~aBaddabass

aBaddabass
Hello, It´s me... BITCHES!!!
Nome: ❌Reservado para pessoas importantes❌
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Julho
Idade: 21
Cadastro:

YOUNG GODS - Ficha


Postado

Do you feel like a young god?


Do you feel like a young god?


Do you feel like a young god?


♠Para semideus.♠

♠Nome Completo:
Audrin Bavaud.

♠Apelido:
Aud ou Bae;

♠Idade:
21 anos.

♠Nacionalidade:
Francês.

♠Sexo:
Masculino.

♠Orientação Sexual:
Homossexual.

♠Aparência:
http://viewmanagement.com/wp-content/uploads/2013/02/Emil-andersson-D-magazine5-headshot-212x280.png
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/56/f4/b2/56f4b2d3154b4229f8eac8e05cb73d99.jpg
https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRao005LIiVbevobaphzR9sKR3oANnXu_u6oJTLbZ2HwLW8AWvT
http://www.promod.org/wp-content/uploads/2014/03/700x1047xemil-andersson-photos-003.jpg.pagespeed.ic_.W6B7o26ejK.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/7f/5f/39/7f5f39ac0ea6929b644e6ae2a5fb4f15.jpg
http://viewmanagement.com/vmblog/wp-content/uploads/2014/03/048-0596-768x1024.jpg

♠Descrição:
Com toda certeza pode ser um dos meninos mais belos que alguém pode ter a chance de ver. A sua pele marfim de tão clara e com textura de seda. Suas madeixas douradas que batem em seus ombros que acompanham os olhos âmbar, que tem oscilações entre dourado, vermelho e laranja quando usar os poderes, e as bochechas roseadas. Possui uma baixa estatura( 1,63m), magro sem muitos músculos (quase nada mesmo) e curvas avantajadas (popo grande).
Imagina ele de um jeito mais bottom, please, até pq de tudo que procurei esse chegou mais perto.

♠Progenitor Divino:
Eros.

♠Família Mortal:
Só tinha a mãe, e ela ta morta.

♠Personalidade:
Animado e extrovertido, hiperativo e sofre de TDAH, tudo isso junto trás muitos problemas para si. Inquieto está sempre pulando ou balançando um dos membros, uma pessoa ligada a tomada e que não descarrega. Isso pode ser até uma vantagem considerando o fato de estar constantemente viajando, aprendendo novas línguas e culturas, e muitas vezes, fazendo amigos por onde passa.
O bom de se viajar e conhecer pessoas constantemente é o fato dele poder sempre ter uma nova expressão, ou agir diferente em certas ocasiões, improvisar. Com tudo o que viveu, aprendeu a ler as pessoas como se lesse suas mentes, mesmo que a pessoa seja muito boa fingindo, ele consegue descobrir tudo, literalmente falando, consegue intimidar as pessoas a tal ponto de faze-las falarem o que as afligem ou perturbam, até mesmo com um olhar.
Perspicaz, inteligente, rápido, e com boa memória. Consegue sempre processar as coisas rapidamente, muito inteligente e poliglota, a sua memoria fotográfica o faz memorizar coisas que, para as pessoas, seriam consideradas banais e inúteis.
É difícil velo triste, tem o emocional de uma pedra quando se trata de tristeza, mas raiva, ohh raiva, isso não é muito difícil de se ver, é só falar que não gosta de café e você já terá um inimigo.
Um bom amigo e ouvinte, consola os amigos quando precisam, fala quando algo está errado e lhes dá puxões de orelha, e também dá seus péssimos conselhos. Adora abraços e provavelmente vai estar sempre abraçado a alguém, afinal, sua atmosfera alegre e acolhedora o transforma em alguém ao qual todos querem por perto.

♠História:
Kieran viveu sua vida, praticamente inteira no momento, na França, mais especificamente em Paris.
Aos 5 anos de idade, Kieran teve sua mãe assassinada brutalmente o deixando apenas um velho colar de família (nunca soube oque realmente aconteceu a mesma ate seus treze anos de idade, explicarei melhor), e fazendo com que o mesmo fosse levado a um orfanato, o mesmo sem condições financeiras suficientes para poder cuidar das varias crianças que la habitavam, fazendo com que muitas vezes não tivessem água ou comida, tendo q revezarem a cada dia para ver quem passaria fome ou sede.
Mesmo sendo novo sempre foi também muito esperançoso, nunca deixou de lutar pelo que queria, logo sempre fazia de tudo para ajudar o orfanato, isso inclui aos seus 13 anos quando começou a trabalhar em uma industria de comésticos, no subúrbio de Paris. Sabia que não era o melhor trabalho, ate porque sempre via crianças machucadas ou se submetendo a doenças devido as más condições da limpeza do lugar, algumas chegando ate mesmo a morrer. Com isso, muito jovem já tinha uma maturidade de alguém com seus 20 anos, sempre cuidando das crianças do orfanato como seus irmãos.
Devido as mas condições do orfanato eles não tinham condições de pagar uma escola a todos e com isso alguns cresceram sem estudar, como Kieran. Porem o mesmo não via diferença, sempre fora um menino dedicado e sempre aprendia as coisas rápido demais, sendo assim depois que os selecionados (como gostava de chamar quem tinha o privilegio de ir a escola) chegavam, pegava o material dos mesmo e estudava muitas vezes indo ate melhor que os selecionados.
Ainda em seus 13 anos, enquanto caminhava em direção ao trabalho, não percebeu quando, um homem, bem vestido e alto em comparação a sua altura, começou a segui-lo, ate que virou a esquina próxima ao trabalho, e o mesmo homem o parou, com uma mão em seu ombro, acabando por assustá-lo e fazer com que Kieran virasse com susto, logo passando a encarar o estranho bem vestido, e se questionando oque alguém com tal porte( tipo com aparência de rico) faria ali no subúrbio de Paris, certamente não percebia o perigo ou era alienado demais para não perceber que poderia ser assaltado e bem provavelmente, morto.
O homem, mesmo sobe o olhar assustado e intimidado do garoto, se sentiu obrigado a sorrir, assim fazendo com que Kieran o olhasse estranho, porem, confortado. O homem olhou de cima para baixo logo perguntando onde um garoto daquela idade estaria indo, Kieran estranhou o desconhecido querer saber de sua vida, e o respondeu rudemente, porem, logo o mesmo soltou ele e voltou a andar para um ruma desconhecido por Kieran.
Depois daquele dia, ele nunca mais vira o homem ate o mesmo aparecer no orfanato um mês depois a sua procura.
Kieran ficou assustado, obviamente, afinal, como aquele homem descobrira onde vivia. Depois do susto inicial seguiu o estranho ate uma sala do orfanato, utilizada para tratar dos processos de adoção, logo se sentando perto do estranho, no precário sofá. O mesmo se apresentou como Eros, seu pai. Para Kieran fora uma surpresa, depois de certos minutos passados, recuperou a sanidade e encheu o homem de perguntas, Eros apenas lhe disse que não podia dizer muito ou ficar tempos a mais do que deveria, falando que seria breve ao falar.
Eros lhe disse que sua mãe e ele se conheceram quando a mesma viajou ao U.S.A. com os parentes, que tiveram um caso de verão e que disso surgiu Kieran, porem, como os dois não guardaram os contatos, Eros não sabia da existência de seu filho, ate certo tempo, quando em que descobriu e logo se colocou para procurar o mesmo. Kieran não poderia ter ficado mais chocado, mas estava feliz por saber que tinha um pai e que o mesmo o procurou, porem seu lado curioso falou mais alto logo enchendo seu pai de perguntas que o mesmo disse que só responderia quando o mesmo tivesse uma idade mais adequada.
A partir daquele dia as coisas mudaram na vida de Kieran, quando Eros alegou ter de ir embora a diretora do orfanato se colocou a falar do homem, seu pai, tinha dado uma enorme quantia de dinheiro que ajudaria a pagar as dividas do orfanato e que daria para cuidar das crianças por vários anos, ate décadas.A esma logo apos a declaração chamou Kieran para conversa a sós onde contou ao mesmo sobre sua heranca e tudo que Eros pediu para contar.
Kieran, já aos dezoito anos, estava com uma vida praticamente feita devido a herança do pai, que nunca ais viu depois de seus 16 anos, e como dono de uma livraria/cafeteria. Quando Kieran passou de seu 16° aniversario, teve de ir embora do orfanato. Pegou parte do dinheiro da herança e foi viajou ate a parte mais nobre de Paris, onde comprou uma casa e construiu sue empreendimento que lucrava o bastante para não ter de abusar da herança fraterna.
Agora em seus 18 anos, enquanto caminhava pelas ruas parisienses, depois de ter saído de seu psicologo, frequentado desde que conseguiu dinheiro, se achando cada vez mais maluco já que desde a infância afirma enxergar monstros o seguindo, quando foi parado por uma mão em seu ombro, de um jovem aparentemente desconhecido, aparentando ter em torno de 14 anos, entretanto com feições familiares, o mesmo o convidou para um cafe, que logo foi recusado por Kieran, já que o mesmo não estava afim de ter uma criança o infernizando no momento em que se encontra pensando ser louco.
O desconhecido evidencia ter sido mandado por seu pai e que eles tinham de ser rápidos. Apos o desconhecido, que descobriu se chamar Derek e ser seu irmão, lhe contar uma historia maluca sobre deuses gregos, seu pai ser um deles e de como estava em perigo, decidiu apenas levantar e ir embora ignorando os chamados de Derek, quando no meio do caminho sentiu sendo seguido,sentimento logo descartado quando voltou a andar, ate que foi puxando para um beco por braços desconhecidos, se virando e vendo Derek mais dois jovens com aparentemente a mesma idade. Kieran pretendia gritar porem dois monstros adentraram o beco logo os atacando, Derek que o segurava ate então o soltou e foi para a luta com seus companheiros ainda desconhecidos por Kieran. Apos a luta contra os monstros e a vitoria de seu "irmão" Kieran os encheu de perguntas, logo respondidas, com respostas um tanto duvidosas ,porem, depois do que vira nao iria desconfiar deles.
Naquele mesmo dia, depois de todas as confusões voltou a sua casa, com seu "irmão", Kaila, amiga de seu irmão filha de juventa, e Scott, filho de marte. Derek o contou sobre os acampamentos gregos e romanos, e que na vdd ele era romano e não grego como Kieran.
Depois daquele dia Kieran fechou sua cafeteria/livraria e seguiu seu jovem irmão e amigos ate o acampamento meio-sangue. Lá fora renunciado como filho de Eros e assim passara ficar no chalé do mesmo com mais dois irmãos. Após descobrir cada vez mais sobre esse novo mundo sua emoção era grande, sempre, durante os verões ou quando estava na cidade passava no acampamento. Depois de sua experiencia como semideus percebeu que poderia morrer a qualquer momento, então, pegou todo dinheiro que tinha e passou a viajar pelo mundo, aprendendo inúmeras línguas e conhecendo vários lugares.

♠A quanto tempo está no acampamento:
Tecnicamente falando, esse será o seu segundo verão lá.

♠Par:
Você pode escolher. Eu quero mesmo um. E muito sexo, please.

♠Relação com o Par:
Bom ele provavelmente vai querer alguém que entenda suas loucuras, e que mesmo que não esteja interessado, ouça as bobagens ou aventuras que tem a contar. Uma pessoa calma e no mínimo responsável já que ele não é nada disso, que se preocupe com ele mesmo que não demonstre. Que saiba a hora de lhe dar um sermão e puxar sua orelha e a hora de lhe abraçar e acolher. Não quer alguém romântico ou meloso, só alguém que o ame e deixe isso evidente está bom. Alguém com lábia e respostas rápidas, e talvez um jeito sarcástico pra conseguir calar a tagarela de Kieran.

♠Relação com os Amigos:
Vão ser provavelmente todos que não falharem consigo, ou seja, não serem falsos, interesseiros, mentirosos ou esnobe, pessoas que se acham superior são o cúmulo pra ele. Se for pra ser amigo dele e ter alguma desas características então nem sera.

♠Relação com os Irmãos:
A mesma que com os amigos, já que não conhece seus irmãos a muito, e também não passa muito tempo no acampamento.

♠Gostos:
Ele ama genuinamente café, tanto quanto ama tretas, competições e abraços. Gosta de tatuagens, mas não tem coragem de fazer uma( não que tenha muita escolha rsrsrs). Ama ler e assistir suas série.

♠Desgostos:
Não gosta de que mintam para si, de pessoas falsas ou traidoras. Não gosta também de gente esnobe e rude, que se acha superior. Comida apimentada é algo que não o deixa nada feliz, e se não tomar seus 4 copos de café diários fica possesso.

♠Qualidades:
Um bom amigo;
Amoroso;
Inteligente;
Protege com unhas e dentes os que ama;

♠Defeitos:
Rancoroso;
Vingativo;
Ansioso;
Orgulhoso;

♠Habilidades Físicas/Mentais:
Sua inteligencia e vasto conhecimento;
Habilidades em todos os tipos de lutas e armas; Ele passa muito tempo fora do AHB. tem que se proteger de algum modo;
Agilidade e reflexos ainda desconhecidos;
comer, dormir e tomar café;

♠Poderes:
http://tso-thesonsofolympus.weebly.com/filhos-de-eros.html
Você pode escolher o que melhor encaixar com a historia.

♠Medos:
Tem medo de lugares muito altos e possui claustrofobia.

♠Por que se candidatou para cuidar de um dos jovens deuses:
Acha que será uma boa experiencia ensinar a pessoas mesquinhas o valor da vida e o que se pode aprender com ela, alem de que, odeia pessoas mesquinha, esnobes e prepotentes e fará de tudo pra dar uma lições nesses deuses babacas; E também Quiron o pediu, ele ão tem coragem de recusar as coisas para alguém tão bonzinho em sua concepção;

♠Seu jovem deus:
Iosif, e se não der, pode ser a Nirvana;

♠Relação com o mesmo:
Bom depende de sua personalidade, como eu coloquei la em cima, Audrin odeia gente esnobe, prepotente, rude ou mandona, e se alguém é assim com ele, ahhhh, a baiana roda.

♠Algo mais:
Audrin é virgem;
Nunca se relacionou no sentido amoroso com nenhum homem, também, só beijou 3 homens na vida, e se lembra pois foram apenas 3 vezes em que parou em pubs ou baladas;
Ama café, muito;
Se me atacar vou te atacar, é esse seu lema;
Ele é poliglota, fala francês, inglês, italiano, grego, aprendeu latin com Derek, alemão, e um pouco de japonês e koreano;
Toda a inteligencia dele se dá ao fato de que sua mãe, segundo disse-lhe seu pai, era uma semideusa de Atena;



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...