CARALHO, UM ANO!


Postado

Honestamente, se me contassem que uma amizade virtual seria capaz de ficar cada vez mais forte ainda que depois de um ano, eu não acreditaria. Mas você me fez acreditar. Jesus, um ano? É sério isso? É sério que eu te aturo há um ano? Eu mereço um prêmio, não acha?
Na verdade, preciso admitir que, quem merece um prêmio aqui é você. Não entendo e, por mais que continue tentando me explicar, nunca vou entender porque você não desistiu de mim. Todos os motivos do mundo... Eu te dei todos os motivos do mundo pra desistir de mim, mas você não desistiu. Você nem imagina como é especial.
Ah, pônei, nem parece que há um ano eu estava vadiando no meio de umas trocentas fanfic’s aqui do SS, até encontrar IDM. Se eu tive medo de ler? Claro que eu tive medo, você melhor do que ninguém sabe como eu sou fraca com essas coisas de terror, mas enfim... Eu li. E foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Porque depois que eu li, me apaixonei tanto pela história quanto pela autora. E não é atoa que me casei com ela. Um casamento entre melhores amigas, but whatever.
Foi então que, depois desse um ano, eu finalmente parei e pensei: e se eu nunca tivesse me interessado por todas aquelas fanfic’s do Jack? E se eu nunca tivesse feito a conta no SS? E se eu nunca tivesse tomado coragem pra ler IDM? E se você tivesse realmente apagado IDM antes que eu pudesse ler?
São muitos “e se?”, mas você acredita em algum deles?Acredita que “ingrielle” dependia de algum deles? É algo para se refletir... Será que, talvez, tudo tenha sido uma feliz coincidência? Bem... Já ouviu falar num tal “Efeito Borboleta”? No caso das borboletas, o bater de asas de uma delas em um determinado lugar do mundo pode gerar uma movimentação de ar que, intensificada, desencadearia a alteração do comportamento de toda a atmosfera terrestre, para sempre. Parece loucura, mas acontece todos os dias, e chamamos de acaso.
Entretanto, acho que não acredito em acasos. Acredito no destino. Paulo Leminski já dizia: “O destino quis que a gente se achasse, na mesma estrofe e na mesma classe, no mesmo verso e na mesma frase.”. Então eu sei que ter escolhido IDM no meio de tantas outras histórias não foi um simples acaso; foi o destino. Sei que o destino te colocaria no meu caminho de qualquer jeito e, acho que se estamos juntas até hoje é porque ele foi escrito assim. Ou porque você é teimosa demais pra se afastar de mim. Ou porque eu te adoro demais pra deixar que se afaste. Ou tudo isso.
Não importa, de qualquer forma. O que importa é o nosso aniversário de um ano e, caso eu ainda não tenha dito hoje (até porque são quase uma da manhã e você deve estar dormindo ), eu te amo muito. Como numa citação de Skins: “Eu não te amo apenas pelo que você é, mas pelo que eu sou quando estou com você.”. Então... Obrigada por ser você. Obrigada por ser parte de mim. Obrigada por sempre tentar me mudar e obrigada por me fazer te amar. Você é maravilhosa, @retrive.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...