~SweetGangster

SweetGangster
LittleTrust
Nome: Sophos
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil
Aniversário: 4 de Fevereiro
Idade: 17
Cadastro:

Confiar


Postado

Confiar

Confiar


Acreditar no outro

Não, não.

Depositar esperança

Ah, talvez.

Confiar

Infinitos podem ser os termos para definir o estilhaçamento de um sentimento que outrora parecia ser específico e verdadeiro.

Eu me lembro, eu me lembro da primeira vez que nos beijamos; Nós estávamos sentados nessa velha ponte que dá para o lago. Estávamos bêbados; Madrugamos pela cidade depois da nossa festa de formatura. O sol estava nascendo. Eu tinha acabado de terminar um relacionamento, e você cansado de levar foras da Maggie. Não estávamos tristes, a tequila tinha nos ajudado nisso.

— Sabe, tudo o que importa é o aqui é o aqui e o agora. – Você disse em um dos raros momentos em que conseguimos não rir.

— Claro, o teor alcóolico desta bebida é o que importa agora. – Ergui a garrafa. Nós dois rimos.

— Eu estou falando disso: Um momento simples com uma garota incrível, sem o futuro, mas ainda sim criando planos secretos para ele.


Nós só tínhamos dezesseis anos, mas não foi pelo elogio que senti algo por você, foi porque percebi que você conseguia enxergar algo além das simples perspectivas.

Essa foi a primeira vez que nós boiamos juntos.

Você disse que preferia ficar aqui depois do pôr-do-sol, gostava da calmaria e adorava as estrelas. A água estava gelada, mas era acolhedora.

É noite. Eu estou aqui agora, mas dessa vez tenho de fazer isso sem você. Boiar nessas águas enquanto olho para as orbes brilhantes no céu... É um belo hábito; Eu guardei boas lembranças desses momentos.

Pense apenas nas coisas boas, pense apenas nas coisas boas”. É o que tenho que ficar repetindo para mim toda hora.

— Apenas sinta. Tudo o que o momento tem a lhe oferecer. – Pude sentir a tranquilidade em seu tom de voz.
Fechei os olhos. Eu sabia o que estava me sendo oferecido.

— E o que ele está te oferendo agora? – Sua mente era difícil de ler.

— Um momento eterno em minha memória.

Eu lembro que amei você esse momento.

Tudo era tão doce.

Mas eu não acredito que você fez aquilo. Por algo tão pequeno, todas as nossas memórias acabaram. Quer dizer, elas não eram mais eternas desde o momento em que você as esqueceu, certo?

Confiar

Esse é o ponto.

Escutando: Keane - Somewhere Only We Know

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...