~Marvelsix

Marvelsix
Marvelous
Nome: MDC
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: 12 de Fevereiro
Idade: 21
Cadastro:

Immortals


Postado

Immortals


Hulk Smash!!!

♜Nome completo:
Alexander Worthington Amaquelin

♜ Idade:
24

♜Aparência:







Possui uma pele clara com algumas pintinhas, ele frequentemente fica vermelho por qualquer motivo, não por vergonha, mas porque sua pele é bem frágil, quase como um algodão doce. Seus lábios são finos e rosados, sempre estão brilhando. Ele possui uma placa invisível escrita “estou chamando mais atenção que você, então preste atenção em mim, pois sou mais interessante”. Seu sorriso é branco e alinhado, suas sobrancelhas são delineadas. Ele possui um corpo esbelto e um pouco musculoso, possui estatura baixa, medindo 1,65 cm de altura e míseros 20 kg. Seus ossos são pneumáticos, o que o auxilia na hora do voo e explica seu pouco peso. Ele possui um aspecto jovem, isso se dá ao fato de ser um anjo, sim, literalmente um anjo, a diferença é que ele não é imortal.

♜Photoplayer:
Connor Franta

♜Personalidade:
Ele é uma pessoa bastante aberta e alegre, por onde ele passa alegra as pessoas com suas piadas. Sempre quando ele vê alguém triste, faz de tudo para deixar essa pessoa feliz, ele anda por aí sempre com um sorriso no rosto, um sorriso enorme, Alec vive a falar coisas aleatórias que fazem as pessoas rirem. Tudo que ele expressa para as pessoas são o que elas conhecem, ele é muito misterioso e muito enigmático, poucos conseguem entende-lo. Ele também adora fazer loucuras e adora uma aventura, está sempre disposto para encarar o perigo.
Alec é muito irônico e sarcástico, adora atingir as pessoas com um comentário irônico. Ele não abaixa a cabeça para ninguém e sempre rebate um comentário maldoso para si ou seus amigos. Ele preza muito a confiança e a lealdade em qualquer relacionamento que seja sempre protege as pessoas que amam e nunca as deixa na mão. É muito curioso e teimoso, nunca desiste de algo que quer.
Quando está com raiva ou está sério dá arrepios, ele chega a ser muito cruel, mas logo volta ao normal, tenta por tudo evitar se estressar com algo ou alguém. Ele chega a ser arrogante quando alguém se mete em sua vida pessoal, pois ele não gosta que as pessoas saibam o quão fraco ele é. Sua fragilidade e seu sentimentalismo são sinônimos de fraqueza segundo sua concepção, por isso ele esconde esses sentimentos. Muitos o admiram por ser tão forte, mas o que não sabem é que ele possui uma autoestima muito baixa e acha que nunca irá encontrar um amor para chamar de seu.


♜História:
Alexander Worthington Amaquelin, nascido de Warren Worthington III e Crystalia Amaquelin.
Warren e Crystal se apaixonaram no momento que seus olhos se encontraram, algo raro e bonito, quase impossível para falar a verdade.
Bastou apenas uma noite para selar o destino dos dois. Duas semanas se passaram que estavam juntos e ela soube da notícia, não cabia tanta felicidade em seu peito, em nenhum dos dois.
Os nove meses se passaram em uma luta constante contra pessoas com más intenções queriam matar Crystal, que estava fraca e Warren que estava de guarda baixa. Warren viu que a única solução era se afastar, senão não traria somente sua morte, mas também de sua amada e seu pequeno príncipe. Sim, ele sabia, ele queria, ele teria um garotinho, sempre foi seu sonho criar seu próprio filho, sonho que não pode ser realizado. No momento do nascimento do bebê, Warren despediu-se de seus tesouros.
O tempo se passou e Alec cresceu uma criança maravilhosa, alegre e muito forte. Crystal tinha orgulho de seu filho, ele seria uma pessoa esplêndida, iria ajudar e salvar muitas pessoas, ele sempre dizia para sua mãe que gostaria de ser como seu pai.
Crystal o ensinou a esconder suas asas com seus poderes herdados, ela o ensinou a usar o reflexo da água e da luz para tornar suas asas intangíveis e invisíveis a olhos nus, assim o garoto poderia ter uma vida normal por enquanto.
Aos seus 16 anos ele se descobriu homossexual, sua mãe foi a primeira a saber e para ela não fazia diferença, ela disse que sempre soube, as mães sempre sabem, algumas tentam fingir que não, outras abraçam a causa, pois o amor sempre prevalece, em outros não, Alexander teve sorte, muita sorte em nascer em uma família incompleta, mas feliz.
Mas como ele teria descoberto isso? Simples; simples e clichê para falar a verdade, clichê ate demais. Ele havia se apaixonado justamente pelo garoto mais bonito e popular da escola, mas ele nunca seria notado, ele era um ninguém.
Para a infelicidade do destino e sua felicidade, o lindo rapaz notou e pior ainda, chamou-o para um encontro. A voz em sua cabeça, essa voz, minha voz dizia a ele: Não vá... Você não pode ir. Em um tom sôfrego, porém o desejo era mais forte.
Já no encontro eles andavam pela rua sem rumo, até o momento em que Alec percebeu que estava em um beco sem saída, quando se virou para o maior foi recebido com um soco no rosto, caiu com tamanha força. Sua pele começou a arder, de seus olhos começaram a sair lágrimas imparáveis e o desespero tomou conta de si.
Milhões de pensamentos passaram por sua cabeça “Eu deva ter te ouvido...”, “Por que ele está me batendo?”, “ O que eu fiz para merecer isso?”, “Meu coração está doendo, meu rosto está doendo, tudo em mim está doendo...”.
Foi desperto de seus pensamentos quando o maior falou:
- Você acha mesmo que eu iria querer alguma coisa com um viadinho feito você? Um nadinha? Um lixo? Você me enoja, pessoas como você deveriam morrer.
Sabe aquele momento da vida em que uma palavra dois mais que um milhão de socos? Era isso que Alec sentia agora. Ele sabia que estava fadado a tristeza desde que descobriu sua sexualidade. Todos que nascem assim estão. Gays, lésbicas, transexuais, pansexuais, bissexuais. Todos eles sofrem todos os dias por terem nascido assim, eles não pediram por isso, eles lutam por isso, por uma sociedade onde haja igualdade sem serem julgados. Com os mutantes é a mesma coisa, eles só querem ser felizes, sem o medo constante de ser atacado e morto.
Alec pensava tudo isso enquanto ouvia as duras palavras, seu coração despedaçou-se, ele pensou que nunca mais conseguiria amar alguém de novo. Mas nunca se sabe o que o destino reserva, certo?
O mais velho desferiu um chute no estômago do menor, depois disso levantou-o pelo pescoço o sufocando, ele iria dar outro soco, mas foi impedido por uma sirene de polícia de soava perto do local. Na tentativa de fugir empurrou Alec contra a parede, que por sua vez bateu a cabeça com força na parede e caiu desmaiado.
O rapaz foi preso, pois os policiais chegaram na hora. Crystal também estava lá, estava desesperada, viu seu filho no chão, desacordado, quase morto. Mas e se ele estivesse morto? Não, isso não poderia acontecer isso não iria acontecer.
Alexander foi levado ao hospital, havia entrado em coma, felizmente por algumas semanas apenas, mas o bastante para desenvolver afefobia, o medo de toques e carícias.
Por um ano frequentou uma psicóloga, ele prometeu para si mesmo que seria forte e não deixaria nada mais o derrubar.
Ao completar 18 anos, saiu de casa, ele queria conhecer o mundo, sua mãe respeitava e apoiava sua decisão, ele precisava disso.
Em uma de suas viagens conheceu Warren, seu pai, era seu pai de verdade. Eles estavam separados há 18 anos, mas havia uma intimidade enorme entre eles, como se se conhecessem a vida toda.
Tudo que é bom sempre acaba e os dois tiveram que seguir caminhos diferentes. Alexander recebeu uma proposta de uma organização secreta para usar seus poderes para salvar pessoas, ele não hesitou em aceitar, sempre foi seu sonho.
Sonho que ele exerce com muito orgulho até hoje.

♜Música tema do personagem:
Sia – The Greatest
Essa música o descreve, pois ele passou por diversas coisas, sofreu muito, mas ele continuou lutando, levantando e seguindo em frente. Sempre guarda uma frase dita por seu pai antes de desaparecer pela segunda vez:
“Viva pelos amores e pelos amigos que ainda não conheceu”.


♜Estilo de roupa:
Gosta de roupas elegantes, com cores frias e que tampam maior parte do corpo.


♜Uniforme de herói:



♜Pais:
Warren Worthington III – Pai


Crystalia Amaquelin – Mãe



♜Relação com os pais:
Ele e sua mãe são inseparáveis, podem estar a milhares de quilômetros, mas ainda sentem um ao outro, é como se algo ligasse os dois, ele também podem conversar via telepatia, um elo que os dois criaram. Eles são confidentes e contam tudo um ao outro. Crystal é uma das poucas pessoas que entende ele, ama ele incondicionalmente e não desejaria filho nenhum a não ser ele.

Com seu pai não é tão profundo, mas é um amor incondicional e inexplicável, apesar de estarem por anos separados, os dois sentem afeto de um modo como se estivessem vivendo juntos há anos. Eles sempre brincavam e faziam piadinhas um com o outro no tempo que se encontraram, mas esse tempo já se foi.

♜Como irá tratar a Lisa?
Irá trata-la como uma amiga, sempre fazendo gracinhas com ela e construindo um elo de confiança e amizade. Ele também adorará pregar peças e deixa-la nervosa.

♜Par?
Ele é muito tímido em questão de relacionamentos amorosos, não consegue se abrir por completo e sempre continuará com um pé atrás por causa da sua insegurança, mas se ele ver que seu par está realmente tentando conquista-lo por amá-lo ele não hesitará em pular nesse precipício, pois tudo que ele anseia é ser feliz.

♜É fiel ou infiel?
Fiel

♜Morreria por alguém?
Sim, por sua mãe.

♜Viveria com culpa?
Sim, mesmo se fosse uma pessoa ruim ele sentiria remorso, mas seguiria em frente.

♜Mataria alguém?
Sim, em casos gravíssimos. Ele o faria caso algo ou alguém machucasse sua mãe.

♜Medos/fobias/traumas:

Medos: Perder sua mãe e perder sua sanidade

Fobias: Afefobia


♜Gostos:
Livros
Adrenalina
Barulho
Festas
Honestidade
Sinceridade
Animais
Plantas
Voar


♜Desgostos:
Preconceito
Oportunismo
Silêncio
Prepotência
Narcisismo
Pessoas mimadas
Arrogância
Demônios


♜Possuí alguma tatuagem?
Não

♜Possuí algum objeto importante?
Um colar de cristal repleto de cores dado por sua mãe


♜Queria se unir à equipe, ou só foi por obrigação?
Ele quis se unir a equipe para proteger aqueles que não podem se proteger sozinhos.

♜Poderes:
Ele tem o poder da fisiocinese, a capacidade de controlar os 4 elementos primordiais. Ele pode usá-los para tantos fins, o principal e recorrente é: Ele usa o elemento da água para causar um reflexo em suas asas, tornando-as invisíveis a olho nu.
Ele possui um enorme par de asas que, de acordo com o reflexo exercido sobre ele, ganha colorações brancas e negras.
Ele também pode mudar a anatomia de suas asas para algum elemento específico, como o fogo.










[img]

♜Tem consciência de que seu personagem, caso for escolhido, estará em minhas mãos, portanto eu escolho o que ele faz ou deixa de fazer?
Plena e total consciência.

♜Algo a mais?
Nop

♜Palavra-chave:
Zumbi


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...