~Nekko-Uchiha_ - Clan Impossibile

Nekko-Uchiha_
I´m the queen of this shit
Nome: ?
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

50 Tons de...


Postado

Me deixe em paz! - Akemi Ichigo Ai.








"Eu não sou romântico.
Meus gostos são bem peculiares.
Você não entenderia, Shuu Sakamaki"



Nome:

Akemi


Sobrenome:

Ichigo Ai

Significado:

Ichigo e Ai são japoneses.

Ichigo significa "Morangos"

Ai significa "Amor".


Idade:

19

Data de nascimento:

16-06-1991


Signo:

Gêmeos.


Aparência:












Aparência descrita:

Seus cabelos são verdes, e seu cabelo curto, que é cortado tipo um Chanel – só que diferente do Chanel ele é reto – e com sua franja curta e mexas maiores á frente são um tanto diferentes e rebeldes. A cor clara de sua pele é lúcida, limpa e macia, é um sinal também de delicadeza, algo que nenhuma garota perde: tanto na aparência quanto em sua pessoa. Sua estatura é pequena, bem baixinha, possuindo 1,57 metros de altura. Um quadril fino, poucas curvas, cintura fina e seios nem um pouco fartos – muito menos os braços, pernas e coxas, obviamente –. Akemi é meio anoréxica (anorexia nervosa), muito magra, só que ela se vê um tanto gorda. A anorexia nervosa é uma disfunção alimentar, caracterizada por uma rígida e insuficiente dieta alimentar (caracterizado em baixo peso corporal) e estresse físico.

Personalidade:

Akemi é o tipo de garota que detesta ter ajuda. Ela prefere provar para si mesma e para a sociedade que consegue fazer sozinha.
Ela é extremamente focada em seus objetivos, e detesta que alguém os atrapalhe. Ela com certeza sempre chega aonde quer.
Ela é dona de altíssimo QI, outra ferramente super útil para ajuda-la em seus objetivos. Akemi é meio falsa, já que quando seus amigos estão com problemas, ela dificilmente os ajuda, usando o argumento que " Resolvam os próprios problemas."
Akemi é super argumentativa, e sempre prefere a fala do que a força propriamente dita. Porém, se ela ficar sem argumentos, vai usar a desculpa de " Estou com sono hoje."
Sono, outra coisa que define Akemi. Embora ela seja extremamente estudiosa, Akemi sempre dormia nas aulas. Isso sim é incrível.
Uma gorda com alma de magra. Akemi sempre come muito, mas não engorda(Isso quando não está de dieta, é claro).
Akemi pode se mostrar uma garota muito observadora, por mais que não esteja totalmente ligada ao ambiente, ela está muito ciente aos fatos que ocorrem sua volta.
Segredos confiados a ela são guardados a 7 chaves, sempre.
Akemi é muito perfeccionista e não aceita quaisquer erros.



Gostos:

Noite
Chuva
Correr
Liberdade
Lua
Musica
Dormir
Focar em seus objetivos.

Desgostos:

Ficar sob pressão
Machismo
Preconceito
Que machuquem quem ama


Hobbies:

Ler.


Manias:

Enrolar o cabelo nas pontas dos dedos quando está com raiva.

Vícios:

Café.


Sonhos:

Dominar o mundo de uma forma positiva


Medos:

Medo de perder seu foco e liderança.

Traumas:

Agua

Fobias:

Abissofobia — medo de abismos, precipícios;
Ablepsifobia — medo de ficar cego;
Acerofobia — medo a produtos ácidos;
Acluofobia — medo ou horror exagerado à escuridão;
Acrofobia — medo de altura.


Historia:

Digamos que, Akemi nunca foi uma garota de sorte. Sua mãe Erika, sofria de uma doença grave, chamada esquizofrenia. Ela via vários tipos de coisas "anormais", e por causa disso, vivia sempre trancada em seu quarto.Vamos começar de desde o dia em que Akemi nasceu.
Dia Dezesseis de Junho . Esse dia foi um triste dia para Erika. Por que? Talvez por que, a mãe de Akemi não queria ter uma filha, na verdade, ela nem queria que a mesma tivesse nascido, já que achava que sua doença afetaria a criança. O que por sorte, não aconteceu. Mas do mesmo modo, ela se sentia triste, muito triste.
Certo dia, quando Akemi tinha seus nove sete anos, estava a praticar na entrada de sua casa seu esporte preferido: Basquete. Quando escutou um grito fino e feminino vindo de um dos quartos de dentre de sua casa. E mesmo estando longe do quarto, ela sabia de quem era a dona do grito, sua mãe.
Ela estava tendo mais um de seus "ataques" de esquizofrenia. Ela gritava para todos que estavam na quele quarto se afastassem dela, senão iriam machucá-la, já que, ela via seus parentes de um modo super diferente que o normal. Digamos que, como se eles fosse agressores e assassinos. Isso incluindo a própria Akemi.
Porém, só havia uma hora que Erika não ficava assim, a hora em que todos, exceto ela e Akemi, já estavam dormindo. As dez e quarenta da noite.
"A senhora já está melhor, mamãe? "
"Sim querida. Me desculpe por hoje mais cedo."
"A senhora não tem com o que se preocupar. Sabe que a culpa não é sua, e eu sei que se a senhora pudesse, não teria esta doença. e mesmo com ela, a senhora continua sendo a minha querida mamãe. E eu sigo te amando do mesmo jeito. "
Para uma criança, ela era extremamente madura, e sabia muito bem o que falar em quaisquer momentos. Ela sabia que sua mãe não fazia isso por querer, e deseja protegê-la e 'arrancar' esta doença de Erika.

Um tempo depois, quase um mês para ser mais exata, Erika morreu. Aquela doença já estava indo longe demais para ela, e havia apenas um modo para que ela não sofresse tanto quanto antes. Morrendo,obviamente. A mãe e Akemi suicidou-se, pois não aguentara mais ver seu marido, filha, pais e a si mesma, como "terríveis monstros". Quando Emma soube do acontecimento, caiu e uma enorme depressão. Três dias sem comer ou beber nada, e muito menos ser sair de seu quarto. Tornou-se fria e extremamente solitária. Mas não quer dizer que estava só, seu pai, Noah ainda estava de seu lado. Mesmo estando a quilômetros de distância de Akemi. Ele era muito trabalhador, e por isso vivia viajando para o estrangeiro, impossibilitando-se de ver a filha.
Pelo fato dela ainda ser uma criança de apenas nove anos, ela teve de morar com sua tia Agatha, irmã de Erika. Ela podia ver a tristeza nos olhos da sobrinha, podia jurar que nunca a viu tão deprimida. Akemi sempre ficava no jardim da casa de sua tia, lendo livros que pegava na biblioteca do filho dela. Seu primo, Jin sempre foi um garoto muito extrovertido, e não admitia ver ela daquele jeito. Sempre esteve a fazer de tudo para sua prima sorrisse, mas nunca conseguiu.
Depois de dias, ainda na casa de sua tia, ela resolveu fugir de lá, para ir até o cemitério que sua mãe estava enterrada. Ela sempre ficava lá olhando o túmulo de sua mãe, e por mais que seja estranho, ela ficava conversando com ele, por mais que não receba resposta alguma. Depois de uma noite, quando já estava voltando para casa de Agatha, um homem, um “certo homem” começou a seguir Akemi sempre que ela voltava para casa, e todas as vezes que ela chegava lá, tinha uma carta presa na frente do portão, escrito:A sua hora está chegando, senhorita, se não tomar cuidado irá afundar no desespero.
Desde que Akemi “recebeu” aquela carta, ela temia ao que estava por vir, porém não entendeu a parte do “cair no desespero”. Aquele homem já a estava assustando, ela sentia que alguém estava a observando, e a cada dia ficara mais e mais apavorada. Parece que ela começou a entender o por que daquela frase.
Então, ela comprou uma passagem e partiu para o Japão, cansada de tantas coisas estranhas em sua vida.


Familiares:


Mãe:






Erika Ichigo, 38 anos,falecida.
Erika não trabalhava

Pai:



Noah Ai, 45 anos,falecido.

Tia:




Aghata Ichigo, não se sabe ao certo. 40 anos. Aghata passava o dia em casa.

Primo:



Jin Ichigo, vivo.
13 anos.


Objeto especial

Nenhum, ela é muito desapegada a objetos


Trilha sonora do personagem

Human, Cristina Perri

https://www.vagalume.com.br/christina-perri/human-traducao.html


"Posso fingir um sorriso
Posso forçar uma risada
Posso dançar e interpretar o papel
Se é isso que você me pede
Te dar tudo que sou"

"Mas sou apenas humana
E eu sangro quando caio
Sou apenas humana
E eu me arrebento e me desmonto
Suas palavras em minha cabeça, são facas em meu coração
Você me bota lá em cima e depois eu caio aos pedaços
Pois sou apenas humana"

Ela só quer paz, Projota:

https://www.letras.mus.br/projota/ela-so-quer-paz/

"Ela é um filme de ação com vários finais
Ela é política aplicada em conversas banais
Se ela tiver muito afim seja perspicaz
Ela nunca vai deixar claro, então entenda sinais"

"Ela vai te enlouquecer pra ver do que é capaz
Vai fazer você sentir inveja de outros casais
E você vai ver que as outras eram todas iguais
Vai querer comprar um sítio lá em Minas Gerais
Essa mina é uma daquelas fenomenais
Vitamina, é proteína e sais minerais
Ela é a vida após a vida
Despedida pros seus dias mais normais
Pra que mais?"


Hotel Califórnia, Eagles:

https://www.letras.mus.br/the-eagles/63266/traducao.html

"Sua mente é obcecada, Ela entrou no Mercedes Benz
Ela tem vários belos, belos rapazes, que ela chama de amigos"



Rock 'N' Roll, Avril Lavigne:

https://www.letras.mus.br/avril-lavigne/rock-n-roll/traducao.html

"Não ligo para minha maquiagem
Gosto mais dos meus jeans rasgados
Não sei como calar minha boca
E você diz: e daí? (e daí?)"

"Eu não ligo se sou desajeitada
Prefiro ser assim do que uma hipster
Eu sou uma princesa escrota
Você ainda me ama"




Trilha sonora do casal

Photograph, Ed Sheeran:

https://www.vagalume.com.br/ed-sheeran/photograph.html

"Amar pode doer
Amar pode doer às vezes
Mas é a única coisa que eu sei
Quando fica difícil
Você sabe que pode ficar difícil às vezes
É a única coisa que nos mantém vivos"


Nessun dorma, Luciano Pavarotti

https://www.vagalume.com.br/luciano-pavarotti/nessun-dorma.html

"Ninguém durma! ninguém durma!
Tu também, ó princesa
na tua fria alcova
olhas as estrelas
que tremulam de amor
e de esperança!
Mas o meu mistério está fechado em mim
O meu nome ninguém saberá!
Não, não, sobre a tua boca o direi
Quando a luz resplandecer!
E o meu beijo escolherá o silêncio
que te faz minha..."


Virgin Suicides, Kagamine Ren:

https://www.letras.mus.br/vocaloid/1992232/traducao.html


'Essas mãos, essas mãos
Eu ainda não quero soltá-las..."

"Posso te matar?"

"Ei, se um dia sua beleza também será maculada, então...
Ei, que tal eu dar um fim em você agora, enquanto você ainda a tem?
Nesse mundo invertido refletido na pérola de vidro na ponta de seus cílios
Quero nos prender por toda a eternidade, enquanto ainda somos os mesmos"



An Earnest Unrequited Love, Wanting To Make It Bear a Little Happiness, Mayu:


https://www.letras.mus.br/mayu/an-earnest-unrequited-love-wanting-to-make-it-bear/traducao.html

[Adaptado]

"Tudo sobre você, eu sei tudo"

"Como por exemplo com quem você está falado ao telefone
Onde você está e tudo o que está fazendo
Seus padrões de comportamento, até a mais simples ação
Tudo, tudo, eu sei tudo"

"Eu não consigo acreditar, mesmo que eu te ame tanto assim!
Você é muito intimo deles! Eu quero que fique longe deles agora!
Endereços, nomes, números de telefones
Seu histórico de celular, eu tenho tudo
Todos esses garotos que tentarem chegar perto de você..."


'Desde que eu comecei a te amar, eu vou matá-los, tudo por sua causa
Independentemente dos meios, eu vou matá-los
Por meios físicos e psicológicos também, eu irei matá-los
Vou matá-los, vou matá-los, eu vou matá-los
Eu menti, querida, eu vou matar você!"


You're Seriously Mad? I'm Not Mistaken Here,Mayu:



https://www.letras.mus.br/mayu/youre-seriously-mad-im-not-mistaken-here/traducao.html

[Adaptado]

"Você me pegou.
Para mim é algo comum
O cair das suas mãos como a maçã vermelha
Um final feliz que estamos destinados
Se eu contar aos outros eles não entenderão"

"Estar atrás de você o tempo todo, te seguindo
Como sombra, enquanto você apressa sua caminhada"

"Tranquilo, tweeto em nossa conta secreta
Que te amo anonimamente"

"Sério? Você está brava? Por quê está brava?
Estou abrindo meu coração, te dando a senha
Carinhosamente, carinhosamente, recusar é um absurdo"



Trilha sonora de drama:

O Monstro, Drama:

https://www.letras.mus.br/drama/1161543/

Não adianta nem tentar me convencer de que o mundo é bom
Eu já tentei e não me adaptei
Morri cem vezes, dessa vez vou conseguir tentar me sufocar
Me asfixio com meu próprio ar




Frase do personagem:

Foco Akemi, foco.


Frase do casal

O amor não existe, existe?-Akemi Ichigo
Não importa! Tire logo esse sutiã estúpido e venha cá!- Shuu Sakamaki


Par:



Shuu S.

Relação com ele:


Eles nunca se falam. Ela, sempre ocupada lendo um livro, E ele, sempre dormindo. Por isso, quando eles se falam, geralmente é um "oi". A relação deles melhora quando ela conta sua história a Shuu, e o comove, despertando nele um sentimento de proteção obrigatório.

Relação com os vampiros

☾ Sakamaki Reiji ☽

Ela adora conversar com Reiji, já que eles compartilham o mesmo repertório de livros.








⛮Sakamaki Ayato⛮ -




Seu jeito mandão a deixa irritada, além do fato de Ayato ficar a tirando porque ela é magrela.

🔥Sakamaki Laito/Raito🔥 -






O fato dele ser tão pervertido,e ter a alma vazia faz com que ela mantenha distancia.

♚Sakamaki Subaru♚ -





Ela o acha fofo, embora muito revoltado. Mesmo assim, ela nunca falou com ele.

☾ Sakamaki Kanato☽



Akemi acha Kanato meio bobo e infantil, pelo fato de conversar com ursos.



Relação com as outras jornalistas:

Embora não demonstre, Akemi se preocupa com elas.
Ela tem um afeto especial pela noiva de Laito, com quem se preocupa muito, e com a noiva de Reiji, com quem pode trocar boas ideias sobre livros.


Reação:
Ao saber que seria escrava sexual de um vampiro:

Por fora: Tá
Por dentro: OI? NUNCA!

Ao saber que seria dele pela eternidade:

Por fora: Não ligo
Por dentro: OI? COMASISIM?

Ao ver o par com outra:

Por fora: Não ligo mesmo.
Por dentro: SAI PIRIGA!

Ao ver saber que você está apaixonada pelo par:


Por fora: Eu não estou apaixonada.
Por dentro: Droga!

Ao saber que o par não quer que você olhe pra outro homem além dele:

Por fora: Er....não.
Por dentro: QUE FOFO <3


Algo mais?

Akemi é super dotada.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...