~LuaGames

LuaGames
Nome: Alana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Suzano, São Paulo, Brasil
Aniversário: 22 de Abril
Idade: 17
Cadastro:

Jornal para - Sweet Harmo(Manicômio)-Interativa


Postado





Nome-

Lionel Jackson

Apelidos

Lio é chamado por sua mãe desse jeito

Jackson seu segundo nome

E o que ele mais gosta é de Jack, ou L J

☭☭☭☭☭

Idade

19
☭☭☭☭☭

Signo

Virgem e Libra

☭☭☭☭☭

22 de setembro (nesse dia o sinal muda)

☭☭☭☭☭

Sexualidade

Pansexual



Personalidade

Lio é um garoto calmo e extremamente paciente com relação a tudo super. gentil e amigável, tenta agradar a todos (mesmo que as vezes ele odeie isso), ele é muito bem qualificado, combatente e competente e com um conhecimento surpreendente

Lio é um menino muito bondoso, sendo muito compreensivo em várias situações. O que mais chama atenção em Lionel é sua coragem, ele não tem medo de falar o que pensa, ou defender seus ideais, mesmo que ele tenha de quebrar regras, ou que ele tenha alguma punição severa, ele não tem medo das consequências nada dói nele, Lionel prefere mil vezes ter a ele morto e machucado do que alguém querido para ele em seu lugar.

Uma coisa que se supera no rapaz e faz com que todos se surpreendam é sua falta de medo e sua astucia, sabendo muito bem quando deve ser rígido ou não, sendo frio e egoísta quando quer, parecendo arrogante contra aqueles que o desafiem, mas isso é por conta de suas prioridades, sendo muito frio, talentosos e muito bem disciplinado muito mais inteligente do que grande parte das pessoas que estão lá, mas mesmo apesar da “casca grossa” ele é muito gentil, e sabe ser uma pessoa muito calma e boa.

Uma parte interessante da personalidade de Lionel, é seu orgulho, sempre muito impiedosos, e fechado mesmo querendo falar algo como “eu gosto de você” seu orgulho jamais o deixa, sendo muito impiedoso e paciente para resolver algo. Um gênio é isso o que ele é sabe desvendar mensagens criptografadas, desvendar casos quase que impossíveis que acabaram por acontecer, seus palpites sempre foram certeiros olhando nos olhos de um e falando eu sei que foi você que fez isso, ele gosta de desafios a serem desvendados não vai doer nada nele mesmo, o problema sempre foi se concentrar, mas ele sempre aceitou um desafio bem feito, e é bom você saber ele nunca está errado, é muito bom estar ao lado dele quando o caso for resolvido, sua mãe como ex agente via ele com um grande potencial para ser detetive mesmo com a pouca idade do menino. Ele com isso se mostra muito infantil tendo de extar certo ´pois existe apenas das regras “uma ele sempre este certo” e a segunda “ se estiver errado volte para a primeira regra” isso tudo porque Lionel preserva bastante esse lance de Justiça. Não existe falhas em sua dedução, só para avisar pode chamar de infantil, mas ele odeia perder. Lio se mostra muito ant-social pois ele não confia em ninguém, tem medo de confiar e errar jamais cometeria um erro desses, porem mesmo sendo super-inteligente, lio não se gaba prefere guardar tudo para si, e se mostrar como ou uma pessoa séria ou alguém feliz e sorridente.
Ele é um garoto extremamente idealista, diz que para ter o que quer precisa dar algo em troca de mesmo valor, ou seja, realizar uma troca equivalente, ele é determinado, e impaciente, não ele não espera, e diz que atravessa até mesmo o inferno para ter o que quer

Voltando ao quesito já citado, ele é um garoto extremamente orgulhoso, Lio não aceita um 'Não' com resposta ele sempre está certo mesmo eles achem que ele está errado ele está certo, pois seus palpites são precisos, podem chamar de infantil, mas Liu odeia perder ele consegue manipular a pessoas a sua vontade quando preciso.
Porem sua personalidade é a de um garoto sorridente calmo e paciente, sendo muito bondoso com quem ele quer isso faz com que ele seja aquele garoto que chame muito a atenção. Como uma pessoa otimista Lionel sempre vê a chamada "luz no fim do túnel" em momentos mais difíceis sérios e tristes Lionel consegue-ter bom animo e enxergar o futuro alegre em sua frente, mas não pense que Lionel é só flores não muito pelo contrário ele é um garoto muito sério em algumas vezes e fica super frio não se importando com o bem daqueles que ama, podendo até mesmo gostar de ver a tortura que um de seus companheiros está sofrendo.


☭☭☭☭☭


Curiosidades

Uma coisa bem legal em Lio é sua tatuagem no braço esquerdo, um pentagrama



Tourette

- Entra em crise quando esta.
. Nervoso.
. Ansioso.
. Tentando se concentrar para ler algo.

-Não entra em crise quanto.

. Se concentra para analisar algo.
. Fica descontraído.
. Está calmo.
. Quando está sozinho.
. Quando inventa algo.

É um garoto muito paciente.

Ele gosta de usar uma frase em comum consigo

“Muitas dúvidas nós temos quando perto de morrer... Não sabe o que escolher? Faça uma escolha que não vá se arrepender”

Ele também sempre fica junto de seu canivete suíço



E de uma arma branca dada a ele por seu irmão





Motivo de estar em Briarcliff

Lionel é visto como um “demônio”, alguém possuído por alguma entidade, por todos que o conhecem, ele é visto assim, isso tudo é apenas por conta de uma síndrome que o jovem possui uma doença, a síndrome de Tourette. Essa síndrome faz no menino com que ele tenha “ataques” vire o pescoço quase o quebrando, faz barulhos estranho como “latidos” isso tudo fez com que os pais do menino o mandassem para Briarcliff, além dessa o menino sofre de outra que faz com que Lionel não sinta dor, e tenha imunidade baixa, mas ambas as síndromes tanto Tourrette quando riley day, nunca afetaram o psicológico do menino ele é normal, apenas quando as crises de tourette ficam mais fortes ele tenta quebrar o pescoço, (suas crises ocorrem quando ele tenta se concentrar ou fica nervoso, ou ansioso).

☭☭☭☭☭

História

Lionel é filho de um empresário/ engenheiro civil bem sucedido, em sua área de trabalho ,que exportava armas para todo o pais e sua mãe uma ex-agente do FBI que agora trabalha para a Interpol.
Lionel nasceu em massachusetts, e viveu lá dês de sempre, aos 6 anos o menino começou a ter ataques e crises da tourrette mas com o pouco conhecimento dos pais na época isso fora passado despercebido, diziam que seu filho estava tentando chamar atenção já que seu irmão mas novo tinha nascido. Após o início das crises ele era chamado de vários nomes constrangedores, e que o deixavam extremamente triste, mas mesmo assim Lionel sempre foi um gênio, conseguindo armar planos, resolver cálculos complicadíssimos mentalmente, decorar coisas fácil, lembrar de várias coisas, e pensar naquilo que ninguém mas pensaria. Lionel nunca se mostrou totalmente triste com isso sempre tendo um sorrio no rosto, tanto que quando teve uma crise forte e seu pai o bateu ele não reclamou apenas disse “eu n-não consigo parar” o curioso foi, ele não sentiu dor alguma.
Lionel com 12 anos já tinha um nome para a sua companheira constante, sua mãe após se separar de seu pai, se encarregou de leva-lo a vários médicos, psicólogos, estudiosos para tentar entender o que o menino tinha, mas todos diziam a mesma coisa “ele está querendo chamar atenção” “controle seu filho” “você não o educou direito”. Lionel não gostava disso tanto que quando suas professoras e professores falavam “você precisa se tratar” ele se sentia profundamente ofendido, mesmo que ele fosse o aluno genial e que tirava as melhores notas, mas diferente de crianças normais ele não poderia jamais brincar de coisas que envolvam o silêncio , ou que envolvam resistência a dor pois ele sempre vencera estas brincadeiras. Após um ano de buscas sua mãe estava lendo livros antigos, e encontrou o nome e a causa da tourrette que era um distúrbio mental.
Já agora com 18 anos Lionel estava formado e em casa fazia quase 5 anos que seus pais não se via e ele e seu irmão, mas novo faziam de tudo para agradarem seus pais e que aquele reencontro não acabasse em briga, neste dia estava sua mãe, seu pai, seu irmão, ele e sua madrasta. Lio estava pondo a mesa enquanto todos conversavam, ele colocava os pratos e como estava descontraído tinha poucos “distúrbios” da síndrome, os fortes pos os fracos sempre estão com ele.
“Olhando para o menino de luzes brancas a sua madrasta rio dos barulhos feitos por ele
- Me diga Thomas- disse a mulher se referindo ao pai de Lionel que conversava animado com a mãe do mesmo.
-Oque foi Rebeca? – O homem olhava com preocupação para sua nova esposa.
-Seu filho sempre late como um cachorro, ou gosta de ser um? - A mulher ao outro lado da mesa fechava a cara enquanto o garoto de cabelos negros ria baixo enquanto tomava seu suco. - O que ouve Lisa parece com raiva...
-Eu estou bem, apenas acho que não deveria se referir a seu novo afilhado desse jeito! - Lionel abaixava sua cabeça tentando controlar seus ataques, respirando fundo e contando até des.
-Mas eu estou mentindo? Querido esse garoto tem problemas.
-Ele é extremamente normal para mim! - A mãe afirmava se segurando para não ir até lá e cometer um absurdo.
-Claro...- Rebeca bebeu seu suco- E você Lionel? É verdade que a lei dos americanos deficientes deixa você agir normalmente? Você pode mesmo entrar em um cinema?
-Sim eu posso- dizia com voz roca olhando a mulher que sorria- Mas as vezes aha pedem para me retirar Ahan
-Eu queria jogar golf com ele e não deixarão porque ele estava fazendo barulho de mais...- O menino a ponta da mesa se pronunciou com um comentário inocente, mas que provocou raiva em seu pai.
-Como assim Lionel?! Por culpa sua, seu irmão não pode fazer algo!?
-Pai e-eu não tive ahga culpa! Não consigo controlar! - Lionel dizia e o prato que segurava tremia junto a ele enquanto sua madrasta olhava preocupada junto de lisa.
-Claro que consegue isso é frescura seu moleque!!
-NÃO FALE ASSIM COM ELE! – A morena já não aguentava mas odiava ver a falta de compreensão de seu ex companheiro para com seu filho.
-NÃO LEVANTE A VOZ COMIGO MULHER! – Thomas olhava bravo para Lisa e se mostrava forte em sua decisão de afrontar o homem a sua frente, os dois garotos se mostravam divididos, um se perguntava “foi porque eu falei aquilo? ” já o outro se mostrava apreensivo e ofegante fazendo seu “barulhos ‘e virando o pescoço assim como batendo o prato contra a mesa.
-Eu falo do jeito que eu quiser, VOCÊ ESTA EM MINHA CASA E ELE É MEU FILHO, VOCÊ NÃO DEVE FALAR ASSIM COM ELE!
-A CULPA É SUA POR ELE SER ASSIM, DEFISIENTE, DOENTE, ELE TEM DOENÇAS MENTAIS NÃO VE COMO ELE É!?- Lionel dava pequenos urros como se quisesse dizer em meio ao início de sua crise “calem a boca” queria chorar derramar lagrimas até não poder, mas, porem jamais teria isso.
Brigas e brigas, palavras e palavras o prato já até rachava de tanto ser batido, mas foi quebrado junto a sanidade com aquilo “eu nem queria tê-lo” uma frase que causou tantos efeitos de tão pouca lucides, as únicas coisas que Lionel viu foi sua mãe falando “lio???” E o prato quebrando. Mas o que ocorreu foi bem pior do que o menino se julgava, ele quebrara o prato e começou a bater forte na mesa com o punho esquerdo, se jogando no chão se contorcendo e gritando do nada, virava seu pescoço na tentativa de quebra-lo, foi segurado por seu pai e seu irmão. Sua madrasta com olhar de pânico falou
- Ele tem de se tratar esse garoto ... Ele é louco, tem problemas bem piores do que eu pensei, não só late como cachorro como é suicida.
-Ele pode até latir como um cachorro, mas pelo menos não se vende como uma cadela! Mas você tem razão Rebeca vou fazer algo..”
No dia seguinte Lionel estava arrumando suas coisas junto a sua mãe.
“-você vai gostar de lá eu sei disso... e mamãe vai ligar sempre ok Lio?
-Ta...”

Após isso ele foi levado a Briarcliff. Lá ele se mostra como doente e ante social, sempre muito inteligente e analista, resolvendo e deduzindo um caso antes de sequer conhecer tudo, suas deduções são precisas sempre acertando em cheio em tudo que fala. Lá ele gosta de resolver tudo a encolha resolvendo os casos sem ninguém saber quem ele é, pós não confia em ninguém.








Aparência


















☭☭☭☭☭

Descrição

Jack é um garoto com pele extremamente pálida, Olheiras que ele tampa com pó para que ninguém possa perceber e um sorriso que se destaca, tendo lábios finos juntamente ao rosto, seus olhos são de uma coloração mel esverdeada, seus olhos se destacam por seu cabelo que é negro quase da cor ônix, mas antes de ir para o manicômio ele tinha luzes brancas. Seu físico não é muito evoluído, mas isso não impede com que ele tenha força bruta, sendo bastante forte até, sabe lutar muito bem tanto quanto fazer o porte de Armas brancas ou fuzis, aprendeu com seu pai e sua mãe. Jack é um garoto extremamente magro, e pálido como já foi dito, por causa disso normalmente usa roupas largas, as vezes arrumadas e as vezes desaromadas.



Medos

As coisas que vê em suas alucinações e seus tiques nervosos. Como tubarões na pia, grilos em seu travesseiro, entre outras loucuras.

☭☭☭☭☭

Vícios –

Ele bebe Vodka

Ama doces e chocolate



O que acha da irmã chefe?(Cristina)

Não tem nada contra ela, mas diz não gostar da coleção de chicotes dela, e achar que para uma irmã ela está muito demoníaca. Mas francamente ele não gosta dela mesmo que ele seja “normal” grande parte das vezes quando ele entra em crise pela presença dela, ele nunca sabe o que fez ou não.
“Não sei porque todos aqui se dizem psicopatas vejo apenas almas que clamam por misericórdia...E essa mulher é uma delas, para aplacar seus próprios medos ele joga isso em nós, *ri* que idiotice depois de anos com loucos ela enlouqueceu”.



Quer par?

Se possível sim :3



Lio Viu como o luar de sua morte, só que não sentiu medo e viu isso tudo como um desafio a ser vencido.
“Vocês todos, que matam e querem sangue... São apenas almas perturbadas que não tiveram atenção dada, agora me diga, quem te matou por dentro?”


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...