I'm a Big Bad Wolf ( ou melhor, I'm a Big Fucking Witch ).


Postado

I'm a Big Bad Wolf ( ou melhor, I'm a Big Fucking Witch ).

Nome completo: Angelica Lavigne

Apelidos? Quem deu? Gosta?: Moranguinho. Seu gato. Não gosta, mas não odeia. Tanto faz pra ela.

Nome na bruxaria: Homulilly

Significado e origem: Angelica: pura como um anjo. Origem inglesa.
Lavigne: o vinhedo. Origem francesa.
Homulilly: é um nome mágico. Não tem um significado, sempre existiu.

Idade (real e qual aparenta ter): 1900 anos. Aparenta 21.

Aparência (photoplayer, descrição e links): cabelo rosa natural, olhos tão azuis quanto o fundo de um riacho, pele alva, tem o corpo escultural, tem 1.75 de altura pra 62kg. Esmalte roxo com bolinhas pretas nas unhas.
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/08/e2/e3/08e2e381f2c0da07c8b3df5ea7878fd1.jpg

https://abrilcapricho.files.wordpress.com/2016/07/cara-delevingne-cabelo-rosa64776.jpg?quality=70&strip=all&strip=all

http://www.perfectdress.gr/datafiles/image/aesthetic-alternative-cara-delevingne-grunge-Favim_com-3216914.jpg

Personalidade: não se abre de primeira pra ninguém, então, antes de conhecer a pessoas ela é bemmm.... Serena. Chega a ser antipática até. Ela é o tipo de pessoa que não vai atrás de puxar assunto, os outros é que têm que vir falar com ela. Essa personalidade só dura até pegarem intimidade, daí ela vira uma louca. Ri mega alto, bem espontânea, cheia de alegria e amor pra dar. É o tipo de amiga que se junta a você nos barracos e te defende com unhas e dentes, ou melhor, com magia. É bem impulsiva e muitas vezes não pensa nas consequências dos seus atos, podendo até machucar pessoas próximas a ela, mas sempre que prejudica alguém, pede mil desculpas e faz um bolo de cenoura com calda de chocolate pra se desculpar mais. É bem romântica. É o tipo de pessoa que sonha com o amor verdadeiro, algo que ele nunca conseguiu nesses anos todo. Em suma, é um amorzinho. A garota que todos querem como amiga.

História: era mais um dia nublado na Inglaterra, inclusive em Bibury. O dia parecia comum e a menia dos cabelos rosados não imagina o que estava por acontecer.
- Vamos Minerva! Todo mundo está no culto agora. Não vão nem notar nosso sumiço. - Angelica sorriu sugerindo à amiga que as duas fossem ao bosque praticar alguns feitiços, embora a sumo-sacerdotisa do clã não tivesse marcado nada pra quele dia.
- Ang, mas a líder disse que era melhor não... - A amiga estava hesitante.
- Bobagem, ninguém vai nos ver. - Homulilly já puxou a amiga pelo braço e ambas estavam no bosque depois de correrem um pouco.
Já no meio das árvores, as meninas praticavam seus cantos e louvores à Lua e à natureza, fazendo alguns feitiços para as árvores crescerem mais fortes, e ajudaram uma lebre a dar cria.
- Força, dona Lebre! Falta só mais um. - A rosada deu apoiou o animal em seu colo. - Isso mesmo, nasceu e olha... É menina!
A coelha ainda ofegava, mas Minerva deu-lhe um chá e, instantaneamente a fêmea levantou num pulo e abraçou as duas, muito grata.
- Poxa meninas, não sei o que eu faria sem vocês e seu clã. Obrigado por ajudarem numa hora dessas. Vou por o nome da última de... Angenerva, em homenagem a vocês. - A lebre terminou sua fala as duas a abraçaram.
Depois de ajudarem o animal, por já estar escuro, Angelica e Minerva resolveram acampar ali mesmo e passar a noite. Assim, dormiram nas sobra de uma árvore muito gentil que lhes cedera a sombra e as protegeu da chuva. Ao amanhecer, Angelica acordou, não viu sua amiga e, dessa forma, pôs-se a procurá-la.
- Minerva! Vadiaaaaaaa! Onde tá você, ô sua retardada?! Muito legal essa brincadeira, hahaha, muito engraçada! - A rosada gritava à procura da amiga.
Depois de muitas horas e sem achar a menina, voltou ao vilarejo e foi até a casa da sumo-sacerdotisa, mas não tinha ninguém em casa. Foi na casa das outras bruxas do clã, mas também não havia ninguém.
Passaram-se três dias sem que Angelica tivesse notícias de qualquer membro do clã, até que na noite do quarto dia viu uma aglomeração na praça principal, em frente a igreja.
- Essas 20 mulheres estão aqui, meus irmãos, por adorarem o diabo. Essas senhoritas foram vistas dançando nuas com demônios, copulando com animais, blasfemando o nome do bom Deus. Esta menina. - O pastor apontou para Minerva, que estava tão ferida que nem parecia humana. - denunciou o nome das outras do clã depois de usarmos os instrumentos do Senhor para convencê-la a falar e, por isso, sua alma vai pro paraíso depois do corpo ser queimado como penalidade para os seus pecados. - Dito isso, o homem jogou óleo no corpo das moças e começou uma oração.
Minerva tentou chegar perto impedir, mas Luna; outra amiga que também estava para ser queimada; fez que não com a cabeça e Angelica, com os olhos inundados de lágrimas, apenas paralisou e viu o fogo consumindo o corpo de suas amigas.
Toda a floresta chorou junto com a menina e o vento estava muito mais violento que o normal. Angelica viu suas amigas morrerem e não fez nada, mas por que será que Joanna a impediu de fazer algo? e Por que elas não reagiram? Se elas ordenassem, o fogo nunca as atingiria, então... Por que? A menina se perguntava entre lágrimas.
- Porque a parte velha do clã precisava partir, Ang - A sumo-sacerdotisa; também queimada; apareceu no reflexo de uma poça d'água para consolar a rosada. - Nossa jornada nesse mundo terminou e agora nós estamos junto com a Lua. Você é, agora, sua própria sumo-sacerdotisa. Nossa vontade, agora, pertece à mais nova e mais forte do clã: você. Continue protegendo a natureza e amiga dos animais, e lembre-se: nós sempre te protegeremos. Dito isso, adeusa. Sempre te amaremos. - A imagem se desfez e Angelica chorou ainda mais. Sabia que as outras teriam que ir embora, pois isso era parte de uma profecia, mas não imaginava que seria com tanta... Dor.
Nesse momento, a rosada sentiu uma energia imensa dentro de si: não só as outras do clã estariam protegendo-a, mas também doaram seu poder para ela. Agora ela carregava toda a magia do clã.
- Se os cristãos esperam que eu me vingue, estão enganados. Ou melhor, vou me vingar sim: em nome da Lua, para simbolizar a aliança do clã com esse lugar, ninguém conseguirá cortar árvore nenhuma desse bosque e todo animal que alvo de caçadas e fujir para cá, ganhará a força de 100 tornados e a usará para repelir os ataques. Que assim seja. - Homulilly lançou o encanto e a floresta, agora tinha uma aura branca pulsando nela.
- Hey Moranguinho. - Um gato negro a cumprimentou. - A Lua me mandou vir ficar com você. Ela disse que você é avoada demais pra ficar sozinha por aí. Vamo dominar o mundoooo, hahahaha!
- E-Eer... Prazer, senhor... - Angelica tentava adivinhar o nome do gato.
- Não tenho nome...
- Tá, então eu te batizo de..... Capiroto Junior, em homenagem a um demônio bonzinho que me ajudou a desencalhar uma baleia no litoral japonês.
- Não mesmo, porque eu sou muuuiiito mau. - O felino mostrou as garras e sorriu.
- Ok, senhor gato mau, se fizer alguma maldade, não vai ganhar as sardinhas que eu vou preparar pro jantar. - A rosada brincou.
- É... Posso ser bonzinho por hoje... - O gato falou animado com a comida. - Mas você não deve proteger os animais? Daí vai pegar sardinhas?
- Sim, mas é só para matar nossa fome e só o suficiente para isso. Matar por prazer e em enormes quantidades como os humanos fazem é que é desprezível. Ademais, mato sem dor ou sofrimento e ainda ajudo o espírito daquele animal a chegar no plano da Lua. Da forma que eu faço, não rompo o equilíbrio.
- Ok... Pra onde vamos agora?
- Seguir em frente e, quem sabe, achar uma matilha que queira uma sacerdotisa e seu gato.
- Meeeeeeeeooooooowwwwwwww, não gosto de lobos! Eles me odeiam.
- Ah, você é muito divo, quem não gostaria de você? Vem, seu bobão.

Assim, os dois continuam juntos até os dias atuais, onde Angelica vive ainda à procura de uma matilha, mas cheia de felicidade, uma vez que ela não viveu com ódio e remorso e, dessa forma, sambou na cara daqueles que fizeram aquela maldade com seu clã.

Poderes: é ligada à natureza, então controla os elementos em geral, fala com os animas, comas plantas e com o vento. Extrai a energia das ervas e minerais para curar. Usa runas pra se comunicar com a Lua: http://www.cristaisdecurvelo.com.br/product_images/o/333/jogo_de_runa_pedra_hematita_(2)__60436_zoom.JPG

Varinha (link): http://66.media.tumblr.com/3ecd18d79ea2f6c20350de16c2a79937/tumblr_muskdmcmL11rqf7pho1_1280.jpg

É de algum clã? Não. Seu clã foi extinto durante a inquisição puritana na Inglaterra. O que ela quer agora é se juntar a alguma matilha pra ser uma sacerdotisa e tudo mais.

Gosta: bolos, festas, tequila, salto quinze, natureza, coisas brilhantes, fazer novos amigos, defender seus amigos nos barracos.

Desgosta: pessoas que se acham a última colherada de sorvete do pote, quando alguém destrói a natureza, fogo alto, cristãos( tem motivos ), livros de autoajuda.

Prefere humanos, lobos, ou bruxas? Tipo, é uma pergunta difícil. Ela não olha pra sua raça, mas sim pro seu coração. Não vai dar um pedaço de bolo menor só porque se trata de um humano, nem vai colocar alguém num pedestal só porque é uma bruxa.

Sexualidade: pansexual.

Nacionalidade: inglesa

Qualidades: tem mais poder no dedo mindinho do que Merlim sonha em ter em toda a vida imortal dele. Acabaria com o Voldemort só olhando feio pra ele. É um amorzinho, excelente cozinheira, quando está perdida, não precisa de gps, não pega avião pra ir pros cantos.

Fraquezas: é bem avoada às vezes, bem ingênua também. Fica paralizada de medo quando vê uma fogueira muito alta, pois se lembra de todos os seus amigos do clã serem queimados pelos cristãos ingleses.

Familia: bem, só seu gato preto chamado Capiroto Junior.

Par?: siiiiiiiiimmmmmmmm

Como age com-

Lobos: ama. Toda vez que vê um, quer esfregar a barriga e brincar de mandar les buscarem o graveto e dar a patinha, mesmo na forma humana.

Humanos: gosta deles. Mas é meio receosa quando descobre se se trata de algum religioso radical.

Bruxos: adora. Troca ideias de feitiços e poções até de madrugada.

Algo mais? Capiroto Junior: http://4.bp.blogspot.com/-KUVmq4j50C8/UOB_t1JlrjI/AAAAAAAAATA/yD2HUIsHMw0/s1600/5699936997868910_4diT5uO6_c_392x435.jpg

O Food Wild me disse que ia ter cenas hot na fic. Queria dizer que a Homulilly tá disponível. Ah, e ela gosta de fazer... Coisas voando.[i]


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...