Piko the seventh me


Postado

Piko the seventh me

japanese-

ichi banme no boku
tada nanimo shirazu
utau koto ga suki na mama ni sakebi tsuzukta
sekai wa kon'na nimo monokuro ja naika
boku wa utai mashō
iro o tsukeru tame ni

ni banme no boku
daishō o shitte
sono uragawa ni obie nagara utai tsuzuketa
sekai wa kon'na nimo chiguhagu ja naika
boku wa utai mashō
tsunagi tomeru tame ni

san banme no boku
muchū de agai te
tsukami toreru mono o shinji te koe o karashita
sekai wa kon'na nimo urusai ja naika
boku wa utai mashō
ibasho o tsugeru tame ni

"rikai suru" "manabu" koto ga
izure mi o musubu no dato shite
sore nara
boku wa kuri kaeshi boku o korosu darō

yon banme no boku
ryōude o sage te
akirameru koto ga owari dewa nai to sakebu
sekai wa kon'na nimo gokusai ja naika
boku wa utai mashō
iro o fuyasu tame ni

go banme no boku
oshimai o shitte
sono uragawa o kangaeru koto o kyohi suru
sekai wa kon'na nimo garakuta ja naika
boku wa utai mashō
kusari hodoku tame ni

roku banme no boku
mō mi o yudane te
mukure te itamu nodo o nade te kuchi o tozashita
sekai wa kon'na nimo seijaku ja naika
boku wa utai mashō
kokoro no naka dake de

iro o ushinau koto ga
seichō dato iu naraba
mō nando jibun o koroshita no darō?
kieta bokura wa doko e ikō?

soshite umareta nowa
nana banme no boku
mujaki de okubyō daitan
mōmoku uchiki de mukuchi na boku
nantomo kokkei na sugata ja naika
umareta bakari no kimi e
shukufuku o kibō o rakutan o

"rikai suru" "manabu" koto de
iro o ushinai tsuzukeru nara
sore nara
boku wa nando demo umare kieru darō

nana banme no boku boku o koroshita

portuguese BR-

O primeiro eu
Simplesmente não sabia de nada,
Continuando a gritar, sabendo que ele gostava de cantar
Ah, o mundo é tão preto e branco, não é?
Então eu vou cantar,
Para dar-lhe cor

O segundo eu
Sabia o preço,
Continuando a cantar como ele temia consequência
Ah, o mundo é tão incompatíveis, não é?
Então eu vou cantar,
Para amarrá-lo juntos

O terceiro eu
Lutava em transe,
Acreditando no que ele poderia entender, e secou sua voz
Ah, o mundo é tão chato, não é?
Então eu vou cantar,
Para dizer onde estou

"Entendimento", "estudo"
Será que Deus se relacionam em tudo para eles?
Se o fizerem,
Devo me matar (eu) repetidamente, ao que parece

O quarto eu
Mantidos os dois braços para baixo,
Chorar que desistir não era o fim
Ah, o mundo é tão colorido, não é?
Então eu vou cantar,
Para aumentar a cor

O quinto eu
Reconhecido o seu fim,
E recusou-se a considerar o outro lado das coisas
Ah, o mundo é tão lixo, não é?
Então eu vou cantar,
Para libertar as cadeias

o sexto eu
Entregou o seu corpo,
E escovar sua garganta ferido, manteve sua boca fechada
Ah, o mundo é tão silencioso, não é?
Então eu vou cantar,
Do coração sozinho

No caso de a perda de cor
Seja chamada idade adulta,
Quantas vezes mais eu devo me matar, eu me pergunto?
E uma vez que desapareceu, para onde vamos?

E assim nasceu foi
o sétima eu
Um inocente, tímido, corajoso,
Cego, tímido, silenciar-me
Não é uma coisa tão patético?
Deixando para você, apenas nascido,
Bênçãos, esperanças, desânimos

Se o "entendimento", se "estudo"
Continue a tomar cor ...
Se o fizerem,
Vou infinitamente nascer (nascido) e desaparecendo, ao que parece

o sétima me me matou.

Escutando: the seventh me- piko vers.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...