~lunagiovana

lunagiovana
Nome: Karen
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 22 de Fevereiro
Idade: 26
Cadastro:

Raised By Wolves


Postado

Raised By Wolves

Nome completo *

Ruby Angel Klug

Idade ( 16 a 40) *

21 anos

Sexualidade *

Bissexual

Aparência Humana(Descrição, foto e nome do(a) atriz.) *

Ruby possuí uma pele clara, uniforme, macia e livre de imperfeições aparentes. Seu rosto é levemente comprido e fino. Suas bochechas marcadas e rosadas dão a ela um ar infantil e jovial. Seus olhos medianos se aproximam a cor mel, só que em um tom mais escuro e seus lábios médios são de cor natural, donos de um sorriso encantador. Seus cabelos abaixo dos ombros são ondulados e de uma cor loiro que valoriza seus traços. Seu corpo esbelto possuí curvas bonitas e delicadas.

Interpretada por Alona Tal






História:

Nascida no interior da Austrália, Ruby sempre fora de uma família muito humilde, unida e que ganhara dinheiro honestamente. Sua vida era monótona, costumeira e tediosa, apesar da mesma nunca se queixar disso pois tinha medo de mudanças repentinas que pudessem abalar de algum modo a relação boa entre ela e os pais. Porém, aos 18 anos de idade, faltando apenas alguns dias para formatura, sua vida mudou completamente. Ruby e seus amigos planejaram uma despedida em uma festa numa cidade próxima dali onde chegariam a 00:00 e voltariam ao amanhecer. Ruby, por sua vez, não era muito festeira ou gostava de passar a noite fora de casa e deixar seus dois pais preocupados, avisou a todos de que iria embora e como a maioria de seus amigos estavam bêbados, nem prestaram atenção no que ela havia dito e a garota deu de ombros e foi embora assim mesmo. Já passavam das 02:00 da manhã quando a garota saiu do clube noturno e procurou o ponto de ônibus mais próximo. A rua estava escura e deserta e do nada as luzes dos postes começaram a piscar. Hayley olhou para trás assustada, ela se sentia seguida e apressou cada vez mais o passo até ver no longe um vulto... Uivando? A garota soltou um grito agudo e correu o mais rápido que podia enquanto aquela "coisa" a perseguia e, na esperança de haver alguma saída, ela entrou em um beco que se revelou totalmente fechado e quando ia correr para fora do mesmo, o vulto já havia a alcançado e pela escuridão daquele beco, ela não conseguia distinguir aquele ser, sabia apenas que não lhe parecia humano e se afastou para trás cada vez mais que ele se aproximava, até que ele a prendeu na parede e a garota fechou os olhos com força enquanto tentou se proteger com o braço descoberto pelo qual ela sentiu a pior dor da sua vida e ao abrir o olhos, o ser já havia indo embora porém sua dor continuava e ao inspecionar o braço viu uma mordida e aos poucos sua fisionomia ia mudando. A garota criava pelos por todo corpo e prezas nasciam do interior de seus dentes. Ali ocorrera sua primeira transformação em um lobo branco onde a única necessidade se parecia ser matar e ela se viu aterrorizada a não conseguir controlar isso e nunca mas voltara para o lugar que antes chamava de lar por medo de perder o controle e ferir os pais, indo para França onde imaginou que ninguém a procuraria já que a mesma não era nenhuma fã do lugar.

Personalidade:

Tem um gênio difícil e perturbador. Oras está sorrindo abertamente e em um papo agradável, oras está falando em morte e de cara fechada. Ninguém sabe ao certo qual a personalidade dela ou motivos para agir assim. Controladora e mandona são as palavras que mais a definem. Sempre está querendo dar ordens as pessoas e controlá-los com a palma da mão. Se julga batalhadora e persistente, não desiste até conseguir o que quer. Não é de meio termos, mas adora jogos com frases de duplo sentido. Suas duas personalidades diferentes se devem a noite em que foi mordida, com a mistura de sua personalidade habitual. Quando ela lembra que foi atacada, começa a descontar em quem estiver pela frente para descontrair seu medo e frustração. Sempre fora observadora, algo que só se tornou mais aparente após sua transformação. Não é uma pessoa paciente e geralmente afasta as pessoas com sua extrema sinceridade. Raramente é irônica ou sarcástica. Ela geralmente usa uma entonação autoritária e baixa, o que é marcante em sua personalidade (seja ela qual for). Odeia ser enganada e é capaz de qualquer coisa por uma boa vingança. A única vez que chorou foi quando nasceu, segundo a ela, e diz que nunca mais pretende fazê-lo - Coisa que vem cumprindo até os dias atuais. Odeia ser contrariada tanto quanto odeia mentiras e tem um senso de justiça muito forte em ambas as personalidades. Quando está triste tende de se fechar totalmente para o mundo a sua volta. Odeia perturbar as pessoas com os seus problemas. É mais forte do que aparenta ser (tanto fisicamente, quanto psicologicamente) e tende de demonstrar muito isso a quem a julga pela aparência. Não se contenta com aparências, ela gosta sempre de ver além do que as pessoas realmente demonstram ser. É muito reservada, porém bastante sociável em sua personalidade habitual que é extrovertida e brincalhona. Apesar das pessoas a julgarem estranha por suas mudanças constantes de personalidade, isso só acontece quando ela é lembrada do dia em que foi mordida ou alguém fala de como a vida de uma "pessoa normal" é imensamente cheia de privilégios. Admira as pessoas calmas misteriosas. Em alguns sentidos, seus problemas com dupla personalidade a tornam uma pessoa misteriosa aos olhos de algumas pessoas. Não demonstra interesse por ambos os sexos pois acha que isso pode afetá-la de algum modo dentro do clã aos olhos dos outros membros.

Habilidade específica?

Ruby, possui um poder de persuasão e autonomia que ela usa ao seu favor em várias ocasiões decorrentes do dia-a-dia, além de possuir reflexos extraordinários e visão periférica que são usados por ela em brigas.

Como age com o par?

Tanto se aproximar dela, quanto distinguir se ela está realmente interessada em algo além de atração corpórea é tarefa para poucos. No começo será super reservada a qualquer tipo de demonstração amorosa em público e em excesso, porém com o tempo ela se abrirá totalmente e demonstrará seu lado frágil de uma menina assustada que apenas quer amor e atenção de quem a rodeia

Vai querer par ? *

Sim

Medo ?

Ter de enfrentar o ser que a transformou no que ela é hoje.

Algo mais ?

Me perdoe pelo tamanho da ficha e se precisar de mais informações é só me comunicar


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...