecer um bom amigo, tenta ser paciente, é sincero com a maioria das coisas, quando mente é pra ajudar os amigos.

§Defeitos: inconsequente, irônico e sarcástico demais, não gosta de regras pra cima dele, impaciente com algumas coisas, desastrado, não sabe parar de zoar, ri nas horas erradas, faz coisas idiotas sem pensar duas vezes.

§Peculiaridade:
Ele é capaz de atravessar sólidos (abrange paredes, mesas, portas, animais, pessoas, comida, cadeiras, a cama dele, lanternas, armas, chumbo, metal, vidro, diamante, as roupas dele ~SIM, AS ROUPAS, CUIDADO~ etc)
>Ele pode atravessar ABSOLUTAMENTE E SEM EXCEÇÃO qualquer material.

>Enquanto ele tocar algum objeto, este objeto adquire a capacidade de passar por sólidos também (as roupas dele são um exemplo, frutas, livros, pessoas e etc também)

>Quando ele toca num objeto ou pessoa, caso se concentre, ele pode passar a capacidade de atravessar outros sólidos por no máximo 15 segundos para esse ser.

>Ele gesticula MUITO pra falar. Ele costuma falar muito também.

>Ele fala palavrões sem se importar, apesar de em raras vezes tentar pegar leve perto dos mais novos.


§Segredos: ele queria ter covinhas; ele ama cozinhar; gosta que façam cafuné nele, mas não admite porque se sente vulnerável quando fazem isso.

§Hobbies: pintar (quadros, papel, por aparelhos eletrônicos, toalhas, panos, paredes...), irritar os outros, anotar piadas idiotas e trocadilhos toscos num caderninho que está sempre com ele, cozinhar quando não tem ninguém em casa.

§Estilo de roupa:

§Como age com:

-Iris Alistorn: vive zoando com a cara dele, mas demonstra que é apenas brincadeira e vive andando junto com Iris, bagunçando os cabelos e chamando-o de "kiddo", apesar de ser apenas um ano mais velho.

-Charlie Boucher: MEU DEUS, ELE MORRERIA POR ELA (tanto para salvá-la quanto por ficar com muita vergonha quando está perto dela). Ele vira um pequeno pimentão, começa a gaguejar, fala coisas inteligentes, perde o controle sobre a peculiaridade dele e tenta não fazer besteira.

-Par: Você poderia escolher um par para ele? :3 é meio difícil saber como ele se portará sem eu saber como é o par dele e tudo o mais...

-Miss. Bittencourt: ele gosta muito dela e a respeita ~quando dá~, mas se levar bronca ele vai respondê-la grosseiramente e apresentar seu lado, opinião e argumentos até ela e qualquer outra pessoa admitirem que não deviam tê-lo repreendido (mesmo quando deviam sim).

------------

§Como irá reagir ao chegar no orfanato?
Inicialmente, ele estranha o orfanato, os peculiares e as peculiaridades, o tempo e tudo o que há lá, então fica quieto no canto dele e não fala muito com ninguém além da irmã, Júlia. Depois de uns quatro dias, ele começa a se soltar e a falar com os outros peculiares, e quando vê já é amigo da maioria, com suas piadas idiotas e ações inconsequentes.

§Como irá reagir ao descobrir sua peculiaridade?
(Ele descobrirá quando ia se apoiar numa parede enquanto falava com Charlie, mas estava com tanto medo de parecer um idiota infantil e om tanta vergonha que atravessou-a sem querer e caiu do outro lado em cima de Miss. Bittencourt) ele quase morreu de vergonha, mas ao mesmo tempo ficou muito ansioso e animado com sua peculiaridade, que aparenta ser muito divertida e ele toma controle dela em pouco tempo. Ele não conta pra ninguém no começo, e vai assustando todo mundo pelo orfanato atravessando portas e paredes de repente. Talvez, SÓ TALVEZ, ele saia correndo com apenas as roupas de baixo pelos corredores gritando feito louco. Tsc, esses adolescentes do século XXI, vou te contar viu...

§Como irá reagir longe da família?
Bem, ele é apegado à família mas nem tanto, então ele lidará bem com mais 'liberdade' e com crianças de idade próxima a dele. Sentirá um pouco de saudades, mas no máximo trocará cartas com eles.

§Como irá reagir ao ver um etéreo pela primeira vez?
Ãh... Ver? Tipo, como assim, ver? Eles podem ver os etéreos nos livros? Não é uma peculiaridade ver os etéreos? O_o (infelizmente não comecei a ler ainda, vou emprestar da minha amiga quando ela acabar e ela mal começou :/)... Enfim:

Ele vai parar e encarar o lugar em que o Etéreo está, meio boquiaberto com uma cara de "WTF?". Ele vai sorrir. Ele vai acenar pro Etéreo, vai abrir os braços, apontar pra si mesmo e gritar "COME AT ME BRO".
-------------------------

§Algo a mais? (okay, nada de animais de estimação)
Ahm... Ele tem um anel (herança de família que não tira nem que lhe paguem um bilhão de dólares... Okay, por um bilhão ele talvez tire, mas por menos que isso não. Ah, e ele morre de medo de perder o anel sendo desastrado como é ou por acabar fazendo alguma m*rda com a peculiaridade e o anel atravessá-lo/ a mão dele acabar atravessando o anel.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...