LIARS


Postado

✧*:・ I'm liar ・:*✧





✧*:・ FICHA ・:*✧


— Are you insane like me? Been in pain like me?


Nome
Isabella Deville

Idade
18 anos ‒ 13/11 ‒ Escorpiana

Aparência







1,57 de altura em curvas proporcionais distribuídas. Seios médios, cinturinha invejável e um cabelo loiro médio-longo pouco cuidado. Nasceu com cabelos lisos e de cor castanha, pintou quando tinha 15 anos e cuida para que o loiro permaneça intacto. É sua única parte que ela tem vaidade, a cor do cabelo.
Tem olhos castanho-esverdeados e um amplo sorriso, embora não o exiba muito frequentemente.
Fez esportes desde os 14 anos até os 17, então tem um corpo leve atlético. Não possui estrias ou sinais e celulite. Tudo em cima, tudo perfeito. risos


Personalidade
Isabella faz parte da população que primeiro, não tem boa relação com os pais; dois, é revoltada com o mundo e suas filosofias; e, por último, três: acham que não tem nada para oferecer ao mundo a não ser merda.
Casualmente, prefere ficar na sua para não quebrar a cara de alguém e gosta de fazer comentários sarcásticos. Não perde uma piada, de humor negro ou não, pois sabe que é o melhor que faz vivendo nessa porcaria que chama de país. Sabe brigar e por isso as pessoas não compram bagunça com ela.
Eventualmente ela fuma e faz uso de drogas, mas nada de extraordinário. Pensa que é tão inútil que nem a droga faz efeito.
No fundo ela é triste por não possuir muitos amigos, mas não chora e nem demonstra isso para ninguém.
Usualmente é vítima de boatos mentirosos sobre si mesma por ter uma postura tão out of the box pelas pessoas que a cercam. Idiotas, pensa. Os boatos já não incomodam mais a mesma, acha que quando morrer será uma lenda por eles.
É dona de um humor sombrio e facilmente mutável. Pode mudar de humor muito rapidamente, não que isso a torne bipolar e afins. Também é uma garota de atitudes, e demonstra isso na forma de se vestir. Se diz que vai fazer, ela faz. Sim, não; não, não. Guarda rancor de coisas extremas que fazem com ela e é vingativa.
Deville é uma suicida.


Sexualidade
Heterossexual.

Família
São católicos extremos e, por essa razão, acham que algum tipo de entidade possuíram a filha. Isso fez Deville morar por conta própria e trabalhar para se sustentar. Não se dá bem nem com a mãe, nem com o pai. Os outros vivem no Canadá e não mantém contato.


Par?
Disponível.

Relação com o par?
Seu amado é, com certeza, o que a faz viver. Não sendo clichê, é claro.
Ela é uma suicida e encontrou nele, algo que nunca viu em outra pessoa, e isso o torna precioso para ela.
Deville tenta não viver sendo ele a sua base, mas ela não consegue. Não demonstra atitudes de extremo afeto e carinho excessivo. Ela ama da forma dela.
Isabella morreria por ele.


Qual era sua relação com a Alessia
Nunca houve nenhum tipo de conexão com a loira. Do contrário, Deville era de ignorá-la enquanto a mesma ocupava o seu campo de visão. Boatos correm que uma vez Alessia e Isabella se beijaram atrás do muro do colégio, mas é só um dos boatos de dezenas que já inventaram sobre Deville.


Medos | Fobias
falhar, perder quem realmente ama (par ks), tempestades.

Gostos
cafeína, pó, frio, estar sozinha, filmes de terror, filmes de horror, chuva, liberdade, rock, pub, show, músicas dos anos 80, panic! at the disco
Desgostos
chá, café gelado, sótão, porões, confinamento, regras, country, egocentrismo, literatura, hospitais, amadorismo

Hobbies
Ela é multiinstrumentista e compositora, então gosta de tocar qualquer instrumento. Todavia, todo mundo tem as suas preferências. As de Deville são: bateria, baixo e guitarra. Mesmo para uma suicida, Isabella encontra muita harmonia e paz na música, mas nada que cubra sua dor interior.
Escrever músicas.


O que achava da Alessia?
Particularmente, nunca viu potencial ou grande coisa na loira. O seu egocentrismo talvez a divertisse, os clichês e altos pitis que a menina davam era cômico para Deville. Não era grande fã, então após sua morte, não deu importância.


Ciente que seu personagem pode ser o culpado?
Sim, senhora.

É capaz de matar alguém?
Se ameaçasse a pessoa que ama, sim. Do contrário, não.

Algo á mais?
Nope.

✩ ∴ Boa Sorte ∴ ✩


Escutando: L.A. Devotee — Panic! At the Disco

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...