Ficha para fanfic You Die For Me?


Postado

Ficha para fanfic You Die For Me?

Nome Completo: Kevin Arthur Wayland Buchmman

Idade: 25 anos.

Codinome: Orifício (significa; qualquer pequena abertura, buraco ou passagem.)

Aparência: Kevin tem olhos negros vítreos, e um olhar que você simplesmente não consegue desviar, como se ele estivesse analisando sua alma. Tem 1, 80 de altura e gosta de pessoas baixas, pois pode encara-las de cima. Tem uma pele branca e macia, sem manchas, nem cicatrizes. Seu cabelo é negro e desgrenhado, formando cachos na nuca. Seu sorriso é atraente quando quer provocar, mas infantil e maníaco quando está matando.





Personalidade: Kevin é, no geral, perturbado. É o melhor adjetivo para descreve-lo. Afinal, ele tem psicopatia. Psicopatas são incapazes de enxergar certas emoções, assim como os daltônicos não conseguem ver certas cores, o que os tornam pessoas extremamente frias e egoístas. Indivíduos com esse distúrbio tratam pessoas como objetos que podem ser descartados, não entendem o significado de ‘bem comum’ (se tiver tudo bem pra eles, então tudo estará bem) e são capazes de presenciar cenas macabras sem apresentar nenhuma alteração fisiológica, como suor nas mãos, coração acelerado, tremores até náuseas e vômitos. Para eles o medo é algo incompleto, superficial e não está associado a alterações corporais. Kevin interpreta o amor como algo mais simples; uma coisa que Psicopatas são incapazes de enxergar certas emoções, assim como os daltônicos não conseguem ver certas cores, o que os tornam pessoas extremamente frias e egoístas. Indivíduos com esse distúrbio tratam pessoas como objetos que podem ser descartados, não entendem o significado de ‘bem comum’ (se tiver tudo bem pra eles, então tudo estará bem) e são capazes de presenciar cenas macabras sem apresentar nenhuma alteração fisiológica, como suor nas mãos, coração acelerado, tremores até náuseas e vômitos. Para eles o medo é algo incompleto, superficial e não está associado a alterações corporais. Kevin interpreta o amor desse jeito; uma coisa ou alguém que você se apegou, mas que se perder consegue largar. Isso é o amor para ele e como ele sente esse sentimento. Devido a essa ‘pobreza emocional’ são eles incapazes de sentir amor, compaixão e o respeito pelo outro. Em momentos como esses apresentam todo tipo de encenação. Confundem o amor com pura excitação sexual, tristeza com frustração e raiva com irritabilidade, são bem superficiais. Todo mundo mente, isso é fato, mas psicopatas fazem isso o tempo todo, até para eles mesmos, talvez como uma forma de suprir o vazio dentro deles. Mentem com competência, e são capazes de dizer coisas contraditórias olhando nos olhos de uma pessoa e não muito raro costumam fingir que praticam certas profissões como de médico ou advogado, usando e abusando de termos técnicos passando credibilidade, chegando ao limite de exercerem clandestinamente essas profissões, causando danos irreparáveis a terceiros. Com uma imaginação fértil e se focada sempre em si próprios, raramente ficam constrangidos ou perplexos quando são flagrados, apenas mudam de assunto ou tentam refazer a história para que pareça mais verossímil. Mentir, trapacear e manipular são talentos inatos dos psicopatas. Psicopatas não sentem culpa pelo que fazem, nem sentem medo de uma possível punição pelos seus atos, esses indivíduos não possuem nenhum encargo de consciência. Eles são capazes de verbalizar remorso (da boca para fora) e uma das primeiras coisas que aprendem é como demonstrar esse sentimento para atingir pessoas de bom coração. Inventam desculpas elaboradas que são capazes de mexer profundamente com os sentimentos nobres de uma pessoa. E pelo fato de serem egocêntricos e megalomaníacos nunca se apresentam errados, colocando sempre a culpa nos outros. Kevin é charmoso e atraente, conseguindo sempre convencer as pessoas a fazerem o que ele quer, independente de suas vontades. Pode ser provocante e irritante (sempre insistindo em saber suas fraquezas de modo persuasivel e até assustador). Não é carinhoso e nem ao menos medroso. Quando demostra carinho ou faz carinho quer dizer que quer alguma coisa, ou que esta´distraído o suficiente para conseguir colocar ao menos poucas emoções para fora.

Estava no Asilo Arkham também?: Não.

Photoplayer: Ezra Miller.

História: Kevin foi abusado pelos próprios pais, por isso ele adquiriu psicopatia. Mas em uma noite Kevin foi até o quarto de seus pais e (simplesmente) invocou seu poder e os matou com uma criatura que criou. Esta entrou em suas correntes sanguíneas e furou e mordeu todos os nervos até chegar ao coração. Os policiais encontraram o menino na cozinha, no dia seguinte, fazendo panquecas (quando tinha doze anos) e cantarolando. Ele foi levado até um orfanato, no qual passou a abusar das meninas que lá moravam, batendo nelas e as estuprando com um sorriso na cara. Não demorou muito para ele ser expulso. No dia em que Kevin ia ser levado para Deus sabe onde, um agente chegou para "adota-lo" e o levou embora. Moral da história; os legistas examinaram o corpo de seus pais e uma agencia concluiu (pelos estragos) que o menino tinha super habilidades. Kevin foi levado para aquela agencia, onde foi forçado, sendo torturado, a mostrar seus poderes e treinar-los. Ficou desde os doze anos, até seus dezenove anos lá, sendo abusado pela chefe do programa que ele integrava, onde tomava soros para aumentar sua habilidades. Um dia ele abriu um portal para o Inferno, que matou metade daquela agencia, os sugando enquanto Kevin ria e fugia. Ele foi direto para um mercado, para, segundo ele, comer comida de verdade. Ele fez de refém todas as pessoas e comeu o que queria, matando todas elas antes que o Batman ou os policiais chegassem. Atualmente Kevin pode ser encontrado se prostituindo em uma Boate de Gotham, para ganhar dinheiro.

Gostos:

Dissecar as pessoas que mata nas Sextas-Feiras.

Manter tudo que é dele arrumado (afinal, psicopatas gostam de arrumação. Se você tentar encontrar algo para culpa-los de um crime, meu caro, você está perdendo seu tempo).

Panquecas com chocolate.

Crocadilhos inteligentes.

Pintar as últimas expressões das pessoas que mata (ele guarda seus sangues no freezer, pois ele coleciona e partes de seus corpos também, mas estão escondidos em uma gaveta secreta, com uma tranca).

Machucar suas clientes na prostituição (elas gostam, afinal pagam por sexo selvagem e ele não deixa que elas toquem nele).

(Sei que deu seis, mas poderia aceitar? Please)

Desgostos:

Pessoas carinhosas.

Algo relacionado a pais (ele odeia os seus, ou pelo menos odiava; ele os matou, afinal). Fica perturbado e lunático, lembrando-se de todo o abuso sexual que sofreu quando era criança.

Vai querer Par?: Sim!

País onde nasceu: País de Gales.

Poder que escolheu: Treval. Permite criar criaturas das trevas, abrir portais de outras dimensões e matar ou torturar pessoas brutalmente, como por exemplo; explodir seus órgãos internamente com um girar de mãos ou encarada.

Habilidades: Correr rápido. Analisar causas de mortes de defuntos.

É capanga do coringa ou da minha personagem?: Da sua personagem.

Relação com a minha personagem: Os dois tem uma relação interessante. Kevin gosta de provoca-la com gestos, palavras ou até mesmo olhares, com seus sorrisos arrebatadores. Resumindo; ele poderia gostar de leva-la para cama. (uma coisinha; será que poderia fazer sua personagem indo na Boate tentar convencer o Kevin a entrar no time dela? Eu ficaria muuuuito feliz, escritora-chan ;3)

Seu maior inimigo: Duas-caras, pois várias vezes ele interrompeu seus homicídios, sequestrando as vítimas antes dele.


Tem algum problema Psiquiátrico? Qual é ele? Sim, psicopatia.

Histórico criminal: Homicídio; 99. Estupro; 6. Roubos; 77. Vandalismo; 12.

Estava preso(a) ou solto(a): Estava solto, se prostituindo.

Algo mais: Kevin é bissexual.

Ciente que pode morrer? Sim, mas a morte deve ser GLORIOSA.

Posso mudar algo em seu personagem, se preciso? Claro, mas me avise.

Favoritou: Sim!

Leu as regras? Sim!

Vai comentar?: Claro que vou!

KEVIN Kevin


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...