~LuNaTomlinson

LuNaTomlinson
Oops
Nome: Karrie
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Brasilia, Distrito Federal, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

.Fichas.


Postado

⁂ Sugar Daddy ⁂


I ain't up for debating
Ain't it up for the taking
We got the whole world shaking



♡ Nome:
Margot Elise Hoyer.

♡ Idade:
15 (Quinze) Anos.
ps: No caso, a atriz/modelo que escolhi tem, literalmente, essa idade.

♡ Aparência:
Sua beleza é natural, portanto, nem sempre opta pelo uso de maquiagem, gosta do básico então apenas uma sombra preta em torno dos olhos ou os cílios carregados com rímel já está de bom tamanho para a garota. Gosta de sempre ter por perto um gloss transparente que realce seus lábios carnudos e naturalmente vermelhos, e os deixe mais brilhantes e atrativos do que já são, mas também é comum vê-la com algum batom com um tom mais rosado. Não carrega muito em maquiagem, sempre escutou sua mãe falando que o natural é sempre muito mais bonito, fora que corre o risco desses produtos estragarem sua pele e isso seria terrível.

Seus olhos são claros mas o tom é meio incomum, não chega a ser verde mas também não é mel, seria um meio termo entre essas duas cores, fora que dependendo da luz eles costumam mudar de cor, ela costuma dizer que seus olhos são indecisos e que ao invés de ter apenas uma cor eles preferem ter várias. Sempre brilhantes e carregando um olhar inocente, uma falsa inocência que Margot sempre exala com ela.
Seu nariz é afilado e pequeno, considerado um nariz de boneca, a pequena gosta dessa parte do seu rosto por ser tão delicada. Quando sorri, seu nariz enruga o que a deixa com uma aparência fofa.
O que mais causa destaque na garota, com certeza são seus lábios. Carnudos e cheinhos, com o tom rosado natural, livre de qualquer tipo de cirurgia plástica ou maquiagem para aumentá-los, são causadores de inveja em muitas pessoas, principalmente pelo fato de serem naturais. Uma característica que os deixam ainda mais belos, é o fato deles não possuirem o típico formato de coração, seu contorno é reto e isso o deixa ainda mais atraentes. Margot não gosta de destacá-los, pelo contrário, Margot sente um pouco de vergonha deles, as pessoas costumam elogiá-los demais ou acabam por focar sua atenção somente nos lábios da garota e isso a deixa um pouco tímida. Quando sorri coloca a mão nos lábios para escondê-los, é uma mania.
Intocados. Sim, Margot nunca foi beijada ou tocada de forma mais íntima, nunca sentiu necessidade para tal e também com um pai e um irmão tão protetores iguais aos dela, é meio impossível.

Sua pele é branca e até um pouco avermelhada por conta do sol, sem nenhuma mancha ou imperfeição, possui uma pele de 'bebê' como muitos dizem. Delicada e sensível, é comum qualquer coisa deixar a pele de Margot avermelhada ou roxa, principalmente quando é intencional. Sempre muito bem hidratada e cheirosa, Margot não mede esforços quando o assunto é higiene e cuidados íntimos, macia e fofa igual a um algodão, gosta sempre de estar perfumada e usar cremes específicos, seu preferido é o de frutas vermelhas e talvez seja por esse motivo que este seja considerado o cheiro característico da menina.
Gosta de manter seu cabelo com o comprimento mais longo e o deixa sempre em seu tom natural, um loiro claro com algumas partes mais escuras. Não tem franja e nem um corte chamativo, mantém o cabelo reto e como ele já é liso natural não precisa ficar se preocupando em alisar, pelo contrário, gosta de deixá-lo com as pontas mais onduladas. Prefere deixá-los com um ar mais natural então sempre está com alguns fiozinhos rebeldes caindo no rosto ou bagunçados, apesar do aparente desleixo, seus fios estão sempre muito bem hidratados, sem nenhuma ponta dupla ou ressecada. Tem orgulho de seu cabelo e gasta horas para cuidar dele, sempre com produtos caros considerados os melhores, assim como sua pele, seu cabelo também possui o cheiro característico de frutas vermelhas.

Ainda possui um corpo um tanto infantil, coisa que não é muito comum levando em consideração as adolescentes que ela está acostumada a ver, mas ela gosta, se sente ainda mais pequena e delicada com seu corpo magro e pequeno. Seus seios são pequenos em comparação ao de outras garotas, pequenos mas sempre no lugar, ou seja, durinhos. Margot pensa que odiaria o fato de ter seios grandes e não poder ter a liberdade que ela tem, isto é, não poder correr sem se preocupar ou pular, fora a atenção desnecessária que eles chamariam. Outra que ela não usa sutiã, apenas quando necessário.
Possui a cintura fina com apenas 60 cm, coisa que seria impossível para qualquer uma mas assim como seu quadril pequeno, foram herdados de sua mãe, deixando-a com um corpo de boneca, genética que herdou da mãe e ela adora. Assim como os ossos e sua clavícula, seus ossos do quadril também são bem expostos,coisa que ela ama mas sente um pouco de vergonha quando alguém comenta sobre eles.
Seus glúteos são medianos e durinhos, fora que são empinados, sem estrias ou celulite. Gosta de deixá-los mais destacados com saias curtas e roupas apertadas.
Suas pernas e braços são igualmente finos. Pernas bem delineadas com coxas não muito grossas mas ainda assim chamativas e com o almejado vão que muitas desejam.
Possui apenas 1,59 de altura, sendo considerada um pouco baixa mas levando em consideração sua idade, é até aceitável. É leve como uma pluma, muito magra, pesando 43kg, número esse que vai apenas abaixando, Margot jura não ter nenhuma doença ou distúrbio alimentar, ela gosta de sua magreza e isso é genético. O único problema é que a garota tem uma resistência para esportes menor do que as outras pessoas, também é horrível ter que aguentar as pessoas se preocupando e perguntando a ela se ela está bem ou se está doente.


♡ Personalidade:
Margot não carrega muitas características de seu signo, apenas algumas que talvez sejam essenciais para uma boa virginiana.
Uma pessoa um pouco difícil de lidar, seu sentido crítica a faz criar conflitos com muitas das pessoas que a cercam. Crítica em excesso com tudo, que esteja perfeito ou que nem seja feito, tudo que ela faz sempre dá o máximo de si para que aquilo exale perfeição, não gosta de trabalhar em grupo, prefere estar sozinha para não ter que ouvir opiniões diferentes da sua, se não for para ser do jeito dela, prefere que nem seja feito.
Mas também é bastante crítica em relação a si mesmo, sempre almejando a perfeição própria e se decepcionando quando não consegue, dando o máximo de si para tudo e se esforçando para que seja elogiada e destacada. Digamos que Margot seja um automóvel e que elogios sejam seu combustível, isso que a faz seguir em frente, que a da força para sempre tentar ser a melhor em tudo.
Outra característica típica é sua frieza, não que seja de propósito, digamos que ela apenas não aprecie contato físico com pessoas com as quais ela não tenha afeto, considerada até um pouco enjoada por isso. Capaz até mesmo de recusar abraços, mas isso também se dá a sua timidez excessiva, por ter sido sempre tão bem protegida de tudo e de todos por seu pai e irmão, Margot é muito tímida, capaz de corar com o mínimo olhar ou toque, mas não gagueja, acha isso um sinal de fraqueza e ela detesta pessoa fracas.
Inteligência. Sim, Margot possui uma enorme inteligência e é extremamente orgulhosa disso, até mesma considerada uma inteligência fora do comum, é aquele tipo de pessoa que sempre se sai bem em teste escolares e que você sempre pode ter qualquer tipo de conversa com a garota, ela sempre sabe o que falar. Sempre esta disposta a aprender e principalmente, a ensinar, gosta de compartilhar seu conhecimento sobre algo com todos e explica da forma mais cuidadosa possível para que não aja confusões. Mas claro que isso tem um lado ruim, quando envolve sentimentos que ela não tem conhecimento ou nenhuma base, ela simplesmente trava e não consegue ajudar, então por vezes acaba falando alguma coisa lógica e nada sentimental que acaba magoando a pessoa. Acha que é mais fácil ser dura e fazer a pessoa entender a ser carinhosa e esta continuar errando.

Seletiva. Não é qualquer um que pode andar ao lado da garota, ela escolhe muito bem suas amizades, por vezes passa algum tempo observando uma pessoa e quando gosta dela se apega ao máximo, tem o costume de olhar para algumas pessoas e não gostar destas logo de cara, e não há nada que possa fazer para ela mudar de opinião. Por esse motivo que não tem muitos amigos, não são todos que a agradam e a maioria ela não faz questão de ter por perto, digamos que ela seja um pouco excluída por isso, gosta de manter a aura de intocável.
É amável e divertida, mesmo que não seja muito próximo dela, se alguém precisar de ajuda, ela sempre estará pronta para ajudar. O tipo de pessoa que sempre oferece um ombro amigo para todos, mesmo que ela não goste que molhem a roupa dela com lágrimas (principalmente quando a pessoa usa muita maquiagem), uma amiga muito fiel e confiável, quem batalha para conseguir a amizade de Margot nunca se decepciona, sabe que sempre pode contar com a garota.
Muito vaidosa, digamos que a frase “Que me desculpem os feios, mas beleza é fundamental” cai como uma luva para Margot. Não que ela vá chegar em alguém e falar de todos os defeitos da pessoa, pelo contrário, ela cuida da própria beleza e não vê mal algum de outras pessoas serem mais desleixadas. Respeita a opinião e preferência alheia e até acha divertido pessoas diferentes dela.

Detesta enrolações e por isso é uma pessoa que sempre vai direto ao ponto, não se importando em ferir ou magoar as pessoas. Não é fã de discussões ou escândalos, sempre mantém a voz num tom relativamente baixo e calmo e com um sorrisinho de canto que faz as pessoas perderem a cabeça com ela. A opinião que os outros tem sobre ela não a afetam e muito menos a abalam, a única coisa que importa é a opinião dela, fora isso, o resto é desnecessário.
As pessoas que acham que por ter pouca idade ou por ser tão 'delicada' podem enganá-la fácil estão muito enganadas, Margot nunca confia em ninguém, então qualquer palavra que saia da boca de uma pessoa ela não confiará. Não se engane pensando que ela é boba, ela pode entrar no seu jogo e te dar xeque-mate com uma única jogada. Sabe muito bem como manipular uma pessoa apenas para o bem próprio e não se deixa levar por coisas fúteis. Poderíamos chamá-la de mercenária, nunca faz favores sem pedir algo em troca "se é bom em uma coisa, nunca faça de graça".
Margot sempre teve tudo que quis e isso não mudou, não importa o que seja, se ela quiser aquilo, ela terá.
Um defeito nela é sua língua afiada, sempre com respostas educadas mas cheias de venenos prontas para qualquer um que venha encher o saco da garota. Ela fala o que quiser, doa a quem doer, se a pessoa não gostar ? Ela não se importa, antes da pessoa se recuperar, ela já terá virado as costas e saído de perto. Gosta de sempre colocar os pingos nos "i's" apontando todos os detalhes que lhe agradam e que não lhe agradam e depois de toda uma análise, joga a verdade nua e crua para a pessoa. Digamos que ela plante a discórdia e deixa ali para os outros colherem.
Ela é realista e não se dá muito bem com pessoas sentimentais ao extremos, fora que é batalhadora então qualquer um que sonhe alto demais e não tire um pé do chão para alcançar aquilo, não merece estar com ela.

Por sempre ter seguido ordens durante toda a vida, talvez ela precise de um empurrãozinho quando se trata de outros assuntos. Apesar de não gostar, se alguma pessoa que ela respeite ordenar alguma coisa a ela, ela não abaixará a cabeça mas irá fazer, considerada um robô ou uma boneca por além de não demonstrar muitas emoções, também obedecer a seus superiores sem nem reclamar. Mas apenas com seus superiores, se for uma pessoa comum, ela irá te ignorar completamente.
Por ser observadora, consegue notar coisas que muito não vêem, principalmente em relação aos sentimentos das pessoas. Ela detesta ver pessoas chorarem pois parece que isso a atinge e a faz chorar também, e é um pecado fazer Margot chorar.
Não que ela seja completamente sem sentimentos, ela apenas não sabe como controlá-los, eles vem de uma hora para outra e a surpreende, então prefere deixá-los esquecidos. Sempre teve professores para tudo, pessoas a ensinando como ela deveria agir ou se comportar, mas nunca ninguém a falou sobre sentimentos, então ela não tem muito conhecimento, isso que a faz ser completamente inocente.

Não vê malícia em atitudes ou em pessoas, nunca teve nenhum contato íntimo com alguém então nem mesmo sabe da existência de algumas coisas. Sempre bom evitar falar sobre conteúdos impróprios perto dela, isto se você tiver vergonha de falar sobre tal, porque ela irá fazer inúmeras perguntas sobre aquilo e até irá pedir para você ensiná-la.
Margot não é aquilo que os outros querem e nem tenta ser, ela é aquilo que ela tem em mente. O problema é que ela tem em mente um pessoa perfeita, com o corpo perfeito, inteligente, bonita mas isso não interfere muito na vida dela, pois a perfeição que ela impõe para si, é algo alcançável e verdadeiramente natural. Perfeição natural ? Sim, ela não faz dietas loucas ou abusa do uso da maquiagem, perfeição para ela é ser naturalmente bonita, ser inteligente, verdadeira e não se deixar levar pelas pessoas.
Uma coisa importante é que ela pode te deixar esperando o tempo que for, mas se ela chegar no local -mesmo que seja mais cedo do que o horário marcado- e você não estiver lá, ela não fará escândalo, não brigará, nem nada. Ela literalmente não fará nada, bem provável que ela vá embora ou apenas te ignore.
Para conseguir o que ela quer, ela não mede seu drama, ela chora, esperneia, se torna uma criança fazendo birra, ou então ela apenas faz isso para que você sinta dó dela, quando ela esta carente de atenção.

Educada e cortês. Desde pequena foi ensinada a respeitar os mais velhos, não deixa que os outros façam as coisas por ela, civilizada e com a fala polida. Evita qualquer palavra chula ou palavrão, sempre com a postura ereta. Extremamente disciplinada , fora que sabe respeitar a todos independente de qualquer motivo.
Detesta vingança, se alguém fizer alguma coisa contra ela, a vida se encarregará de devolver ou apenas o fato de ver a pessoa perder a linha por vê-la impassível quanto o acontecido, será de muito bom grado para a garota.
Se a pessoa achar que pode contra Margot, está muito enganada, não adianta chegar nela a chantageando, a manipulando ou apontando todas as suas armas para ela, ela irá rir da sua cara e te humilhará da pior forma possível.

Margot não gosta de ser tão antipática, mas é necessário. Com pessoas mais próximas ela costuma mostrar-se muito fofa, sempre abraçando ou com atos encantadores. Ela gosta de agradar a quem agrada a ela. Sabe ser um pouco rebelde quando quer, se mostrando desafiadora e audaciosa. Costuma falar palavras difíceis apenas para ver a expressão confusa das pessoas.

♡ Historia:
Margot nasceu em Viena, Áustria numa família de um tanto conhecida. Filha de Valentin, dono de uma empresa automobilística de luxo e de Rosalie, uma escritora um tanto conhecida por seus livros de fantasia. Valentin, um homem muito atarefado, nunca para em casa por conta de suas inúmeras lojas em todo o país fora as que ele pretende expandir para outros países e Rosalie, uma mãe sempre presente mas que exigia o dobro da garota. Margot sempre conviveu apenas com seu irmão, Joseph e as empregadas que trabalhavam ali, fora a governanta que sua mãe havia contratado para cuidar da menina. Seus pais mesmo não sendo muito presentes, sempre foram muito rígidos, exigindo sempre que a menina desse o máximo dela em tudo que ela fosse fazer, sempre exigindo o melhor de Margot, era meio que uma troca, quanto mais a menina os orgulhasse, mais ela teria atenção vinda deles.
Mesmo sendo rigorosos e exigentes, seus pais nunca levantaram a mãe para bater na menina e nunca gritaram com ela, sempre foi tratada com todo respeito e carinho -na medida do possível-, seus pais nunca mediram esforços para dar tudo que a menina pedia, desde bonecas até coisas mais caras.
Educada desde pequena por sua mãe, tudo que aprendeu sobre etiqueta e outros idiomas foi graças a ela, que também recebeu uma boa educação de seus pais -avós de Margot-, Rosalie também fez questão de criar a garota do jeito que ela quis, digamos que ela tenha criado o que ela queria ter sido, fazendo a garota aprender ballet e a tocar vários instrumentos musicais. Criou Margot longe de tudo que influenciasse na educação da garota.

Desde pequena, Margot ficava aos cuidados de seu irmão, este que assim como qualquer um ali era protetor e cuidadoso com a garota, mesmo na escola onde estudavam, Joseph não deixava outras pessoas chegarem perto da irmã, e mesmo depois dela ter chegado aos seus 9 anos, uma idade que muitos já consideram boa para as crianças terem mais conhecimento sobre outros assuntos, seus pais ainda achavam que ela era uma garotinha e a matricularam em uma escola para garotas.
Sempre foi a criança elogiada pelas professoras e cercada pelas colegas de classe, que a elogiavam pela inteligência e exaltavam sua beleza, coisa que ela adorava. Sua ficha acadêmica sempre foi perfeita, e mesmo quando menor, ela nunca teve um trabalho que tivesse uma nota abaixo de 'B+'. E quando não estava na escola, estava na aula de ballet com uma professora particular ou tendo aulas de etiqueta com a mãe, ás vezes era comum encontrá-la na sala de música com seu irmão que tocava piano para a mesma cantar ou vise e versa. Nunca tinha tempo livre para se preocupar em assistir televisão ou se ocupar com redes sociais, na verdade, sua mãe a proibia de fazer tais coisas.
"Isso irá apenas te ensinar coisas erradas e deixá-la boba, você quer isso ? Ficar boba e decepcionar seus pais ? Seu irmão ?"
"Não, mamãe"

A vida de Margot nunca foi muito interessante para terceiros, era muito atarefada e mal tinha tempo para se alimentar, imagina para perder tempo com amizades. Sua únicas companhias eram Gummy, uma Lulu da Pomerânia branca e Bear, uma Golden Retriever dourada. Oras, ela ama aquelas balinhas doces e coloridas em formato de ursinho e ama suas cadelinhas, por quê não ?
Quando Joseph ganhou uma bolsa integral para estudar na The European University Of Rome, seus pais mais do que orgulhosos, aproveitaram o fato de que os familiares eram italianos e resolveram se mudar para a capital italiana, claro que que Valentin via aquilo também como uma boa oportunidade para abrir uma filial de sua empresa ali. Afinal, tudo que a família Hoyer não favorece apenas a um mas sim a todos.

♡ Gostos e Desgostos:
Costuma gostar de coisas caras e de marcas famosas "Afinal, maior valor equivale a maior qualidade". Fora que para ela é até interessante e faz sua estima aumentar quando elogiam algo que ela está usando e ela diz que é de alguma marca conhecida. Por isso mesmo gosta do fato de ser filha de Valentin, além de amar seu pai, o fato dele ser dono de uma loja automobilística deixa seu ego inflado, principalmente quando alguém elogia um carro e ela pode falar que é da empresa de seu pai.
Seus instrumentos favoritos são Violino e Piano, então a garota ama tocar alguma música que ela goste e cantar. Acha a melodia tão deslumbrante que ela poderia passar dias tocando ou apreciando o som.
Fotografias ou fotografar, Margot sempre diz que as fotografias gravam um momento pela eternidade, então ela exigiu a seus pais que contratassem um excelente profissional para ensiná-la a fotografar. Não que ela use câmera profissionais, ela não gosta de coisas chamativas.
Polaroid rosa bebê, é o seu xodó no mundo inteiro, a câmera sempre está com ela, a garota gosta de fotografar tudo que ela acha bonito, até mesmo se for uma pessoa, ela pode chegar em você e tirar uma foto sem mais nem menos.
Gummy e Bear, ama suas bolinhas de pêlos, Margot é apaixonada por animais e cria suas cachorrinhas com todo o amor do mundo.
Família, mesmo seus pais sendo rigorosos e seu irmão um tanto protetor demais, ela os ama demais e até mesmo morreria se algo acontecesse a eles.
Apesar de gostar das flores na primavera, prefere o frio no inverno acompanhado da neve fofinha, lembra-se dos momentos em que ela, seu irmão e seus pais se juntavam para correr pelo quintal da mansão, fazer anjinhos na neve ou bonecos, ou se reunir em volta da lareira para tocar piano e cantar músicas. Ela adora o inverno.
Margot sempre foi tratada como um bebê, então se acostumou com isso, gosta de ser tratada como um bebê, de ser mimada e de usar roupas com aparência mais infantil. Gosta que a vejam como alguém que precisa de cuidados e atenção, porque é algo que ela sempre teve.
Ama lugares abertos cheio de árvores e plantas, gosta de se jogar no meio daquilo e aproveitar daquele ar puro.
Gosta de ursinhos de pelúcia.
Gummy Bears, é apaixonada pelas balinhas de gelatina em adoráveis formatos de gelatina.
Ensinar.

Margot não aprecia mentiras, uma pessoa que alcança algo com mentiras, vem a perder aquilo rápido.
Não gosta muito de doces, só de seus ursinhos de gelatina, e ai de quem toque neles.
Odeia comidas apimentadas, ela não consegue entender como alguém pode gostar daquela ardência na boca.
Não gosta de comidas pastosas, ela acha nojento mas ainda assim come, é falta de educação recusar a comida de alguém, principalmente quando aquela comida foi preparada diretamente para si.
Não gosta que falem sobre seu peso. "Você está muito magra, não está doente ?" Não, ela não esta doente, ela esta incrivelmente saudável.
Não suporta comidas gordurosas, quando sente o cheiro da gordura, já sente enjoo de estômago.
Filmes onde animais morrem, ela se acaba em lágrimas, não gosta de ver sofrimento nem em pessoas quanto mais em animais.
Detesta que não digam algo a ela, principalmente quando ela está curiosa em relação aquilo.
Comidas artificiais ou bebidas artificiais, só bebe sucos naturais e não come salgadinhos ou coisas vendidas em pacotes.
Trovões.

♡ Favoritos:
Cores mais claras.
Ursos de pelúcia.
Gummy Bears.
Rosa Juliet.
Coisas fofas e delicadas.
Livros de época.
Filmes de animações.
Saias.
Cachorros.
Bolo de morango.
Perfumes e cremes de frutas vermelhas.
Polaroid.
O número 12.

♡ Quem é seu Daddy? Qual sua relação com ele?E com o outro?
( ) Miguel.
Miguel faz Margot lembrar-se de Joseph, ela não sabe exatamente o porque, mas isso não quer dizer que ela tenha intimidade com ele. Margot é difícil de lidar e todos vêem isso, não por ela ser arrogante mas pelo fato dela sempre se afastar de todos e ser tímida. A garota é de difícil aproximação e Miguel percebe isso, por isso que quando a menina se aproxima de alguém, mesmo que seja para ofender essa pessoa, ele sorri orgulhoso assim como seu irmão fazia. A pequena admira bastante a educação vinda de Miguel, uma educação tão diferente como se ele fosse um personagem dos livros de época que ela lê, ela o vê como uma figura a ser respeitada, então prefere manter a mesma distância que mantinha de seus pais como se aquilo fosse um jeito de demonstrar respeito, algo que aprendeu com seus pais.
Tudo que Miguel diz, enquanto para muito parece ser chato ou desinteressante, para ela é totalmente o contrário, ele é completamente parecido com todas as pessoas com que conviveu. O considera digno de receber o título de perfeito, tudo que ele faz e fala parece ser tão válido para ela, afinal, tudo quele diz ela cresceu ouvindo.
Mas prefere observá-lo, digamos que ela nunca teve muita interação com outros homens a não ser os de seus família, então tudo o que os dois 'irmãos' fazem é novidade para ela.

(x) Lúcifer.
Ela tem um pouco de medo do temperamento de Lúcifer, pelo fato de seus pais nunca terem levantado o tom de voz para se dirigir a ela, quando ele faz isso, seus coração dispara e mesmo que ela não demonstre, fica um pouco assustada. Se sente acuada e até mesmo desnorteada. Mas evita mostrar isso para que o ego inflado de Lúcifer não suba. Acha a beleza do homem fora do comum e extremamente fascinante, ás vezes fica abismada pelo tanto de palavras chulas que saem da boca do homem.
O acha um tanto engraçado, pelo seu jeito infantil e quando se faz de vítima, sinceramente ? Lúcifer é o ser mais cômico que ela já teve o prazer de conhecer, talvez o único. O homem possui tantas peculiaridades que a deixa encantada e curiosa. Acha as atitudes do homem até infantis mas sabe que ele tem potencial para surpreender qualquer um ali, ela confia e acredita bastante em Lúcifer.
Ás vezes fica um tanto irada quando ele fala algo que ela não sabe o que é e ele zomba de sua cara, ela faz questão de ficar um bom tempo desrespeitando e o ignorando, apenas para que ele aprenda que com ela não se brinca. Ele costuma ficar irritado quando faz de tudo para tirar a garota do sério e ela fica com a mesma expressão de deboche ou impassível, como se nada a afetasse, como se nada daquilo fosse bom o suficiente para afetá-la.
Ele detesta o fato da garota fazer algo que não a agrade ou a machuque apenas para agradá-lo, claro que seu orgulho aumenta pois ele sabe que aquilo é apenas para agradá-lo, mas mesmo assim acha um pouco creepy.
Ela sempre fez tudo correto para nunca desagradar seus pais e seu irmão, então quando Lúcifer diz que ela não precisa se esforçar tanto ou qualquer outra coisa do tipo, ela fica chocada. Ela nunca foi acostumada a ouvir palavras para se esforçar, apenas ordens e mais ordens, então isso a deixa sem jeito e sem ação, parece que ela simplesmente só funciona quando escuta uma ordem vinda de Lúcifer e isso deixa ele irritado, irritado com ela, com a família dela, a garota sempre se mostra altiva em relação aos outros mas quando é com ele, ela simplesmente trava. Depois que ele irá entender que ela o vê como uma figura que merece ser respeitada, e o único tipo de respeito que ela conhece é aquele, esperar uma ordem e obedecê-la. Então ele passa a compreender o porque de Margot ser tão reclusa ali, a personalidade difícil e seletiva, fica irado com os pais da garota por tê-la criado daquele jeito mas agradece, pois vai adorar o fato de poder ensinar tudo a garota, de desvirtuar a menina, tirar toda a inocência dela.
Se sente meio insegura em relação a ele, tantas são as pessoas interessantes ali, por quê ele realmente iria notá-la ? Então ela mesma faz questão de se afastar dele, principalmente por ele a tratar de um jeito tão rudo, de vez em quando. Mas quando ela sente medo de algo ou não consegue dormir, vai direto correndo para os braços deles, pois se sente segura e é o único ali em quem confia.
Não o teme e nem o acha perigoso, pelo contrário, ele consegue ser um tanto quanto fofo quando age de forma infantil ou quando se torna uma explosão de sentimentos. Tudo que ele diz, é lei para ela. Tudo que faz, a encanta.
Gosta de tocar piano para ele enquanto canta alguma canção com sua adorável voz, ou apresentar alguma coreografia que lhe foi ensinada no ballet.

♡ Como agirá na primeira vez que chegar ao grande castelo em Roma?
Mostrará uma expressão impassível, como se nada daquilo fosse novidade para ela, mesmo que isso seja apenas timidez e que por dentro ela esteja encantada com tudo ali. Com a mania de querer tocar nas coisas, não será novidade se ela deixar algo cair, o que provavelmente a deixaria travada com os olhares reprovadores para cima de si. No mínimo ela iria querer voltar correndo e chorar no colo de seu irmão.
Claro que todo aquele estilo rústico e a arte no ambiente, vão deixá-la fascinada e com os olhos brilhando, querendo fotografar tudo como se estivesse em um passeio de escola e o destino fosse um museu, mas se contendo, lembrando de todas as vezes que a mãe a repreendeu por se "animar" demais.
Quando ela estiver só, irá querer dar uma explorada no local, com certeza.

♡ Nacionalidade ?
Austríaca com descendência Italiana.

♡ Roupas:

⁑Casual⁑







⁑Pijama⁑




⁑Festas⁑






⁑Roupa íntima⁑






⁑Baile De Máscaras⁑






♡ Família -
Mãe / Rosalie Caroline Deakin / 40 anos de idade.

Se tem uma coisa que Victoria sente por Margot, essa coisa é orgulho.
Considera a filha uma verdadeira princesa, tanto na aparência quanto no jeito de ser. Uma ótima mãe, sabe dar os conselhos certos e parece que adivinha sempre que a garota está triste. As duas mantém um relacionamento harmonioso, além de mãe e filha são também ótimas amigas, respeita a mãe e a admira como se a mesma fosse uma rainha -coisa que na opinião dela, Rosalie é-. Acha a mãe um exemplo a ser seguido, e nunca sentiu raiva ou remorso da mesma.
As duas, na verdade, mantém muito contato, como Margot sempre cumpriu o acordo que fez com os pais "Seja a melhor para que receba atenção", isso pode parecer até um pouco cruel mas motivou a menina ser o que ela é, uma ótima garota, inteligente e obediente. Rosalie fala com orgulho de Margot para todas as suas amigas, mostrando os prêmios que a menina já conseguiu com apresentações de ballet ou até mesmo prêmios escolares.

Pai / Valentin Antony Deakin / 42 anos de idade.

Se Victoria mima a filha, Daniel nem se fale. Ele vive para deixar a filha feliz e satisfeita, portanto, sempre que chega de suas viagens traz um presente para Margot, seja uma edição limitada de uma bolsa ou um casaco novo da Saint Laurent. É o tipo de pai que faz muitas brincadeiras e sempre que pode atende os desejos da filha, apesar de ser rígido e protetor demais, fora que ele proíbe Margot de fazer muitas coisas consideradas comuns, como assistir televisão ou usar a internet, e todos os livros que ela lia tinha que passar primeiro por aprovação dele para chegar nas mãos da menina. Para ele, Margot ainda é um bebê que tem que ser protegida de todas as coisas ruins do mundo, é um pai muito protetor e cuidadoso, a coisa mais difícil é ele brigar com Margot por algo. .

Irmão / Joseph Edward Deakin / 20 anos de idade.

Apesar de Joseph ser muito protetor e severo em relação a Margot, os dois se dão muito bem. Ele é super protetor em relação a ela, não se importando em bater em qualquer pessoa que se aproxime dela com segundas intenções, sabe que foi erro de seus pais não tê-la preparado corretamente para viver no mundo atual mas entende que metade da culpa é dele por aprovar aquilo, fora que ele gosta do fato de Margot ser tão pura.= e espera que sua menininha nunca mude.

♡ Qualidades e Defeitos:
Qualidades:
Sincera.
Detalhista.
Eficiente.
Organizada.
Prestativa e Solidária.
Versátil e de fácil adaptação.
Muito inteligente.

Defeitos:
Digamos que ela seja bem inconveniente.
Fora que, sua sinceridade extrema a faz falar coisas absurdas e ela nem percebe.
Muitas vezes exagera nas críticas e na implicância em relação a objetos e pessoas.
Inquieta.
Inconstante.
Não demonstra seus sentimentos e não compartilha suas dores.

♡ Medos ou Traumas:
Margot tem medo de trovões, por causa do barulho alto.
A garota não é muito fã de aracnídeos.
Tem uma certa fobia de palhaços.

Um trauma que Margot tem é que gritem com ela. Sua mãe sempre foi uma ótima pessoa mas os gritos que ela dava quando a garota fazia algo de errado a deixaram traumatizada.

♡ Alguma cicatriz ou marca?
Possui uma marca de nascença na nuca.


♡ Poderes ou Habilidades ?
Margot possui uma memória e inteligência absurda, não que ela seja super dotada ou algo do tipo, ela não nasceu assim, mas foi praticando com jogos e estudos, lendo livros.
As aulas de ballet que a menina fora convencida a participar a deram uma incrível flexibilidade.

♡ Segredos ?
Ela não costuma guardar segredos por fala as coisas com muita facilidade, então prefere que as pessoas saibam tudo sobre ela.

♡ Algo mais ?
O idioma nativo dela é Alemão, mas como dito na 'História', ela aprendeu a falar inglês e italiano com a mãe.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...