~Ane-kun - Clan Impossibile

Ane-kun
Disponivel pra conversas
Nome: Mariane
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Valinhos, São Paulo, Brasil
Aniversário: 25 de Janeiro
Cadastro:

Ficha - Entre o Céu e a Terra


Postado

Ficha - Entre o Céu e a Terra

Nome completo: Moa Signature

Apelido: O único apelido de Moa é uma brincadeira de Cristofer que a chama de Baixinha por ela ter 1,60 e ele 1,95

Data de Nascimento:
19/1/1739
16 anos

Gênero: Feminino

Personalidade:
Moa é bem tímida e chega a ter medo de falar com as pessoas, mas por ser bonita vive sendo chamada por meninos e meninas pra conversar, coisa que evita falando que tem algo para fazer e correndo.
Odeia ser chamada por grupos muito grandes de pessoas, mas quando é chamada por uma pessoa só ou duas até tenta conversar, mesmo que prefira falar o mínimo possível.
Como não fica muito com as pessoas não consegue discernir comentários de duplo sentido, mas ainda sim sabe quando estão sendo maldosos com ela.
Moa chora com facilidade e vive tendo que pedir que Cristofer a ajude.
Fora tudo isso, Moa é muito carinhosa e atenciosa com tudo, chegando a superar a timidez para ajudar alguém que precise dela de imediato.

Classe: Invocadora. Mas ela aprende técnicas de combate com o Cristofer -o anjo que invoca.

Aparência: Moa tem o corpo pequeno e magro, não tendo muitas curvas apenas o necessário para dar um pouco de forma ao seu corpo pequeno de apenas 1,60.
Ela tem os olhos castanhos claros, mas seus cabelos são brancos ou albinos, fugindo um pouco o natural. Seus cabelos chegam até a metade de suas costas.
Tem traços finos no nariz e na boca e a pele clara.



Roupas:
Casuais:


Inverno:


Gala:


Habilidades: Invocação
Criatura invocada: Ela invoca um anjo chamado Cristofer que ela apelidou de Crist.

Como é invocado: Cristofer é invocado por um colar de diamante com o selo do mesmo que Moa ganhou quando o ajudou a se curar depois de um acidente.

Aparência: Como não é humano ele controla sua aparência como bem entender mas a maior parte do tempo está com o cabelo num tom de verde e com sua aparência normal que seria pele clara, olhos azuis e traços do rosto e corpo bem definidos.


Personalidade: Apesar de ele ser bastante carinhoso ele tem um certo ciume de Moa, vindo por conta propria quando achava necesario para afastar outros garotos, em batalhas ele pode ser muito perigoso pois muda totalmente de personalidade, ficando sádico e cruel, obedecendo apenas as ordens da Moa. Isso quando não resolve desobedecer e sair metendo a porada em todo mundo.


História: Moa era e ainda é uma menina completamente normal, seus pais não são separados, tem problemas pra aturar o irmão mais velho Dan, e ia a uma escola normal. Sempre ficava afastada das pessoas por seu medo e só falava com elas quando era extremamente necessário.
Quando tinha 11 anos Moa estava voltando da escola mais cedo -por ter sido liberada antes da turma- e viu no terreno baldio ao lado da escola um garoto que parecia ter a mesma idade que ela desmaiado. Não pensou duas vezes, correu pra ajuda-lo. Chegando nele viu uma poça enorme de sangue fresco abaixo dele, ficou assustada e em pânico, não sabia o que fazer.
De imediato tirou a blusa que estava em sua cintura e prendeu onde avia um corte para estancar, ou pelo menos tentar, o sangramento. Tirou a mochila, juntou todas as suas forças e o levantou pondo-o nas costas voltando para a escola a procura da enfermaria da escola.
Alguns dias depois o garoto acordou –estava na casa dela- e perguntou onde estava, depois de explicarem o ocorrido ele agradeceu e esperou ficar sozinho com Moa para agradece-la devidamente, contou ser um anjo e deu um colar com um diamante para ela dizendo que a partir dali eram conectados e sempre que um precisa-se ou simplesmente chama-se o outro seria levado pelo colar até quem chamou.
“ – Somos agora como duas metades de uma pessoa só, se eu precisar de você, você virá de imediato, assim como caso eu te chame. O mesmo vale para mim. Outros humanos chamam isso de invocação, quando você me trouxer vão falar que me invocou, e é exatamente isso que vai acontecer. ”
Foi com essas palavras que ele explicou sobre o colar e a invocação. Nada mais.


Inimigos? Como não costuma falar com ninguém não tem inimigos.

Parceria? Não. Ela acha melhor não ficar perto de ninguém com o Crist em batalha pois ele pode machucar quem julgar inimigo.

Algo que queira? Perder um pouco da timidez.

Relacionamento com os outros personagens: Como foi citado em personalidade, Moa é muito tímida, não tendo nenhum amigo além de Cristofer -já que viraram amigos quando ela o salvou- e tendo um pouco de medo das pessoas.

Medos: Pessoas. Ela não se sente muito a vontade perto dos outros e conquistá-la é quase impossível.

Segredos? Não.

Manias? Falar com o colar antes de invocar o Cristofer ou quando quer conversar nas salas de aula.

Gosto: Ela ama doces e animais, convivendo muito melhor com eles que com pessoas.
Gosta de ler, pintar e das aulas de alquimia, mesmo não levando jeito para com a mesma.

Desgosto: Moa é muito inocente e sensível tanto que isso criou um desgosto de tudo que ela considera cruel.
Ela odeia os dois extremos do tempo, quando está muito frio e quando está muito quente, ela diz que não dá pra fazer nada com o tempo assim.

Evolução: Com o tempo Moa vai se enturmar melhor com os outros alunos e vai ficar melhor em técnicas de combate, assim como vai conseguir invocar armas além do Cristofer.
Cristofer vai melhorar o comportamento e parar de bater nos possíveis aliados da Moa (nota-se que apenas meninos são inclusos aqui já que ele não falava nada quanto meninas.)

Algo mais? O colar que ela usa para invocar o Cristofer e fica com ela o tempo todo.


Escutando: Minha irmã reclamar
Lendo: A ficha pela milhonesima vez em três dias

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...