~MaahMello

MaahMello
.main hayley atwell
Nome: Maria Fernanda
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Dezembro
Idade: 66
Cadastro:

Ficha pra a fanfic "College of Legacies"!


Postado


MEET THE INFAMOUS CALISSA STRANGE!!!!




"Que foi? Tá olhando o que? Acha que só porque eu sou filha do Grande Mago Supremo vou ter uma solução pra qualquer merda que a gente se meter num estalar de dedos?"

Nome Completo
Calissa Amara Strange.




Idade
Dezesseis anos de idade.

Data de Nascimento
28/12/1999.

País (?)
Estados Unidos. Mora na cidade de Nova York.

Codinome
"Codinome? Quem precisa de Codinome? Eu não preciso de um!" Calissa tagarelava.

Mas, Cali, eu vi aqueles esboços de uniformes como o do seu pai no seu qu...


"Viu porra nenhuma!" Cortou a pobre pessoa que tá escrevendo isso.

O Codinome dela é...


"CALA A BOCA, MAH--"

Por enquanto, Magia. Sim, bem nome da Enchantress de Suicide Squad, mas ela gosta. Planeja se transformar em Doutora Estranha quando se tornar a Maga Suprema, ou seja, só quando seu pai passar este posto pra ela. Um dia, ela crê. Um dia.


"MAAAAAAAAAAAAAH NÃO!!! Isso era pra ser segredo." Murmura a última parte.

Já era.


Sexualidade
Panssexual.

Família
Stephen Strange, o Doutor Estranho, o Mago Supremo.
interpretado por Benedict Cumberbatch



Clea, a sobrinha de Dormammu, antiga rainha da Dimensão das Trevas.
interpretada por Rachel McAdams





m e u o t p

Habilidades ( Poder )
Resumido ou falo tudo mesmo? Calissa tem poderes como os de seu pai, apesar de ainda em treinamento e um pouco mais fraca, já que ela não é a própria Maga Suprema, como ele é. Alguns de seus poderes incluem:


- Intangibilidade/Invisibilidade
- Telecinese
- Telepatia
- Feitiçaria/Poderes Mágicos
- Teleporte
- Controle (parcial, BEM PARCIAL, ainda tá aprendendo com o papai) da Magia Negra, apesar de sempre aprender que só deve usá-la em último recurso, tais que estes se opõem a ideia do Mago Supremo de defender as Terras Infinitas de todo o mal que a ameaça utilizando habilidades que o próprio mal, normalmente, usaria. Alguns poderes que consegue ao usar a Magia Negra inclue, por exemplo, a habilidade de ressucitar e controlar os mortos.
- Conjuração de Objetos
- Voo (Apesar de saber voar, ela sempre perde o equilíbrio muito fácil, por isso, não consegue passar mais de alguns minutos fora do chão. E ela só voa com auxilio de gestos de mão e sua energia mágica)

OBSERVAÇÃO: Apesar que tanto ela quanto seu pai usem principalmente magias que são consideradas 'magias brancas' (como Manipulação de Energia/Raios Místicos, gerar campos de força, blá blá blá), ela irá usar magias de outras disciplinas, tais como magia negra, magia elementar e magia do caos (a da feiticeira escarlate) quando necessário. Também, mais poderes deveriam surgir com o tempo, considerando o fato de que ela ainda está em treinamento, claro. E apesar de todo esse poder ela não é tão apelona ainda (ainda pq né não sabemos como a fanfic vai se desenrolar hu3). Não sabe controlar direito. (apesar de ser filha de um apelão do cacete, eu acho que ela ainda estar em treinamento meio que balanceia a situação)


Aparência
[Interpretada pela crush Alicia Vikander.]







Personalidade
Ah, Calissa. Como falar da Calissa.
Ela é um caso sério. Em toda sua família, nunca se foi visto alguém tão energético quanto ela. Parece que apenas três ou quatro horas de sono a deixam com energia de alguém que dormia o normal de oito/nove horas por dia. Sempre que você olhar, ela estará acordada, pesquisando, lendo, treinando, crescendo mentalmente. É uma grande observadora, mas ao mesmo tempo parece ser um tanto desleixada. Além disso, cresceu em uma família que era bem realista: se uma coisa daria mal, eles a contavam. Se tudo ficaria bem, falavam. É bem honesta, por causa disso; aprendeu a falar a verdade na cara da pessoa caso ela ache que é o melhor a se fazer, e também a mentir quando ela precisa. Mas, como seu pai sempre lhe dizia, a mentira tem de ser sua última escolha na hora de resolver uma confusão, assim como a violência. As atitudes dela são sempre questionáveis: não que ela seja uma pessoa que não se deve confiar, de jeito nenhum, ela se prova ser de extrema confiança e nunca vai atrás com sua palavra. Quando é dito que suas atitudes são questionáveis, é simples: ela é uma pessoa extremamente imprevisível. Não dá pra entender seus planos mirabolantes, que estranhamente dão certo com muita frequência, e você nunca sabe seu próximo movimento. Se todo mundo vai sair de um labirinto andando pela direita porque tem um caminho que dará no final, ela irá pela esquerda, e de alguma forma, sempre chegará lá na mesma hora – ou até antes! Ela sempre dá um jeitinho de fazer as coisas. É muito perfeccionista em diversas situações, já que pra ela, se algo tem que ser feito, vai ser feito direito. Isso a torna um tanto quanto fácil de se irritar, esse seu fetiche por fazer tudo dar certo faz ela ser bem paranoica caso nada vá conforme o que deveria ser. Apesar de não parecer, ela é bem inteligente, mas sua mente viaja muito para considerá-la madura. É um tanto infantil, guarda mágoa muito fácil mas também perdoa muito fácil. Teimosa com muitos, sim, mas extremamente obediente ao seu pai, o que impressiona muitos. A verdade é que ele é seu verdadeiro herói, a pessoa a quem ela mais segue e admira. Suas atitudes sempre a influenciaram, assim como a forma dele tratar as pessoas. Ela é o extremo oposto dele as vezes: nervosa, imatura, sarcástica, ambiciosa, impulsiva, grosseira e bem atrevida, mas sempre tentando seguir os passos dele. Isso a dá um incentivo na hora de tentar amadurecer, e seu crescimento mental parece melhorar muito com o passar do tempo. Ela quer mudar. Ela vai mudar, com o passar do tempo. Ela é uma criança ainda, e tende a melhorar como maga, heroína e pessoa muito em breve.


História
Seu nascimento foi, na verdade, inesperado.
Clea não esperava um bebê tão cedo, e muito menos Stephen. Mas como nem tudo na vida corre como deveria correr, sua mãe engravidou, cuidou de si mesma, e ela nasceu, mesmo que prematuramente. Um bebê pequeno, frágil e de 8 meses. Stephen estava maravilhado com a pequena criatura, mas percebeu cedo seus traços mágicos que se tornaram óbvios assim que ele analisou bem a situação, Clea era sua aprendiz, também maga, e ele, o próprio Mago Supremo daquela geração. Ele sabia que ela seria uma escolha correta para passar o legado daqueles que defendiam a realidade de todo mal que ameaçasse. Desde pequena, Calissa entendia isso, e cresceu admirando o mais velho. Sempre referia a ele como o grande mago, o seu herói e, principalmente, o seu querido papai. Foi aos cinco anos que ela praticou mágica pela primeira vez, brincando de imitar seu pai em sua última batalha contra um ser multidimensional que ameaçava seu universo, ela refez os movimentos e as palavras que ele utilizava para invocar os círculos mágicos e soltar raios de energia sobre o inimigo. E como fim, acabou fazendo um buraco enorme na casa e deu um susto enorme em sua mãe, que naquele dia cuidava do recém-chegado pai dela, assim que ele saíra daquela batalha. Mesmo com muita contradição entre o casal, Stephen decidiu que deveria treiná-la, afinal, ele sabia que ela contia muito poder escondido e deveria controlá-lo antes que seja tarde demais. E, como incentivo, ele sempre a dizia que ela era sua pequena futura Maga Suprema, como ele, e que quando ele partisse deixaria seu manto para ela continuar o legado dos Magos.


nota: não sei como queria a história, então fiz bem resumida mesmo. :V

Odeia
Algumas das coisas que ela odeia incluem muita barulheira, que fiquem irritando ela, lugares muito quentes e estereótipos. Do tipo, nunca, nunca, NUNCA ache que ela tem uma forma pra resolver tudo com mágica, se não leva uma resposta como aquela que tá no início da ficha em cima das primeiras imagens. Além disso, qualquer tipo de preconceito lhe enoja, a injustiça, pensamentos obscuros e a maldade. Ela aprendeu a respeitar todo ser vivo existente acima de tudo, e que se ela quiser ser como o pai, terá de proteger a todos eles não importa o que aconteça.


Gosta
Momentos calmos, a paz, quando consegue sentar e meditar pra esvaziar a mente. Lugares nem tão frios e nem tão quentes, talvez uma temperatura que beire os 24 graus, e sim, é bem específica com isso. Conseguir achar uma solução prática pra um problema sem precisar ferir nada ou ninguém, pessoas que respeitem a liberdade e a justiça, pensamentos positivos e a bondade. Todos os valores que seu pai lhe ensinou, assim, a tornaram alguém bem contraditória em relação aos seus gostos e sua personalidade.


Maior Inimigo
Qualquer filho de vilão que seja, realmente, do mal. AH E DORMAMMU TAMBÉM, APESAR DE SER SEU TIO-AVÔ. ELE É O ARQUI-INIMIGO DO DOUTOR ESTRANHO.

Aliados
Todos que tenham os mesmos valores que ela.

Medos
Lugares pequenos demais, confinamento, a destruição e a perda. (Bem filosófico o que eu acabei de falar, socoro)

Fraquezas
Algumas fraquezas que ela descobriu graças ao seu pai incluem:
- A própria ciência em si: Calissa não pode duplicar magicamente nada descoberto pela ciência humana;
- Gestos e palavras mágicas: Calissa depende destes para usar a sua magia, e pode ficar com sérios problemas caso fique muda ou com as mãos imobilizadas.
- Seu próprio corpo: Apesar de todo o seu treinamento místico e marcial, Calissa continua sendo um ser humano e, como tal, pode ser afetada e/ou morta por balas, gases tóxicos e ataques de energia.



Algo mais
Por enquanto, nada. Se eu adicionar alguma coisa e fizer alguma alteração, te aviso.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...