Ficha - Royal War


Postado

"A guerra do submundo só será possível pelo sangue da eleita"

Nome completo: Luzia Magnus.
Luzia significa “a iluminada” ou “aquela que irradia luz”. É o nome também de uma das santas da igreja católica, a Santa Luzia. É um nome de origem latina.

Magnus, por sua vez, também vem do latim, e significa grande.

Sendo assim, seu nome completo pode ser traduzido por "a grande iluminada".

Nacionalidade: Espanhola (nasceu em Sevilha, que se localiza no sudoeste do país).

Apelidos:
Luz – O apelido foi dado pelos seus pais quando a garota ainda era um bebê. Luzia gosta deste apelido, mas só permite que aqueles mais íntimos os utilizem.

Vagalume – Apelido dado “carinhosamente” por Castiel, mas também é usado frequentemente por Ayato. Ela detesta ser chamada deste modo.

Santinha – Recebeu este apelido de Laito, e Luzia também não gosta de ser chamada por esse apelido.

Idade/data de nascimento/signo: Tem 16 anos. Nasceu dia 13/03 – Pertence ao signo Peixes
(Eu não conheço muito sobre os signos e suas personalidades, e quando fui pesquisar em me senti mais perdida ainda, pois parece que cada site possui visões distintas quanto às personalidades dos signos. Então no final eu acabei pegando deste site, que me pareceu mais completo e detalhado: http://www.mensagenscomamor.com/mulheres-de-cada-signo)

Aparência:










Luzia é dona de olhos verdes, grandes e brilhantes, que combinam perfeitamente com o seu cabelo loiro. Este é longo, quase atingindo o seu quadril, e liso com leves ondulações que o deixam mais volumoso e bonito. Seus cabelos são repicados, apresentando uma pequena franja que lhe cobre a testa, e duas mechas mais longas do seu cabelo caem sobre seus ombros. Os fios são macios e sedosos devido ao extremo cuidado que a garota tem com eles. Normalmente seus cabelos são encontrados soltos, mas as vezes a garota gosta de prendê-los em um rabo de cavalo alto com o auxilio de um prendedor de cabelo/xuxinha.

Devido a sua miopia, ela pode ser vista usando óculos de armação vermelha, porém ela tem o costume de usá-los apenas na escola. Sua pele é branca, macia e livre de qualquer mancha ou imperfeição, ela ainda exala um peculiar aroma doce, que é natural de Luzia. Suas bochechas sempre adquirem uma coloração avermelhada quando ela está envergonhada ou furiosa.

Seu sorriso é extremamente belo e cativante, ele é delineado por seus lábios, que são naturalmente rosados e carnudos. Seus pés e mãos são pequenos e delicados e, as vezes, as unhas se encontram pintadas com alguma cor quente, por exemplo, vermelho ou rosa.

Suas orelhas são pequenas e não possuem furos, e por isso ela não usa brincos. A garota não tem o costume de usar maquiagem. Entretanto, em ocasiões especiais ela usa uma maquiagem muito básica, que se consiste apenas em rímel preto e batom rosa. Essa maquiagem básica serve apenas para destacar e realçar sua beleza natural.

Seu corpo é bastante curvilíneo, tendo um formato próximo ao de um violão, porém não é nenhum pouco vulgar ou exagerado. Seus seios, assim como seus glúteos, são medianos e arredondados, e contrastam com sua cintura fina. Sua barriga é lisa e seus braços e pernas são finos. Todos estes atributos estão unidos em um corpo de 1,60 metros de altura que tem um peso total de 47 quilos.

História: Luzia nasceu em Sevilha, uma cidade localizada no sudoeste da Espanha, e foi criada por uma família normal de humanos sendo filha única. Porém, apesar de sua família ser a melhor possível e lhe dar muito amor e carinho, a vida de Luzia não era das melhores. Com seus 13 anos de idade, Daniel, um amigo da garota que é 3 anos mais velho que ela, a convenceu ir para sua casa para ele ajudá-la com os estudos. O que Luz não percebeu era que o Daniel tinha outras intenções, mas por ele ser seu amigo, e devido à ingenuidade da garota, ela se dirigiu alegremente para a casa dele.

Luzia não sabia, mas Daniel sofria diversas provocações dos “amigos” por ser o único que ainda não tinha tirado a virgindade de nenhuma garota. O maior desejo do rapaz era entrar para um grupo denominado "grupo dos colhedores de cereja", mas para entrar neste grupo era necessário "colher a cereja" de uma garota, ou seja, tirar sua virgindade. Como Luz era sua amiga e virgem, ela não se importaria de quebrar este galho pra ele não é?

O que o rapaz não esperava era que Luzia se negaria a ter relações sexuais com ele, e ser rejeitado por sua própria amiga deixou Daniel extremamente furioso. Sem o consentimento da garota, o rapaz a agarrou e realizou o ato sexual. Lógico que Luzia gritou por ajuda, mas toda a família de Daniel estava fora de casa, e os vizinhos não foram capazes de ouvir os gritos desesperados dela.

O ato inteiro durou apenas alguns minutos, mas para ela pareceram horas intermináveis. Quando terminou, Daniel pareceu voltar a si, e percebeu o grave erro que havia cometido. Quando estava prestes a se desculpar pelo ocorrido, a garota simplesmente o empurrou e saiu o mais rápido possível da casa do rapaz. Ela estava assustada, confusa, com raiva, e principalmente, com nojo de si mesma.

Ela foi correndo para sua casa, e se trancou em seu quarto. Seus pais repararam que algo estava errado, pois a garota simplesmente não saia do quarto e não conversava com ninguém. Sua mãe, Elena, e seu pai, Carlos, tentavam conversar com Luz, mas a filha nada dizia, apenas ficava deitada em sua cama, e chorava várias vezes por dia. Na realidade, Luzia estava confusa, ela ainda não tinha entendido o que havia acontecido. Por que aquele que ela considerava um amigo havia feito algo tão grotesco? Ela se sentia completamente quebrada por dentro. Sentia raiva desse seu “amigo”, e sentia nojo de si mesma.

Demorou várias semanas para a garota finalmente conseguir se recompor. Mas a garota decidiu não contar aos seus pais o ocorrido, ela teve medo deles a rejeitarem, e pensarem que a culpa foi dela. Ela inventou uma desculpa qualquer para ter ficado tão abalada. Seus pais não acreditaram, mas eles não tinham escolha, pois sempre que questionavam o motivo dela ter ficado tão abalada, a garota desconversava. Logicamente ela parou de falar com Thomas, nunca mais trocou uma palavra sequer com ele e mantinha distancia do mesmo. E depois que ele se formou na escola ela nunca mais o viu.

Depois deste trauma, Luz pensou que o pior já havia passado, e que de agora em diante a coisa melhorariam, mas ela estava enganada.

Aproximadamente três anos depois, pouco depois de completar seu décimo sexto aniversário, o pai da garota foi morto por dois vampiros. As criaturas da noite tentavam pegar a adolescente, pois sentiram que nela corria um sangue especial, capaz de aumentar o poder daquele que o bebesse. Carlos se sacrificou para que sua mulher e filha conseguissem fugir. Elas fugiram para outra cidade, mas a mãe de Luzia, Elena, sabia que sua filha não estaria segura.

Não demorou muito para que a notícia de que uma adolescente espanhola que possuía um sangue muito especial chegasse a Karlheinz. O líder da família Sakamaki tratou se localizar o paradeiro da garota, e se dirigiu rapidamente a residência dos Magnus. Ele ofereceu sua ajuda para manter Luzia a salvo. O homem persuadiu a família, dizendo que já havia passado por várias situações com vampiros, e que estava acostumado a lidar com eles.

Elena estava tão desesperada para manter sua filha segura, que aceitou a ajuda de Karl, mesmo que ele fosse um completo desconhecido. Contudo, havia uma condição, apenas Luz poderia ir para o “abrigo” contra vampiros, e Elena não poderia acompanhá-la. Não é preciso dizer que a filha se recusou, ela já havia perdido seu pai, e não arriscaria perder sua mãe também. Mas Karl conseguiu convencer a garota, dizendo que Luzia estaria protegendo sua mãe ao deixá-la, pois os vampiros estavam atrás do seu sangue, não do sangue de Elena. A garota teve que admitir que Karl tinha um pouco de razão em suas palavras, e desse modo a loira aceitou ir para o local seguro de vampiros. Mas antes Elena deu a Luzia seu colar favorito, seria uma maneira da filha sempre ter alguma lembrança de sua mãe. As duas se despediram com um longo abraço e muitas lágrimas nos olhos, mas aquilo não seria um ‘adeus’, apenas um ‘até logo’.

Luzia não sabia, mas seu real destino era ser enviada a mansão Sakamaki, onde serviria de noiva para algum dos membros da família de vampiros que lá viviam. Entretanto, parece que o destino tinha outros planos para a loira, pois logo depois dela desembarcar do avião e pisar em terras japonesas, a garota foi sequestrada por um grupo de rapazes. Eles colocaram um pano úmido em seu nariz, e após isso Luzia simplesmente apagou.

Quando acordou, ela estava em um local que jamais havia visto, era uma casa, ou melhor dizendo, uma mansão! Mas não era a mansão dos Sakamaki, aquele casarão pertencia a outra família, também de vampiros. Lá moravam Kentin, um rapaz de cabelos castanhos e olhos verdes. Armin, um rapaz de cabelos negros como a noite e olhos azuis. Castiel, um rapaz alto de cabelos vermelhos e olhos cinzentos. Lysandre, o rapaz que possui uma aparência um tanto incomum, com seus cabelos brancos e olhos que possuem heterocromia, um sendo verde e o outro dourado. E por fim Nathaniel, um rapaz alto com olhos e cabelos dourados, o vampiro mais bonito na opinião de Luzia.

Luzia já estava apavorada por ter sido sequestrada por um bando de homens estranhos, mas seu medo aumentou ainda mais quando descobriu que eles eram vampiros. Ela tentou fugir diversas vezes, porém era sempre capturada e trazida de volta a mansão. Como escapar estava fora de questão, ela não teve outra escolha, a não ser conviver com eles. No final das contas, ela chegou a conclusão de que talvez nem todos os vampiros fossem maus, pois ela começou a se dar realmente bem com alguns membros daquela família de cinco irmãos.


Personalidade:
Luzia é uma garota extrovertida que raramente consegue esconder suas emoções. Mesmo que ela tente ocultá-las, ela acabará as expressando através de suas palavras e/ou ações. Ela não consegue, por exemplo, fingir que gosta de alguém que ela odeia, ou fingir que odeia alguém que ela ama. Também não consegue esconder sua tristeza, nervosismo ou raiva. Ela é praticamente transparente com relação aos seus sentimentos, e devido a isso ela é péssima mentirosa.

Luz pode ser uma garota extremamente gentil, atenciosa e meiga, porém, ela também pode ser fria e grosseira. A forma dela agir dependerá da relação existente entre Luzia e a pessoa em questão.

Ela trata aqueles que são considerados seus amigos com todo o cuidado e carinho do mundo, sendo extremamente amável e meiga com ele. É muito respeitosa com eles e, as vezes, faz algumas piadas para animá-los ou vê-los sorrir. É muito leal àqueles que ama, o que a torna incapaz de cometer qualquer ato de traição. Luzia sempre demonstra todo o amor e carinho que sente por seus amigos através de suas ações e palavras. Ela fica furiosa caso alguém prejudique aqueles que ama, e se isto acontecer, ela explode em fúria, sendo capaz até mesmo de se vingar da pessoa. É capaz de fazer tudo pelos seus amigos, e não pensaria duas vezes antes de arriscar sua vida por algum deles. Deste modo, Luzia espera que seus amigos também sejam leais a ela, e que a tratem bem. Portanto, aqueles que a rebaixam ou a fazem se sentir mal e triste não são considerados seus amigos. Ela não tolera traições e, caso alguma ocorra, ela se sentirá incapaz de perdoar a pessoa, pois sempre restará uma ponta de desconfiança ou uma pulga atrás da orelha.

Pessoas desconhecidas também são dignas do respeito da garota, porém ela não trata os desconhecidos com o mesmo carinho, afeto e intimidade que trata seus amigos. Para conquistar o titulo de amigo, é necessário mostrar a garota que possui um coração bondoso e justo, pois estas são características que ela julga importante no caráter de alguém. Também é necessário ser alguém sincero, visto que ela própria possui tal qualidade, e por este motivo não tolera mentiras.

Luzia odeia pessoas que a depreciam e a machucam de propósito, fazendo-a se sentir triste e rebaixada. Estes, a garota trata com toda a frieza possível, e as vezes sendo grosseira com eles. Por estas pessoas, Luzia não move se quer um dedo para ajudar, e não faz questão de demonstrar seu respeito para elas. Exatamente por este motivo Luzia tenta ao máximo manter distância de tais pessoas, para assim evitar conflitos desnecessários.

Quando a garota se encontra triste, não importando o motivo que a deixou abalada, ela irá ficar extremamente calada, e se isolará dos demais, para que não a vejam em um momento de fraqueza. Quando se encontra neste estado ela também se torna incapaz de rir ou sorrir, não conseguindo nem fingir um sorriso.

Quando Luzia se encontra nervosa ela tende a suar frio, ficar com os olhos arregalados e com um sorriso amarelo nervoso no rosto. Ela fica nervosa quando esta mentindo, e suas reações normalmente a entregam.

Qualidades:
Sinceridade: Luzia conta mentiras muito raramente, ela prefere magoar alguém com uma verdade do que enganar com uma mentira. Se ela algum dia contar uma mentira a seus amigos, com certeza será para protegê-los de algo ou águem.

Lealdade: Ela é extremamente leal aos seus amigos, sendo capaz de fazer tudo por eles, até mesmo arriscar sua vida. É incapaz de traí-los, não importa a situação em que ela esteja.

Honra suas promessas: Quando Luzia promete algo, ela cumpre. Não importa pelo o que ela tenha que passar, sempre dará seu máximo para cumprir a promessa.

Defeitos:
É péssima mentirosa: É raro a garota contar alguma mentira, porém, quando ela mente não consegue esconder seu nervosismo, e isso, na maioria das vezes, a entrega. Se algum dia ela tiver que mentir para salvar sua vida, é quase certo que ela morrerá.

Dificuldade em perdoar: Luzia é extremamente fiel e leal aos seus amigos, o que a torna incapaz de cometer qualquer ato de traição. Sendo assim, ela também espera que eles sejam leais e fiéis a ela. Então, quando Luzia é traída por alguém que considere amigo, ela se torna incapaz de perdoar. Ela pode até perdoar caso algum amigo a xingue ou a machuque sem querer, mas ela jamais perdoará uma traição.

Covarde: Ela não é uma covarde que tem medo da própria sombra, pelo contrário, ela possui poucos medos. Porém, dificilmente ela arranja coragem o suficiente para encarar seus medos de frente, e isso pode classificá-la como uma covarde.

Gosta:
Céu estrelado: Observar as estrelas, de alguma forma, a conforta e acalma, por isso sempre, que possível, ela estará olhando para elas.

Doces: Também é uma maneira dela buscar conforto, pois os doces a fazem se lembrar da infância, uma época feliz de sua vida.

Animais: Ela ama praticamente todos os animais, mas tem uma maior afinidade por cachorros.

Amigos: Adora estar rodeada por aqueles que mais ama, eles fazem com que a autoestima da garota vá às alturas, e ela esqueça todas as coisas ruins.

Relâmpagos: Diferente de muitos, Luzia não sente nenhum pingo de medo dos trovões ou relâmpagos. Pelo contrario, ela gosta de observá-los, pois acha as luzes produzidas por eles belíssimas.

Frio e neve: Ama brincar na neve, e não sente vergonha de ser comparada a uma criança brincando em um dia de neve. Além de gostar de neve, ela também gosta de dias frios, pois são ótimos para dormir ou tirar longas sonecas, algo que ela faz com certa frequência.

Música: Quando Luzia quer se desconectar do mundo e esquecer seus problemas, ela coloca seus fones e começa a escutar suas músicas favoritas.

Jogos: Qualquer jogo para Luz é melhor do que não fazer nada. Ela sempre se diverte, mesmo que perca varias partidas.

Cafuné: Adora que lhe façam um gostoso cafuné. Para ela é o melhor carinho de todos, e chega a relaxar tanto durante o cafuné, que é capaz de cair no sono.


Desgosta:
Pessoas falsas, mimadas ou preconceituosas: Ela simplesmente não suporta estes tipos de pessoas. Mantém elas o mais longe possível, e não faz questão de tratá-las com respeito.

Calor: Não gosta de dias muito quentes, pois detesta a sensação de estar suada.

Comidas ou bebidas amargas: Não gosta de qualquer comida ou bebida amarga, pois a lembra dos remédios amargos que ela tomava quando ficava doente.

Maus tratos a animais: Sendo alguém que adora os animais ela, logicamente, detesta presenciar alguém maltratando qualquer animal. Caso ela presencie tal ato, ela pode explodir em fúria, e até mesmo chegar a agredir a pessoa.

Lugares barulhentos ou lotados: Não gosta de lugares barulhentos ou lotados, pois ela gosta de realizar passeios calmos e tranquilos.

Acordar cedo: Detesta acordar cedo, e ela consegue facilmente dormir por 12 horas seguidas. Sempre que acorda muito cedo ela fica de mau humor.

Bebidas alcoólicas: Não consome nenhuma bebida que contenha álcool, pois ela é extremamente sensível, podendo ficar bêbada facilmente.

Que peguem seu colar: Ela simplesmente ODEIA que alguém pegue seu colar sem o seu consentimento, pois é o objeto mais valioso dela, com um enorme valor sentimental.

Frutos do mar: Peixe, camarão, lula, ostra, mexilhão ou lagosta. Ela detesta qualquer comida que venha do mar. Acha o gosto e o cheiro muito fortes e desagradáveis.


Manias:
Quando esta entediada ela começa a enrolar uma mecha de seu cabelo do dedo indicador.

Outra mania sua é morder o lábio inferior, algo que ela faz sem perceber, pois já é quase automático. Normalmente morde seu lábio quando esta muito pensativa ou nervosa, as vezes, chega a morder tanto que seu lábio pode machucar e sangrar um pouco.

Quando esta muito furiosa ela pode começar a brigar com a pessoa em espanhol, que é sua língua materna.

Vícios: Nenhum

Doenças: Nenhuma

Hobbies e passatempos:
Escrever poemas: Luzia adora poesia, e gosta de escrevê-las no seu caderno de desenho. Normalmente ela utiliza seus desenhos para se inspirar a compor alguma poesia.

Jogar: Ela joga praticamente de tudo, desde jogos de tabuleiros, passando pelos eletrônicos e até RPG. Normalmente sempre acompanhada de seu amigo Armin.

Talentos:
Desenhar: Apesar de nunca ter estudado artes, ela desenha extremamente bem, fazendo desenhos muito realistas. Porém ela raramente mostra seus desenhos a alguém, sempre afirmando que não estão prontos ou bons o suficiente. Normalmente ela desenha paisagens, mas consegue desenhar pessoas também. Já desenhou seu par (Nathaniel) algumas vezes, porém ela faz isso sempre escondida.

Segredos: Um dos seus maiores segredos é que ela não é mais virgem. Luzia possui vergonha de contar isto para seu par e ter alguma resposta negativa em troca. A única que sabe deste segredo é sua melhor amiga (noiva do Armin)

Medos: Tem medo de aranhas, pois para ela, os aracnídeos são as criaturas mais feias e estranhas existentes.

Medo de altura.

Também sente um enorme medo do Kanato, seu olhar e sua voz causam calafrios na garota. Ela o acha extremamente sinistro e assustador, e sempre tenta manter distância dele e nunca ficar sozinha no mesmo cômodo que ele.

Seu outro medo é do vampiro Laito, pois seu jeito atrevido e tarado a az lembrar de seu maior trauma. Tenta manter o máximo de distancia dele.

Traumas: Seu maior trauma é o fato de ter sido estuprada aos 13 anos. Luzia tem muito medo de seu agressor e tem medo de que isso aconteça novamente. Além disso, ela sente nojo de si mesma.

Par: Nathaniel

Relacionamentos com todos:

Shuu Sakamaki: Dos irmãos Sakamaki, Shuu é o que menos irrita a garota, já que ele é um rapaz tranquilo. A relação deles é simples, ela não o aborrece, e ele não a chateia. Deste modo, ela é capaz de conviver pacificamente com Shuu, mas ela não o considera um amigo.

Reiji Sakamaki: O seu jeito perfeccionista e autoritário aborrece muito Luzia. Ela odeia quando ele tenta bancar o dono da razão e, de vez em quando, ela o contradiz apenas para irritá-lo. Não o considera um inimigo, mas ele com certeza não é seu amigo.

Ayato Sakamaki: Chato! Sim, é isto que Luzia pensa dele. Para a garota, Ayato não passa de um chato irritante. Luzia o considera um insuportável, não conseguindo ficar no mesmo cômodo que ele sem que haja uma discussão. A maneira possessiva com que trata sua noiva enfurece a garota.

Kanato Sakamaki: Sente muito medo dele. Seu comportamento sinistro, seu olhar e seu tom de voz causam calafrios na garota. Ela sempre tenta manter distância dele, e nunca ficar sozinha no mesmo cômodo que ele.

Laito Sakamaki: O considera um tarado e mulherengo. Também sente medo dele, pois o seu jeito tarado e atrevido a faz lembrar do estupro que sofreu. Por isso, ela também tenta manter distância dele.

Subaru Sakamaki: É o segundo menos irritante dos Sakamaki. Luz tenta sempre tratá-lo com respeito. Porém, se Subaru for grosseiro com ela, a garota devolverá a grosseria na mesma moeda. Também não o considera seu amigo.

Ruki Mukami: Para Luz, a personalidade autoritária de Ruki lembra muito Reiji. Por isso, Luz também gosta de desobedecê-lo apenas para provocá-lo.

Kou Mukami: Ela considera Kou bipolar, pois nunca sabe a reação dele às suas palavras. Por isso, quando esta conversando com o rapaz, ela toma extremo cuidado com o que vai dizer, e pensa minuciosamente em cada palavra, para assim ter certeza de não irritar Kou.

Yuma Mukami: Para ela, Yuma e Ayato tem personalidades muito parecidas. Sendo assim, ela também o considera um chato. Entretanto, para ela, Yuma é de alguma forma, mais suportável que Ayato.

Azusa Mukami: Considera seu jeito sado-masoquista estranho, e não é capaz de machucá-lo por pura pena que sente dele. Apesar disso, ela não sente medo algum do rapaz. Ela sempre o trata com respeito, e tenta ensiná-lo que nem todas as pessoas sentem prazer com a dor. Entre os Mukami, Azusa é seu único amigo.

Castiel: Detesta o seu jeito grosseiro de tratar quase todos. Ele sempre a chama de vagalume, o que a irrita muito, pois ele basicamente a esta comparando com um inseto que tem um bumbum brilhante. Luzia quase sempre possui uma resposta afiada na ponta da língua para combater a grosseria de Castiel. Porém, quando ela não consegue encontrar uma resposta a altura, ela simplesmente ignora o ruivo e lhe da as costas.

Lysandre: É um cara tranquilo, porém ela nunca sabe o que ele esta pensando. Não o considera um amigo, mas também não o odeia. Por isso, ela sempre o trata com respeito, mas sem muita intimidade. Por falta de assunto e intimidade eles acabam conversando muito pouco.

Kentin: É um grande amigo de Luz, apesar de que ela o acha um tanto bobo em certas situações. Mas ela sabe que pode contar com ele para o que der e vier.

Armin: É um de seus melhores amigos. Acha Armin muito divertido, e seu jeito alegre sempre cativa ela. Costumam passar bastante tempo juntos, e isto pode causar alguns problemas relacionados a ciúmes com Nathaniel. Contudo, Luz nunca teria um caso amoroso com Armin, pois o vê como um irmão mais velho que ela sempre quis ter.

Relacionamento com as outras noivas: Luz segue um principio básico que é, “tratarei bem aqueles que me tratarem bem”. Então, as noivas que são legais e respeitosas com Luz também possuem o seu respeito, enquanto que as noivas grosseiras recebem o lado grosseiro e frio de Luz em troca.

Tem alguma melhor amiga? É melhor amiga da Noiva do Armin. Conta seus maiores segredos a ela, pois sabe que ela não espalhará à ninguém. Ela é a única que sabe que Luz sofreu abuso sexual quando menor.

Relacionamento com o par: A relação deles foi um tanto conturbada no inicio, pois Luz odiava qualquer vampiro. Depois das fracassadas tentativas de fugir, não teve outra escolha a não ser morar com eles. Porém, a garota passou a criar alguns vínculos de amizade com alguns daqueles vampiros. Além disso, era inevitável a atração que ela sentia por Nathaniel, e conforme foram se conhecendo ela passou a gostar do loiro, mas ela jamais pensou que se apaixonaria por ele.

O jeito gentil, preocupado e seguro de Nathaniel encantou a garota quase que instantaneamente. Sempre que ele se aproximava, seu coração acelerava, um sorriso bolo aparecia em seu rosto e borboletas pareciam dançar em seu estômago.
Nathaniel, por sua vez, sempre mostrou uma enorme preocupação com a garota, sempre a protegendo de possíveis perigos. Sua aparência delicada e seu doce aroma natural deixam o loiro completamente louco. Ele sente necessidade de estar perto dela e fazê-la sorrir.

Quando Luz percebeu que estava se apaixonando pelo loiro, ela tentou se afastar de Nathaniel afim de não se envolver com ele, mas foi impossível. Seu coração clamava pelo rapaz, e quando estava longe dele ela se sentia perdida e triste. Mesmo que Luzia ignorasse o chamado de seu coração, Nathaniel não ignorou o chamado do coração dele. Ele foi atrás da garota em busca de explicações. Por que ela estava o evitando?

A explicação é simples, como Luzia já não é mais virgem, ela já aceitou o fato de que nenhum homem a aceitará como parceira. Por isso, ela não quer criar ilusões em sua cabeça de que, algum dia, Nathaniel a amará. Ela também não quer enganá-lo dizendo que é virgem, então ela tentou ao máximo apagar o desejo que sente pelo loiro, mas foi inútil.

Porém, Luzia não podia contar a verdade a ele. Com certeza Nathaniel a odiaria e sentiria nojo dela ao saber que não é mais virgem, pelo menos é isso que a garota pensa. Então, quando o loiro a questionou sobre o motivo dela estar tão distante, ela apenas respondeu que ainda não estava pronta para contar, que era algo muito complicado e íntimo, o que, de certa forma, não é mentira.

Nathaniel decidiu não insistir, pois percebeu que ela não falaria. Ele apenas disse que ela não deveria se afastar, pois era muito especial para ele, e quer tê-la sempre ao seu lado. Com isso, ambos voltaram a se falar normalmente. Luzia tenta tratá-lo apenas como um amigo, mesmo que as vezes o trate com mais intimidade que o normal, enquanto Nathaniel sempre mostra seu interesse pela garota com pequenos e simples gestos.

Mas o loiro não desistiu de saber a verdade sobre o passado de Luzia, ele apenas decidiu que a questionaria outro dia, em um momento mais oportuno. Luz também espera que, algum dia, ela tenha coragem o suficiente para contar a ele a verdade.

Conforme ambos convivem juntos, a intimidade entre eles aumenta. Nathaniel é o único que possui o consentimento da garota para beber de seu sangue, é um direito exclusivo dele, nem os amigos mais próximos de Luz possuem tal direito. Sempre que ele realiza tal ato, ele toma o máximo de cuidado para não machucá-la. Nathaniel praticamente trata Luz com uma namorada, a única diferença é que nada foi oficializado ainda.

Músicas:

Dela:
Evanescence – My heart is broken


Within Temptation – Angels



Com o par:
Glad you came – Boyce Avenue


Dearest – Ayumi Hamasaki


Forever – KISS



Comportamento na escola, se tira notas altas: Durante as aulas, ela se mostra esforçada e aplicada, sempre respeitando os professores e raramente fazendo brincadeiras durante a aula. Apesar disso, em casa ela se mostra preguiçosa, sempre deixando trabalhos para fazer no ultimo dia de entrega, e estudando um dia antes da prova.

Contudo, por incrível que pareça, seus trabalhos e notas são quase impecáveis, e isso se deve a sua inteligência e grande capacidade de memorização. Mesmo matérias que a loira odeia, como física e matemática, ela tira notas razoavelmente boas.

Um objeto especial para ela: Seu colar de cristal. É o colar favorito de sua mãe. Elena, mãe de Luzia, deu o colar para filha quando ela foi levada por Karlheinz, para que assim ela sempre pudesse ter uma lembrança da mãe.


Outro objeto muito precioso para ela é seu caderno. Nele há diversos desenhos e algumas poesias. Ela raramente deixa alguém ver o conteúdo do caderno. Seu caderno é rosa com bolinhas marrons. Possui também um laço na capa, também na coloração marrom.



É virgem? Por que? E o que pensa sobre perder a virgindade:
Ela perdeu a virgindade aos 13 anos. Ela foi tirada a força por alguém que afirmava ser seu amigo. Por causa disso, Luz se sente suja e incapaz de fazer o homem que ama, Nathaniel, plenamente feliz. Ela sente certa inveja das garotas virgens, mas também sente o desejo de protegê-las, para que elas não passem pelo mesmo mal que ela passou. Para Luzia, a virgindade é muito valiosa, e deve ser tirada por alguém realmente especial, e principalmente, deve ter o consenso de ambos, tanto da mulher quanto do homem.

• Roupas:

Casual:

Verão:
Descrição: Uma blusa regata de coloração verde por debaixo de um casaco laranja. O casaco possui apenas um botão e mangas que se estendem até os seus cotovelos. Usa uma saia marrom que tem comprimento um pouco acima dos joelhos, e sapatilhas igualmente marrons com meias 3/4 pretas. Usa uma pulseira verde no pulso esquerdo como acessório.


Inverno:
Descrição: Quando o clima se encontra muito frio a garota faz uso de um casaco de cor bege, cachecol e saia rosa xadrez. Para proteger as pernas ela usa uma meia calça de cor preta e sapatos marrons. Para se proteger ainda mais do frio ela usa, por dentro do casaco, uma blusa de manga comprida branca.


Para encontros:

Verão:
Descrição: Um delicado vestido branco florido. Possui um laço vermelho amarrado em sua cintura que combina com o vestido e com os sapatos, que também são vermelhos e possuem um pequeno salto. Além disso, o laço acentua ainda mais as curvas da garota.


Inverno:
Descrição: Usa uma blusa de manga comprida cinza por debaixo de um casaco vermelho e branco. Este casaco possui três botões, e não apresenta mangas. Uma saia preta, com uma meia calça branca e botas de cano alto marrons. Usa ainda um protetor de ouvidos.


Para bailes e ocasiões formais:
Descrição: Um belíssimo vestido branco e longo. Na base do vestido se encontram alguns desenhos de ramos de flores azuis. Também apresenta três rosas brancas na região do peito direito, sendo uma grande, outra média, e a última pequena. Mas o detalhe mais marcante do vestido é sua grande abertura na saia do lado direito, que permite que grande parte da perna direita da garota fique a mostra. Para completar o visual ela calça um par de sandálias delicadas de salto alto na cor branca.


Banho:
Descrição: Um biquíni verde com alguns detalhes na cor branca, como por exemplo, os babados que se encontram apenas na parte superior do biquine, e um pequeno laço, também na cor branca.


Descrição: Um biquíni simples rosa cujas bordas são pretas. A parte inferior da roupa de banho não é uma calcinha, mas sim um short curto.


Dormir:
Descrição: Uma camisola que se estende por suas coxas, deixando seus joelhos e pernas expostos. Sua coloração é rosa, tendo a base da camisola na cor marrom. Possui um fino laço abaixo dos seios, também na cor marrom.



Lingerie que usa:
Descrição: Esta lingerie tem como cores predominantes o dourado e marrom. Tanto a parte de cima quanto a parte debaixo possuem babados, que dão um visual inocente e ao mesmo tempo sexy.


Descrição: Diferentemente da lingerie anterior, esta não possui babados, e a única cor predominante é o rosa. Apesar disso, esta lingerie também é sexy, e sua cor rosa passa um ar de inocência.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...