~EdgarH

EdgarH
Cristão
Nome: Edgar H.
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 21 de Fevereiro
Idade: 17
Cadastro:

Vida de adolescente: A esquecida


Postado

Vida de adolescente: A esquecida

Arrastando o corpo, aproveitava o silêncio da madrugada para poder fazer o trabalho com calma e precisão e, quando já havia chegado no local de destino, joguei o corpo no chão. A vítima tentou falar algo, contudo, pela mordaça na boca era impossível. Tirei a mesma, ouvindo as primeiras palavras dela:
– Seu autor filho da...
– Me xinga e eu te mato na fic. – ameacei. – Estamos aqui porque é sua vez no jornal.
– Eu não pedi para vir.
– É por isso que se chama sequestro, porque você não quer vir. – expliquei como se ela fosse lerda. – Agora, que tal falarmos do seu passado? Bem podrinho, por sinal.
– Não estou afim. – virou a cara.
– Você não tem querer, minha rosada muhahahahah.
Capítulo 2: Surge a amizade
– Deixa ele. – falou Sakura, uma garota que possuía cabelos rosas e insistia que eram de nascença. Essa, diferente de Karin, era da mesma turma. – Lembrava de falar bem de mim. – pediu, mas o loiro ignorou.
– Pode deixar. – saiu, largando a amiga e os quase amigos ali.


– Sua primeira aparição, está lembrada? – perguntei, mas apenas recebi o eco como resposta.
Capítulo 3: Sentimentos a flor da pele
– Ei, Naruto, que tipo de indireta foi aquela para o Sasuke? – perguntou Sakura, comendo de seu lanche comprado. Por sinal, naquela mesa de amigos, era o único bolsista, sinal de que algumas pessoas eram honestas, não discriminavam-no por ter menos do que eles.
– Como assim? – tentou fazer-se de bobo, o que ninguém mais caía.
– Admite, Naruto, você tem andado demais com o Uchiha e ainda por cima está estranho. – acusou Karin.
– Eu não estou estranho! – defendeu-se. – Eu apenas fiz um amigo novo. – fez? – Convenhamos que já estava na hora. Só tem mulher nessa mesa, tirando eu.
[...]
– Bom, agora eu vou indo. – disse.
– Já vai atrás do Sasuke. – acusou Karin, novamente. Era impressão do amigo ou ela estava virando juíza, advogada de acusação ou algo do tipo? Já o acusara duas vezes no mesmo dia. – É por isso que o boato de vocês serem emos começou a se espalhar. E já até ouvi um boato dizendo que tinham “alguma coisa”. – fez aspas com o dedo para deixar claro a malicia naquela parte.
– Karin. – repreendeu Sakura, um tanto quanto temerosa por dentro.


– Ainda se recusa a falar? – cri cri.
Capítulo 7: Festa
Sakura não acreditara que Naruto fora capaz de beijar Sasuke, o garoto que ele sabia que ela gostava. Nem parara para raciocinar que ele fora “obrigado” pela situação. Sentia-se traída.
[...]
– Sasuke, vol... – parou estático na porta. O presente de sua mão caiu ao ver a cena a sua frente, que ainda não acreditava estar vendo: uma garota de cabelos rosas..., que só podia ser o dono do quarto, vulgo Sasuke.


– Ah, e agora? Vai negar? Fala chiclete. – a garota apenas olhou para o lado, porém, dera para ver que não gostara de relembrar o momento. – Me sinto melhor.
Capítulo 14: A culpa é sua, Naruto Uzumaki!
– Sasuke? – estranhou.
– Posso falar com você?
– Não! – disse.
– É muito importante. – reforçou e ela pôde ver a sacola de farmácia na mão esquerda dele.
– O que é?
– Posso entrar? – perguntou, e por mais que ela gostasse dele, já estava falando com ele, o que não queria, ainda teria que deixá-lo entrar?
Revirou os olhos, dando passagem para ele.
[...]
– Você tem que ir embora. – disse.
– Por quê? – perguntou, não entendendo a súbita mudança dele. – O que foi? Não gostou?
– O Naruto nos viu, é isso que foi. – ele colocou a cueca.
– Esquece isso. Vamos continuar de onde estávamos. – sugeriu, aproximando-se dele e o beijando, mas ele parou o beijo.
– Você não entende, né? Aquele era o seu amigo, o meu amigo, que gostava de você e nos viu juntos. Ele nos viu fazendo sexo, o que acha que ele está pensando agora? – perguntou.
– Eu...


Capítulo 15: A culpa é sua, Naruto Uzumaki! - parte 2
– Está devendo, Karin? – perguntou a menina.
– Só não ouvi você entrar, Sakura. – falou, indo para a pia próxima e lavando as mãos.
– Sei, me conta, é verdade o que já estão dizendo, você e o Sasuke estão juntos? – então era isso. Por isso Sakura aparecera de surpresa, para interrogá-la sobre o moreno e saber o que aconteceu.
– Sim, ele me pediu em namoro.
– Sua piranha. – a rosada surtou, mas nem por isso Karin lhe deu atenção, apenas a olhou pelo reflexo do espelho em sua frente. – Esse tempo todo fingindo ser minha amiga e de olho no garoto que eu gostava.
– Primeiro que não fingi nada. – passou o batom. – E segundo que eu também gostava dele, e não te disse nada para não te chatear e evitar uma briga por nada, o que está acontecendo agora.
– É o que todas dizem: “eu queria evitar uma briga”. Se é assim, por que de uma hora para outra ele resolveu te pedir em namoro, sendo que ontem foi na minha casa? – perguntou.
– Talvez devesse perguntar a ele, não a mim.
– Você se acha muito esperta e superior, não é? – perguntou a rosada, irritada.
– Sendo bem clara, não fui eu quem desceu ao nível de dormir com o garoto que gostava por ciúmes dele ter sido beijado pelo meu amigo. – rebateu.
– Sua... – tentou dar um tapa nela, porém, a Uzumaki segurou a mão da Haruno.


– Não vai falar nada? Eu to aqui, perdendo o meu tempo, jogando suas “M” no ventilador e é assim? Silêncio? – nada, ainda... – Tú vai ver só, seu cabelo de goma de mascar, só vai aparecer agora no capítulo 20 pra aprender quem é que manda sapô.

Desculpem-nos o transtorno e o jornal pobre, porém, a Sakura ficará fora de atividade para aprender como se comportar. Digam adeus para só reverem ela no capítulo 20.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...